Pombos - Pragas urbanas protegidas por lei. Repelente de pombos, repelente para pombos

Publicado em: 08/03/2011 |Comentário: 0 | Acessos: 1,905 |

Apesar de não pertencer a fauna brasileira o pombo urbano e protegido por lei federal, tornando-se crime inafiançável o abate deste tipo de ave.

O pombo-doméstico não é uma ave nativa das Américas. Ele originou-se a partir da pomba-das-rochas (Columba livia) da Europa, norte da África, Oriente Médio e Ásia, que foi domesticada e, como tal, introduzida pelo homem em praticamente todo o mundo. Em muitos lugares, pombos domésticos que escaparam, perderam-se ou foram intencionalmente soltos reverteram a um estado selvagem ou semi-selvagem, dando origem às populações ferais hoje estabelecidas em muitas cidades e também na zona rural. No Brasil, o pombo-doméstico foi introduzido pelos europeus já no século XVI, tendo-se adaptado muito bem aos grandes centros urbanos, devido à facilidade de encontrar alimento e abrigo.

Em liberdade, os pombos-domésticos permanecem próximos de habitações humanas, onde podem causar diversos problemas quando presentes em número excessivo. As fezes ácidas dos pombos, além de sujar, podem provocar danos à pintura de veículos e ao patrimônio histórico e artístico, bem como matar plantas ornamentais e gramados. O acúmulo de penas, fezes e restos de ninhos pode causar entupimentos em calhas ou tubulações de escoamento pluvial e o apodrecimento precoce de forros de madeira. Em armazéns, mercados ou depósitos, os pombos podem promover a contaminação de alimentos, pois transportam bactérias em seus pés. Além disso, em locais onde há concentração dessas aves freqüentemente também há proliferação de ratos, baratas e moscas. Mais importante, porém, pombos desempenham um importante papel na transmissão de várias doenças que  cometem humanos e animais domésticos, tais como criptococose, histoplasmose, ornitose, salmonelose, toxoplasmose, encefalite, dermatites, alergias respiratórias, doença de Newcastle, aspergilose e tuberculose aviária. Em muitos lugares, o pombo-doméstico já atingiu a condição de praga urbana, em razão de sua superpopulação, dos prejuízos econômicos que causa e dos riscos que representa à saúde pública, sendo necessário o controle populacional. Porém, é importante lembrar que, apesar de não pertencerem a uma espécie nativa do Brasil, os pombos que vivem em liberdade em nosso meio são considerados parte integrante da fauna silvestre brasileira, estando, portanto, amparados pela legislação de proteção à fauna. O seu controle deve ser feito por pessoas devidamente autorizadas e deve ser precedido de uma declaração de nocividade emitida por órgão governamental da área da Saúde, Agricultura ou Meio Ambiente. Além disso, a eliminação direta dos animais só pode ser realizada quando tiverem sido esgotadas medidas de manejo ambiental que restrinjam o acesso aos abrigos e fontes de alimento (Instrução Normativa IBAMA N° 109, de 03/8/2006). Do contrário, qualquer ação de controle que resulte na morte, danos físicos, sofrimento ou apreensão dos animais pode ser considerado crime passível das penas previstas em lei.

 

Medidas de controle

São muitas as ações recomendadas para auxiliar na solução de problemas causados por pombos-domésticos. Atualmente a medidas de controles mais comuns, são a utilização de repelentes em forma de gel ou repelente eletrônico.

O gel repelente funciona da seguinte forma: No local infestado deve ser retirados, ninhos, ovos e filhotes, para este procedimento utilize luvas e mascaras, pois as fezes e piolhos são condutores de diversas doenças.

Depois do local limpo e seco utilize a espátula que acompanha o produto e aplique em faixas continuas de 3 a 4mm de espessura e de 3 a 4 de largura. O gel repelente Byebird repele a ave por contato, onde tiver o produto à ave não permanece, tem durabilidade media de 06 meses a 01 ano, não sai com água e nem derrete com o calor, sendo totalmente atóxico, não causando danos ao meio ambiente!

Este produto e comercializado a mais de 12 anos.

O aparelho eletrônico repele as aves por ultrasom, sua melhor eficiência e comprovada em locais fechados, pois o ultrasom fica concentrado inibindo a presença dos pombos. A casa dos repelentes possui uma linha completa de produtos, para proteger pessoas e o meio ambiente.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/meio-ambiente-artigos/pombos-pragas-urbanas-protegidas-por-lei-repelente-de-pombos-repelente-para-pombos-4369000.html

    Palavras-chave do artigo:

    repelente de pombos

    ,

    repelente para pombos

    ,

    repelente eletronico de pombos

    Comentar sobre o artigo

    Casa dos Repelentes

    Pensando no bem estar e segurança de sua família, a Casa dos Repelentes tem uma linha completa de repelentes eletrônicos, um repelente eletrônico ecologicamente correto que auxilia na redução de quantidade de pernilongos, formigas, ratos, baratas e pombos no ambiente. Seu principio de funcionamento está baseado na emissão de sinais sonoros não audíveis pelos seres humanos, mas que incomodam os insetos, fazendo com que eles saiam do local.

    Por: Casa dos Repelentesl Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 10/03/2011 lAcessos: 2,612
    Casa dos Repelentes

    A casa dos repelentes surgiu para preencher um espaço cada vez mais crescente de produtos ecólogicos. Dada a preocupação com a degradação do meio ambiente, o mixo de produtos ecologicos esta crescendo.Agora voce pode se ver livre de pombos, pardais, morcegos, ratos e insetos em geral, sem contaminar sua residência ou industria. Os produtos, como o gel repelente BYEBIRD e APARELHOS ULTRASOM, de longa duração, foram testados e aprovados por milhares de consumidores, que resolveram seus problemas

    Por: Casa dos Repelentesl Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 07/03/2011 lAcessos: 1,363
    Vininha F. Carvalho

    A Declaração Universal dos Direitos da Água, criada pela ONU em 1992, diz que "a água é um patrimônio e nós somos responsáveis pela sua conservação". O desperdício pode acarretar consequências ruins, como a falta de água em rios e lagos, aceleração do derretimento do gelo polar, causando a mortandade do habitat e outros reflexos na natureza,

    Por: Vininha F. Carvalhol Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 20/03/2015 lAcessos: 11
    Rijarda Giandini

    Investir em Resíduos como economia de transformação é uma evidência cabal de que o "mundo sustentável" é possível e provável fonte de riquezas, de negócios. É uma comprovação de que os produtos, que se transformam em lixo, podem ter suas vidas de uso estendidas, redimensionadas. A não produção de novos pode ser substituído por reuso, reutilizo, reciclagem . E dá dinheiro e competitividade para o país. Além de ser bom para o ambiente.

    Por: Rijarda Giandinil Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 26/02/2015
    Liéber Zen

    Já parou para observar que nos outros países há pessoas que produzem sua própria energia elétrica? Fazendo da utilização da rede de energia vinda concessionárias um uso raro? Muitas dessas pessoas até já conseguem distribuir a energia produzida para pessoas das duas proximidades. A água da chuva é sempre aproveitada também,

    Por: Liéber Zenl Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 28/01/2015 lAcessos: 27
    JORGE FLOQUET

    Ainda sobre a queima de fogos que acontece nos finais de ano, observem que a cada ano que se passa tornam-se mais potentes e duradouras. Onde está o ministério público que não proíbe esse absurdo? Na queima de fogos, são três tipos de poluição: sonora, química e luminosa. Tudo bem, você acha bonito, não é? Mas, os animais que estão no seu entorno e em repouso? Que fogem assustados batendo em tudo que encontra pela frente e não voltam aos seus ninhos? O que se pode afirmar dos seus filhotes?

    Por: JORGE FLOQUETl Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 20/01/2015
    Michele Bazilio

    O artigo não defende o acesso irrestrito de cães nas areias, mas também não aprova uma proibição absoluta tal como frequentemente imposta. Reconhece a preocupação relativa à saúde pública, entretanto busca oferecer alternativas. Acima de tudo, convida à reflexão sobre se seriam os cães, os melhores amigos do homem, os verdadeiros culpados pela enorme poluição que hoje atinge areias e mares.

    Por: Michele Baziliol Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 19/01/2015 lAcessos: 32

    A instalação das redes e telas de proteção previnem vários tipos de acidentes, e também sendo a melhor opção na proteção de pragas urbanas em escolas e Hospitais.

    Por: Fernando Navarrol Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 05/01/2015
    JORGE FLOQUET

    Não! Embora estejamos em pleno final de ano, não se trata da minha participação em maratotonas. Se trata de uma teoria científica que, devido a extrema urgência, tem que ser repassada imediatamente para aqueles que serão beneficiados. Por isso, fui acordado às 03h00 de 30/12/2014, para ser o facilitador desse aviso: à semelhança do que aconteceu no litoral santista no último dia 29/12/2014, evitem aglomeração neste final de ano em áreas propensas à descarga atmosférica, pois muitos choros

    Por: JORGE FLOQUETl Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 30/12/2014
    JORGE FLOQUET

    Neste sentido, a época atual –Réveillon- torna-se uma período de extremo perigo para aqueles que habitam ou se deslocam num ambiente de fortes descargas atmosféricas.Ou seja, os particulados provenientes da queima dos fogos de artifícios ou poluição diminuem, em muito, a rigidez dielétrica trazendo grandes riscos à população.Principalmente em locais de forte aglomeração.Perigo !

    Por: JORGE FLOQUETl Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 29/12/2014 lAcessos: 12
    Casa dos Repelentes

    Pensando no bem estar e segurança de sua família, a Casa dos Repelentes tem uma linha completa de repelentes eletrônicos, um repelente eletrônico ecologicamente correto que auxilia na redução de quantidade de pernilongos, formigas, ratos, baratas e pombos no ambiente. Seu principio de funcionamento está baseado na emissão de sinais sonoros não audíveis pelos seres humanos, mas que incomodam os insetos, fazendo com que eles saiam do local.

    Por: Casa dos Repelentesl Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 10/03/2011 lAcessos: 2,612
    Casa dos Repelentes

    Esta ave robusta, com seu bico curto e cônico, é uma criatura bastante familiar em todas as cidades. Existem mais de 60 espécies relacionadas na Europa, Ásia, África e América. O pardal instalou-se nos primeiros povoados há muito tempo atrás e hoje vive bem tanto no campo quanto nas cidades. Pardais e agricultores são inimigos porque o pardal causa grandes prejuízos nos pomares e plantações de cereais. Nas cidades, essas aves se reúnem ao entardecer em bandos muito barulhentos.

    Por: Casa dos Repelentesl Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 08/03/2011 lAcessos: 5,725
    Casa dos Repelentes

    A casa dos repelentes surgiu para preencher um espaço cada vez mais crescente de produtos ecólogicos. Dada a preocupação com a degradação do meio ambiente, o mixo de produtos ecologicos esta crescendo.Agora voce pode se ver livre de pombos, pardais, morcegos, ratos e insetos em geral, sem contaminar sua residência ou industria. Os produtos, como o gel repelente BYEBIRD e APARELHOS ULTRASOM, de longa duração, foram testados e aprovados por milhares de consumidores, que resolveram seus problemas

    Por: Casa dos Repelentesl Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 07/03/2011 lAcessos: 1,363
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast