Epidemiologia em Saúde Coletiva

Publicado em: 03/08/2011 |Comentário: 0 | Acessos: 44 |

                   Resumo do artigo científico: Epidemiologia em Saúde Coletiva.

O objetivo deste resumo de artigo foi o de sintetizar as conclusões do trabalho acadêmico em epígrafe que visava confrontar as diversas posições dos autores da área de saúde e epidemiologia com o objetivo de se obter respostas às seguintes perguntas: qual é o conceito atual de Epidemiologia? Teria ela um objeto de estudo próprio? Seria a Epidemiologia uma ciência ou apenas uma ferramenta metodológica auxiliar de outras ciências sociais?  Qual seria o campo de aplicação da Epidemiologia em Saúde Coletiva? As conclusões foram que a Epidemiologia é uma das disciplinas que, conjuntamente com outras ciências sociais, contribui para o estudo e desenvolvimento da Saúde Coletiva. Em relação ao conceito, relatou-se grande discussão presente, não se obtendo um consenso absoluto sobre esta questão, apresentando diversos pontos de vista que incluiu, inclusive, a desconfiança sobre ser esta disciplina uma ciência com objeto de estudo próprio e a considerando, ainda, como uma metodologia ou ferramenta das ciências sociais ou mesmo da Clínica, com utilidade meramente matemático-estatística. O seu campo de aplicação foi um dos mais variados indo desde os clássicos estudos descritivos sobre a distribuição da doença em uma população até a sua aplicação em clínica médica, com um perfil mais individualizado ligado aos fatores de risco, e em serviços de saúde, auxiliando na administração e aplicação priorizada de recursos humanos e materiais. Percebeu-se que, atualmente, a Epidemiologia Clínica está sendo de grande utilidade para validar estudos e ensaios clínicos de doenças crônicas e degenerativas em contraposição ao seu histórico uso para descrever a distribuição das doenças endêmicas e infecciosas. Por fim, concluiu-se que a Epidemiologia, na verdade, ampliou seu campo de ação e se constitui tanto como ferramenta como ciência com o objetivo de melhorar o estado de saúde de uma população. Todos esses fatos, levaram a um aumento da demanda pela utilização da Epidemiologia, com um olhar renovado, direcionado às necessidades dos serviços de saúde atuais sejam eles públicos ou privados.

Palavras-chave:
Epidemiologia, Saúde Coletiva, Processo saúde-doença, Índices.

 

                                                              REFERÊNCIA

 

CARNEIRO, Luis Carlos. Epidemiologia em Saúde Coletiva. Disponível em: < http://www.agbook.com.br/book/49436--EPIDEMIOLOGIA_EM_SAUDE_COLETIVA>.
Acesso em 03 de agosto de 2011.

 

              .

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/medicina-artigos/epidemiologia-em-saude-coletiva-5093688.html

    Palavras-chave do artigo:

    epidemiologia

    ,

    saude coletiva

    ,

    processo saude doenca

    Comentar sobre o artigo

    Silvane dos Santos Matias

    INTRODUÇÃO: O presente artigo aborda sobre a Visita Domiciliar como um dos instrumentos que se constitui numa atividade básica a ser realizada em atenção primária à saúde.OBJETIVOS: Refletir acerca da Visita Domiciliar buscando compreender a sua prática desde seu surgimento e como esta se efetiva hoje diante dos princípios do SUS e da ESF. METODOLOGIA: Pesquisa bibliográfica, tendo como aporte teórico os autores: Kawamoto, Fallante&barreira;, Camarano, Lacerda, Mattos, Takahashi. RESULTADOS: Obs

    Por: Silvane dos Santos Matiasl Saúde e Bem Estarl 13/07/2010 lAcessos: 11,003 lComentário: 1

    O texto é um texto focado na militância social, e serviu de base para debates no III Seminário Livre pela Saúde

    Por: Vinícius Ximenes Muricy da Rochal Saúde e Bem Estarl 14/11/2009 lAcessos: 432

    Diante de uma infinidade de direitos fundamentais estabelecidos pela Constituição Federal de 1988, o Brasil atravessa um de seus melhores momentos econômicos e sociais, porém, ainda não está no ponto ideal, muitos ajustes ainda devem ser feitos em diversas áreas. Um dos direitos fundamentais mais priorizados pela nova Lei Suprema foi o direito social à saúde. Foram positivados uma série de artigos voltados a proteção e defesa da saúde pública.

    Por: Samuel Augusto Beurenl Direito> Doutrinal 04/04/2012 lAcessos: 500

    Texto aborda uma visão prática sobre a Epidemiologia aplicada aos serviços de saúde pública e gestão SUS.

    Por: Henrique Assumpção Montanhal Saúde e Bem Estar> Medicinal 10/08/2010 lAcessos: 1,468
    Joselene Beatriz soares Silva

    RESUMO Enfermeiro atuante na comunidade desenvolver estratégias de ação além das atividades para a manutenção, promoção da saúde e prevenção de doenças. Este profissional possui a responsabilidade do diagnóstico, intervenções e assessoria para que as pessoas possam atingir seu potencial máximo de saúde (HORTA, 1979).

    Por: Joselene Beatriz soares Silval Saúde e Bem Estar> Medicinal 24/11/2010 lAcessos: 2,472 lComentário: 3
    ALESSANDRA MESQUITA

    A sexualidade é um componente imprescindível à formação da identidade do indivíduo, portanto, é relevante compreender o termo sexualidade em todas as suas vertentes e com total isenção de preconceitos dos educadores. Identificar o nível de conhecimento dos adolescentes sobre sexualidade, discutir medidas de prevenção para redução de abuso sexual, gravidez precoce e das Doenças Sexualmente Transmissíveis – DST's através de atividades educativas que favoreçam o aprendiazado dos adolescentes.

    Por: ALESSANDRA MESQUITAl Saúde e Bem Estarl 28/12/2010 lAcessos: 1,625

    Este artigo tem como objetivo chamar atenção sobre as causas emocionais das doenças cardíacas, considerando que as características das sociedades de hoje individualista, competitiva, aglomerada e espremida no espaço urbano, sedentária e tabagista com hábitos alimentares errados, com ingestão excessiva de calorias e álcool, fazem da hipertensão arterial uma doença da modernização e civilização. Demonstrando que os elementos socioculturais, também exercem influencias intrapsíquicas, representadas

    Por: Gilcenira Atalibal Psicologia&Auto-Ajuda> Redução de Stressl 01/12/2013 lAcessos: 43
    Joselene Beatriz soares Silva

    RESUMO INTRODUÇÃO: As atuações do Enfermeiro (a) na promoção da saúde se dão segundo a carta de Ottawa, 1986 quando prediz que ‘A promoção da Saúde visa aumentar a capacidade dos indivíduos para controlarem melhor a sua saúde' . Segundo

    Por: Joselene Beatriz soares Silval Saúde e Bem Estar> Medicinal 03/09/2010 lAcessos: 2,136
    Rafaela Silvério Rios

    Trata-se de um artigo de revisão bibliográfica sobre a atuação do Enfermeiro no cuidado de crianças com sobrepeso/obesidade na pré-escola. O estado nutricional de uma população é um excelente indicador de sua saúde e de qualidade de vida, espelhando o modelo de desenvolvimento de uma determinada sociedade. No que diz respeito às crianças, seu estado nutricional possui papel fundamental para que seu crescimento seja progressivo e para que ela desenvolva suas aptidões psicomotoras e sociais.

    Por: Rafaela Silvério Riosl Saúde e Bem Estarl 24/10/2010 lAcessos: 1,858
    Gilcenira Ataliba Esteves

    O sucesso da evolução da medicina está contribuindo, diretamente, com a diminuição da mortalidade no mundo e, como conseqüência, surge uma nova população que, até algumas décadas atrás, não era significativa, o Idoso, e com ele algumas doenças características da idade. Este artigo tem como objetivo chamar atenção das pessoas para a doença de Alzheimer suas características, evolução e tratamento para que possam lidar, com o portador da doença, com segurança, afeto tratando-o com dignidade e respe

    Por: Gilcenira Ataliba Estevesl Saúde e Bem Estar> Medicinal 09/11/2009 lAcessos: 2,375

    O documento, fruto da parceria com a Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR), pretende auxiliar os médicos a reduzir o risco de os pacientes contraírem infecções.

    Por: Ricardo Machado Comunicaçãol Saúde e Bem Estar> Medicinal 30/10/2014

    Estudo publicado no Breast Cancer Research demonstrou a importância de não incluir apenas as mulheres com histórico de câncer de mama na família, mas também aquelas que têm mamas densas no grupo de risco. Afinal, esse é considerado um fator de risco significativo que deveria ser acompanhado de perto como forma de prevenção da doença.

    Por: Vítor Margatol Saúde e Bem Estar> Medicinal 28/10/2014

    O câncer tem sido causa de morte em todo o mundo e motivo de preocupação para muitos. Contudo, um estudo publicado no jornal científico Células-tronco, apresentado como mais uma forma bem sucedida de combate ao câncer e esperança de cura para aqueles que convivem com a doença.

    Por: josi feitosal Saúde e Bem Estar> Medicinal 28/10/2014

    Muitas pessoas podem acabar por reclamar, ou até mesmo proclamar elogios com relação a saúde publica de sua região, no entanto também podemos verificar que acaba por ser considerado como comum o fato do que seria a saúde pública. Sendo assim, iremos falar agora mesmo o que seria, e até mesmo como funciona a saúde pública.

    Por: anamarial Saúde e Bem Estar> Medicinal 28/10/2014

    Muitas pessoas podem acabar por ter a necessidade de realizar um exame que seja considerado como complexo, no entanto podemos verificar que alguns destes exames acabem por causar uma determinada dúvida.

    Por: anamarial Saúde e Bem Estar> Medicinal 24/10/2014

    O Alzheimer modifica consideravelmente a vida das pessoas afetadas e dos seus familiares. As pessoas com Alzheimer estão, sobretudo em fases mais avançadas, física e cognitivamente muito comprometidas. Por isso, é particularmente importante para os doentes viverem num ambiente em que se possam movimentar com facilidade e segurança.

    Por: tkencasal Saúde e Bem Estar> Medicinal 24/10/2014

    A Mentalmédica é um Centro de Referência nas Áreas da Saúde Mental e Neurociências. Para a concretização dos seus objetivos a Mentalmédica inclui no seu Corpo Clínico Especialistas nas Áreas da Saúde Mental e Neurociências, assim como de várias outras áreas da saúde, que trabalham em Articulação Constante.

    Por: MENTALMÉDICAl Saúde e Bem Estar> Medicinal 23/10/2014

    Uma em cada quatro mulheres com doença inflamatória pélvica (DIP) tem sequelas a longo prazo. A infertilidade é uma delas – podendo afetar até 60% das pacientes depois de um episódio. Nos Estados Unidos, a DIP atinge 1,5 milhão de mulheres todos os anos.

    Por: Vítor Margatol Saúde e Bem Estar> Medicinal 22/10/2014
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast