PREGUIÇA E OCIOSIDADE

Publicado em: 03/06/2010 |Comentário: 0 | Acessos: 631 |

PREGUIÇA E OCIOSIDADE

Havia um homem que morava numa vila. Nada dava certo para ele. Estava sofrendo muito e pensou então no suicídio. Antes, porém, resolveu procurar o padre da cidade para saber se Deus permitiria o suicídio, já que Deus tinha-lhe tirado tudo da vida, pelo menos o direito de morrer ele tinha

O padre, um velhinho já arcado pelos anos, escutou com muita calma o homem sofrido e depois de algum tempo resolveu fazer algumas perguntas ao homem:

- Você tem algum aleijão, nas mãos, nos pés ou em algum lugar do corpo?

- Não. Meus órgãos são todos perfeitos.

- Tem alguma doença contagiosa ou qualquer outro tipo de doença?

- Perfeitamente são.

- Está morando embaixo da ponte, na rua ou sem um abrigo qualquer?

- Moro de favores na casa de meu pai.

- Está passando fome, não tem quem lhe dê nada?

- Como na casa de meus pais e às custas deles.

- Tem uma esposa e filhos?

- Tenho uma esposa e dois filhos.

     - Meu filho, você é um homem de sorte, tem tudo de que uma pessoa precisa nesta vida. Você tem todas as ferramentas que Deus lhe deu para levar a vida para a frente. E você tem todas as ferramentas em perfeito estado de conservação.Se você se suicidar, meu filho, você vai direto pro inferno. Pensa bem antes de cometer este exercício de covardia. Só o homem covarde se suicida, meu filho, os fortes vencem os obstáculos da vida.

     - Mas eu não consigo arrumar um bom emprego, senhor.

     - Quantos gostariam de estar no seu lugar. Quantas pessoas têm trabalhado para ajudar você em sua vida? Quem é que faz a comida na sua casa?

     - A minha esposa.

     - Você tem ajudado a ela nesta tarefa, tem lavado um prato, uma xícara, uma colher.

     - Não, a minha esposa faz tudo.

     - Tem limpado a casa, varrido o chão, jogando fora o cocô dos cachorros, capinando o quintal?

     - Não, minha mãe e meu pai fazem isto.

     - Tem levado as crianças na escola e trazendo-as de volta?

     - Não, minha esposa faz isto.

     - Tem ido ao mercado ajudando a trazer as compras que seus pais fizeram?

     - Não, eles trazem tudo.

     - Vai buscar o pão e o leite de manhã para seus filhos?

     - Não.

     Além do mais, meu filho, você fez sua família de escravos. Eles trabalham para você e você não faz nada. Mas vamos interrogar melhor.

     - Tem assistido alguns jogos de futebol?

     - Todo domingo, Padre, sou torcedor roxo do Flamengo.

     - Tem tomado algumas bebidinhas de vez em quando?

     - Aos Sábados e domingos com meus amigos, mas é pouca coisa.

     - Joga alguma coisa?

     - Aos sábados jogo futebol e aos domingos jogo baralho.

     - Escraviza sua família e não faz nada.

     O homem saiu dali e foi continuar sua vida de OCIOSIDADE. Esta é a doença da PREGUIÇA que leva muita gente ao suicídio .

    

 

 

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/meditacao-artigos/preguica-e-ociosidade-2537321.html

    Palavras-chave do artigo:

    ociosidade

    Comentar sobre o artigo

    Dr. Adriano Martins Pinheiro

    Tenha metas claras e objetivos bem definidos. Não se perca em muitos pensamentos, sonhos e fantasias, a vida não é uma novela, não é um filme de Hollywood. Nada será tão fácil e tão espetacular como assistimos. A vida nos oferece dificuldades e imprevistos, temos que estar firmes e com caminhos bem traçados.

    Por: Dr. Adriano Martins Pinheirol Carreira> Gestão de Carreiral 03/08/2008 lAcessos: 2,880 lComentário: 2

    RESUMO O objeto deste artigo é o livre pobre em Cuiabá na primeira metade do século XIX e as características de sua economia moral, de Edwardo Thompson em seu livro Costumes em Comum. Trata-se de apontar caminhos que possibilitem uma percepção mais clara sobre o modo de vida dos livres pobres em contraposição a visão preconceituosa das autoridades locais, bem como de alguns viajantes europeus, para os quais os livres pobres eram vistos como ociosos, indolentes, desordeiros etc. O conceito de

    Por: jusimeire pinto de queirozl Educação> Ensino Superiorl 24/11/2012 lAcessos: 30
    Rackel F F Tambara

    Trabalhar não mata ninguém. O que mata mesmo é a ausência do trabalho. Quer desespero maior que a ociosidade? Quem nunca olhou nos olhos de um pai de família e enxergou dentro dele a dor que mata? A dor de não ser produtivo, de não contribuir para a manutenção dos seus.

    Por: Rackel F F Tambaral Literatura> Crônicasl 27/05/2010 lAcessos: 104
    Carlos Alexandre Costa Leite

    Argüição quanto a falha dentro do Sistema Penal Brasileiro ao firmar em seu ordenamento o tipo vadiagem que, dentro dos preceitos normativos basilares para a criação da norma penal, encontra-se totalmente desconexo com o que deveria ser, proporcionando até mesmo antinomia no caso de uma interpretação sistêmica. O que pode ocasionar, em casos concretos, um enfraquecimento na visão de provável segurança dentro do que é visto como sendo o Estado Democrático de Direito Brasileiro.

    Por: Carlos Alexandre Costa Leitel Direito> Doutrinal 30/06/2009 lAcessos: 1,127 lComentário: 7
    marlucia pontes gomes de jesus

    O artigo faz uma retrospectiva da educação profissional no Brasil sobre o prisma do seu objetivo inicial que era o de "atender aos desvalidos da sorte", direcionando o tema para a situação no Espírito Santo, utilizando artigo do presidente do Conselho Estadual de Educação.

    Por: marlucia pontes gomes de jesusl Educaçãol 18/02/2012 lAcessos: 216
    Escritorcampos

    NAVEGAR "Navegar é preciso" Não se vive à toa, Como diria "Fernando." "O Boa Pessoa". "Navegar é preciso". Matar o ego é incisivo. - Esperar até quando? Não fique indeciso! O espelho é pobre, Não seja Narciso. A vida é um jogo – jogue. Mas, seja Pessoa, Pois, "navegar é preciso".

    Por: Escritorcamposl Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 06/05/2010 lAcessos: 477

    Mostrar de maneira didático-científico as maneiras e conceitos de virtualização de servidores.

    Por: bruno rezende salgadol Internet> Hospedageml 24/08/2013 lAcessos: 44

    Esta pesquisa tem por objetivo responder as seguintes indagações: de que forma pode-se medir o custo logístico e, consequentemente a rentabilidade de um cliente? De qual amplitude de informações necessita um gestor logístico para essa mensuração? A estrutura viária nacional influencia de alguma maneira na rentabilidade de um cliente e no custo logístico? Que alternativas poderiam ser desenvolvidas (empresa, governo ou parcerias público-privadas) para minimizar os custos logísticos?

    Por: Camila S D Andradel Negócios> Administraçãol 30/03/2012 lAcessos: 248

    JORNADA OBRIGATORIA DE OITO HORAS DIARIAS DE TRABALHOS PARA SERVIDORES PUBLICOS FEDERAIS E ESTADUAIS IRÁ SUPERLOTAR ESCRITORIOS, GABINETES E MOSTRAR QUANTA GENTE APADRINHADA GANHAVA SEM TRABALHAR, ESCONDIDOAS NOS ARMARIOS

    Por: CEUCERTO DELEGACIA DO CONSUMIDORl Negócios> Gestãol 06/04/2011 lAcessos: 194

    A moda muda o tempo todo e a cada semana que passa, novidades chegam do mundo inteiro para aportar no Brasil.

    Por: Brunal Religião & Esoterismo> Meditaçãol 23/03/2014
    MARCOS

    Vejam o significado de Hebraísmo neste site a seguir: http://hebraismo.wix.com/hebraismo

    Por: MARCOSl Religião & Esoterismo> Meditaçãol 18/03/2014
    Ricardo Miguel

    O que é a yoga? Quem a pode praticar? Como se pratica yoga? Conheça todos os benefícios de praticar yoga e melhore a sua qualidade de vida.

    Por: Ricardo Miguell Religião & Esoterismo> Meditaçãol 06/01/2014 lAcessos: 13
    Hamilton Felix Nobrega

    Com muita freqüência, surge na minha cabeça a seguinte indagação: "O que cada um de nós está fazendo neste planeta?" Não creio que viver seja apenas o que todos falam: "Aproveite cada segundo ao máximo." Se for apenas isso, é algo sem muito sentido. Creio que nossa vinda e estadia na Terra tenham dois principais motivos: Aprender a amar e, consequentemente, evoluir espiritualmente.

    Por: Hamilton Felix Nobregal Religião & Esoterismo> Meditaçãol 02/01/2014 lAcessos: 20
    JORGE FLOQUET

    Cuidado com a Torre de Babel que você está construindo dentro de você! Cuidado, primeiro vem o pensamento, depois a vontade e, em seguida, a ação. A ação tanto pode ser para melhor, como para pior. Por isso, acredito que as pessoas podem em algumas circunstâncias atípicas, não serem o que apresentam momentaneamente. Mas, a depender das circunstâncias, como uma avalanche, tudo acontece rapidamente. Qual o papel da fé e do acreditar, nesse momento? A sustentação. Se tiveres algo de bom, a bondade

    Por: JORGE FLOQUETl Religião & Esoterismo> Meditaçãol 21/12/2013 lAcessos: 16

    ...O, segundo, mais alto cargo do País, dirá aos seus súbditos, que toda a economia está controlada, os sem-abrigo receberam um conforto especial, nesta noite santa, que compreende e sente as dificuldades do restante Povo...

    Por: Asantixl Religião & Esoterismo> Meditaçãol 09/12/2013 lAcessos: 18
    Leandro

    Um casamento. Uma garota e eu.O que você faria no meu lugar?Sentimento é como uma semente, deixe crescer que ele cresce e dá frutos.

    Por: Leandrol Religião & Esoterismo> Meditaçãol 05/12/2013 lAcessos: 19

    Natal festividade pura onde a caridade e a fraternidade se irmanam para iluminar as nossas mentes, e fazer com que brilhem as nossas retinas. Nessas trilhas sem pedras de tropeços misturam-se todos os povos, cristãos, judeus, agnósticos e ateus, para receberem o menino que terá a missão divina de transformar o mundo na glória de Deus. As nossas mãos transformam-se em pétalas generosas retirando todos os espinhos que causam dores e amarguras e, num piscar de olhos metamorfoseiam em ternura.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Religião & Esoterismo> Meditaçãol 03/12/2013 lAcessos: 19

    Todos temos mediunidade, mas a mediunidade ostensiva poucos a tem. Para desenvolvê-la estamos fornecendo alguns passos neste pequeno curso. É necessário estar neste trabalho em uma casa espírita.

    Por: Henrique Pompilio de Araújol Religião & Esoterismo> Religiãol 28/02/2014 lAcessos: 18

    Todos nós precisamos saber fazer boas preces para ser atendido pela espiritualidade. Aqui segue um pequeno roteiro de como fazer uma boa prece.

    Por: Henrique Pompilio de Araújol Religião & Esoterismo> Religiãol 28/02/2014

    O casamento é quase sempre um acordo que fazemos na espiritualidade, mas nem sempre. Aqui temos os tipos de casamentos de acordo com a doutrina espírita.

    Por: Henrique Pompilio de Araújol Religião & Esoterismo> Religiãol 28/02/2014

    Um espírito que quando encarnado recusou-se a ir trabalhar na mediunidade, sofreu muito por isto, pois tinha muitos inimigos do outro lado e teve que pagar no umbral o que deixou de fazer aqui, ainda que ele trabalhou durante 40 anos para os necessitados nesta vida, mas perdeu muito tempo. Uma boa lição para todos os cristãos.

    Por: Henrique Pompilio de Araújol Religião & Esoterismo> Religiãol 28/02/2014

    "Quem com ferro fere, com ferro será ferido". Veja esta interessante passagem. Para defender a Jesus, Pedro cortou a orelha de Malco. Jesus advertiu Pedro. Quando Pedro foi condenado, lá estava Malco atancando Pedro novamente e acabou sendo crucificado por também.

    Por: Henrique Pompilio de Araújol Religião & Esoterismo> Meditaçãol 03/12/2013 lAcessos: 52

    Atualmente vemos pela televisão uma quantidade imensa de falsos milagreiros. Fazem mais milagres que o próprio Cristo. O que existe por trás disto? São verdadeiros, falsos, visam fabulosos lucros. Veremos um pouco sobre tudo isto.

    Por: Henrique Pompilio de Araújol Religião & Esoterismo> Meditaçãol 22/11/2013 lAcessos: 14

    Muitas pessoas parecem estar certas de irem para o umbral quando falecerem, mas nem sempre é assim. Neste artigo vou falar das possibilidades de não se passar pelo umbral. Não é fácil, mas não é impossível.

    Por: Henrique Pompilio de Araújol Religião & Esoterismo> Meditaçãol 17/11/2013 lAcessos: 16

    A evolução no mundo espiritual. Por que ela é mais lenta que na Terra. Que faremos lá para evoluir? Retorno ao mundo terreno para a continuidade da evolução.

    Por: Henrique Pompilio de Araújol Religião & Esoterismo> Religiãol 13/06/2013 lAcessos: 20
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast