Como perder gordura localizada malhando na academia

04/01/2011 • Por • 2,747 Acessos

Perder peso não é uma tarefa simples de nenhuma maneira, porém esse artigo pode refrescar seus conceitos sobre dieta Vs. malhação.

Primeiramente devemos quebrar o paradigma que para perder gordura localizada devemos ficar horas semanais nas esteiras ou passar por diversos treinos de bicicleta e aerobica, pois em todos esses casos o organismo, primeiramente irá eliminar a perda de gordura magra, ou seja, os musculos. Além de ser o reverso do esperado, ainda esse processo manterá a gordura localizada que somente será queimada após grande perda de massa muscular.

Sendo assim podemos afirmar com convicção que perder musculos é mais simples que perder gordura localizada. Além do fato que malhar d forma citada apenas irá fortalecer o sistema imunológico, gerar mais resistência para o corpo e combater aparecimentos de doenças co-ligadas como sintomas de diabates e outras patologias.

Recomenda-se que as intruções acima sejam feitas, porém em bem menos frequência que a correta, que iremos citar, em busca de perda de gordura localizada.


Mas então, como perder tal gordura, malhando na academia?
A resposta é utilizar o ponto forte para destruir o ponto incômodo, ou seja, utilizar os musculos do atleta para queimar gorduras adicionais. Para tanto, deve-se focar em levantamento de pesos nos músculos mais desenvolvidos, como pernas (para agachamento), ombros, peito e panturrilha.

Portanto desenvolver melhor os músculos e treinar outros não tão desenvolvidos, com maior número de séries do que peso, é a melhor solução para o organismo entender que deve aumentar massa magra e queimar energia das partes gordurosas do corpo, logo a perda das áreas localizadas, indesejáveis.

Porém, não vamos nos esquercer da dieta balanceada, com várias alimentações durante o dia de pouca quantidade, que tornando-se hábito, ensina nosso tempo não conservar energia, já que estamos as repondo, constantemente. Inclusive uma ótima prevenção e tratamento da Diabetes e outras doenças que complicam-se pela má alimentação.

Perfil do Autor

Rick Braga

Advogado Direito do Consumidor formado pela PUC.Comerciante importador especialista em Tecnologia da Informação