Crise Ambiental

Publicado em: 17/06/2008 |Comentário: 7 | Acessos: 96,312 |

 

 

CRISE AMBIENTAL

O meio ambiente é o local onde vivemos. Só para destacarmos a palavra meio, temos que usar uma imensidão de palavras que no frigir dos ovos são sinonímias. Derivada do latim “mediu”, quer dizer por via popular, um ponto eqüidistante, ou mais ou menos eqüidistante, dos extremos; metade, ponto eqüidistante, ou mais ou menos eqüidistante, de diversos outros em sua periferia; centro, momento eqüidistante, ou mais ou menos eqüidistante, do início e do fim; metade, posição intermediária entre dois seres ou objetos, lugar onde se vive com suas características e condicionamentos geofísicos; ambiente. Corpo ou ambiente onde ocorrem determinados fenômenos especiais. Conjunto de exercícios que, sem apoio de barra, os bailarinos executam no meio da sala de aula. Meio ambiente é o conjunto de condições naturais e de influências que atuam sobre os organismos vivos e os seres humanos. No estudo da biologia o meio ambiente desempenha um papel primordial e preponderante, sobretudo na ecologia, o meio ambiente inclui todos os fatores que afetam diretamente o metabolismo ou o comportamentode um ser vivoou de umaespécie incluindo a luz, o ar a água, o solofatores abióticos e próprios os (seres vivos), que coabitam no mesmo ambiente que é chamado de biótopo .

Os seres vivos ou os que recentemente deixaram de viver, constituem o meio ambiente biótico. Tanto o meio ambiente abiótico quanto o biótico atuam um sobre o outro para formar o meio ambiente total dos seres vivos e dos ecossistemas Abiose é a ausência de vida e o biótico é o relativo aos seres vivos, ou induzido, ou causado por eles. No estudo dos fatores abióticos, isoladamente, o importante é entender o efeito deles sobre os seres vivos, como fator limitante, e como eles se adaptam, daí podemos tirar lições para a própria sobrevivência dos seres humanos e para aumentar a produção dos animais e vegetais domesticados, pois o crescimento é máximo quando o organismo possui os fatores ecológicos no seu valor ótimo. A ação humana, construindo grandes centros urbanos, pode modificar a temperatura do ambiente. As cidades são verdadeiras "ilhas de calor", mais quentes que as áreas naturais que as cercam. Já o biótipo (BIO = vida) - são fatores ocasionados pela presença de seres vivos ou suas relações. As relações entre os organismos que vivem ou visitam o costão, se faz mais importante na distribuição destes a partir do médio litoral, passando a fator determinante do padrão de zonação no (infra litoral).

Existem três fatores que estão relacionados com o biótipo, o comensalismo, o mutualismo e o parasitismo, os três com suas particularidades. A USP (Universidade de São Paulo) classifica cada um com suas características básicas. O comensalismo ocorre quando uma das espécies é beneficiada na relação e a outra, aparentemente, não é prejudicada e nem se beneficia. Neste caso, encontramos algumas espécies de algas epífitas que se fixam sobre a carapaça de animais (caranguejos, cracas), mas não interferem na atividade da espécie "hospedeira". O mutualismo é um tipo de simbiose em que ambas as espécies se beneficiam na relação, mas de forma permanente e indispensável 'a sobrevivência dos indivíduos associados. No supra litoral, encontramos um exemplo: os liquens, organismos formados pela associação de algas azuis e fungos. As algas, através da fotossíntese, produzem matéria orgânica utilizada pelo fungo que, por sua vez, facilita a absorção de água e nutrientes, aproveitados pelas algas. O parasitismo ocorre quando a relação entre as espécies favorece uma delas e prejudica a outra, pois, a espécie "parasita" vive e se alimentas à custa da espécie "hospedeira". Entretanto, esta relação não deve causar grandes prejuízos, pois, caso o hospedeiro morra, significará a morte do - parasita também.

Nesta semana, que começa no dia 30 de maio e vai até o dia 05 de junho de 2008, estamos vivenciando a semana do meio ambiente. No dia 05 de junho como acontecem todos os anos estará sendo comemorado o dia mundial do meio ambiente, data extremamente importante para a conservação da natureza. A preocupação com a conservação da natureza vem se acentuando nos dias atuais em função das atividades humanas, as quais têm ocasionado seríssimos problemas de degradação ambiental, a ponto de comprometer, caso não sejam tomadas medidas emergenciais, os recursos naturais, as condições de vida e consequentemente, toda a vida futura no planeta. Ressalte-se a importância da conservação do meio ambiente - para os homens, animais e plantas. Estamos entre dois mundos o que está acima de nós e o que está na mesma superfície ou abaixo, os céus e os mares. Eles merecem toda nossa atenção, visto que se forem maltratados pelo homem a resposta pode ser tenebrosa e fatal.

Em 1962, uma nova obra veio a causar grande impacto no meio científico e social, isto é, o livro Silent Spring (Primavera Silenciosa) escrito por Rachel Carson nos Estados Unidos que foi o primeiro brado de alerta, contra o uso indiscriminado de pesticidas e que teve repercussão mundial, contribuindo para que práticas conservacionistas como o Manejo Integrado de Pragas (MIP) passasse a ser “implementado”. Nesse processo de evolução das idéias e de comportamentos, surge a Declaração sobre o Ambiente Humano que foi estabelecida na Conferência de Estocolmo em 1972, cujos princípios tinham o objetivo de servir de inspiração e orientação à humanidade para a preservação e melhoria do ambiente humano, a qual foi seguida 20 anos depois, pela Conferência do Rio de Janeiro, a Rio 92, e mais recentemente pela de Joanesburgo na África do Sul, a Rio +10. Sérgio Luiz de Carvalho um estudioso no assunto mostra com detalhes tudo o que se possa imaginar sobre meio ambiente. Infelizmente, os seres humanos parecem estar fazendo o possível — em todas as partes do nosso planeta — para produzir um impacto negativo sobre os mares e, conseqüentemente, em nós mesmos. Os anos 90 representam a década do meio ambiente, não por decisão nossa, mas porque os acontecimentos quase fogem ao nosso controle. A ecologia profunda vê os seres humanos como apenas um fio na teia da vida. Reconhece que estamos todos ligados à natureza e somos dependentes dela. Cada organismo — da diminuta bactéria, passando pela vasta gama de plantas e animais, até chegar aos seres humanos — é um todo integrado e, portanto, um sistema vivo. A falta de conscientização ambiental. A agricultura avançada com muita produção tecnológica e o desperdício, bem como a agressão ao ar e a água. Escolhemos esses pontos para falar sobre meio ambiente, mas para conseguirmos um trabalho bem específico seria necessário a construção de uma enciclopédia.

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI-AOUVIR E ALOMERCE




 

Avaliar artigo
5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 28 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/meio-ambiente-artigos/crise-ambiental-452546.html

    Palavras-chave do artigo:

    crise

    ,

    ambiente e populacao

    Comentar sobre o artigo

    meio ambiente e direito João Pedro Ornelas "O meio ambiente é, assim, a interação do conjunto dos elementos naturais, artificiais e culturais, que propiciem o desenvolvimento equilibrado da vida em todas as suas formas. A integração busca assumir uma concepção unitária do ambiente, compreensiva dos recursos naturais e culturais".

    Por: joão pedrol Direito> Legislaçãol 25/05/2008 lAcessos: 8,667 lComentário: 4

    RESUMO: O Serviço de Atendimento Móvel de urgência (SAMU) tem como finalidade reduzir o número de óbitos e seqüelas decorrentes da falta do primeiro atendimento no pré-hospitalar. Para isso conta com uma equipe multidisciplinar composta por médicos, enfermeiros e auxiliares ou técnicos de enfermagem, e socorristas, capacitados para atender às situações de urgência e emergência por 24 hs. O artigo mostra a necessidade de um atendimento mais atencioso para os casos de crise convulsiva, pois o seu

    Por: Sandro Marcelo Xavierl Saúde e Bem Estar> Medicinal 27/03/2009 lAcessos: 15,677 lComentário: 1
    Renato Araújo

    Artigo abordando a crise ecológica como fator sistêmico e de causas estruturais.

    Por: Renato Araújol Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 05/01/2010 lAcessos: 988

    O presente texto tem a intenção de discutir alguns conceitos sobre os problemas ambientais contextualizando-os no global e no local.

    Por: Bread Soares Estevaml Literatura> Crônicasl 16/05/2011 lAcessos: 882
    CÍCERO MARREIRO DE SOUSA NETO

    Este artigo tem como objetivo discutir questões importantes relacionadas a construção da cidadania. Os desastres relacionados ao meio ambiente resultam em inúmeras crises ambientais ao redor do planeta, e tem ocasionado grande preocupações, figurando como desafios a serem vencidos tanto pela sociedade, como pela ciência. Nesse panorama, as questões da cidadania ambiental ganha destaque, pois a educação baseada na ética ecológica possui papel fundamental na modificação do agir humano.

    Por: CÍCERO MARREIRO DE SOUSA NETOl Educaçãol 20/11/2014
    Pilato Pereira

    Nossa reflexão segue a lógica do método Ver-Julgar-Agir. Este não é um sistema de três partes diferentes ou de momentos sectos, mas de três dimensões em interconexão. No "Ver", podemos constatar que "causamos uma grande fúria na Terra". O "Julgar", para nós cristãos, é buscar luzes na Palavra de Deus. E no tema da ecologia temos a possibilidade de "olhar a criação do princípio a plenitude". O "Agir" é um ato de compromisso, na convicção de "temos uma aliança com o criador".

    Por: Pilato Pereiral Religião & Esoterismo> Religiãol 02/07/2011 lAcessos: 476
    Felipe de Souza Ramão

    Atualmente presenciamos uma crise denominada crise “ecológica”, que trata-se indubitavelmente, do resultado de muitos anos de exploração voraz e "insustentabilidade” da sociedade capitalista, que sempre agiu de forma inconseqüente e sem nenhuma responsabilidade com o ambiente.Sabemos que outros modelos como o feudal e o socialista (socialismo real) tiveram impactos no ambiente, exploraram recursos naturais ...,porém a magnitude e a velocidade da exploração capitalista impede qualquer comparação.

    Por: Felipe de Souza Ramãol Educação> Ciêncial 02/05/2009 lAcessos: 1,509

    O presente artigo diz respeito a um prévio levantamento teórico-metodológico para dissertação de Mestrado em Planejamento do Desenvolvimento Sustentável, no Núcleo de Altos Estudos Amazônicos, a pesquisa inter-relaciona gestão de resíduos sólidos, políticas públicas e ações que visam a geração de renda para famílias que atuam na cadeia de coleta e comercialização de resíduos sólidos para reciclagem na Cidade de Belém, Estado do Pará.

    Por: Tatylene do S.C. Freirel Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 27/01/2010 lAcessos: 4,216
    Sergio Sebold

    O presente trabalho faz uma retrospectiva dos grandes encontros internacionais sobre a problemática do meio ambiente; estabelece algumas reflexões sobre o compromisso ético das nações na busca de uma solução que possa conseguir um desenvolvimento sustentável de longo prazo; e conclui com abandono da atual lógica de poder através da competitividade, pela lógica da solidariedade como o único parâmetro de sobrevivência.

    Por: Sergio Seboldl Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 21/05/2011 lAcessos: 764
    Vininha F. Carvalho

    A Declaração Universal dos Direitos da Água, criada pela ONU em 1992, diz que "a água é um patrimônio e nós somos responsáveis pela sua conservação". O desperdício pode acarretar consequências ruins, como a falta de água em rios e lagos, aceleração do derretimento do gelo polar, causando a mortandade do habitat e outros reflexos na natureza,

    Por: Vininha F. Carvalhol Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 20/03/2015 lAcessos: 11
    Rijarda Giandini

    Investir em Resíduos como economia de transformação é uma evidência cabal de que o "mundo sustentável" é possível e provável fonte de riquezas, de negócios. É uma comprovação de que os produtos, que se transformam em lixo, podem ter suas vidas de uso estendidas, redimensionadas. A não produção de novos pode ser substituído por reuso, reutilizo, reciclagem . E dá dinheiro e competitividade para o país. Além de ser bom para o ambiente.

    Por: Rijarda Giandinil Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 26/02/2015
    Liéber Zen

    Já parou para observar que nos outros países há pessoas que produzem sua própria energia elétrica? Fazendo da utilização da rede de energia vinda concessionárias um uso raro? Muitas dessas pessoas até já conseguem distribuir a energia produzida para pessoas das duas proximidades. A água da chuva é sempre aproveitada também,

    Por: Liéber Zenl Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 28/01/2015 lAcessos: 27
    JORGE FLOQUET

    Ainda sobre a queima de fogos que acontece nos finais de ano, observem que a cada ano que se passa tornam-se mais potentes e duradouras. Onde está o ministério público que não proíbe esse absurdo? Na queima de fogos, são três tipos de poluição: sonora, química e luminosa. Tudo bem, você acha bonito, não é? Mas, os animais que estão no seu entorno e em repouso? Que fogem assustados batendo em tudo que encontra pela frente e não voltam aos seus ninhos? O que se pode afirmar dos seus filhotes?

    Por: JORGE FLOQUETl Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 20/01/2015
    Michele Bazilio

    O artigo não defende o acesso irrestrito de cães nas areias, mas também não aprova uma proibição absoluta tal como frequentemente imposta. Reconhece a preocupação relativa à saúde pública, entretanto busca oferecer alternativas. Acima de tudo, convida à reflexão sobre se seriam os cães, os melhores amigos do homem, os verdadeiros culpados pela enorme poluição que hoje atinge areias e mares.

    Por: Michele Baziliol Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 19/01/2015 lAcessos: 32

    A instalação das redes e telas de proteção previnem vários tipos de acidentes, e também sendo a melhor opção na proteção de pragas urbanas em escolas e Hospitais.

    Por: Fernando Navarrol Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 05/01/2015
    JORGE FLOQUET

    Não! Embora estejamos em pleno final de ano, não se trata da minha participação em maratotonas. Se trata de uma teoria científica que, devido a extrema urgência, tem que ser repassada imediatamente para aqueles que serão beneficiados. Por isso, fui acordado às 03h00 de 30/12/2014, para ser o facilitador desse aviso: à semelhança do que aconteceu no litoral santista no último dia 29/12/2014, evitem aglomeração neste final de ano em áreas propensas à descarga atmosférica, pois muitos choros

    Por: JORGE FLOQUETl Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 30/12/2014
    JORGE FLOQUET

    Neste sentido, a época atual –Réveillon- torna-se uma período de extremo perigo para aqueles que habitam ou se deslocam num ambiente de fortes descargas atmosféricas.Ou seja, os particulados provenientes da queima dos fogos de artifícios ou poluição diminuem, em muito, a rigidez dielétrica trazendo grandes riscos à população.Principalmente em locais de forte aglomeração.Perigo !

    Por: JORGE FLOQUETl Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 29/12/2014 lAcessos: 12

    Vivemos momentos de ilusões homéricas, de promessas mirabolantes, de mudanças políticas, de controle fiscal, reforma política, mas parece que a única solução para um país melhor seria a morte da corrupção. O primeiro presidente do PT Luís Inácio Lula da Silva, na campanha da eleição presidenciável, prometeu mundos e fundos, no entanto, as promessas não foram cumpridas, e lá se foram mundos e fundos e nada de proveitoso para o Brasil restou.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 31/03/2015

    Relevarei todos os insultos, todo o mal causado a minha vida... Elevarei o pensamento aos céus pedindo a Deus consolação. Levarei até o altar das ilusões todo o amor perdido sem guarida, eterno e deslumbrando, eu queria ser para alcançar a perfeição. Mas, afinal somos matéria corroída pelo tempo sem ilação perdida.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Poesial 31/03/2015

    A mediunidade está muito difundida nos dias atuais. Muitas pessoas de outras religiões procuram as Casas Espíritas, no intuito de encontrar uma paz interior e através dessa paz, conquistar a sua reforma íntima. Todo aquele que sente num grau qualquer, a influência dos espíritos é, por esse fato, médium. A palavra médium tem a sinonímia de intermediário entre o mundo material e espiritual. Essa faculdade é inerente ao homem, não é exclusividade de nenhuma religião.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Religião & Esoterismo> Religiãol 24/03/2015

    O Brasil vem passando por momentos difíceis e apenas algumas investigações foram feitas e com poucas prisões, no entanto os brasileiros almejam descobrir onde estão navegando os peixes grandes, que engolem toda a riqueza brasileira em forma de corrupção. Promessas prometidas em campanhas política são apenas promessas, pois não saem do papel e, em número considerável se transformam em pesadelos assustadores.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 24/03/2015

    Um homem se baseia sempre na experiência do outro para chegar as suas conclusões. O homem jamais chegará a um denominador comum, visto que as inter-relações humanas são grandiosas. O homem ensina a outro homem e esse deixa o seu legado para ser analisado a posteriori. Assim se faz a história da humanidade. Como o homem ainda é um ser imperfeito suas opiniões sobre a complexidade dos mundos e a Divindade não passam de meras especulações.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 23/03/2015

    As religiões servem até hoje como um caminho para os mais elevados valores pessoais, e também como uma das formas mais complexas de poder e de preconceito, incluindo-se fé, ambição, poder e Deus. Todas as religiões têm suas crenças no mundo espiritual, mas não deixam de almejar o poder e construir seu reino na Terra.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Religião & Esoterismo> Religiãol 22/03/2015

    Conservar a razão no afeto é uma ação que enleva o espírito humano, e pode beneficiá-lo com ações divinas e enobrecedoras, mesmo sendo imperfeito, o ser hominal está à procura da perfeição, enfrentando todas as pedras de tropeços que encontra pela frente. Quantas são dolorosas estas pedras e sua malignidade nos levam a pensamentos destrutivos e inaceitáveis.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 21/03/2015

    A vampiragem é uma palavra desconhecida nos dicionários, no entanto, ela é uma técnica que acompanhada a história dos homens. Desde os tempos mais primórdios a Vampiragem vem sendo usada e a aperfeiçoada pelos maiores pegadores. Aos olhos de um leigo a Vampiragem pode ser simplificada como um mero beijo no pescoço. Mas simplificações como essa só estimulam a regressão cultural da humanidade

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 19/03/2015

    Comments on this article

    0
    Barbara 31/08/2010
    sou estudante de engenharia ambiental e acho muito importante
    a importancia da edução ambiental parabens pelo artigo
    -1
    ANTONIO PAIVA RODRIGUES 23/10/2009
    OBRIGADO DE CORAÇÃO. DEUS TE ABENÇOE.
    1
    vitor silva ferreira 21/10/2009
    muito bom legal
    -1
    ana beatriz 14/09/2009
    como a industrializaçao contribui para a crise ambiental?
    2
    gabrielle claricinda silva frankilim 11/09/2009
    eu vou ganhar esse jogo tabem meu bem nao atianta chorar linda[o]
    -1
    ANTONIO PAIVA RODRIGUES 10/06/2009
    OBRIGADO PELOS COMENTÁRIOS MINHA AMIGA LEITORA.
    1
    Laura 03/06/2009
    O que está acontecendo com o meio ambiente? O que podemos fazer para salvar o Planeta? Qual é a relação entre consumo e conservação dos recursos naturais?

    No mês passado, a humanidade presenciou uma série de fenômenos meteorológicos, de grave impacto para sociedade. Fenômenos meteorológicos sempre ocorreram e sempre irá ocorrer, o grande problema é a intensidade com que eles vêm se manifestando.
    No passado, a humanidade presenciou uma série de fenômenos meteorológicos, de grave impacto para sociedade mundial. Furacões, tornados, ciclones extratropicais, terremotos e enchentes, devastaram cidades e regiões em torno do planeta.

    Tais acontecimentos nos fazem questionar se há algo de errado com a natureza, no entanto podemos garantir que com ela nada há, mas sim conosco, seres humanos. Fenômenos meteorológicos sempre ocorreram e sempre irão ocorrer, o grande problema é a intensidade com que eles vêm se manifestando.
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast