Carta Para a Minha Mãe

07/11/2008 • Por • 4,603 Acessos

Mãe, eu te amo. Apesar de tudo eu te amo.

 

Eu sei que você fez tudo por amor, mas o amor não justifica todos os nossos atos. Hoje aqui, bem distante de você, posso ver com clareza.

 

Devo a você tudo o que sou. O seu desmedido amor não permitiu que me magoassem, por isso não sei enfrentar a dor, fico perdido e desesperado sempre que não consigo o que quero.

 

Você sempre me deu todos os brinquedos  que eu queria,  satisfez todos os meus desejos, mesmo sacrificando  coisas importantes porque eu era o seu filho muito amado e quando lá fora ,no mundo, não fizeram o mesmo, eu roubei. Eu não sabia lidar com o não.

 

Quando não me acharam tão lindo quanto você dizia que eu era, eu os odiei, briguei e bati, porque você não me ensinou a auto-análise.

 

Na rua, não respeitava ninguém porque você me disse que eu era  o melhor de todos.

 

Também não pude escolher um emprego, pois faltava-me o conhecimento,  o qual não adquiri porque você não me deixou ir à escola quando chovia ou fazia frio.

 

Um dia me apaixonei pela garota mais linda do bairro e ela me rejeitou. Como é que alguém podia não gostar de mim, se você me amou tanto? Então a seqüestrei, coloquei uma arma na sua cabeça e exigi que me amasse como eu a amava. Quando ela disse que jamais me amaria, eu atirei. Não suportei a dor, a rejeição  o desprezo.

 

Mãe, você não me ensinou que o mundo tinha regras, que eu deveria me submeter, do contrário haveria sanções. Você não me disse que eu não era perfeito e que haveria pessoas melhores que eu no mundo. Você não me preparou para lutar com as armas do meu intelecto. Não me explicou que as pessoas não estavam ali para me servir, como você o fazia. Não me ensinou a amar, dar, nem a perdoar.

 

Por isso tudo estou aqui, distante de você , atrás destas grades.

 

Mas apesar de tudo, mãe, eu amo você.

 

Perfil do Autor

VALERIA PUGENS

Escritora, formação em Artes Plásticas, ex-bancária, ex professora, atualmente aposentada. Mãe de um casal de filhos.