Câncer De Ovário: Sintomas, Diagnóstico, Prevenção E Tratamento

Publicado em: 10/01/2009 |Comentário: 17 | Acessos: 44,041 |

Fonte: Câncer de Ovário: Sintomas, Diagnóstico, Prevenção e Tratamento


Câncer de Ovário


A quarta maior causa de morte entre as mulheres deve-se ao câncer de ovário que é o mais letal tipo de câncer.


Entre as causas do Câncer de Ovário estão: Hereditariedade (responsável por 10% dos casos), fumo, consumo de bebida alcoólica e dieta rica em gorduras e utilização de medicações para infertilidade. Além disso, mulheres que nunca engravidaram têm mais chance de ter o câncer de ovário e quanto mais vezes uma mulher engravida, menor é o seu risco de desenvolver um câncer de ovário. Mulheres que já desenvolveram câncer de mama ou de intestino também têm grandes chances de desenvolver o câncer de ovário.


Câncer de ovário

Câncer de ovário




Ao contrário do que as mulheres pensam, cistos no ovário não apresentam perigo desde que não sejam maiores que 10cm e possuam áreas sólidas e líquidas.


Sintomas do Câncer de Ovário


Diagnosticado geralmente em mulheres com mais de 40 anos, o câncer de ovário cresce discretamente e os sintomas são muitas vezes confundidos com simples dores abdominais, constipação (prisão de ventre), inchaço, náuseas, diarréia, diurese freqüente (aumento da urina), ganho ou perda de peso súbito e hemorragia vaginal anormal. Isso faz com que o diagnóstico seja geralmente feito tardiamente.


Porém, quatro sintomas que apresentados por mais de três semanas podem levar a pesquisa da presença do câncer. São eles: Distensão ou inchaço abdominal, desconforto e dor pélvica ou abdominal, alterações urinárias e digestivas. Caso esses quatro sintomas se apresentem por mais de 3 semanas, o ginecologista deve ser procurado imediatamente.


Diagnóstico do Câncer de Ovário


Antes de qualquer tipo de exame mais detalhado, a mulher deve visitar o ginecologista regularmente onde será feito o exame dos ovários através da palpação no exame pélvico (palpação do colo uterino, do útero, das trompas e dos ovários) e do exame de Papanicolau, onde um aparelho chamado espéculo vaginal é introduzido na vagina para que o colo uterino seja facilmente visualizado e então o ginecologista coleta algumas células do colo uterino e da vagina com uma espátula depositando-as em uma lâmina e enviando para exame em laboratório. Caso alguma suspeita seja levantada, o diagnóstico do câncer de ovário é feito através de ultra-sonografia chamada de ecografia pélvica transabdominal e transvaginal, onde um aparelho que emite uma onda sonora e o seu eco é captado pelo mesmo aparelho para gerar uma imagem na tela de um monitor, chamado transdutor, é introduzido na vagina da paciente assim como um espéculo, e o útero, as trompas e os ovários são visualizados para se detectar alterações.


Todos os exames acima citados não diagnosticam com certeza e precisão o câncer de ovário, pois todos são falhos quando o tumor é pequeno. Sendo assim, a melhor opção para o diagnóstico do câncer de ovário é a realização de tomografia computadorizada, podendo assim realizar uma avaliação mais detalhada do tumor e se há ou não o comprometimento de outros órgãos.


Uma opção para mulheres que fazem a ecografia para diagnosticar o câncer de ovário, é junto com o exame, realizar o exame de marcadores tumorais dosados através do sangue (CA 125), mas o diagnóstico definitivo deve ser feito através de cirurgia.


Tratamento do Câncer de Ovário


O tratamento para o câncer de ovário é a cirurgia onde será feita toda a avaliação da cavidade abdominal e a retirada do tumor, dos ovários, das trompas, o útero e o colo uterino, como também o tecido que cobre o estômago e os intestinos e os linfonodos ao redor.


Após a cirurgia, a maioria dos casos necessita de quimioterapia para matar as células restantes do ovário, radioterapia e/ou hormonioterapia (ambas, menos frequentemente usada) para complementar o tratamento.


Prevenção do Câncer de Ovário


Não há um modo de prevenção 100% eficaz para o câncer de ovário, porém algumas precauções podem ser tomadas como:



  • Amamentar;

  • Fazer ligadura de trompa ou histerectomia (retirada cirúrgica do útero) sem ter tido os seus ovários retirados;

  • Uso de anticoncepcional oral;

  • Redução da quantidade de gordura na dieta.


Quanto a este último ponto, o portal G1 publicou recentemente uma matéria que fala exatamente sobre o assunto. Intitulada: “Obesidade aumenta risco de câncer de ovário”, a matéria diz que:



Um estudo conduzido por cientistas americanos sugere que entre as mulheres que nunca se submeteram a tratamentos de reposição hormonal na menopausa, as obesas têm um risco maior de desenvolver câncer de ovário do que mulheres em seu peso normal. … O excesso de peso nas mulheres em idade pós-menopausa provoca um aumento da produção de estrogênio que, por sua vez, pode estimular o crescimento de células do ovário e desempenhar um papel no desenvolvimento do câncer.



Algumas estatísticas sobre o Câncer de ovário



  • A taxa de sobrevivência é de 95% se o câncer de ovário for identificado no estágio inicial;

  • Somente 25% dos casos de câncer de ovário são diagnosticados na fase inicial;

  • Aproximadamente 78% dos pacientes com câncer de ovário sobrevivem cerca de um ano depois do diagnóstico;

  • De 95% das pacientes que identificam sintomas do câncer de ovário antes da realização dos exames, 89% tem o diagnóstico confirmado;

  • Mais de 80% dos cistos não têm nenhuma conseqüência;

  • A utilização de pílula anticoncepcional por mais de 5 anos, diminui o risco de câncer de ovário em 60%.


Avaliar artigo
4
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 9 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/medicina-artigos/cancer-de-ovario-sintomas-diagnostico-prevencao-e-tratamento-718299.html

    Palavras-chave do artigo:

    cancer de ovario

    ,

    exame de papanicolau

    ,

    trompas

    Comentar sobre o artigo

    O câncer de colo de útero é uma doença totalmente evitável em vários casos, sendo a única neoplasia maligna para a qual se dispõe de métodos para prevenção, detecção precoce para um tratamento. Geralmente são curáveis quando o diagnóstico feito precocemente (colpocitologia e Papanicolaou) detecta as lesões pré-invasivas (intra-epiteliais). Esta neoplasia maligna apresenta evolução lenta, passando da fase precursora, para doença invasiva no período medio de aproximadamente 10 anos.

    Por: almajidal Saúde> Medicinal 16/06/2011 lAcessos: 13,868

    A cada cinco pessoas, uma sofre de gordura no fígado – muitas vezes sem saber. A ‘esteatose hepática não alcoólica' é uma condição cada vez mais comum nos países ocidentais e provoca aumento do fígado e mudança em sua coloração – podendo evoluir para hepatite gordurosa e cirrose hepática caso não seja diagnosticada e tratada a tempo.

    Por: Vítor Margatol Saúde> Medicinal 03/04/2014

    A dor crônica tem atingido milhões de pessoas no brasil. Ela consiste em um tipo de dor que persiste por mais de 3 meses e hoje os pacientes que sofrem com esse problema já podem contar com tratamentos menos invasivos e que estão demonstrando ótimos resultados.

    Por: Afonso Françal Saúde> Medicinal 31/03/2014 lAcessos: 23

    A menstruação atrasada pode estar ligada a diversos fatores, entre eles, (descartando a gravidez) os mais comuns são as alterações hormonais. Muitas mulheres sofrem com problemas de atraso menstrual ou fluxo desregulado e muitas vezes desconhecem os motivos, simplesmente ignoram, acham que é normal e não buscam a ajuda de um médico. Saiba que este é um problema muito sério e que pode acarretar problemas ainda mais sérios se não for tratado.

    Por: Liange Angelil Saúde> Medicinal 24/03/2014 lAcessos: 18

    Dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA) apontam para quase 33 mil novos casos de câncer colorretal em 2014. Passível de tratamento e cura, a doença ainda é responsável por cerca de 14 mil mortes ao ano. Daí a importância cada vez maior do diagnóstico precoce, antes que o tumor possa se espalhar para outros órgãos.

    Por: Vítor Margatol Saúde> Medicinal 21/03/2014 lAcessos: 22

    Menopausa é um tema muito mais recorrente do que andropausa. Não só por conta de uma sociedade ainda sexista, mas porque muitas mulheres não veem impedimento em falar sobre os problemas que enfrentam. Mas é fato que o envelhecer altera a capacidade reprodutiva dos homens também, ainda que de modo mais muito lento.

    Por: Vítor Margatol Saúde> Medicinal 18/03/2014

    A partir deste mês, os sensores de impressão digital da norte-americana Lumidigm, parte da HID Global, passam a integrar as soluções criadas pelo VaxTrac – contribuindo para interromper o desperdício de vacinas de 31 novas clínicas no sul do Benin (país africano que tem o francês como idioma oficial).

    Por: Vítor Margatol Saúde> Medicinal 18/03/2014

    As pessoas, em geral, não costumam dar muita atenção à saúde ocular. Mas, basta entrar um cisco no olho para desencadear estresse. Ou seja, é preciso dar mais atenção à visão, cuidar bem dos olhos sempre de maneira preventiva. Essa é a opinião do oftalmologista Renato Neves, diretor-presidente do Eye Care Hospital de Olhos, em São Paulo. O especialista aponta os sete erros mais frequentes que as pessoas cometem e que acabam prejudicando a visão

    Por: Vítor Margatol Saúde> Medicinal 18/03/2014 lAcessos: 23

    Os rins são importantes reguladores do equilíbrio hidroeletrolitico (eliminação das impurezas do sangue, bem como retenção de nutrientes, como a albumina), e também são importantes no controle da pressão arterial

    Por: Central Pressl Saúde> Medicinal 13/03/2014

    É muito comum, quem possui animais de estimação como cães e gatos, desejar levar seu bichinho em passeios e viagens, principalmente em feriados ou quando a família sai de férias e vai passar longos dias fora de casa, mas o que poucos sabem é que existe uma legislação específica para o transporte de animais de estimação, que visa não só a segurança de quem viaja, mas também o conforto de passageiros e animais.

    Por: leocabrall Automóveis> Carrosl 10/01/2009 lAcessos: 18,632 lComentário: 1

    É muito comum nesta época do ano o lançamento e o aumento no consumo de produtos desintoxicantes devido aos excessos cometidos com as guloseimas e bebidas nas festas de final de ano, porém segundo cientistas, não há evidências reais de que esses produtos também chamados de purificadores ou restauradores, funcionem.

    Por: leocabrall Saúde> Nutriçãol 05/01/2009 lAcessos: 396

    Comments on this article

    0
    Cheila santos 06/06/2011
    E MUITO CHATO IR EM MEDICOS QUE NÃO DÃO A IMPORTANCIA ADEQUADA A MULHERES COM ESTE TIPO DE PROBLEMA POIS E MUITO MOROZA AO ATENDIMENTO VEJA O MEU CASO ESTOU DESDE MAIO TENTANDO DESCOBRIR O QUE TENHO ; MINHA MENSTRUAÇÃO ESTA ATRASADA A MAIS DE UM MES FIZ BHCG NEGATIVO E TENHO MIOMA E AGORA NÃO CONSIGO O TÃO SONHADO RETORNO E OLHA QUE TENHO CONVENIO
    7
    leyse magalhaes 10/01/2011
    quando deito de barriga pra cima sinto um almento debaixo do umbigo o que pode ser.tenho 32 anos tenho uma filha,nao tomo remedio e nao tenho relaçoes com ninguem a mais de 3 anos.
    2
    beny 05/12/2010
    Parabens! Foi de grande ajuda tudo que aprendi aqui.Esto em tratamento de quimeoterapia,e precisa de esclarecimento.Obrigada
    2
    Carolinne 19/08/2010
    Bem, achei muito interessante o tema. Eu tenho 16 anos e ando com dores de cabeça, engordei em 2 dias 5kg sem qualquer explicação, a minha urina tem um cheiro intenso e desagradavel e por vezes tenho dores de estomago e intestinos. O que sera?
    2
    Rosilene 11/04/2010
    Achei o artigo claro, porém não tirou minhas duvidas com relação as fases e aos tratamentos para cada uma.
    3
    ROSANA SANTOS.. 02/04/2010
    Fiz uma cirurgia por videolaparoscopia para retirada de um CA nas trompas,...foi difícil,..me sentia muito mal...sofri e foi por antecipação,...pois deu tudo certo,...! GRAÇAS À DEUS ! TODO ANO, VOU TER DE REPETIR A BATERIA DE EXAMES, PARA VER SE NÃO VOLTOU,...É NECESSÁRIO,...E SE ALGUMA DE VCS TIVEREM FILHOS, ELES TB, À PARTIR DOS 12 ANOS, TB TERÃO DE FAZER ESTE TIPO DE ACOMPANHAMENTO...DESEJO MUITA SORTE A TDS, E CONSELHO: FIQUEM TRANQUILAS PQ VAI DAR TUDO CERTO !!!...TENHO CERTEZA...! DESSA SITUAÇÃO, TIREI A SEGUINTE LIÇÃO: DEVEMOS NOS ARMONIZAR CONOSCO MESMO, VERIFICAR OQ ESTAMOS FAZENDO DE ERRADO,E OQ PODEMOS FAZER PARA MELHORAR,...! SE VC´S TIVERM ALGUM DESAFETO, PENSEM...REFLITAM...NÃO É VERGONHA PERDOAR OU ASSUMIR QUE ESTAVA ERRADA...MAS TEM DE SER DO FUNDO DO CORAÇÃO...! PENSEM...! AH..! E JAMAIS, EM MOMENTO ALGUM, DESISTAM...TENTEM TUDO OQ FOR NECESSÁRIO..! LUTEM...É UMA LUTA MUITO GRANDE, MAS TEMOS CHANCES DE VENCER...! PAZ E LUZ A VC´S...!
    7
    RITA 23/03/2010
    GOSTEI MUITO DA MATERIA,POIS JA FAZ ALGUM TEMPO QUE EU DESCONFIAVA QUE ESTAVESSE COM CISTO NOS OVARIOS,MAS QUANDO FUI AO MEDICO ELE DISSE:QUE NÃO AVERIA NESSESSIDADE DE FAZER UM EXAME:SEMPRE QUE IA AO MEDICO ELE DIZIA QUE ESTAVA TUDO BEM,A ULTIMA VEZ QUE FUI LA,DISSE QUE EU GOSTARIA MUITO DE FAZER UM EXAME ,POIS AVIA LIDO NA INTERNETE SOBRE CISTO,E EU APRESENTAVA OS MESMO SINTOMAS,FINALMENTE ELE MI PASSOU O EXAME ,EU JA FIZ O EXAME E LA MESMO NO CONSUTRIO O MEDICO QUE COLHEU O EXAME DISSE QUE ESTOU COM CISTO NOS OVARIOS ,MAS AGORA ESTOU SEM CORAGEM PARA MOSTRAR O RESULTADO PRO MEU MEDICO,POS TENHO MEDO QUE PRECISE FAZER ALGUMA CIRURGIA.!HA LHE TAMBEM SOBRE OS TIPOS DE CISTOS QUE EXIXTEM,E QUE MAIS MI JAMOU A ATENÇÃO FOI SOBRE CISTOS'',ENDOMETRIOTICOS''.E CISTOS ''SEROS''.SÃO OS MESMO SINTOMAS QUE SINTO.''TEMOS QUE ENCARAR A REALIDADE.E CONFIAR EM ''DEUS''
    1
    wanderleia rodrigues 14/03/2010
    fiz uma cirurgia para retirada de um tumor ovariano maligno, a um ano atráz junto com o seis ciclo de quimioterapia. Hoje num exame de rotina foi constatado um amento exacerbado do ovario sem presença de foliculos e há três meses não tenho ciclo mestrual será possivel o retorno de um cancer ou o volume do ovario e devido ele trabalhar por dois
    7
    Rita de Cassia 19/01/2010
    Estou lendo o assunto pela 1ª tenho uma menstruação abundante de uns anos para cá.Sinto dores e um desconforto abdominal constante, de uns dois anos para cá estou engordando muito, COM DORES FORTES E UM INCHASSO Q/ PARECE Q/ ESTOU GRAVIDA, a minha urina tem um cheiro muito forte e urino muitas vezes (não tenho diabetes e não tomo remédio fiz ultrassom tranzvaginal e papanicolau e não deu nada, esses exames ja fazem mais de um ano tenho 46 anos e 3 filhos de cesariana, há uns 16 anos atraz foi diagnosticado uma menopausa precoce, os ovarios estavam deformados, fiz tratamento e logo após fiquei gravida e tive uma filha e 1998 tive outra filha.
    5
    cris 12/01/2010
    eu faço muito xixi estou com diareia nao direto fiz uma ultra e deu mioma subseroso pode ser cançer e ovario nodulo de massa solida me der uma resposta por favor
    7
    viviana 12/12/2009
    fiz uma ultra a acusou cisto com 23cm na conta dos médicos a ginecologista passou o exame ca125 e uma ultra com double estou com muito medo pois ela disse q ñ posso esperar se alguem puder mim ajudar desde já agradeço
    3
    FABIANE 25/10/2009
    ESTOU LENDO O ASSUNTO PELA 1ª VEZ ESTOU SOFRENDO A ANOS COM HEMORRAGIAS E FORTES DORES, SENDO QUE DE UM ANO PRA CÁ ESTOU ENGORDADNDO QUASE S/ COMER, COM DORES FORTES E UM INCHASSO Q/ PARECE Q/ ESTOU GRAVIDA, TENHO NOTADO GOTAS SANGUE E MUITO MAL CHEIRO NA MINHA URINA, AS VEZES QUANDO USO BANHEIRO PESSOAS QUANDO VÃO DEPOIS DE MIM RECLAMAM DO CHEIRO, QUASE SEMPRE SAI UM CORRIMENTO IGUAL A PUS E FORA A VONTADE DE URINAR DIRETO. FIZ EXAMES E NINGUEM SABE ME DIZER O Q/ EU TENHO. PRECISO DE AJUDA ESTOU SOFRENDO E FAZENDO OUTROS SOFREREM COMIGO.
    1
    lorena pinto 20/10/2009
    tenho,dores abdominais de vez emquando,tomei pilula anticoncepcional, a mais de 3 anos
    isso pode evitar o cancer de ovários?
    3
    DEBORAH 17/10/2009
    SOU VIRGEM NAO TIVE RELACAO AINDA,MAIS TENHO MUITOS PROBLEMAS DE COLICAS,TENHO DIARREIA,VOMITOS,FRIO E DORES.O QUE POSSO FAZER?QUE TIPO DE EXAME TEM PARA VIRGEM?TENHO MEDO DE TER UM CANCER?
    10
    rosa maria 26/08/2009
    estou tendo corrimento muito forte, e uma coceira, sinto a vargina arder e vou muito ao banhiero fazer xixi as vezes parece que a bexiga está cheia e faço pouca urina.
    estou com dificuldade de ir no banheiro para defecar e sinto as vezes a vagrina meia enchada.
    9
    cleonice 12/08/2009
    estou sentindo muita vontade de urinar fiz exame de urina e acusou oxalato de calcio,depois de quatro meses fiz outro e nao deu ,deu celula epiteleais.......numerosas ebacterias apareceu presentes+,e o que significa.e sinti a algum tempo atraz duas vezes aquela colica super dolorosa,e agora nao sinto ,nao tenho diarreia mais tenho dores no abdominal,tenho prisao de ventre,fiz ultrassonografia varginal e ultrassonografia abdominal total,mais nao tinha falado sobre o orvario,me ajuda estou com muito medo de ser cancer de orvario
    11
    Claudia 26/05/2009
    O ARTIGO É EXCELENTE PORÉM GOSTARIA DE SABER O Q É E COMO SABER SOBRE O EXAME CA 125, SE ESSE EXAME E OS OUTROS JÁ MOSTRAM SE O CANCER É MALIGNO OU BENIGNO, OU ESSA RESPOSTA SÓ OBTEMOS APÓS A BIOPSIA?
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast