Epidemiologia em Saúde Coletiva

03/08/2011 • Por • 55 Acessos

                   Resumo do artigo científico: Epidemiologia em Saúde Coletiva.

O objetivo deste resumo de artigo foi o de sintetizar as conclusões do trabalho acadêmico em epígrafe que visava confrontar as diversas posições dos autores da área de saúde e epidemiologia com o objetivo de se obter respostas às seguintes perguntas: qual é o conceito atual de Epidemiologia? Teria ela um objeto de estudo próprio? Seria a Epidemiologia uma ciência ou apenas uma ferramenta metodológica auxiliar de outras ciências sociais?  Qual seria o campo de aplicação da Epidemiologia em Saúde Coletiva? As conclusões foram que a Epidemiologia é uma das disciplinas que, conjuntamente com outras ciências sociais, contribui para o estudo e desenvolvimento da Saúde Coletiva. Em relação ao conceito, relatou-se grande discussão presente, não se obtendo um consenso absoluto sobre esta questão, apresentando diversos pontos de vista que incluiu, inclusive, a desconfiança sobre ser esta disciplina uma ciência com objeto de estudo próprio e a considerando, ainda, como uma metodologia ou ferramenta das ciências sociais ou mesmo da Clínica, com utilidade meramente matemático-estatística. O seu campo de aplicação foi um dos mais variados indo desde os clássicos estudos descritivos sobre a distribuição da doença em uma população até a sua aplicação em clínica médica, com um perfil mais individualizado ligado aos fatores de risco, e em serviços de saúde, auxiliando na administração e aplicação priorizada de recursos humanos e materiais. Percebeu-se que, atualmente, a Epidemiologia Clínica está sendo de grande utilidade para validar estudos e ensaios clínicos de doenças crônicas e degenerativas em contraposição ao seu histórico uso para descrever a distribuição das doenças endêmicas e infecciosas. Por fim, concluiu-se que a Epidemiologia, na verdade, ampliou seu campo de ação e se constitui tanto como ferramenta como ciência com o objetivo de melhorar o estado de saúde de uma população. Todos esses fatos, levaram a um aumento da demanda pela utilização da Epidemiologia, com um olhar renovado, direcionado às necessidades dos serviços de saúde atuais sejam eles públicos ou privados.

Palavras-chave:
Epidemiologia, Saúde Coletiva, Processo saúde-doença, Índices.

 

                                                              REFERÊNCIA

 

CARNEIRO, Luis Carlos. Epidemiologia em Saúde Coletiva. Disponível em: < http://www.agbook.com.br/book/49436--EPIDEMIOLOGIA_EM_SAUDE_COLETIVA>.
Acesso em 03 de agosto de 2011.

 

              .

Perfil do Autor

Luis Carlos Carneiro

Cirurgião-Dentista. Especialista em Saúde Coletiva. Pós-Graduado em Administração Hospitalar. Bacharelando em Filosofia