A sustentabilidade de vida do planeta Terra: massacrada pela transferência de responsabilidade de forma irresponsável!

Publicado em: 31/03/2012 |Comentário: 0 | Acessos: 542 |

A incapacidade humana em usufruir - de forma responsável - os bens naturais tem se evidenciado de tal forma que: a natureza, o ar e solo gemem pelo ressecamento da terra, lagos, rios e ar; marés altas que se arrebentam e dilúvios em épocas das estações chuvosas como se o Planeta estivesse com dores de parto. Analogia retirada do texto paulino.

"Porque sabemos que toda a criação (natureza) geme e está juntamente com dores de parto até agora. E não só ela, mas nós mesmos, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo". Romanos 8:22-23.

Ora lugares desérticos, áridos e inóspitos; ora lugares afetados por tsunamis, inundações causadas por chuvas torrenciais, ou marés altas, ocorridas em consequência do egoísmo, obstinação e rebelião humana vivendo numa sociedade capitalista e materialista, como nos mostra vários textos bíblicos. Muitos dos quais ignorados de propósito pelos seres humanos.

É mais fácil não lê-los, nem pensar no que dizem e culpar a própria natureza pelos estragos observados, alegando-se problemas climáticos, aquecimento solar, erosão do solo – a qual dizem ter causas diversas desde deslocamento de camadas da terra ou ocasionada pela retirada de árvores que serviriam de proteção e escora nas ribanceiras.

Sem fala e sem defesa própria, o Planeta não tem como livrar-se das falsas acusações humanas ao transferirem para si próprio as causas de seu gemer. Como se ele se autodestruísse.

Quando na verdade a má utilização de seus recursos naturais tem causado todos os transtornos vivenciados pelo homem.

Pouco resultará de concreto para solucionar os problemas existentes, o fato de geólogos e estudiosos na área afirmarem que o planeta está envelhecendo. Não adianta quererem transferir para a própria natureza e de forma irresponsável a culpa pelos transtornos evidenciados. A Bíblia tem outra história bem mais consistente. Ela afirma que o adultério faz a Terra gemer de dor.

A Terra não frequenta motéis para se satisfazer e gerar bebês os quais se tornarem meninos e meninas de ruas.

A Terra não bebe cerveja nem joga as latinhas vazias nos lagos e rios.

O Planeta Terra não recolhe ouro dos seus próprios rios jogando mercúrio em suas águas. É o homem ganancioso que o faz. Porque joga a culpa no Planeta? Desde o Gênesis o homem erra e nunca assume seus próprios erros. No Édem ele disse a Deus: "A mulher que tu me deste o fez". E atualmente diz: "O Planeta está envelhecendo". É uma saída fácil – pela tangente-, alguém pode ser culpado. Que tal aquele que não tiver boca para se defender? A Terra, o Planeta. Quem melhor?

A Bíblia Sagrada em Gênesis o Livro dos começos: "berechit", e Bürë´šît) Cap. 3.17 encontra-se o seguinte: "E a Adão disse Deus: Porquanto deste ouvidos à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te ordenei, dizendo: Não comerás dela, maldita é a terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias da tua vida". Centenas de lições estão aqui.

A primeira delas trata-se do grande erro ensinado pela Igreja Católica de que Eva comeu "maça". Um absurdo, uma boçalidade!

O texto não se refere à maça, nem se prende na natureza da fruta ingerida. E sim ao ato de DESOBEDIÊNCIA. Este sim foi o problema crucial. Deus ordenou abstinência de um ato ou de uma árvore quando havia milhares de outras as quais poderiam ser comidas.

O ser humano se rebelou e tomou posse justamente daquilo que lhe fora PROIBIDO.

Até hoje existe um adágio popular: "Tudo que é proibido é mais gostoso"!

Uma segunda sem no entanto esgotar-se o tema é que: Toda desobediência trás consigo consequências funestas a que a pratica e por vezes estas consequências se arrastam por gerações sobre outras pessoas; como ocorreu neste caso cujas consequências atingiram todo o planeta.

A Terra ficou AMALDIÇOADA por conta da DESOBEDIÊNCIA do homem, que agora ainda culpa o planeta pela desordem e caos existente.

Em outro texto sagrado escrito por Oseias – o profeta menor que teria vivido por volta do ano 743 e 735 A. C. , e do qual pouco se sabe, para além de que vivera no Reino de Israel numa época conturbada, ele afirma o seguinte: "Por isso a terra se lamentará, e qualquer que morar nela desfalecerá, com os animais do campo e com as aves do céu; e até os peixes do mar serão tirados". Oséias 4:3.

A Terra como era desde o princípio tinha seu equilíbrio e sustentabilidade.

Alguém já teve notícias sobre tufões na Amazônia? Porque será não ouviu? Tufões são comuns em regiões planas e sem árvores, sem obstáculos naturais. Porém, poderá acontecer em breve com tantas áreas devastadas. Áreas cujas árvores estão sendo retiradas de forma irresponsável, deixando áreas quase desérticas, onde outrora havia verde e vida em abundância.

Qual será o futuro dos pampas no Rio Grande do Sul? Alguém estranharia se dentro poucos anos aquilo se tornasse em deserto? Se tufões começarem a varrer tudo que encontrarem à sua frente? Quem seriam os culpados? Quem plantou apenas gramas, capim em milhares de quilômetros ou a própria natureza? Se ela – a natureza – gemer pela falta de árvores para manter o equilíbrio de chuvas e ventos na região: quem poderá ser apontado como culpado: a natureza ou o homem que a tudo devastou para criar gado e obter: - digamos dinheiro, lucro , ao invés do leite-.

A Terra não arranca suas próprias árvores para criar gado leiteiro.

Segundo os textos do Eixo Atlântico del Noroeste Peninsular: "Naciones Unidas Division de Desarrollo Sostenible - Programa 21 Agenda 21 foi um dos programas mais ambiciosos aprovados na Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento do Rio de Janeiro, em 1992, pois visa estabelecer "in loco" os princípios do Desenvolvimento Sustentável. O documento tem cerca de 540 páginas e estabelece um programa de acção para o século XXI a ser adoptado pelos diversos países, tornando-se a base de muitos programas de acção nacionais".

Vinte anos são passados desde que tal agenda foi elaborada, muitas tentativas com sucesso outras nem tanto. Quando ouço a palavra Agenda, logo penso: uma brochura com anotações para durarem um ano. Lembretes de coisas urgentes cuja validade não ultrapassa um ano. Tais fóruns não teriam talvez tão curta validade. Mas tiveram os efeitos previstos e desejáveis?

Logo em seguida surge o "Protocolo de Quioto, aberto para assinatura em 16 de março de 1998 (…). um acordo internacional criado no âmbito da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, aprovado na cidade de Quioto, no Japão, em 1997 e que entrou em vigor em 16 de fevereiro de 2005. Seu principal objetivo é estabilizar a emissão de gases de efeito estufa (GEE) na atmosfera e assim frear o aquecimento global e seus possíveis impactos. Ao todo, 184 países ratificaram o tratado até o momento". (COP 16).

Recentemente foi lançado na UFRS um livro sob o título "Ecos do Planeta". Obra de compilação de artigos relacionados com a situação de sustentabilidade do Planeta Terra. Uma obra que, segundo seus autores e compiladores GIRARDI, Ilza M.T. Et all: "Livro com intuito de disponibilizar os resultados de estudos acadêmicos à sociedade a fim de demonstrar a relevância das questões ambientais à área da comunicação. A obra reúne textos elaborados por pesquisadores que observam como as informações ambientais são vistas, produzidas e veiculadas, e quais os efeitos de tais ações".

Uma pergunta a qual não pode calar. E sobre a qual atrevo-me a convidá-los a refletirem sobre suas buscas e a debruçarem-se a única e melhor fonte para pesquisa sobre o tema, a qual aparentemente deixada de lado, desqualificada como fonte para pesquisas – a Bíblia, a Palavra de Deus, O Criador do Planeta. Logo: quem melhor entende sobre o mesmo.

Lá no Livro dos "começos" ou " berechit" encontra-se verdades fundamentais sobre as quais se pode fundamentar qualquer entendimento sobre o lamento do Planeta. Em Gênesis 3.17 quando a Terra tornou-se maldita como consequência pela desobediência do ser humano.

Mesmo que de forma oculta, nenhuma referência por parte dos pesquisadores sejam da Agenda 21, Protocolo de Quioto, ou mesmo em publicações como a referida obra de compilação da UFRS, cuja existência esteja voltada para a solução dos dramáticos problemas que envolvem a sustentabilidade e qualidade de vida do Planeta em decadência, em nenhuma das pesquisas e preocupações registradas em tais fóruns e obras escritas. No entanto, a Bíblia, a Palavra de Deus, já há milhares de anos antecipou-se a declarar sobre o surgimento de tais problemas.

Nenhum autor, por mais culto ou hábil na escrita que seja, estará inovando ao criar seus discursos sobre a sustentabilidade da vida do Planeta Terra.

A Bíblia Sagrada, já há milhares de ano, tem discursos diferenciados e bem atualizados. O apóstolo Paulo – homem extremamente culto, e educado aos pés de Gamaliel, o qual era doutor da Lei naquele época, afirma por mero exemplo: "Porque a criação ficou sujeita à vaidade, não por sua vontade, mas por causa do que a sujeitou, Na esperança de que também a mesma criatura será libertada da servidão da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus. Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora". Romanos 8:20-22. Isto já há mais de dois mil anos passados. Por não estaria em piores condições na atualidade?

De onde pode-se concluir que: pesquisador algum, seja norte americano, seja brasileiro, ou mesmo de manila, Quioto. Qualquer lugar.

Não estará inovando, ou escrevendo algo que já não tenha sido previsto na Palavra de Deus, nada há de novidade que Deus já não tenha revelado.

A cegueira e egoismo humano impele para não "ver" aquilo que não deseja, e escrever apenas aquilo que preenche seu ego, ou resulta em lucro, resultado financeiro. Nada muito diferente ou distante da foto colhida por Kevin Carter em 1993 e divulgada na WWW. Cuja finalidade presumível teria sido o ganho a ser auferido. Quando veio a reflexão o autor em depressão matou-se. Veja o texto abaixo:

"Foto de Kevin Carter, em 1993 Março 18, 2007- na Ganhadora do Prêmio Pulitzer em 1994 e publicada pelo The New York Times, a foto foi tirada em 1993 no Sudão, pelo fotógrafo sul-africano Kevin Carter (1960-1994). Esta descreve uma criança faminta sem forças para continuar rastejanado para um campo de alimento da ONU, a um quilômetro dali. O urubu espera a morte desta para então poder devorá-la. Carter disse que esperou em torno de vinte minutos para que o urubu fosse embora, mas isto não aconteceu. Então rapidamente tirou a foto e fez o urubu fugir dali, açoitando-o. Em seguida, saiu dali o mais rápido possível. O fotógrafo criticou duramente sua postura por apenas fotografar, mas não ajudar, a pequena garota: "Um homem ajustando suas lentes para tirar o melhor enquadramento de sofrimento dela talvez também seja um predador, outro urubu na cena.", teria dito. Um ano depois o fotógrafo, em profunda depressão, suicidou-se.
O paradeiro da criança é desconhecido".
Referências: http://www.hbo.com/docs/programs/kevincarter/index.html

A aquisição é livre, como o é o destino dado a seus próprio recursos financeiros. Quem queira adquirir tais livros contendo discursos com linguagens refinadas sobre problemas nunca solucionados fique à vontade.

Para os demais que gostam de refletir, comparar aquilo que está sendo levado à cabo relacionando tudo com o conteúdo mostrado pela Bíblia – aqueles que gostam de reflexão como os cristãos de Beréia-, estes terão outros textos para considerar. Oriundos da mente daquele que a tudo esquadrinha, desde o coração e mente até aos atos visíveis, escritos, fotografados e disseminados.

Jesus afirmou: "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará". João 8:32

A verdade liberta o homem do jugo das falácias, dos conhecimentos "enlatados" para serem vendidos aos incautos que não conferem o teor e verdade do conteúdo, entre outras verdades. Libertará do jugo que aprisiona não apenas pessoas, mas todo o Planeta que geme sob o peso de tal jugo maligno.

Libertará da ignorância e falta de conhecimento no teor da Palavra de Deus. Em Oseias 4.6 há um registro triste onde o profeta relata sobre o resultado da ignorância. E esta ignorância não se refere à falta de diplomas. Ignorância em transferir ao Planeta as consequências do pecado e da desobediência pratica pelos seres humanos que se portam de forma tão desumana para consigo mesmo e para com o próprio Planeta. Um pós doutorando, pode ser o maior ignorante, se não buscar conhecer e comparar as verdades espirituais contidas na Palavra de Deus.

Não basta estudar em Harvard ou ser diplomado in Fort Worth. As verdades divinas são reveladas àqueles que as buscam de coração e entendimento, independente da titulação que obtenha e do prestigio que a instituição lhe proporcione. Deus não se encanta com prestigio e nomenclaturas de grandes instituições. Na sua Palavra o seu profeta afirma:

"O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos".
Oséias 4:6. Foi desruido naquele contexto e tem sido destruido no contexto da pos modernidade, pela mesma falta de conhecimento para fugir do mal.

Na impossibilidade de conseguirem solucionar o mal que criaram; desde de Adão até nós, os humanos/desumanos da pós modernidade, cremos ser mais fácil empurrar para debaixo do tapete da impunidade ou para cima do Planeta o qual não tem boca para defender-se; transferindo os problemas sem solução para os pobres, órfãos e mendigos africanos ( como a menina da foto onde o urubu esperava para comê-la). Ou pior ainda: Usando tais problemas como marketing, para emoldurar textos, e através deles emocionar pessoas, favorecendo o levantamento de ganhos oriundos de tal marketing perverso e agressivo. O qual faz gemer: não apenas ao Planeta, mas também a todos aqueles cujos corações não se "conformam" na forma de maldade deste mundo desumano habitado por "humanos", os quais sofrem os impactos das decisões das pessoas que os cercam.

Devido a tais impactos e transferência irresponsável de tudo aquilo que trás problemas e demanda dinheiro e tempo para que seja encontrada solução; torna-se mais fácil empurrar e transferir a culpara para aquele que não tem boca para se defender ou denunciar a verdade.

Concluo relembrando as palavras do grande apóstolo Paulo: "Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora". Romanos 8:22

Toda e qualquer repetição sobre as dores ou Ecos do Planeta, será mera repetição daquilo que Deus e o apóstolo já deixaram escrito há mais de dois anos a trás.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/meio-ambiente-artigos/a-sustentabilidade-de-vida-do-planeta-terra-massacrada-pela-transferencia-de-responsabilidade-de-forma-irresponsavel-5790038.html

    Palavras-chave do artigo:

    sustentabilidade

    ,

    planeta terra

    ,

    biblia

    Comentar sobre o artigo

    Até quando o coração da terra vai suportar a destruição do meio ambiente? A grandeza destes tempos vem sendo objeto de estudos na evolução da destruição das condições que deveriam gerar HARMONIA. Quem é o dono do planeta terra?; quem são os donos das florestas, rios e mares? Por que tanta destruição?. Qual o preço de toda essa revolução intelectual que o homem pensa que é um semi-deus? O que poderemos aprender com a religião, para salvar o planeta das catástrofes? O QUE FALTA ACONTECER?

    Por: Joao Ribeiro Damascenol Educação> Educação Onlinel 05/08/2010 lAcessos: 59
    Pilato Pereira

    Nossa reflexão segue a lógica do método Ver-Julgar-Agir. Este não é um sistema de três partes diferentes ou de momentos sectos, mas de três dimensões em interconexão. No "Ver", podemos constatar que "causamos uma grande fúria na Terra". O "Julgar", para nós cristãos, é buscar luzes na Palavra de Deus. E no tema da ecologia temos a possibilidade de "olhar a criação do princípio a plenitude". O "Agir" é um ato de compromisso, na convicção de "temos uma aliança com o criador".

    Por: Pilato Pereiral Religião & Esoterismo> Religiãol 02/07/2011 lAcessos: 476

    Neste texto procuro refletir sobre o que é a verdadeira inteligência. Convido cada pessoa a ler o texto e ver como anda o seu QS (Quociente de Sabedoria)... Essa é a inteligência que realmente importa. A inteligência que reflete a pró-atividade existencial do ser humano!

    Por: Víctor Lückemeyer Carrionl Notícias & Sociedadel 28/01/2009 lAcessos: 96

    Neste texto falo abertamente sobre a verdade ambiental. Todos os dados aqui apresentados são reais e verdadeiros e foram escritos com ajuda cinetífica e espiritual superior.

    Por: Víctor Lückemeyer Carrionl Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 17/12/2008 lAcessos: 831

    Diretor Executivo da Conferência Mundial das Cidades-Irmãs (CMCI) no Brasil fala sobre a importância de se formar parcerias com cidades de todo o mundo

    Por: Arnildo Schildtl Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 06/04/2015
    JORGE FLOQUET

    É um verdadeiro absurdo. Agora, será que as instalações da Ultracargo estão com a documentação atualizada em relação ao seguro que cobre acidente deste tipo? E a seguradora que vê uma situação como esta acontecer perto de recursos hídricos que podiam atenuar esse crime? É bem provável que, como outras situações que envolvem a engenharia brasileira, houve uma vista grossa ou ingerência! Sacrificando a população, os bombeiros envolvidos heroicamente nessa operação, a economia local ....

    Por: JORGE FLOQUETl Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 05/04/2015
    Vininha F. Carvalho

    A Declaração Universal dos Direitos da Água, criada pela ONU em 1992, diz que "a água é um patrimônio e nós somos responsáveis pela sua conservação". O desperdício pode acarretar consequências ruins, como a falta de água em rios e lagos, aceleração do derretimento do gelo polar, causando a mortandade do habitat e outros reflexos na natureza,

    Por: Vininha F. Carvalhol Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 20/03/2015 lAcessos: 11
    Rijarda Giandini

    Investir em Resíduos como economia de transformação é uma evidência cabal de que o "mundo sustentável" é possível e provável fonte de riquezas, de negócios. É uma comprovação de que os produtos, que se transformam em lixo, podem ter suas vidas de uso estendidas, redimensionadas. A não produção de novos pode ser substituído por reuso, reutilizo, reciclagem . E dá dinheiro e competitividade para o país. Além de ser bom para o ambiente.

    Por: Rijarda Giandinil Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 26/02/2015 lAcessos: 13
    Liéber Zen

    Já parou para observar que nos outros países há pessoas que produzem sua própria energia elétrica? Fazendo da utilização da rede de energia vinda concessionárias um uso raro? Muitas dessas pessoas até já conseguem distribuir a energia produzida para pessoas das duas proximidades. A água da chuva é sempre aproveitada também,

    Por: Liéber Zenl Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 28/01/2015 lAcessos: 30
    JORGE FLOQUET

    Ainda sobre a queima de fogos que acontece nos finais de ano, observem que a cada ano que se passa tornam-se mais potentes e duradouras. Onde está o ministério público que não proíbe esse absurdo? Na queima de fogos, são três tipos de poluição: sonora, química e luminosa. Tudo bem, você acha bonito, não é? Mas, os animais que estão no seu entorno e em repouso? Que fogem assustados batendo em tudo que encontra pela frente e não voltam aos seus ninhos? O que se pode afirmar dos seus filhotes?

    Por: JORGE FLOQUETl Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 20/01/2015
    Michele Bazilio

    O artigo não defende o acesso irrestrito de cães nas areias, mas também não aprova uma proibição absoluta tal como frequentemente imposta. Reconhece a preocupação relativa à saúde pública, entretanto busca oferecer alternativas. Acima de tudo, convida à reflexão sobre se seriam os cães, os melhores amigos do homem, os verdadeiros culpados pela enorme poluição que hoje atinge areias e mares.

    Por: Michele Baziliol Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 19/01/2015 lAcessos: 32

    A instalação das redes e telas de proteção previnem vários tipos de acidentes, e também sendo a melhor opção na proteção de pragas urbanas em escolas e Hospitais.

    Por: Fernando Navarrol Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 05/01/2015
    Nadir Neves

    Situação critica dos vestibulares, para os quais os alunos não os alunos das escolas públicas nunca estão preparados à altura, pois, as matérias cobradas nos vestibulares somente são vistas nos cursos partiulares pagos a um preço qu eo proletariado nunca pode ter acesso. Morte da moral para alunos da base da piramide social. postura conivente da garnde maioria dos evangelicos que tem permanecidos calados diante de tal descalabro. isto é o que o Brasil mostrará ao mundo durante a copa do mundo.

    Por: Nadir Nevesl Educação> Educação Infantill 09/12/2013 lAcessos: 39
    Nadir Neves

    Brasileiros que invadem Moçambique para cultivarem soja, recebendo terras para plantarem num periodo de 50 anos, podendo ser renovado por mais cinquenta anos. Os riscos da mecanização exaustiva. As motivações oculta por detrás de tanta bondade brasileira.

    Por: Nadir Nevesl Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 29/10/2013 lAcessos: 42
    Nadir Neves

    A responsabilidade do povo evangélico quanto à sua atuação frente aos problemas sociais oriundos da legalização do divórcio, maconha e prostituição. Ser conivente com o gesso "crente não se mete em política" ou atuar como norteador através da palavra de Deus?

    Por: Nadir Nevesl Religião & Esoterismo> Meditaçãol 06/09/2013 lAcessos: 58
    Nadir Neves

    Dia do desafio, uma prática que dura 15 anos no Brasil. Uma proposta saudável em relação ao desafio do exercicio espiritual favorável ao cérebro e a mente. Como termos a mente de Cristo para vivermos bem nesse desafio na vida cristã que muda a qualidad de vida no dia a dia.

    Por: Nadir Nevesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 29/05/2013 lAcessos: 33
    Nadir Neves

    Reflexão sobre situação dos jogadores após deixarem de serem lucrativos para os times. Copa do Mundo, jogadores, miseria, drogas. Problemas emocionais e existenciais na vida de ex-jogadores. Como eles ficam por dentro? O que se tem feitos pelos seres humanos jogadores?

    Por: Nadir Nevesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 29/05/2013 lAcessos: 24
    Nadir Neves

    Reflexão sobre a delicada questão sobre uso de drogas no Brasil, o bolsa crack, cuja proposta é ajudar na recuperação do drogados. Drogados que não existiriam se tão somente as drogas tivessem sido banidas da sociedade brasileira. Não se fala em drogas na China como aqui. Porque?

    Por: Nadir Nevesl Notícias & Sociedade> Polítical 24/05/2013 lAcessos: 55
    Nadir Neves

    Analogia entre o Cristo de pedra na montanha do redentor no Rio de Janeiro e o Cristo vivo da Bíblia, capaz de mudar a história de vida de muitas pessoas em desespero. O Cristo az aquilo qu eo cristo de pedra não consegue fazer.

    Por: Nadir Nevesl Religião & Esoterismo> Evangelhol 24/05/2013 lAcessos: 48
    Nadir Neves

    Sugestão de dois livros importantes os quais devem lidos antes da nossa morte, e um convite muito especial.

    Por: Nadir Nevesl Religião & Esoterismo> Evangelhol 24/05/2013 lAcessos: 51
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast