Quem Não Tem Competência Não Se Estabelece!.

25/09/2009 • Por • 2,382 Acessos

Quem não tem competência não se estabelece!... Esse ditado, nos dias atuais, continua tão verdadeiro quanto no dia em que foi inventado. Aliás, continuará sendo sempre atual, pois ser competente é ser capaz e desenvolver capacidades é um requisito básico a qualquer ser humano que se propõe a viver seus dias e exercer funções e atividades de maneira equilibrada e adequada.

Com ainda inevitáveis exceções, nossos pais tentaram nos proporcionar, da mesma forma como tentamos proporcionar a nossos filhos, boas escolas, o estudo de línguas, da informática e, ainda, uma formação artística ou esportiva. Tudo, sempre, com a finalidade de adquirirmos competências, a fim de nos tornarmos bons profissionais e, conseqüentemente, conseguirmos bons empregos. Sempre construindo meios para nos possibilitar ganhos consideráveis, proporcionando-nos maior conforto em busca do viver bem: boas casas, bons carros, boas roupas, diversões, passeios, boa comida, enfim, tudo aquilo que tornando a nossa vida mais tranqüila e prazerosa, possa alimentar nossa segurança, numa sobrevivência plena.

Entretanto, diariamente, corremos os olhos pelas manchetes dos jornais, ou simplesmente ligamos uma TV ou um rádio e nos deparamos com a realidade do nosso mundo. Ao mesmo tempo em que nos defrontamos com situações agradáveis, com boas notícias, nos confrontamos, também, com muitas situações desagradáveis, inúmeras más notícias, em muito maior número. Recebemos, diariamente, esta carga negativa, associada às tantas dificuldades inerentes ao nosso cotidiano e as somamos às informações do meio familiar, social e cultural que recebemos desde a infância. Vamos percebendo por que o mundo que nos envolve está imerso em tamanha disputa pessoal pelo poder!

Aprendemos que para ser alguém devemos conquistar bens, posições sociais, títulos e tantas outras coisas. Uma busca cega e incerta passa a ser fator determinante em nossas posturas pessoais, gerando disputas desumanas onde a meta é conquistar a qualquer preço! Uma série de inadequações posturais acaba por alterar nossas estruturas tornando-nos irracionais; em muitos, acabam se transformando em maquiavélicos e doentes.

A Competência vai muito além de, simplesmente, sabermos o que é o ideal para se viver bem! Não basta saber que o correto é sermos menos impulsivos, termos autocontrole, bom senso ou solucionarmos melhor nossos conflitos, negociando desacordos, tendo maior capacidade de adotar a perspectiva do outro. Não basta observarmos e reconhecermos nossas aptidões emocionais ou comportamentais. Antes, é necessário exercê-las! Colocar em prática nossas aptidões, todo nosso potencial! As possíveis dificuldades para tal existem porque alguns transformam a competitividade racional em irracional, instintiva, animal! 

Para mim, a competência vem de berço, de uma boa educação, de bons pais presentes, de bons conselhos, e acima de tudo de um caráter indestrutível, digno e honesto. Fato esse que está longe de nossa realidade. Pois por comodismo os pais não acompanham mais seus filhos, horários de permanência em casa foram reduzidos ou até inexistentes. São inúmeras famílias omissas, despreparadas que geram filhos incompetentes, péssimos profissionais, e que constroem uma família desestruturada e povoam este mundo com mais e mais homens/animais. 

Triste quadro onde a ordem não existe, o caráter desapareceu, e o que fala mais alto é a "lei do cão". GANHAR EM CIMA DE TUDO E DE TODOS!

Se não priorizarmos a conquista positiva, existe um sério risco de não conseguirmos nos estabelecer efetivamente em nosso planeta, em nossa cidade, em nosso trabalho, em nossa família, e dentro de nós mesmos, pois como já diziam nossos avós... Quem não tem Competência não se estabelece!

 Mas ainda assim se cada um que ainda preza pelo bom senso, que cultiva o amor ao próximo e aos seus, que façam a sua parte, pois pequenina que seja, ela ainda será o equilíbrio dessa podridão de homens torpes e imundos que assolam o nosso caminho.

Perfil do Autor

SIMONI LOPES

Minha intenção é adquirir conhecimentos e compartilhar com todos os que estão interessados em contribuir para formar um mundo melhor. Não importa que seja minoria, o importante é que faço a minha parte.