Acordes Relativos

Publicado em: 30/12/2009 |Comentário: 0 | Acessos: 12,649 |

Conhecer os acordes de uma música sem saber porque estão ali, porque justamente aqueles acordes, significa "queimar" etapas do aprendizado de música.

Os acordes aparecem numa determinada música devido à sua tonalidade. Mude a tonalidade e mudarão os acordes.

Muitas vezes você vê aparecer um solitário acorde menor numa música em tom maior, com talvez mais três ou quatro acordes maiores. Tomemos por exemplo a seguinte sequencia:

D Bm G A

O acorde Si menor (Bm) ali está por ser relativo de Ré maior (D). Porque as escalas dos dois acordes possuem as mesmas notas, é que se convencionou chamá-los relativos.

E como saber quais acordes são relativos de outros? É bastante simples, na verdade. Para acordes maiores três semitons abaixo da nota que dá nome ao acorde e para acordes menores (óbvio), três semitons acima. Explicando melhor:

Acorde relativo de Ré maior (D) = Bm (Si menor) porque:

Um semitom abaixo de D = C#

Dois semitons abaixo de D = C

Três semitons abaixo de D = B

E vice-versa para relativos de acordes menores.

No violão, fica bem fácil. Para um dado acorde maior, basta ir três casas para trás na nota que dá nome ao acorde.

Na sequencia acima teríamos portanto:

Relativo de D = Bm

Relativo de G = Em

Relativo de A = F#m

Esta informação é particularmente útil para "tirar" músicas de ouvido. Uma vez que você descubra em que tonalidade está a música, saberá quais acordes poderão aparecer. No exemplo da sequencia acima, todos estes acordes poderão aparecer: D, G, A, Bm, Em e F#m.

É claro que outros acordes podem fazer parte da canção, mas partindo-se dos acordes principais, fica mais fácil identificar os demais.

Como você poderá reparar na tabela abaixo, "quem sabe um, sabe todos":

Acorde                                      Relativo

C                                                  Am

D                                                  Bm

E                                                  C#m

F                                                  Dm

Nem é necessário completar a tabela, concorda? Você com certeza já reparou que os acordes relativos vão crescendo - em semitons - à mesma proporção que os acordes originais.

Você pode facilmente comprovar a larga utilização de acordes relativos, observando diversas músicas mais populares, nas quais se usa mais acordes simples como estes.

Na hora de compor uma música, também é muito importante conhecer as sequencias possíveis de acordes a serem utilizados, bem como os acordes relativos.

Com um pouco de treino, você facilmente identificará a presença ou a necessidade de um acorde relativo numa determinada música.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 5 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/musica-artigos/acordes-relativos-1645274.html

    Palavras-chave do artigo:

    acordes de violao

    ,

    acordes relativos

    ,

    escalas musicais

    Comentar sobre o artigo

    Daí você me pergunta: qual o problema do artista querer fazer uma grana extra com cerveja, já que vender música não tem sido um bom negócio? Respondo com outra pergunta: o que essas bandas fizeram de musicalmente relevante nos últimos tempos para justificar boas vendas?

    Por: Diogo Azzevedol Arte& Entretenimento> Músical 22/08/2014 lAcessos: 16

    Agosto é um mês especial para a cidade de Ubatuba, pois é celebrado neste ano o IV Mês da Cultura Popular, uma comemoração organizada pelo Projeto Tamar, com o intuito de valorizar as expressões culturais tradicionais dos caiçaras. As manifestações são variadas, entre apresentações musicais e de dança, exposições e vídeos com a temática cultural e o modo de vida das comunidades do litoral norte de São Paulo.

    Por: juliol Arte& Entretenimento> Músical 20/08/2014

    A dança é conhecida como uma arte, e pode ser utilizada por várias pessoas sem discriminação, independente da etnia, cultura ou deficiência. O tema "dança e deficiência visual" tem uma relação muito importante, e hoje há muitas questões ainda vagas onde devem ser discutidas e avaliadas, cujo objetivo seria expandir continuamente os paradigmas que penetraram no conhecimento da dança para pessoas com tais deficiências.

    Por: EMANUELLAl Arte& Entretenimento> Músical 03/08/2014
    Prof. JV de Miranda Leão Neto

    Numa onda onipresente de demagogia mal explicada, o governo corrupto continua a defender um Sistema cujo maior beneficiário é ele mesmo e sua injusta carga tributária.

    Por: Prof. JV de Miranda Leão Netol Arte& Entretenimento> Músical 24/06/2014 lAcessos: 16
    JORGE FLOQUET

    Sendo assim, fica o alerta da necessidade da Banda do Bola aumentar a participação do sopro e aproximar do Black Music, cuja referência é o sempre presente Tim Maia e, com toda certeza, ela vencerá a competição Interbandas. Ficamos , então, na expectativa que na final do Superstar não haverá um dedo limitador. Caso a Banda Bola avance no Black Music!Mas, caso a Banda Malta venha a cantar a música do Renato Russo, Mais uma Vez, teremos uma competição fortíssima num final surpreendentemente inovad

    Por: JORGE FLOQUETl Arte& Entretenimento> Músical 09/06/2014 lAcessos: 37

    O processo de desenvolvimento do tecnobrega como música midiática segue, em linhas gerais, um modus operandi criado e permanentemente reinventado a partir do brega paraense. A formação e a difusão regional deste último correspondem ao período entre 1985 e o final da década de 1990. Características específicas de um "modo de fazer" surgiram com o brega e se ampliaram com o tecnobrega, seguindo um percurso em direção a cada vez maior autonomização artística e econômica.

    Por: Maurício Costal Arte& Entretenimento> Músical 23/05/2014 lAcessos: 62
    JORGE FLOQUET

    Você observou algo de errado no último Superstar? E na última disputa entre as bandas Lion e Cluster? Pois bem, eu vi! Seria possível uma interferência do diretor na disputa? Seria possível a votação ser encerrada, antes do tempo? E o que diz a Lion? Seria em busca de uma "programação" bem feita? A banda Lion Jump (73%) pisou alguma vez na bola? Por que todos os jurados elogiaram a banda sem saber o motivo da colocação em segundo lugar? Mas, exatamente por que tive de constatar esse fato? S

    Por: JORGE FLOQUETl Arte& Entretenimento> Músical 19/05/2014 lAcessos: 13

    O bostético gringo Brian Seibert que escreve no site do conceituadíssimo jornal The New York Times, fez duras críticas ao cantor brasileiro Roberto Carlos. Aposto que não conhece nem um pouco do nosso astro.

    Por: g1 músical Arte& Entretenimento> Músical 13/03/2014 lAcessos: 20

    Há diversas maneiras de se encontrar os acordes de uma determinada música. Simplesmente usar o ouvido pode até ser uma delas, mas é atributo de poucas pessoas, que têm ouvido privilegiado. Mas há outras maneiras...

    Por: Oskar Riograndel Arte& Entretenimento> Músical 15/09/2010 lAcessos: 648
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast