A Contribuição da Igreja à Saúde Pública

Publicado em: 20/06/2011 |Comentário: 0 | Acessos: 340 |

A Igreja e a saúde pública

Objetivo: Despertar a Igreja para promover a saúde pública entre seus membros e sua comunidade e ver nessa atitude uma oportunidade de pregar o evangelho.

"E o segundo é este: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que esses." (Marcos 12.31).

Introdução

      Na nossa comunidade encontramos pessoas com AIDS, DST`s, dengue, leptospirose, sem hábitos de higiene, sem condições de adquirir medicamentos necessários, com ferimentos, feridas na alma, traumas, com doenças psíquicas, vítimas da violência, etc. Diante desse quadro a Igreja de Jesus deve promover a saúde e ver nesta atitude o desenvolvimento estratégico na área da evangelização, utilizando como base as boas obras.       

    Praticamente toda Igreja tem como membro um profissional de saúde, se não tiver, é certo que algum membro conheça um. Este, junto com a Igreja, pode por meio da medicina gerenciar grandes projetos de saúde com intuito de ganhar almas para Cristo.

     Como pois, poderá a Igreja local desempenhar seu papel no alcance da população utilizando a medicina como estratégia? Despertando os profissionais existentes em sua comunidade.  A igreja pode reunir profissionais da saúde e montar nas suas dependências centros sociais que visem atender as necessidades da comunidade em que ela está inserida. Pode oferecer ao próximo, psicólogos, pediatras, clínicos, fonoaudiólogos, ginecologistas, nutricionistas, técnicos de enfermagem, cardiologistas, enfermeiros, entre outros.

1 Dr. Robert Reid Kalley: O consultório como campo missionário

     As boas obras abrangem vários setores e formas de como ajudar ao próximo. Podemos lançar mão de muitas especialidades profissionais para socorrer aos necessitados e com isto, levá-los a Cristo, porém, passamos agora a dar destaque à medicina como estratégia da Igreja. Grandes homens viram na medicina uma porta entreaberta para conduzir o indivíduo a Cristo. O escocês Dr. Kalley e fundador do congregacionalismo no Brasil soube muito bem administrar o seu chamado bivocacional -- médico e missionário.

     Kalley simultaneamente buscava abrir espaços afetivos no seu consultório, procurava atender gratuitamente a população pobre, alternando sua clientela entre a alta sociedade e os menos favorecidos. Ele ressaltava que cada cristão é chamado a entrar naquele campo de atividade em que melhor possa servir a Deus, então, sua clínica era além de fonte de renda, um campo missionário. Na Ilha da Madeira, além da estratégia da aula de inglês, dos cultos domésticos e da tradução ele subsidiava os medicamentos para a classe menos favorecida. Com isso, ele ganhava o respeito e o direito de ser ouvido pelos madeirenses. Além de conquistar a amizade e a profunda simpatia do povo levando muitos à fé, o que gerou mais tarde um ciúme nos religiosos e empresários. Nos atendimentos médicos no seu consultório ou na casa do cliente, antes da consulta orava e nas receitas continham versos bíblicos. Estas atitudes deixaram o povo impactado e chegou a ser apelidado de o santo inglês. O resultado foi um aumento de mais de 100% em sua classe bíblica passando de 52 para 130 pessoas. O incentivo à leitura fez que o consumo de Bíblias crescesse. Viu neste episódio uma oportunidade e logo criou núcleos de alfabetização, e passou a contratar professores que ele próprio sustentava com seus recursos, tendo sustentado também com seu dinheiro um hospital.

     No Brasil não foi diferente, aplicou seus serviços em favor da pobreza, continuava a usar o consultório como estratégia de evangelismo, além do culto doméstico e da escola dominical, o atendimento médico às pessoas carentes era parte integrante do seu ministério, principalmente às vítimas da cólera e da peste bubônica. Através de sua função médica ele se aproximava de todos os segmentos da sociedade. A Igreja necessita de homens com essa visão. As boas obras praticadas por Kalley têm o seu valor na história, deixando o exemplo para as gerações cristãs.     

2 Jean-Henry Dunant: O samaritano genebrino

     Contemporâneo de Kalley, a vida de Dunant é mais um exemplo de que a fé desloca montanhas. De origem Suíça e de família calvinista, seu nascimento foi comemorado com um sermão em seu lar. Seus pais sempre se voltaram para as boas obras e as ações humanitárias eram vistas na cidade de Calvino.

     Quando ainda jovem cristão, já se podia ver os reflexos do discipulado de seus pais. Pegava suas economias e transformava-as em esmolas, visitava os pobres e aliviava suas misérias, encorajava-os e subsidiava remédios, sempre ministrando a Palavra.

     Movido pela compaixão, a guerra em Solferino - norte da Itália - dá a luz no interior de Dunant, um desejo compulsivo de socorrer os necessitados, culminando na criação da maior instituição filantrópica de ação humanitária -- a Cruz Vermelha.

     Tinha uma fé viva, acompanhada de obras, era a fé na praticidade, era a exposição da fé transformada em boas obras. Lutou com todas as suas forças e dinheiro em prol do próximo, seu biógrafo o chama de o samaritano genebrino. Socorria os feridos de guerra não importando suas nacionalidades, pois no campo de batalha não havia inimigos, todos estavam no mesmo patamar -- precisando de cuidados -- onde colocava italianos e franceses feridos, um ao lado do outro, suprindo suas necessidades. Na luta pela solidariedade promovia reuniões para alcançar adeptos, e em todas as reuniões havia além da palestra, orações e ministração da Palavra uma tomada de decisão para a realização das boas obras. Seu grande estímulo era ser um discípulo de Cristo, não só no âmbito espiritual, mas também na prática sentindo grande compaixão pela humanidade.

     Já quase sem dinheiro utilizava a medicina e seus contatos para cuidar dos enfermos, sarar as feridas do corpo e da alma, causados pela depressão, angústia e miséria a cada um que cruzava o seu caminho; tudo isto com o objetivo estratégico de levar Cristo ao coração do ser humano.

     As atitudes de Dunant tiveram repercussão em toda Europa chegando à Ásia. Reis, Rainhas, Imperatrizes, Príncipes, Duques e Lordes foram confrontados e tocados pelo seu cristianismo estratégico. O resultado que ele colheu não poderia ser outro, foi o primeiro ganhador do Premio Nobel da Paz, porém, sua maior recompensa foi a de ter plantado a paz de Cristo que excede todo entendimento (Fp 4.7) no coração de muitos. A Igreja não deve se distanciar de homens do quilate de Kalley e Dunant.

3 Ação humanitária -- uma expressão de amor

     A ação humanitária nada mais é do que ajudar ao nosso próximo, e os exemplos dados por Jesus do bom samaritano, nos informam que a parábola não produz resposta pronta e sim a produção de pensamentos para uma tomada de decisão. A Igreja tem o seu papel na sociedade, é preciso gerenciar os pensamentos em amor ao próximo. O desenvolvimento das boas obras tem que superar a ditadura do preconceito, é olhar para o próximo e ter compaixão. Porém, alguns pensam que ajudar ao próximo, principalmente os da fé é muito difícil, sendo melhor ficar ligado na TV, plugado no computador e navegando na internet. Precisamos ser apaixonados pela humanidade, desculpar homens indesculpáveis, considerar dignas pessoas tão indignas, exaltar pessoas tão desprezadas e incluir pessoas tão excluídas. Quando praticamos a ação humanitária estamos considerando a Escritura em 1ª Jo 3.16-18, que nos alerta dizendo que "aquele que possui recursos deste mundo e vir a seu irmão padecer necessidades" e não reagir a isso, o amor de Deus não habita nele. Quando demonstramos amor com certeza teremos o retorno, quando plantamos o amor colhemos os corações dos beneficiados. Quando realizamos as ações humanitárias, as boas obras estamos expressando o nosso amor para com o nosso próximo. A igreja não pode se identificar como os amigos de Jó, que ao invés de aliviar sua dor, cuidar de suas feridas, ficaram criticando e acusando-o.          

     A Igreja pode subsidiar medicamentos acompanhados de receitas, oferecerem palestras sobre higiene, sobre prevenção de doenças, controle de diabetes, hipertensão, criar uma micro farmácia, desde que um profissional da área supervisione. Realizar programa para gestantes e criar projetos que dêem oportunidades para atuação destes profissionais na comunidade. Precisamos de verdadeiros engenheiros de idéias para que isto não fique só na escola dominical, a fim de que a Igreja cumpra seu propósito social, tendo sido criada para boas obras.  

Conclusão

     O evangelho deve ser introduzido o mais depressa possível no meio da humanidade. Este é o único meio pelo qual eles terão esperança, pois as feridas, o câncer, as doenças poderão matar seus corpos, contudo, eles terão a certeza de que não matarão seu espírito que estará com Cristo na vida eterna. Nós temos as ferramentas nas mãos. Portas abertas não nos faltam, resta-nos tão somente penetrá-las e erguermos a bandeira do Evangelho.

     Vivemos numa sociedade capitalista e é penoso ver que algumas Igrejas têm absorvido tal visão, passando para seus membros que os valores materiais são prioridades, deixando de lado os valores eternos. A medicina com os seus ramos de especialidades pode ser uma grande aliada na bandeira do Evangelho, pois, muitos virão procurando saúde para o corpo, e também encontrarão saúde para a alma.

          A Igreja com essa estratégia abrirá a porta do evangelho para muitos, cumprindo com uma única atitude duas ordens de Cristo – pregar o evangelho e amar ao próximo com execução das boas obras; mostrando que a Igreja deve amar não só de palavras, mas de obra e de verdade (1ª Jô 3.18). Logo entendemos que quem quiser ajudar procurará um meio, quem não quiser procurará uma desculpa e se procurarmos um meio estaremos sendo Igreja fora da igreja. 

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/medicina-artigos/a-contribuicao-da-igreja-a-saude-publica-4930099.html

    Palavras-chave do artigo:

    igreja e a saude publica

    ,

    amor ao proximo

    ,

    medicina na igreja

    Comentar sobre o artigo

    O presente estudo buscou compreender o principio da subsidiariedade aplicado a saúde. O cuidado do Homem com a saúde remonta aos primitivos, quando usavam de sua própria saliva para curar suas feridas. Desde então, a saúde, no seu conceito e no seu tratamento, passou por constantes processos de transformação até que se chegasse aos métodos de tratamento atuais, bem como sua dimensão a partir do conceito dado pela Organização Mundial da Saúde...

    Por: Lucas Rafael Chaves Sampaiol Direito> Doutrinal 05/08/2014 lAcessos: 14
    Escritorcampos

    Este é um cognome dado a um filho, com o fito de fazer galhofa com sua qualidade de criança simplória, no conceito de pais ignaros. Ignorantes no bom sentido de ignorar valores de se criar filho, porém, com sabedoria própria de se criar vários e bons filhos, pois, apesar dos pesares foram pais amoráveis para com sua prole e, o amor suplanta qualquer sabedoria.

    Por: Escritorcamposl Literatura> Crônicasl 06/05/2010 lAcessos: 172
    Gilcenira Ataliba Esteves

    O sucesso da evolução da medicina está contribuindo, diretamente, com a diminuição da mortalidade no mundo e, como conseqüência, surge uma nova população que, até algumas décadas atrás, não era significativa, o Idoso, e com ele algumas doenças características da idade. Este artigo tem como objetivo chamar atenção das pessoas para a doença de Alzheimer suas características, evolução e tratamento para que possam lidar, com o portador da doença, com segurança, afeto tratando-o com dignidade e respe

    Por: Gilcenira Ataliba Estevesl Saúde e Bem Estar> Medicinal 09/11/2009 lAcessos: 2,369
    TETRAGRAMA

    Viagem astral é em síntese a saída consciente do corpo físico. Todos nós saímos do corpo quando dormimos. Só precisamos ter a capacidade de perceber o momento exato dessa saída ou, induzir a saída por nossa vontade. É uma capacidade que pode ser tanto nata como adquirida. Porque ela nada mais é do que ter consciência ao sair do próprio corpo físico. Por natural se entende que essa capacidade faz parte da natureza do individuo.

    Por: TETRAGRAMAl Religião & Esoterismol 21/08/2013 lAcessos: 24
    Ágatha Karina Xavier de Barros

    Vivemos uma crença de que todas as situações da vida (dificuldades, incertezas, medos, frustrações, raiva e tristeza) podem ser resolvidas somente à base de calmantes, ansiolíticos, hipnóticos, antidepressivos, assim como com outras drogas (dentre elas cocaína, crack) aumentando cada vez mais a tolerância a droga e diminuindo a qualidade de vida do individuo de forma integral (saúde física, mental, social, ambiental e espiritual) .

    Por: Ágatha Karina Xavier de Barrosl Saúde e Bem Estar> Medicina Alternatival 08/06/2014 lAcessos: 76
    Odalberto Domingos Casonatto

    A Campanha da Fraternidade de 2012, organizada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil vai tratar da questão da Saúde Pública. A C F é um convite à conversão. De modo que, ao longo da quaresma se traz para reflexão, um tema de cunho social, identificado como causador de morte, suscitando ações que transforme a vida da sociedade, segundo o Evangelho. O tema proposto pela C F: é Fraternidade e Saúde Pública e tem com o lema: que a Saúde se Difunda sobre a Terra (cf. Eclo 38, 8).

    Por: Odalberto Domingos Casonattol Religião & Esoterismo> Religiãol 15/01/2012 lAcessos: 300

    Um estudo recentemente publicado numa revista médica especializada em obesidade (Journal of Obesity) confirma a existência de uma menor afinidade por parte dos médicos em relação aos seus pacientes obesos, sendo que, na medida em que o IMC (índice de massa corporal) do paciente se eleva menor é a simpatia e a atenção que a classe médica tende a demonstrar durante uma consulta médica. As causas, soluções e a prevenção de preconceitos contra os obesos são explicadas neste artigo.

    Por: Alfredo Toledo e Souzal Saúde e Bem Estar> Nutriçãol 05/05/2013 lAcessos: 34

    Filho do médico Bento Gonçalves Cruz e de Amália Taborda de Bulhões, Oswaldo Gonçalves Cruz nasceu em 1872 e viveu em sua cidade natal, São Luís do Paraitinga até 1877, quando seu pai transferiu-se para o Rio de Janeiro.

    Por: Wagner Paulonl Educação> Ciêncial 27/12/2009 lAcessos: 592 lComentário: 1
    Ivan Dionizio: Sociologo.

    Ministério da Previdência e Assistência Social, ao Ministério do Trabalho e Emprego e à Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República, recebi apoio traduzido na inserção de manifestações oficiais dos titulares das respectivas pastas: Ou seja, os Ministros. Então optei por dividir a difícil tarefa de decidir por uma ou por outra com os nossos autores, na esperança de chegar a um consenso ou, no mínimo, a uma maioria. E ficamos surpresos com um resultado que dividiu em três.

    Por: Ivan Dionizio: Sociologo.l Educação> Ensino Superiorl 28/02/2014 lAcessos: 53
    Escritorcampos

    A escrita, segundo a história eclesial, iniciou-se pelo cinzel de Moisés ao talhar a tábua dos dez mandamentos sobre algum granito, lá no alto do monte Sinai, ouvindo a voz do Todo Poderoso.

    Por: Escritorcamposl Literatura> Crônicasl 06/05/2010 lAcessos: 238

    Você perfurou algum local do corpo? Agora você precisa tomar todos os cuidados devidos! Saiba como fazer!

    Por: Andrél Saúde e Bem Estar> Medicinal 27/09/2014

    Apesar de a Anvisa ter liberado o uso de medicamentos para emagrecer que haviam sido banidos por oferecer algum risco à saúde dos pacientes, o ideal mesmo é emagrecer aos poucos e de forma natural – com exceção de casos mais severos de obesidade. Para grande parte das mulheres – principalmente aquelas que afirmam precisar perder ‘só mais três quilinhos' – é possível dar início ao "projeto verão" adotando um método de emagrecimento monitorado.

    Por: Vítor Margatol Saúde e Bem Estar> Medicinal 23/09/2014

    Plano de saúde é igual seguro de carro: os melhores são aqueles que você não precisa. Ao contratar um plano de saúde, é fundamental que o adquirente tome ciência de todos os termos do contrato, já que depois, quando se ver diante de uma situação de emergência que o plano de saúde [infelizmente] não cubra, não poderá fazer nada além de desembolar um dinheiro a mais para poder contornar a situação.

    Por: Julianal Saúde e Bem Estar> Medicinal 22/09/2014

    Não ter filhos é uma decisão que envolve a escolha do melhor método de contracepção. Há um ou vários métodos indicados para cada caso e a escolha passa pela avaliação da mulher, do parceiro e do médico. A informação ainda é a melhor aliada para a análise dos riscos e benefícios de cada método contraceptivo.

    Por: ADS Comunicaçãol Saúde e Bem Estar> Medicinal 15/09/2014 lAcessos: 14
    José Guimarães

    O objetivo de eu escrever este artigo é compartilhar você o que aprendi sobre a distribuição de remédios de graça. Acredito que, assim como eu não sabia antes, muitas pessoas ainda não sabem da existência de distribuição de remédios para determinados grupos de doentes crônicos. As condições para conseguir remédios grátis devem ser vistas nos postos de saúde de sua cidade ou em farmácias participantes do programa.

    Por: José Guimarãesl Saúde e Bem Estar> Medicinal 12/09/2014

    Algo que podemos verificar com uma determinada facilidade nos dias de hoje, é o fato de que há uma série de hospitais que podem acabar por não seguir as conformidades que seriam determinadas como básicas.

    Por: anamarial Saúde e Bem Estar> Medicinal 11/09/2014

    Se você está lendo isso, você pode estar pensando em usar lentes de contato pela primeira vez. Você também pode estar se perguntando se há algum problema com o uso de lentes de contato e você deve estar ciente antes de você desistir de seus óculos. Justo! Vamos descobrir juntos, explorando e respondendo a perguntas diferentes sobre o assunto, separando o fato da ficção.

    Por: Lentenet Lente de Contatol Saúde e Bem Estar> Medicinal 08/09/2014 lAcessos: 16

    Pesquisadores dinamarqueses estudaram mais de 58 mil mulheres submetidas ao exame de mamografia entre os anos de 1991 e 2005. O resultado, publicado recentemente no jornal Cancer Epidemiology, revela que as pacientes que receberam resultado falso-positivo demonstraram 27% mais chances de ter câncer de mama ao longo da vida em relação àquelas que receberam resultado negativo. Esse fenômeno, ainda não explicado, não está relacionado a erros de classificação.

    Por: Vítor Margatol Saúde e Bem Estar> Medicinal 08/09/2014 lAcessos: 13
    CHARLES ANDERSON RAMOS LORETI

    Uma entidade evangélica missionária sem fins lucrativos interdenominacional que visa focar no treinamento de pessoas, vocacionados, cristãos para a evangelização no Rio Grande do Sul em parcerias com Igrejas e denominações, bem como treinamento para a evangelização de outras regiões do Brasil em segundo plano e para outros povos da Terra em terceiro plano. Sua visão está baseada no evangelho de Lucas 19.10 onde Cristo veio para Buscar e Salvar (resgate) o que se havia perdido e II Co 5.17-21.

    Por: CHARLES ANDERSON RAMOS LORETIl Religião & Esoterismo> Evangelhol 28/03/2014 lAcessos: 29
    CHARLES ANDERSON RAMOS LORETI

    Enquanto a cidade dorme, eles estão acordados. Enquanto a população veste pijama, eles vestem jalecos. Enquanto muitos estão com os olhos fechados, eles estão com os olhos bem abertos velando, vigiando, cuidando daqueles que carecem de cuidados. Os do turno da noite! Vivenciam um mundo diferente, levantam no fim do dia, é ir para a cama a o nascer do sol, é tomar café quando a maioria das pessoas estão sentada comendo feijão com arroz. A maioria das janelas ficam as escuras, a maioria...

    Por: CHARLES ANDERSON RAMOS LORETIl Notícias & Sociedade> Cotidianol 15/08/2013 lAcessos: 36
    CHARLES ANDERSON RAMOS LORETI

    O tema assusta e provoca, mas ao usá-lo quero me referir a igreja institucional. Esta igreja deve ser um lugar terapêutico, um lugar de busca intensa de adoração e desenvolvimento pleno da comunhão. Mas, em algumas dessas instituições tem-se cometido crimes de forma sútil atrás de uma bandeira de palavra profética. Os crimes mais comuns são praticados por aqueles que detém cargo de liderança na igreja. Os três crimes mais comum são: tráfico de influência, assédio moral e abuso de poder.

    Por: CHARLES ANDERSON RAMOS LORETIl Religião & Esoterismo> Evangelhol 02/12/2012 lAcessos: 105
    CHARLES ANDERSON RAMOS LORETI

    "...e que, desde a infância, sabes as sagradas letras..." (2 Tm 3.15) Na Bíblia encontramos diversos exemplos de ser mãe. Temos Mãe e mães. Exemplos a serem seguidos (Lóide, Raquel, Rebeca, Ana, entre outras) e modelos a serem descartados (Jezabel, a mulher de Jó, Penina, entre outras).

    Por: CHARLES ANDERSON RAMOS LORETIl Religião & Esoterismo> Evangelhol 13/05/2012 lAcessos: 107
    CHARLES ANDERSON RAMOS LORETI

    Propomos uma breve exposição sobre o ganhador de almas quem é e qual a recompensa que está reservada ao ganhador de almas, para o Reino de Deus. É bom lembrar que quem convence o homem do pecado, da justiça e do juízo é o Espírito de Deus, não temos nenhum poder de mudar o coração de ninguém, a propósito, não mudamos nem o nosso próprio. Mas convencionou-se charmar aquele que prega a boa plavara de ganhador de almas por ser este um instrumento na mão do Espírito de Deus. Portanto,

    Por: CHARLES ANDERSON RAMOS LORETIl Religião & Esoterismo> Evangelhol 04/05/2012 lAcessos: 179
    CHARLES ANDERSON RAMOS LORETI

    Dez maneiras de fugir do chamado missionário: Tirado do Livro "How are you doing?" (como vocês está fazendo?) de Stewart Dinnen. Karl Marx afirmou que os "filósofos tão somente têm interpretado o mundo diferentemente, mas o ponto essencial não é interpretá-lo e sim transformá-lo".

    Por: CHARLES ANDERSON RAMOS LORETIl Religião & Esoterismo> Evangelhol 22/04/2012 lAcessos: 153
    CHARLES ANDERSON RAMOS LORETI

    As Igrejas que quiserem alcançar esta gente amada por Deus deverá colocar uma placa em seus portões que traduza algo parecido com isso: "Proibida a entrada de pessoas perfeitas: venha como está… Mas não permaneça como está".

    Por: CHARLES ANDERSON RAMOS LORETIl Religião & Esoterismo> Evangelhol 16/04/2012 lAcessos: 452
    CHARLES ANDERSON RAMOS LORETI

    Charles Hendon Spurgeon disse: "Se você tiver em sua frente 100 garrafas vazias e derramar sobre elas um balde cheio de água, algumas poderiam ficar com uma porção de água, mas a maior porção de água cairia fora das garrafas. Se você desejar encher com água as garrafas, a melhor maneira seria pegar cada garrafa e colocar a água na boca de cada uma separadamente". Evangelismo pessoal significa entrar em contato com uma pessoa individualmente e contar a essa pessoa as boas novas da salvação.

    Por: CHARLES ANDERSON RAMOS LORETIl Religião & Esoterismo> Evangelhol 10/04/2012 lAcessos: 274
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast