Pesquisas comprovam que pessoas estressadas geram mau hálito

Publicado em: 01/11/2010 | Acessos: 311 |

Stress é um dos males da vida moderna. O ritmo agitado da vida que levamos, principalmente em grandes centros urbanos, com excesso de responsabilidades, cobranças e competitividade, trânsito etc, são fatores que costumam deixar as pessoas estressadas.

Na verdade, o stress pode ser encarado como um estado de alerta do nosso organismo. Ficamos mais "agitados" para corresponder melhor às tarefas que nos são delegadas. Em situações de perigo, o stress nos prepara para o combate ou para a fuga, liberando um hormônio chamado adrenalina.

O problema é quando passamos por um período longo de stress. Várias alterações podem ocorrer em nosso corpo, inclusive, o aparecimento do mau hálito (halitose).

Pesquisadores da ACTA (Academisch Centrum Tandheelkunde of  Amsterdam -Holland) garantem que animais farejadores atacam com mais frequência pessoas com níveis de stress elevados, pois estas pessoas liberam na corrente sanguínea níveis maiores de adrenalina que consequentemente darão origem a um odor característicamente desagradável, tanto na pele quanto no hálito.

O stress pode provocar mau hálito basicamente devido a três fatores. O primeiro deles seria a queda na produção de saliva. A atividade das nossas glândulas salivares depende, dentre outros fatores, do equilíbrio do Sistema Nervoso Central (SNC). O stress provoca desequilíbrio no SNC, diminuindo a produção de saliva, o que geralmente leva ao surgimento do mau hálito, pois, com pouca saliva, existe a tendência de acumular resíduos alimentares e células mortas na nossa língua, o que pode ser fonte do mau cheiro.

Outro fator que ocorre em indivíduos estressados é a má alimentação.

As pessoas estressadas se alimentam mal, com intervalos muito longos entre as refeições, ou com alimentação desbalanceada. Longos períodos sem alimentação levam à queda do açúcar no sangue. Nosso organismo começa a queimar gorduras.

O resultado da queima da gordura pode ser sentido no nosso hálito como odor desagradável. No caso da alimentação desbalanceada, costuma-se ingerir muita proteína animal ou gordura. O metabolismo destes alimentos pode, dependendo da função do fígado, liberar elementos que provocam mau hálito.

Pode ocorrer também em pessoas estressadas o que chamamos de antiperistaltismo esofágico: parte da nossa saliva que é engolida tende a voltar para a parte de trás da língua e ali permanecer grudada, facilitando a aderência de células mortas e restos alimentares, o que geralmente provoca mau cheiro.

O sucesso no tratamento do mau hálito depende do correto diagnóstico das possíveis causas (existem cerca de 60 causas diferentes). Quando provocado por stress, de nada adianta a uso de bochechos, sprays etc, pois muitas vezes os indivíduos estressados possuem higiene bucal impecável e, mesmo assim, têm hálito muito forte. Portanto pode se dizer que pessoas calmas, bem humoradas, exalam perfume agradável e atraem a simpatia de todos!

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/medicina-artigos/pesquisas-comprovam-que-pessoas-estressadas-geram-mau-halito-3587936.html

    Palavras-chave do artigo:

    stress

    ,

    halitose

    ,

    tratamento

    Comentar sobre o artigo

    Cruvinel,Aila R.

    Dezenas de causas são relacionadas à halitose. Dentre as causas gerais, destacam-se as de origem respiratória (exemplos: sinusite e amigdalite), digestiva (exemplo: erupção gástrica, tumores e úlcera duodenal), metabólica (exemplo: diabetes, alterações hormonais) e emocional (estresse). Dentre as causas de origem local, podemos citar o acúmulo de placa bacteriana, a cárie e suas seqüelas, alterações gengivais e periodontais e peças protéticas deterioradas ou mal adaptadas.

    Por: Cruvinel,Aila R.l Saúde> Odontologial 13/11/2010 lAcessos: 336
    Ozana Herrera

    A noz-moscada é uma das especiarias mais apreciadas, valorizadas e conhecidas desde a antiguidade por suas propriedades aromáticas, afrodisíacas e curativas. Seus princípios ativos tem muitas aplicações terapêuticas e são utilizados em muitos medicamentos tradicionais como anti-fúngicos, anti-depressivos, digestivos, afrodisíacos e carminativos. Leia este artigo e descubra como usar os poderes da noz-moscada para estimular seu cérebro e melhorar a sua saúde.

    Por: Ozana Herreral Saúde> Nutriçãol 22/09/2013 lAcessos: 93
    Lentenet Lente de Contato

    Você está pensando em nadar com suas lentes de contato? Não. A Associação Americana de Optometria e do FDA recomenda não tomar banho enquanto você estiver usando lentes de contato. Isso inclui lagos, mar, piscinas, banheiras de hidromassagem e até chuveiros. Por quê? A água pode conter muitas ameaças invisíveis aos seus olhos. Suas lentes de contato pode prender alguns desses microorganismos.

    Por: Lentenet Lente de Contatol Saúde> Medicinal 21/08/2014
    Lentenet Lente de Contato

    Lentes de contato multifocais são lentes de contato com várias prescrições tudo em uma lente. Existe normalmente uma receita para objetos muito próximos: uma receita para objetos normais vistos a uma distância, em seguida, as prescrições para distâncias intermediárias. Essa configuração ajuda as pessoas com presbiopia corrigir problemas de visão relacionadas com a idade em que o olho não pode mais focar objetos de perto.

    Por: Lentenet Lente de Contatol Saúde> Medicinal 19/08/2014
    Lentenet Lente de Contato

    A época de chuvas de abril e flores de maio. E para muitos de nós, é o retorno de alergias sazonais, queimação e olhos vermelhos que coçam. Se este cenário é imediatamente relacionáveis ​​com você, você não está sozinho. Alergias oculares são muito comuns.

    Por: Lentenet Lente de Contatol Saúde> Medicinal 18/08/2014

    Ressonância magnética revela lesões que comprometem raciocínio, fala, movimentos e memória Estudo desenvolvido pelo neurocientista norte-americano Peter Thanos revela que o consumo elevado de álcool pode encolher algumas regiões do cérebro.

    Por: Vítor Margatol Saúde> Medicinal 14/08/2014

    Dia do Combate à Poluição, comemorado em 14 de agosto, é boa oportunidade para debater o assunto

    Por: Ricardo Machado Comunicaçãol Saúde> Medicinal 14/08/2014

    Pacientes podem realizar a fertilização in vitro pela metade do valor praticado pelas clínicas de reprodução no país, com toda medicação inclusa. O tratamento é oferecido pela Art Rede de Reprodução Humana, na capital paulista.

    Por: CLAUDIA CHAVESl Saúde> Medicinal 14/08/2014

    A gravidez costuma provocar inúmeras mudanças na mulher, tanto físicas quanto emocionais. Em muitos casos, nem os olhos são poupados, podendo sofrer distúrbios temporários ou permanentes. A sensibilidade da córnea, por exemplo, costuma diminuir principalmente nos últimos três meses – voltando ao normal pouco tempo depois de o bebê nascer.

    Por: Vítor Margatol Saúde> Medicinal 07/08/2014

    Muitas pessoas podem não entender muito bem sobre a importância de se ter um segurança hospitalar

    Por: anamarial Saúde> Medicinal 06/08/2014 lAcessos: 12
    Cruvinel,A.R.

    Cerca de 85% a 90% dos casos de halitose se originam na boca, um ecossistema no qual vivem centenas de espécies de bactérias com diferentes necessidades nutricionais. Quando essa flora digere proteínas, podem ser liberadas substâncias que têm mau cheiro.

    Por: Cruvinel,A.R.l Saúde> Odontologial 12/11/2010 lAcessos: 156
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast