A Dengue E Os Medicamentos Proibidos

Publicado em: 18/01/2010 |Comentário: 4 | Acessos: 23,126 |

 

Durante muito tempo questionei por que apenas o presidente nacional do CEATOX, Doutor Anthony Wong emitiu alerta sobre o uso excessivo do paracetamol, principio ativo do Tyllenol e presente em grande número de outros medicamentos, sendo que o uso indiscriminado pode levar o individuo a morte.

 Finalmente, fui agradavelmente surpreendida lendo a revista Super Interessante edição número 273- 11/12/2009, pag.47, que trás um esclarecimento para o usuário: com o titulo “QUAL A DIFERENÇA ENTRE ASPIRINA, NOVALGINA E TYLLENOL”? A revista enfoca o assunto devido a recente decisão da ANVISA que determina que estes medicamentos devem ficar ‘atrás do balcão’ para evitar a auto medicação.

De forma simples e objetiva mostra o medicamento, suas características e riscos:

ACIDO ACETIL SALICILICO - AAS, Aspirina, indicação: febres e dores. Previne problemas cardiovasculares.

Contra-indicação: Devido o fato de inibir a coagulação do sangue, piora quadro de dengue (hemorragias). Também não deve ser usado por quem tem problemas de gastrite, asma ou bronquite, pois favorece reações alérgicas.

DIPIRONA SÓDICA - Anador, Dorflex, Lisador, Neosaldina e Novalgina. Indicação : Febre e dores.

Contra-indicação: Alérgicos, em excesso prejudica a cicatrização. Diabéticos não devem usar, contém açúcar.

PARACETAMOL - Sonridor, Tyllenol. Indicação: analgésico. Mas não possui ação antiinflamatória.

Contra-indicação: “Não pode ser usado em caso de DENGUE, pois a doença faz com que o fígado pare de fabricar uma enzima que metaboliza o paracetamol e a substância fica acumulada no organismo e pode levar o paciente à morte. Em excesso pode causar danos no fígado. Como a DENGUE já agride bastante o órgão mais o uso excessivo do medicamento as conseqüências podem ser desastrosas! Deve ser evitado por quem faz uso de bebida alcoólica ou quem sofre de hepatite”.

Ocorre que muitos médicos costumam receitar em caso de DENGUE (ou suspeita) da doença. Minha opinião é que a ANVISA deveria emitir um comunicado a classe médica evidenciando que o uso excessivo, dosagem alta, alteração de intervalo entre uma dosagem e outra pode ser altamente prejudicial.

BEATRIZ ANTONIETA LOPES

BIÓLOGA graduada pela UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO-UFMT

Curso em Entomologia Médica 

contatos: [email protected]

Avaliar artigo
5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 4 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/medicina-artigos/a-dengue-e-os-medicamentos-proibidos-1744818.html

    Palavras-chave do artigo:

    paracetamol

    ,

    tyllenol

    ,

    dengue hemorragica

    Comentar sobre o artigo

    Os "sinais de alarme", citados em diversos manuais de tratamento, a saber: dor abdominal intensa, vômitos freqüentes, agitação psicomotora/sonolência e palidez cutâneo-mucosa. Estes sinais que podem surgir já na primeira dengue e pode estar ligados ao fato do paciente estar fazendo uso de medicamento que contenha o princípio ativo AAS (Acido Acetil Salicílico) ou outros medicamentos anticoagulantes, muito utilizados em pacientes cardíacos.

    Por: Beatriz Antonieta Lopesl Saúde e Bem Estar> Medicinal 26/08/2010 lAcessos: 201

    Este especialista, o chamado “Dr. Virose”, lamentavelmente está por aí diagnosticando “virose” para toda e qualquer etiologia febril. Sem exames ou investigação mais aprofundada, rabisca uma receita de Paracetamol (Tyllenol) e dá por terminada a consulta, sem solicitar sequer um hemograma...

    Por: Beatriz Antonieta Lopesl Ciências> Biologial 14/05/2009 lAcessos: 870

    Em sua entrevista o doutor declara ainda: "Falava-se que a lesão do fígado só acontecia com doses excessivas. Cada vez, porém, fica mais claro que essa lesão não ocorre apenas com superdosagens, mas também com doses terapêuticas, as que se usam normalmente. Ou seja, está havendo intoxicação com doses até menores que seis comprimidos por dia. Outro fato é que existem muitos remédios com paracetamol. Quase todos os antigripais, por exemplo, contêm a substância. Alguns antiinflamatórios também."

