Tratamento para candidíase: o que funciona e o que não funciona?

Publicado em: 27/08/2012 | Acessos: 323 |

O tratamento clássico para candidíase evolve a administração de medicação antifúngica, acompanhada de pomadas que devem ser passadas ou introduzidas no local.

Essa forma de tratamento, recomendada pela maioria dos médicos, funciona bem, contudo, ela só funciona para casos esporádicos de candidíase, ou seja, quando a doença aparece uma vez ou outra.

A candidíase recorrente não "deve" ser tratada dessa forma. Veja que usamos o verbo "dever" e não "poder". Não é que a candidíase não possa ser tratada com medicamentos farmacêuticos se ela for recorrente, pode. O fato, contudo, é que não devemos tratá-la dessa forma se a intenção é alcançar uma cura ou pelo menos, o mesmo estado em que as pessoas que vivenciam a candidíase ocasional estão.

No caso de candidíase recorrente, utilizar medicamentos farmacêuticos é apenas desperdício de dinheiro - e esses remédios são caros! Pra que então jogar seu dinheiro fora se a doença voltará de qualquer forma?

No caso de candidíase recorrente, como explicamos no site Candidíase Tem Cura, a doença está sendo causada por fatores no corpo que não são afetados pelos medicamentos contra candidíase, como é o caso de alergias, intolerâncias alimentares, diabetes, mera má alimentação, estresse, ansiedade e baixa imunidade em geral. Medicamento nenhum cura alergias, intolerâncias alimentas, nem mesmo aumenta a imunidade. Se sua candidíase está sendo causada por um fator como esses citados, os remédios para candidíase não resolverão o problema e você desenvolverá outra crise de candidíase, tão logo a cândida consiga se reproduzir em excesso novamente, após a administração dos antifúngicos que você utilizou.

A única forma de curar a candiíase nesses casos é descobrir o que causa a doença em você e resolver o problema, ou pelo menos, neutralizar o problema. Algumas condicões que causam a candidíase não podem ser resolvidas definitivamente como alergias e diabetes. É possível, entretanto, manter o corpo forte o suficiente para controlar a proliferação da cândida, principalmente através da alimentacão e da manutenção de um sistema imunológico forte.

Falamos bastante sobre isso no site Candidíase Tem Cura. Venha nos fazer uma visita e se tiver dúvida, entre em contato conosco.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/medicina-artigos/tratamento-para-candidiase-o-que-funciona-e-o-que-nao-funciona-6149216.html

    Palavras-chave do artigo:

    candidiase

    ,

    candida

    ,

    tratamento para candidiase

    Comentar sobre o artigo

    A candidíase congênita é uma doença rara, adquirida intra-útero, manifestada ao nascimento e não parece estar relacionada ao/à: nascimento por via vaginal; rotura prematura de membranas; duração do trabalho de parto; paridade materna; uso materno de antibióticos ou corticosteróides.

    Por: angela carreirol Saúde e Bem Estar> Medicinal 24/07/2011 lAcessos: 340

    É um tema ainda que desperta muita curiosidade a razão do aparecimento dessas doenças em pacientes com o Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV), pois tem pacientes que apresentam esse mesmo vírus e mesmo depois de longos anos, tem casos de mais de 20 anos sem aparecer estas, a causa disso é uma grande incógnita. A HIV parasita as células T do sistema imunológico humano, responsável pela defesa do organismo humano. A hipótese mais aceita atualmente afirma que o parasito ao infeccionar esse sistem

    Por: Priscila Dias de Carvalhol Saúde e Bem Estar> Medicinal 19/11/2010 lAcessos: 1,016
    Jose Luiz Esteves Esteves

    A CANDIDÍASE É UM DOS PROBLEMAS FEMININOS MAIS COMUNS QUE EXISTEM. PARA MANTER A INFECÇÃO BEM LONGE, SAIBA COMO ELA ATACA E SE PREVINA

    Por: Jose Luiz Esteves Estevesl Saúde e Bem Estar> Medicinal 26/02/2012 lAcessos: 275
    Patricia Queiroz

    Existem muitas condições que são parecidas com a candidíase, mas que não são causadas pelo fungo Candida Albicans. Algumas doenças tem sintomas muito parecidos com os causados pela candidíase e podem ser confundidos com ela. Veja abaixo algumas condições que não são candidíase.

    Por: Patricia Queirozl Saúde e Bem Estar> Medicina Alternatival 17/11/2010 lAcessos: 1,820
    Nilton Salvador

    Amor é o remédio Perguntei para duas amigas, ambas mães de autistas: qual a diferença ou ainda, a semelhança entre Alzheimer e Autismo? Uma delas me contou que sua mãe ficou órfã de pai ainda menina, e teve uma doença que por não ter identificação na época, e por esse fator prevalecer foi internada num manicômio pelo resto da vida.

    Por: Nilton Salvadorl Saúde e Bem Estar> Medicinal 24/01/2015

    Saiba um pouco mais sobre o que são glândulas sudoríparas e como ela funciona no seu corpo.Também veja sobre bromidrose que é um doença que gera cheiro desagradável.

    Por: Rafaell Saúde e Bem Estar> Medicinal 23/01/2015

    A esclerose múltipla é uma doença com muitas peculiaridades e, cada vez mais, tem se abordado este tema. Apesar da maior difusão, ainda existem confusões com outras duas doenças, em relação ao nome. Os antigos chamavam as pessoas com pouca memória de esclerosadas. Apenas posteriormente, com os estudos, surgiu o termo Alzheimer. O outro equívoco é com a esclerose lateral amiotrófica (ELA), que também é uma doença grave e com sintomas um pouco semelhantes, porém que atingem populações diferentes.

    Por: Central Pressl Saúde e Bem Estar> Medicinal 22/01/2015

    De acordo com o INCA (Instituto Nacional do Câncer), no ano passado surgiram mais de 30 mil novos casos de câncer colorretal (designação que envolve câncer de cólon, de reto e de intestino grosso). Anualmente, essa doença leva à morte cerca de 14 mil pessoas, embora possa ser tratada e curada quando identificada logo no início. Daí a importância cada vez maior do diagnóstico precoce, antes que o tumor possa se espalhar para outros órgãos.

    Por: Vítor Margatol Saúde e Bem Estar> Medicinal 14/01/2015 lAcessos: 17
    Bernardo Sobreiro

    Neste artigo é abordada a história do tratamento dos cálculos urinários, dos procedimentos realizados em 600 AC até a moderna litotripsia com uso de Holmium laser e endoscópios flexíveis.

    Por: Bernardo Sobreirol Saúde e Bem Estar> Medicinal 11/01/2015 lAcessos: 12
    Bernardo Sobreiro

    As margens cirúrgicas positivas ocorrem quando na análise patológica da peça cirúrgica se observa que o tumor maligno não foi retirado na sua totalidade. Neste artigo é abordada a frequência de margens cirúrgicas positivas na prostatectomia radical (tratamento curativo do câncer de próstata) e o impacto da sua ocorrência na recidiva e progressão da doença.

    Por: Bernardo Sobreirol Saúde e Bem Estar> Medicinal 11/01/2015
    Bernardo Sobreiro

    Neste artigo são abordados aspectos epidemiológicos do câncer de próstata, como as variações temporais na incidência, mortalidade, e fatores de risco como idade e raça.

    Por: Bernardo Sobreirol Saúde e Bem Estar> Medicinal 11/01/2015
    Bernardo Sobreiro

    Neste artigo é abordada a história do antígeno prostático específico (PSA), desde seu descobrimento até a sua aplicação clínica como principal ferramenta no diagnóstico precoce do câncer de próstata.

    Por: Bernardo Sobreirol Saúde e Bem Estar> Medicinal 11/01/2015
    Rosalia Wilson

    Por que a candidíase aparece na região vaginal, como tratar e o que fazer se a doença voltar.

    Por: Rosalia Wilsonl Saúde e Bem Estar> Medicinal 27/08/2012 lAcessos: 216
    Rosalia Wilson

    A candidíase é uma das doenças mais mal compreendidas da atualidade. Frequentemente associada à doenças sexualmente transmissíveis, as pessoas têm vergonha de falar no assunto, enquanto a comunidade médica falha em educar melhor seus pacientes.

    Por: Rosalia Wilsonl Saúde e Bem Estar> Medicinal 13/08/2012 lAcessos: 891
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast