Os benefícios à saúde das sementes do mamão

13/07/2012 • Por • 9,717 Acessos

A maioria das pessoas jogam fora as sementes do mamão, mal sabem elas que essas sementes além de serem comestíveis possuem excelentes benefícios à saúde. O sabor das sementes não é tão agradável quanto o fruto, possui um gosto forte e um pouco apimentado.

Dentre os vários compostos encontrados nas sementes os tiocompostos, compostos chamados isotiocianatos são os mais importantes. Em experiências com animais, os isotiocianatos ajudaram na proteção contra vários tipos de câncer e leucemia.

As sementes contêm níveis elevados de enzimas proteolíticas como a papaína, que pode ajudar a eliminar os parasitas do organismo e outras infecções parasitárias. Da mesma maneira que a papaína degrada resíduos de proteína, pode também matar os parasitas e seus ovos. Essa dieta rica em sementes ainda ajuda a normalizar o ambiente no trato intestinal, tornando-o menos agradável para vermes e outros parasitas. As sementes possuem ainda um alcalóide anti-helmíntico chamado carpaina que tem se mostrado muito eficazes em matar vermes parasitas e amebas. Em um estudo feito em crianças nigerianas com parasitas intestinais, 76,7% das crianças ficaram livres dos parasitas após sete dias de tratamento com sementes de mamão em comparação com apenas 16,7% das crianças que receberam um placebo (Okeniyi et al., 2007).

As sementes de mamão ainda podem colaborar com o tratamento para a cirrose hepática, que é uma doença, muitas vezes causada pelo consumo excessivo de álcool durante muitos anos. Neste estado, o fígado é ineficaz na remoção de toxinas do corpo, levando a uma variedade de problemas de saúde. Uma das formas de se utilizar é moer cerca de cinco sementes secas em um moedor de pimenta, ou esmagar as sementes frescas em um pilão, e misturá-los com uma colher de sopa de sumo de limão fresco. Esta receita deve ser tomada duas vezes por dia durante um mês. Muitos doentes com cirrose tiveram melhorias significativas com este tipo de tratamento.

Possuem efeito antibacteriano e anti-inflamatório sobre o sistema digestivo. Estudos têm demonstrado um extrato feito a partir das sementes é eficaz para matar Escherichia coli, Salmonella, infecções por estafilococos e outras perigosas infecções bacterianas. Além disso, as enzimas digestivas como a papaína pode ajudar a mudar o ambiente intestinal para as bactérias benéficas e tornar o ambiente pior para as bactérias ruins que causam tantos problemas de saúde.

Pesquisas tem mostrado que extrato de sementes de mamão podem proteger os rins contra a insuficiência renal. Olagunju et al., (2009) estudaram as atividades nefroprotetoras do extrato aquoso de sementes de mamão em ratos Wistar e chegaram a conclusão que o extrato apresentou um efeito protetor nos rins lesionados dos ratos, um efeito que pode ter sido produzido por qualquer um dos fitocomponentes presentes ou qualquer um antioxidante.

As mulheres grávidas não devem usar sementes de mamão ou as enzimas do mamão verde, há relatos que o uso pode ser abortivo. Existem também algumas pesquisas com animais sugerindo que as enzimas podem reduzir temporariamente a fertilidade do homem.

Tem efeito benéfico para o tratamento de cisto, tumor, mioma, bócio, o crescimento anormal e massas, as células cancerosas, hepatite A e B, e UTI

Comer mamão com seus muitos nutrientes e enzimas é ajuda a prevenir úlceras de estômago, tanto aumentando as secreções de muco que protege as paredes do estômago e, devido à sua capacidade para acelerar a decomposição de proteínas, diminuindo a quantidade de ácido clorídrico que é liberado no estômago.

Okeniyi JA, Ogunlesi TA, Oyelami OA, Adeyemi LA. Effectiveness of dried Carica papaya seeds against human intestinal parasitosis: a pilot study. J Med Food. 2007 Mar;10(1):194-6.

Olagunjua JA, Adeneyeb AA, Fagbohunkac BS, Bisugac NA, Ketikuc AO, Benebod AS, Olufowobic OM, Adeoyec AG, Alimic MA, Adelekec AG. Nephroprotective activities of the aqueous seed extract of Carica papaya Linn. in carbon tetrachloride induced renal injured Wistar rats: a dose- and time-dependent study. Biology and Medicine, Vol. 1 (1): 11-19, 2009. 

www,curaplantas.xpg.com.br

Perfil do Autor

Marcelo Rigotti

Engenheiro Agrônomo Mestrado em Entomologia e Conservação da Biodiversidade Doutorando em Horticultura. www,curaplantas.xpg.com.br