    Por: Beatriz Antonieta Lopesl Saúde e Bem Estar> Medicinal 23/08/2010 lAcessos: 2,341 lComentário: 1

    Com medidas de controle e prevenção muitas patologias poderiam ser evitadas. E o termo correto é este mesmo: EPIDEMIA. Podemos denominar como surto, casos eventuais que ocorrem em determinada região.

    Por: Beatriz Antonieta Lopesl Saúde e Bem Estar> Medicinal 18/12/2010 lAcessos: 101
    Araceli Canova

    A dança exige performance complexa com padrão preciso e controlado. O balé clássico, por exemplo, com movimentos realizados com o peso do corpo sobre a ponta dos pés, demanda esforços extras para manter a estabilidade dos membros inferiores. Se algo interferir na mobilidade normal da articulação, necessitar-se-á de compensações posturais e alterações de movimentos que podem ocasionar aumento do estresse até em outras partes do organismo, resultando em lesões.

    Por: Araceli Canoval Saúde e Bem Estar> Medicinal 27/03/2015

    Número de casos diminui, mas doença ainda é a segunda causa de óbito por agente infeccioso no mundo

    Por: Ricardo Machado Comunicaçãol Saúde e Bem Estar> Medicinal 23/03/2015

    A cirurgia juntamente com outros tipos de terapias, pode ser uma opção de tratamento para o câncer de pulmão que ainda são pequenas em estágio inicial de desenvolvimento. Se caso a cirurgia puder ser realizada, ela oferece uma boa chance de sucesso da cura da doença.

    Por: Vinicios Ferreiral Saúde e Bem Estar> Medicinal 20/03/2015

    Os 5 piores tipos de câncer. Câncer de pele. O câncer de pele e o tipo de tumor mais comum na população mundial, pois cerca de vinte e cinco por cento dos casos de câncer, são de câncer de pele, o câncer de pele acontece quando ocorre o crescimento acelerados das células que compõem a pele.

    Por: Vinicios Ferreiral Saúde e Bem Estar> Medicinal 20/03/2015

    De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2030 as doenças cardiovasculares serão responsáveis por quase 24 milhões de óbitos. Hoje, no Brasil, a cada cinco minutos alguém sofre um infarto. Das 300 mil ocorrências desse tipo que acontecem anualmente, 80 mil resultam em morte. As estatísticas são alarmantes e chama atenção o fato de que, mesmo aqueles que fazem check-up anualmente e se creem livres de risco, não são poupados.

    Por: Vítor Margatol Saúde e Bem Estar> Medicinal 17/03/2015
    Mariangela de Oliveira Castro

    Compõe o currículo da Graduação em Educação Física, disciplinas de Ciências Médicas e sendo esta, reconhecida como área da Saúde, de acordo com a resolução do Conselho Nacional de Saúde (CNS nº. 218/1997), percebe-se que o professor de Educação Física é atualmente, o profissional melhor capacitado dentro da escola para prestar assistência aos alunos portadores de Diabetes, bem como atuar em situações de emergência.

    Por: Mariangela de Oliveira Castrol Saúde e Bem Estar> Medicinal 06/03/2015 lAcessos: 14

    No começo da vida sexual, o maior medo das meninas é engravidar ‘sem querer'. Nessa fase, engravidar parece a coisa mais fácil do mundo e muitas meninas pensam que será assim para o resto da vida. Até que se casam e percebem que – mesmo parando de tomar pílula – a gravidez não se confirma. Isso ocorre com muita frequência e muitos casais precisam cada vez mais de ajuda especializada para ter um filho.

    Por: Vítor Margatol Saúde e Bem Estar> Medicinal 03/03/2015 lAcessos: 19

    Estudo publicado no jornal Cancer Epidemiology, Biomarkers & Prevention revela uma mutação genética que acomete famílias afrodescendentes. Especificamente, mulheres negras têm mais chances de serem diagnosticadas com câncer de mama do que mulheres brancas antes dos 40 anos.

    Por: Vítor Margatol Saúde e Bem Estar> Medicinal 02/03/2015 lAcessos: 18

    As pessoas se preocupam, fazem o que podem (e sabem), mas os cuidados técnicos ‘estão' sob o comando dos municípios, estados e federação! Eles possuem as verbas para as ações de controle e erradicação, mas há mais de 20 anos NÃO FAZEM O CORRETO, O QUE DEVERIA SER FEITO!!!!

    Por: Beatriz Antonieta Lopesl Saúde e Bem Estarl 21/04/2012 lAcessos: 123

    A lista abaixo apresenta produtos químicos para combater a DENGUE que cada Secretaria Estadual de Saúde solicita ao Ministério da Saúde, verifique que o inseticida correto e adequado para eliminar os vetores da Dengue faz parte desta lista e o MS fornece, basta solicitar!

    Por: Beatriz Antonieta Lopesl Saúde e Bem Estar> Medicinal 31/08/2011 lAcessos: 93

    Faz-se necessário um estudo para que as chamadas ‘portas de entrada' recepcionem e atendam o paciente de forma humana e não geradoras de discriminação!

    Por: Beatriz Antonieta Lopesl Saúde e Bem Estar> Medicinal 05/06/2011 lAcessos: 115

    Sem lipídios as larvas não passam do 3º estágio. Há necessidade também de vitaminas, ácido fólico. Assim, água limpa não significa a mesma água que nós bebemos. A ‘água limpa' para o mosquito não é a mesma água limpa que bebemos, que isto fique claro!

    Por: Beatriz Antonieta Lopesl Ciências> Biologial 19/05/2011 lAcessos: 123

    A cada 04 anos ocorre nova epidemia em diferentes regiões, mas alguns estados (Rio de Janeiro, por exemplo), uma epidemia vem se intercalando em outra!

    Por: Beatriz Antonieta Lopesl Ciências> Biologial 14/04/2011 lAcessos: 208

    Os assessores do governo recomendaram que se inclua em letras grandes a frase "contém Paracetamol", para que as pessoas que já estão tomando o medicamento saibam que produtos devem evitar.

    Por: Beatriz Antonieta Lopesl Saúde e Bem Estar> Medicinal 31/03/2011 lAcessos: 155

    Apesar do aumento e agravamento da situação da DENGUE, e várias outras patologias que envolvem vetores, que foram retornando e estão se estabelecendo por todo País, o MINISTÉRIO DA SAÚDE e a ANVISA continuam a manter as mesmas ações equivocadas adotadas nos últimos anos.

    Por: Beatriz Antonieta Lopesl Saúde e Bem Estar> Medicinal 23/03/2011 lAcessos: 134

    Um estudo minucioso sobre as epidemias iniciais, as regiões, anos de repetição e o resultado obtido em sorologias e isolamento viral pode mostrar nova perspectivas através de uma visão diferenciada, onde o vírus, único, tem sucessivas passagens no organismo, com reações diferenciadas na segunda infecção (DEN 2).

    Por: Beatriz Antonieta Lopesl Saúde e Bem Estarl 20/03/2011 lAcessos: 83

    Comments on this article

    0
    Beatriz Antonieta 04/11/2011
    resposta para ARI COSTA:

    Além de estudar a patologia, o inseto envolvido, o vírus, apresentei PROJETO ao município (e a outros que se interessaram)...Lamentavelmente parece ser importante e interessante para as chamadas 'autoridades e gestores de saúde' MANTER O VETOR E A DENGUE...
    Devido ao meu estudo, senhor Ari, passei todo tipo de retaliação por parte da prefeitura e secretaria municipal de saúde.
    Não desisti ainda de tentar mudar este quadro absurdo da Saúde Pública e, além de escrever costumo orientar as pessoas sobre os cuidados necessários.
    Então pergunto ao senhor: O que o senhor, como cidadão está fazendo para mudar a situação da dengue na sua cidade, no seu estado em nosso Brasil?
    1
    thyase 13/04/2011
    a dengue é muito grave quem tiver esse problema deve ir direto ao médico para ele constatar se você está com dengue ou não por favor gente se vc conhece uma pessoa com dengue por favor leve ao médico =)
    2
    ari costa 30/03/2011
    é muito facil falar da dengue,sabemos todos q no proximo ano teremos este mesmo problema te pergunto oque vc esta fazendo para evitar?
    18
    adriely 25/02/2010
    qual o remedio q devemos tomar para a dengue?
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast