Tiques Nervosos, Piscar Nos Olhos, O Que Pode Ser E Como É Seu Tratamento

20/12/2009 • Por • 17,711 Acessos

Tiques nos olhos, piscar nos olhos, olhos piscando demasiadamente, tremor nos olhos são queixas frequentes nas pessoas. Muitos mitos circundam estes sintomas, muita culpa se coloca no estresse (stress), ansiedade, preocupação, depressão, realmente eles podem interferir nestas queixas, mas existem diversos diagnósticos distintos.

Tiques nos olhos, piscar os olhos excessivamente pode ser do quadro da síndrome de Tourette. A síndrome de Tourette é uma doença neurológica que cursa com tiques motores e fônicos além de alterações comportamentais como coprolalia, compulsões, e outros.

Existem vários tipos de tiques motores, simples ou múltiplos. Há uma variação periódica no número, na freqüência, no tipo e localização dos tiques; também a intensidade dos sintomas tem um caráter flutuante. Os sintomas podem chegar até a desaparecer por semanas ou alguns meses. O início ocorre geralmente antes dos 18 anos de idade

Os tiques são vivenciados como algo irresistível (como por exemplo a necessidade de espirrar) e que precisa por fim se manifestar. Os tiques são piorados (porém não causados) por estresse e ansiedade e diminuem com o relaxamento ou com a concentração em uma tarefa prazeirosa.

Os tipos de tiques são motores ou vocais, simples ou complexos, os tiques simples são:
Motores – piscar os olhos, repuxar a cabeça, encolher ombros, fazer caretas, tensão abdominal ou de outras partes do corpo.
Vocais – pigarrear, grunhir, estalar a língua, fungar e outros ruídos.
Os tiques complexos são:
Motores – pular, tocar as pessoas ou coisas, cheirar e retorcer-se
Vocais - palavras ou frases fora do contexto; ecolalia (repetição de um som, palavra ou frase); coprolalia (dizer palavras de baixo calão, insultos, obscenidades).

Estudo clínico mostra uma nova opção para o tratamento dos tiques e síndrome de Tourette.

Estudo Americano publicado na revista Journal of Neurology Neurosurgery and Psychiatry, usando topiramato (topamax, toptil, amato) na dose média de 118 mg mostrou bons resultados no tratamento dos tiques motores e fônicas e da síndrome de Tourette.

Se voce tem tiques PROCURE UM NEUROLOGISTA! Ele poderá fazer o seu diagnóstico e tratamento correto

Perfil do Autor

Mario Peres

Dr. Mario Peres é médico neurologista, com doutorado em Neurologia pela Escola Paulista de Medicina (unifesp), Pós-doutorado na Thomas Jefferson University, Philadelphia