A Importância Da Alimentação Na Adolescência

01/12/2008 • Por • 57,166 Acessos

A IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO NA ADOLESCÊNCIA



            A adolescência, que vai dos 10 aos 19 anos, constitui um período muito especial e de suma importância. É nesta etapa que torna-se válida a frase “adolescente que se alimenta bem, será um adulto saudável”.


            Todo jovem necessita de uma alimentação sadia e equilibrada, tanto em quantidade como em qualidade.


             O momento da alimentação precisa tornar-se prazeroso e fornecer combustível adequado para o crescimento e atividade muscular.


            A adolescência é conhecida e denominada como um período “conturbado”. Isto pelo fato de que, nesta fase entram em jogo as preocupações excessivas com o peso e a estética. Cabe aos pais muita conversa e conhecimento dos hábitos e escolhas dos filhos.


            A prática de atividade física prende-se, de maneira definitiva, à lista de atitudes para ter uma boa qualidade de vida, associada a hábitos alimentares saudáveis.


            Atualmente, encontramo-nos inseridos em uma sociedade em que ainda prevalecem o sedentarismo e a alimentação hipercalórica. Por isto o cuidado deve ser redobrado.


            Os padrões alimentares dos jovens costumam ser caóticos. Eles tendem a omitir refeições, estabelecem associações distorcidas entre valores calóricos e nutritivos, além da freqüência em fast-foods. A principal dúvida dos pais é como tornar as refeições mais atrativas e equilibradas, ao mesmo tempo.


A alimentação saudável na adolescência deve ter como objetivos:


1. Possibilitar o desenvolvimento máximo das características genéticas (cerebral, óssea, etc);


2. Aumentar a capacidade de resposta imunológica para reduzir a susceptibilidade a doenças infecciosas e outras;


3. Impedir o aparecimento de doenças metabólicas degenerativas;


4. Beneficiar a competência mental, favorecer a atenção e assim melhorar aptidões escolares.


           


Dicas importantes...



  • Não coma assistindo televisão;

  • Beba muita água, no mínimo 2 litros por dia;

  • Coma sem pressa, mastigando bem os alimentos;

  • Não fique muito tempo sem alimentar-se, coma de 3 em 3 horas;

  • Evite frituras, carnes gordas (bacon, toucinho);

  • Evite o consumo de lanches calóricos como hambúrguer, batata frita, cachorro quente, etc. Opte pelo consumo de sanduíches naturais;

  • Evite o consumo de balas, chocolates, bolachas recheadas, bolos, etc;

  • Consuma frutas, verduras e legumes;

  • Prefira sempre os alimentos integrais (pães, bolachas, torradas, etc);

  • Pratique atividade física.


A melhor maneira de ensinar é por meio do próprio exemplo. Entenda que saúde, bem-estar e qualidade de vida na adolescência, são sinais de um adulto saudável.


 Izaara Alvarenga


Nutricionista

Perfil do Autor

Izaara Carvalho Alvarenga

Izaara Alvarenga é graduada em Nutrição, pela UNILAVRAS, em Lavras - MG. Possui grande experiência na área de Alimentação Hospitalar. Cursa...