Como Escrever Uma Apresentação De Négocios

Publicado em: 06/04/2008 |Comentário: 2 | Acessos: 152,040 |

Aqui você encontrará alguns princípios efetivos de como escrever bem e convincente uma carta de apresentação de negócios. Essas dicas poderão ajudá-lo na hora de produzir o seu próximo newsletter, quando atualize o seu site, ou ainda, e principalmente, na hora de preparar uma apresentação em geral de um determinado produto ou serviço.

Antes de tudo, se o caso é uma newsletter, é importante manter a sua audiência atualizada. Se possível envie essa newsletter com uma freqüência certa, todo mês ou dependendo toda semana. Independente da ferramenta, uso do linguajar descomplicado, já que eles estão mais do que cansados de jargões e vocabulário técnico. Escreva frases curtas e certeiras, com um mínimo de tópicos. Frases extensas e sem pausa são difíceis de entender e cansativas de ler. No caso de uma pagina de apresentação de um produto ou serviço na internet, essa deveria conter uma manchete em letras grandes e de preferência em vermelho, mas também uma chamada vendável e pertinente o bastante para fazer com que o seu público alvo leia e compreenda todo o corpo de texto.

Lembre-se também que essa apresentação esta focada em cima de uma oferta ou promessa de um produto ou serviço que vai ajudar em alguma forma o respectivo cliente alvo. Resumindo, uma manchete (ou titulo) deve dizer algo criativo ou de impacto sobre o produto ou serviço, ou ainda, sobre o respectivo benefício dele.

No caso de um site, cada página deve conter uma manchete! Sim, porque uma pessoa sempre lê uma chamada antes de se aventurar por um texto completo. Lembre-se que uma media de 30% de todas as chamadas ou manchetes encontradas na Net são ao mesmo tempo inúteis e irrelevantes. As piores são as que tentam dizer tudo de uma só vez com títulos longos e mal temperados. Alguns desses títulos também fazem uso de palavras e jargões pra lá de já batidos. Tente escrever páginas que incluam as suas propostas de venda de maneira esperta, sagaz, estridente e emotiva. Se não é possível ser original, seja ao menos positivo. E se, honestamente, não há muito que ser dito, existem inúmeras maneiras inteligentes de não se dizer nada capazes de deixar a audiência se sentindo bem com o que leu.


As boas apresentações em geral são aquelas que você apresenta o maior número possível de informações sobre você, a empresa, seus produtos ou serviços e tudo o que o eles têm a oferecer de uma forma sintetizada e ao mesmo tempo abrangente. Ou seja, devem trazer mais do que uma simples descrição do seu produto ou serviço, o texto deve fazer algum tipo de proposta de venda. Se o texto não transparece isso então não é publicidade e sim um mero anúncio. Em uma forma mais simples, posso me atrever a dizer que esse tipo de texto de apresentação é simplesmente um balconista em uma forma de texto impresso. Vendo por outro ângulo, se apresenta todas as facetas imagináveis tipo o que faz, como funciona e quais os benefícios, mas sem jamais fornecer um mísero argumento para que alguém o compre.

Esse tipo de apresentação deve usar a psicologia do bom vendedor e deve dizer logo de cara o que é e quais os benefícios que seu produto ou serviço trará para você. Aumente o valor do seu produto ou serviço na cabeça do consumidor em potencial. Claro, isso não tem nada a ver com uma política de preços e ofertas. O ponto é fazer uma abordagem de venda que imediatamente mostre o valor inestimável do seu produto ou serviço, independentemente de quanto se esteja cobrando por ele. Entendeu? Tenha em mente que a publicidade não cria desejos e sim os desejos é que criam a publicidade.

Cientificamente está provado que o ser humano só absorve em torno de 40% de tudo o que se escuta ou ler. Os outros 60% são editados pelo nosso cérebro como coisas sem importância. Seguindo esse conceito, em se tratando de vendas ou de uma campanha de vendas, é importante que se repita uma mensagem varias vezes e não apenas uma (*Leia meu primeiro artigo dessa serie de quatro – Estratégias de Marketing: Planejamento & Marketing). Por fim e muito importante, resista à tentação de falar sobre você e como criou seu negocio. No caso especifico da internet, eu vejo que existem muitas pessoas que não mostram nenhum conteúdo em suas paginas web, mas dizem tudo sobre si próprio, assim como detalhes sem a menor importância como o tamanho de seus escritórios e outros coisas sem a menor importância em se tratando do fator principal: vender a sua proposta.

Avaliar artigo
5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 8 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/negocios-artigos/como-escrever-uma-apresentacao-de-negocios-379866.html

    Palavras-chave do artigo:

    negocios

    ,

    marketing

    ,

    propaganda

    Comentar sobre o artigo

    A importância da internet para o marketing das empresas. Através do avanço da internet no Brasil e no mundo, as empresas perceberam o enorme potencial de divulgação para seus negócios. Dentre essas formas de divulgação e propaganda, estão os sites, hoje considerados de fundamental importância para empresas que desejam manter-se no mercado competitivo.

    Por: Pedro Ml Internet> Marketing na Internetl 19/01/2012 lAcessos: 32

    O presente estudo teve por objetivo analisar se o marketing ambiental pode ser decisivo no processo de escolha do consumidor final no ato da aquisição de produtos/serviços de alguma empresa que se utiliza dessas questões. Foram aplicados 266 questionários, distribuídos entre os dias 4 e 11 do mês de outubro de 2008. Os resultados demonstram o pouco conhecimento por parte dos entrevistados no que diz respeito a marketing ambiental e, conseqüentemente, não influenciando uma parcela significativa de consumidores. Os resultados evidenciam um vasto caminho a ser percorrido para atingir uma maior parcela da população. Uma das estratégias primordiais de ação seria o uso de propagandas atreladas a autorização (certificação) de órgãos ambientais, o que na percepção dos entrevistados soa como credibilidade.

    Por: Júlio César Carvalhol Marketing e Publicidadel 16/12/2008 lAcessos: 6,943 lComentário: 1
    Nilton França

    "Conheça Ferramentas Poderosas para fazer Marketing e Publicidade na Internet." "De que adianta você ter um ótimo produto ou serviço para vender na Internet, se você não souber como atrair pessoas interessadas em conhecê-lo e comprá-lo? É por isso que o marketing é fundamental para você alcançar o sucesso na Internet." Você e eu sabemos sem dúvida nenhuma que a Internet se tornou um meio extremamente eficiente para o desenvolvimento de praticamente qualquer tipo de negócio.

    Por: Nilton Françal Internet> Marketing na Internetl 03/12/2010 lAcessos: 129

    Mídia no Cinema cada vez mais tecnológica Com o objetivo de incrementar a venda de produtos e o reconhecimento das marcas, a propaganda, nos seus primórdios, assumiu a dimensão dos resultados. A ideia equivocada de que propaganda boa é a que vende proliferava pelos corredores de empresas anunciantes, agências de propaganda, veículos de comunicação e das faculdades de publicidade. Esse período teve como principal objetivo consolidar a atividade publicitária no cenário econômico brasileiro e transformá-la em importante ativo no processo de comercialização de produtos, principalmente os de bem de consumo.

    Por: Daniela Guerral Marketing e Publicidade> Multimídial 16/10/2009 lAcessos: 343
    Willian Ricardo

    Quer aprender a ter sucesso em suas campanhas de marketing para divulgar seu produto e ganhar dinheiro de forma simples e eficiente, veja este artigo!

    Por: Willian Ricardol Marketing e Publicidade> Marketing Pessoall 16/08/2011 lAcessos: 84
    Luis Carlos Weber

    Sua marca tornando-se o alvo. É o melhor de dois mundos para um negócio. Marketing de mídia social não só mantém sua marca na mente do seu público, ela também os mantém envolvidos, para que a suas mensagens ...

    Por: Luis Carlos Weberl Internetl 21/10/2012 lAcessos: 53

    Toda empresa precisa dominar as ferramentas de marketing disponíveis para auxiliar na elaboração do seu planejamento estratégico e na gestão das empresas.

    Por: Marcio Andrade Silval Marketing e Publicidadel 06/01/2014 lAcessos: 20

    Vou-te apresentar as duas dicas de marketing mais importantes que existem para o sucesso de qualquer negócio.

    Por: Pedro Pintol Marketing e Publicidade> Marketing Internacionall 03/10/2008 lAcessos: 3,120
    Diego Gabriel Simas

    O presente artigo é fruto de uma pesquisa entre os consumidores brasileiros da Classe C, com o propósito de se diagnosticar e analisar o comportamento do consumidor online, visando estudar o processo de decisão de compra para identificar os reais motivos que levam os consumidores da Classe C a comprarem produtos e serviços online, estudando ainda novas tendências no comercio eletrônico.

    Por: Diego Gabriel Simasl Marketing e Publicidadel 21/02/2013 lAcessos: 187
    Marketing para internet

    Não há como imaginar um mundo sem o Marketing Digital. As empresas que não estão na Internet, praticamente não existem. Propagandas agressivas são feitas por meio da internet e as empresas que sabem utilizar o Marketing Digital da maneira correta sempre saem na frente.

    Por: Marketing para internetl Internet> Marketing na Internetl 27/02/2013 lAcessos: 22
    Jenner R Camillo

    A due dilligence é utilizada como ferramenta indispensável a uma segura concretização de negócios. É um processo que a área executiva de uma empresa passa ao avaliar um negócio ao qual deseja se unir ou adquirir. Saiba mais sobre o processo, a seguir.

    Por: Jenner R Camillol Negóciosl 18/11/2014

    Muitas são as dificuldades quando pensamos em criar um projeto, e conseguir êxito em executá-lo. Chega a ser até engraçado no tanto de ideias que as vezes pensamos e temos certeza de que isso poderá resultar em uma coisa boa, mas simplesmente as coisas acabam não saindo como tem que ser. Em muitos dos casos, somos até obrigados a abandonar o nosso querido projeto de negócio próprio para priorizar necessidades que não podem esperar que sua ideia possa render frutos para o seu bolso.

    Por: 3xcelerl Negóciosl 18/11/2014
    Gustavo Rocha

    Dia 15 de Novembro, dia da proclamação da república, aquela data onde saímos da monarquia e viramos república, pelo menos na tese histórica. Este ato é um marco na história brasileira. E vamos pensar: Na história do seu escritório ou da sua vida como profissional, qual é o marco histórico? Se formou em direito, um marco. Fez pós, mestrado, outro marco. O primeiro cliente, um marco. Chegou no primeiro faturamento de um milhão, opa, que marco!

    Por: Gustavo Rochal Negóciosl 16/11/2014
    Gustavo Rocha

    Compartilho uma matéria do FDJUR sobre os indicadores mais usados em departamentos jurídicos, com alguns comentários meus abaixo: Para verificar o bom andamento das atividades dentro dos departamentos jurídicos e bancas é preciso estipular um ou mais indicadores para os segmentos que desejam monitorar. Recentemente o FDJUR consultou seus colegas em relação a três segmentos: atividades administrativas do jurídico, eficiência dos advogados e o clima organizacional.

    Por: Gustavo Rochal Negóciosl 12/11/2014
    Gustavo Rocha

    Linguagem corporal, o invisível que diz muito sobre o que queremos dizer. E mais do que apenas isto, uma arte que precisamos dominar para estarmos em vantagem competitiva estratégica, negocial e até mesmo de trabalho no dia a dia. Muito além das palavras e debates, cada gesto pode ser muito diferencial. Extraído do portal Exame.com, vamos a 7 dicas práticas: 1. Faça contato visual

    Por: Gustavo Rochal Negóciosl 10/11/2014
    Gustavo Rocha

    Muitos afirmam que sim, outros que nunca e tem time que acha que ainda estamos em processo de transformação para a advocacia se transformar numa commodity. Nos EUA esta realidade já existe e há muito tempo. No Brasil, temos uma blindagem ainda sobre esta realidade, o tão falado código de ética. Podemos critica-lo, dizer que precisa ser atualizado, podemos dizer que até proíbe coisas que deveria permitir, mas ainda é a lei que devemos obedecer e em cima dela exercer o nosso marketing.

    Por: Gustavo Rochal Negóciosl 09/11/2014
    Gustavo Rocha

    Pergunta difícil, todos querem a resposta, poucos querem o trabalho que dá, a maioria quer o sucesso como resultado e não como meio. Parte desta problemática nos ensinam como se uma geração inteira desconhecesse o que é trabalho, chamando esta geração de preguiçosa, de não querer nada com nada e por ai vai. Temos membros de determinadas gerações que realmente não querem nada com nada, contudo, isto existe em todas as gerações.

    Por: Gustavo Rochal Negóciosl 05/11/2014

    A internet deslocou o foco do poder em uma relação de compras para o comprador. Entenda como a internet mudou a forma de captar clientes atualmente

    Por: Marcio Andrade Silval Negóciosl 05/11/2014

    Se você tem um ótimo produto ou serviço, já fez contatos com seus amigos e parceiros de negócios, e garantiu inclusive um espaço publicitário nas paginas amarelas e mesmo assim ninguém está comprando o seu produto ou serviço o que pode estar de errado? Existem varias razões para os prospectos clientes continuarem sem aparecer ou telefonar. Muitas vezes além da sua campanha publicitária é necessário considerar alguns fatores que podem fazer a diferença.

    Por: Lindenberg Silva Jr.l Negócios> Vendasl 06/04/2008 lAcessos: 968

    Alternativas como a publicidade on-line ou na mídia impressa podem fazer uma diferença se o seu budjet não for grande. Os resultados de uma campanha podem variar de 1 semana até 6 meses dependendo do tipo de mídia e também do tipo de produto ou serviço. È importante levar em conta que uma programação mínima ou pré-estabelecida é necessária para um prospecto retorno dessa campanha. Lembro que o “marketing” inteligente é aquele da continuidade.

    Por: Lindenberg Silva Jr.l Marketing e Publicidadel 06/04/2008 lAcessos: 4,256

    Comments on this article

    9
    Diego Moraes 31/12/2009
    Um bom negocio se inicia com boas palavras.
    0
    joze 06/12/2009
    se amar é viver... vivo porque amo vc.
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast