Frutos e Legumes que ajudam a baixar a pressão arterial

Publicado em: 11/01/2012 |Comentário: 0 | Acessos: 6,400 |

FruitsandVegetables.jpg

Uma dieta rica em frutas e vegetais tem muitos benefícios á saúde. Quando são incorporados em nossa dieta diária, podem ajudar a reduzir o risco de problemas associados a pressão arterial elevada. 

Pressão arterial elevada é uma causa de preocupação, pois pode levar a doenças cardíacas, acidentes vasculares cerebrais, insuficiência renal e declínio cognitivo. No Brasil, as doenças cardiovasculares são responsáveis por 33% dos óbitos com causas conhecidas. Além disso, essas doenças foram a primeira causa de hospitalização no setor público, entre 1996 e 1999, e responderam por 17% das internações de pessoas com idade entre 40 e 59 anos  e 29% daquelas com 60 ou mais anos (PASSOS et al.; 2006).

A pressão arterial de 120/80 mmHg, ou 12 por 8, é considerado como normal, qualquer valor acima ou abaixo, não é saudável para o corpo humano. A maioria dos médicos, aconselham aos seus pacientes uma combinação de medicamentos e mudanças de estilo de vida para combater a pressão alta. Mudanças de estilo de vida incluem a modificação na dieta e um regime de exercícios adequado. A dieta rica em frutas e vegetais pode ajudar na redução da pressão arterial naturalmente.

Os frutos que ajudam a diminuir a pressão possuem muitos nutrientes essenciais, como vitaminas, minerais e antioxidantes. O ideal para manter uma dieta saudável é consumir diariamente de quatro a cinco frutos diferentes.

Ameixa: um copo de ameixas secas contém 316,6 mg de potássio e apenas 1,7 mg de sódio. O potássio é essencial para manter a pressão arterial e a função cardíaca, bem como prevenir a aterosclerose (formação de coágulos de sangue nos vasos sanguíneos), enquanto que um baixo nível de sódio pode ajudar a diminuir a pressão arterial elevada.

Melão: é uma rica fonte de potássio e magnésio, que ajuda na redução da pressão arterial. Os carotenóides presentes no melão, previnem o endurecimento e estreitamento das paredes das artérias e veias, reduzindo assim as chances do fluxo apertado de sangue através deles. A melancia também ajuda a baixar a pressão arterial.

Abacate: é rico em potássio, que ajuda a manter o equilíbrio de potássio de sódio no organismo. A nossa alimentação é normalmente rica em sódio, por isso, é importante aumentar o consumo de potássio. Ele é rico em gorduras monoinsaturadas, que ajuda a diminuir o colesterol LDL e aumenta o nível de colesterol HDL. Também contêm o álcool graxo conhecido como avocadeno que é útil na redução da pressão arterial elevada. No entanto, os abacates são altamente calóricos e alimentos ricos em gordura, então eles devem ser consumidos com moderação.

Banana: é rica em potássio e pobre em sódio, podem desempenhar um papel no controle da pressão arterial. Duas bananas por dia pode ajudar a controlar a pressão arterial elevada. Uma banana média tem geralmente 1 mg de sódio e 422 mg de potássio, tornando-o um dos frutos mais potente contra a pressão alta.

Laranja, limão etc.: As frutas cítricas contem vitamina C, fitonutrientes e bioflavonóides. Os fitonutrientes e bioflavonóides são anti-inflamatórios naturais e evitam coágulos sanguíneos. Os bioflavonóides, encontrados no miolo destes frutos, não só ajudam na redução da pressão arterial elevada, mas também ajudam a controlar o colesterol. Toranja, lima, limão, tangerina e laranja todos pertencem à família dos citros.

Melão-de-são-caetano: este furto amargo esta disseminado por todo o mundo, no Brasil ele é encontrado em qualquer lugar como planta invasora. É uma boa fonte de um aminoácido chamado citrulina, é essencial para aumentar a quantidade de monóxido nítrico e vitamina C, que ajuda a eliminar oxigênio ativo para manter o monóxido nítrico por mais tempo nos vasos sanguíneos. Este, por sua vez ajuda a baixar a pressão arterial.

Aipo: contém ftalideos, um fitoquímico que relaxa o tecido muscular nas paredes arteriais, este, por sua vez aumenta o fluxo sanguíneo o que ajuda na redução da pressão arterial.

Cenouras:  são ricas em beta-caroteno e potássio, e ajudam a manter e regular a pressão arterial normal e reduzir o risco de doenças cardíacas. As cenouras são melhor aproveitadas se consumidas cruas ou até mesmo na forma de suco com algumas ervas, como hortelã ou salsa, para maximizar os seus benefícios.

Tomates: são uma boa fonte de potássio, cálcio, ácido fólico e beta-caroteno, e contêm muitas vitaminas vitais, como A, C e E. Elas contêm licopeno, um antioxidante, que é conhecido por ajudar a baixar a pressão arterial elevada. Licopeno impede colesterol (lipoproteína de baixa densidade) LDL grude nas paredes dos vasos sanguíneos, que por sua vez impede o coração de elevar a pressão arterial.  Em um estudo com 31 pessoas com hipertensão que não necessitam de medicação, os pesquisadores deram a eles um placebo de tomate durante 4 semanas, seguido por 8 semanas de um extrato de tomate e depois mais 4 semanas do placebo. Durante o período de extrato de tomate, leituras de sistólicas diminuiram 10 mmHg e leituras diastólicas por 4 mmHg, nenhuma alteração foi observada durante as fases de placebo.

Vegetais crucíferos: brócolis, couve-flor, repolho e couve de Bruxelas são ricos em ácido glutâmico, que é o aminoácido mais comum encontrado em proteínas vegetais. Este ácido ajuda a reduzir a pressão arterial e diminuir as chances de acidente vascular cerebral. A couve é uma boa fonte de potássio e de magnésio, dois minerais que ajudam a reduzir a pressão arterial elevada.

Folhas verdes: espinafre, couve, alface, mostarda, acelga, couve chinesa, etc, são ricos em minerais, vitaminas e fibras e pobre em calorias. Também contêm uma variedade de fitoquímicos e antioxidantes como beta-caroteno e luteína, que ajudam a combater as placas de gordura nos vasos sanguíneos, e ajuda a baixar a pressão arterial.

Espinafre e verduras amargas (beterraba, chicória,  escarola, rábano, alface e urtiga ) ajudam a baixar a pressão arterial não apenas porque são ricas em vitamina C ou de potássio. Uma das razões destas folhas baixar a pressão arterial é porque elas estimulam a produção de óxido nítrico, uma molécula que ajuda os vasos sanguíneos a relaxar, ficar lisa, regulando o fluxo de sangue, inflamação e pressão arterial.

Feijão branco: também conhecido como fava, estão entre as mais ricas fontes naturais de L-dopa, um precursor da dopamina, que, entre outras coisas, atuam como um diurético.
Em um estudo, a ingestão de 40 gramas de feijão branco fresco picado aumentou significativamente a quantidade de sódio e dopamina na urina - uma coisa boa quando se trata de reduzir a pressão arterial.

Frutas e vegetais frescos que baixam a pressão arterial naturalmente devem ser incorporados na dieta, não só para aqueles que sofrem de pressão alta, mas para todos aqueles que buscam uma vida feliz e saudável. Muitos desses vegetais já fazem parte de nossa dieta diária, mas muitas pessoas ainda não tem este habito saudável de prevenir doenças.

Fazer alterações em seu estilo de vida e manter uma dieta saudável pode ajudar a manter a pressão arterial sob controle. É importante evitar comer demais, do tipo errado de alimentos, pois isto pode danificar a sua saúde cardiovascular, especialmente se você estiver geneticamente pré-disposto a pressão arterial elevada. Deve-se dar ênfase em frutas, legumes, cereais integrais, aves, peixes e produtos de baixo teor de gordura. Limitando sal e sódio, juntamente com a alteração da ingestão de cálcio, magnésio, potássio e minerais. Procure ingerir os vegetais legumes, saladas , nozes e sementes, na forma crua, pode comer vegetais cozidos e não processados. Comer amêndoas, castanha do Brasil, sementes de abóbora e nozes. Que são alimentos ricos em omega-3 e uma porção por dia pode lhe fornecer o suficiente de magnésio para reduzir o risco de um ataque cardíaco ou derrame. Alimentos de baixo índice glicêmico provoca um aumento lento e constante em seus níveis de glicose no sangue que é bom para você. Estes incluem arroz integral, legumes e grãos integrais. Como parte de sua dieta procure comer alimentos orgânicos sempre que puder. Eles oferecem mais nutrientes porque são cultivadas em solos adubados com material natural rico em oligoelementos.

Referência

PASSOS, Valéria Maria de Azeredo; ASSIS, Tiago Duarte e BARRETO, Sandhi Maria. Hipertensão arterial no Brasil: estimativa de prevalência a partir de estudos de base populacional. Hypertension in Brazil: estimates from population-based prevalence studies. Epidemiol. Serv. Saúde [online]. 2006, vol.15, n.1 [citado 2012-01-11], pp. 35-45 . Disponível em:. ISSN 1679-4974. http://dx.doi.org/10.5123/S1679-49742006000100003.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/nutricao-artigos/frutos-e-legumes-que-ajudam-a-baixar-a-pressao-arterial-5563349.html

    Palavras-chave do artigo:

    frutos e legumes que ajudam a baixar a pressao arterial

    Comentar sobre o artigo

    Adriano

    O azeite de oliva é um alimento antigo. Próprio de dietas milenares como a mediterrânea, a árabe, a dos hebreus, das tribos da mesopotâmia e outros povos que fazem parte da história da humanidade.

    Por: Adrianol Saúde e Bem Estar> Nutriçãol 17/09/2014
    Ademir Mello

    Loren Cordain, PhD, que literalmente escreveu o livro sobre a Dieta Paleolítica, afirma que ao comer como nossos ancestrais pré-históricos, podemos permanecer mais magros e menos propensos a ter diabetes, doenças cardíacas, câncer e outros problemas de saúde.

    Por: Ademir Mellol Saúde e Bem Estar> Nutriçãol 16/09/2014

    Nestes dias de inverno quente,e verões ainda mais quentes, conhecer as formas de conservação dos alimentos é muito importante, não somente pelo fato de podermos mantê-los em boas condições de consumo por mais tempo, como também conservar suas propriedades nutricionais e assim evitar que se contaminem por micro-organismos patogênicos ou seja, que causam infecçã.

    Por: elvisl Saúde e Bem Estar> Nutriçãol 11/09/2014
    Edison Candido Gonçalves

    Não basta querer só emagrecer, definir o corpo etc. Tem que desejar com toda força. Tem que haver muita determinação até atingir os resultados esperados.

    Por: Edison Candido Gonçalvesl Saúde e Bem Estar> Nutriçãol 11/09/2014
    Arilson César de Souza

    Muita gente precisa emagrecer e enfrenta uma luta diária com a balança. O que a maioria das pessoas não sabe é que a ciência identificou vários alimentos que podem ajudar nesse processo. Veja aqui 10 alimentos capazes de acelerar seu emagrecimento.

    Por: Arilson César de Souzal Saúde e Bem Estar> Nutriçãol 10/09/2014 lAcessos: 16
    Lincoln da Silva

    Veja como um bom controle da pressão arterial lhe ajuda a evitar outros problemas de saúde, sendo que estes podem te prejudicar muito e leva-lo à óbito.

    Por: Lincoln da Silval Saúde e Bem Estar> Nutriçãol 10/09/2014
    nivaldo monteiro

    A flora intestinal de um indivíduo é um importante determinante do seu estado geral de saúde. Numa pessoa acima do peso, com doenças crônicas (como a hipertensão) e metabólicas (como aumento do triglicerídeo/colesterol e diabetes) tem seu intestino colonizado por bactérias que fazem mal a saúde. É aí que os probióticos podem ajudar.

    Por: nivaldo monteirol Saúde e Bem Estar> Nutriçãol 10/09/2014
    nivaldo monteiro

    Para iniciar qualquer processo saudável de ganho ou perda de peso, é fundamental ter inicialmente um diagnóstico sobre a real situação em que o individuo se encontra.

    Por: nivaldo monteirol Saúde e Bem Estar> Nutriçãol 10/09/2014

    benefícios, saúde, sementes, mamão, rins, insuficiência, renal, câncer, leucemia, papaína, carica, papaya, parasitas

    Por: Marcelo Rigottil Saúde e Bem Estar> Medicina Alternatival 13/07/2012 lAcessos: 5,692

    A educação especial é a educação de alunos com necessidades especiais de uma forma que aborda as diferenças dos alunos e necessidades individuais.

    Por: Marcelo Rigottil Educação> Educação Infantill 03/04/2012 lAcessos: 425

    A síndrome de Down é um conjunto de sintomas físicos e mentais que resultam de ter uma cópia extra do cromossomo 21.

    Por: Marcelo Rigottil Educação> Educação Infantill 03/04/2012 lAcessos: 389

    A Ecoterapia tem como principio trazer melhorias à saúde através do contato com a natureza e ambientes naturais.

    Por: Marcelo Rigottil Saúde e Bem Estar> Medicina Alternatival 03/04/2012 lAcessos: 1,743

    Autismo faz com que as crianças experimentem o mundo de forma diferente da maioria das outras crianças. É difícil para as crianças com autismo falar com outras pessoas e se expressar usando palavras. Crianças com autismo geralmente mantêm-se isolados em seu proprio mundo e muitos não podem se comunicar sem ajuda especial.

    Por: Marcelo Rigottil Educação> Educação Infantill 03/04/2012 lAcessos: 309

    As varizes ocorrem quando as veias são obstruídas e impedem que o sangue volte a circular normalmente. O sangue se agrupa em um determinado lugar e quando isso ocorre, as veias e capilares próximos ficam distendidos e inchados, perdendo sangue e líquido para os tecidos circundantes.

    Por: Marcelo Rigottil Saúde e Bem Estar> Medicina Alternatival 02/08/2011 lAcessos: 962

    Uma das doenças mais comuns em todo o mundo a depressão é capaz de causar a debilitação do organismo da pessoa e até levar a morte por suicídio ou até mesmo pela falta de vontade de viver. Os sintomas clássicos são tristeza profunda, sentimentos de desamparo e desesperança, falta de concentração, perturbação do sono, alteração nos hábitos alimentares e intestinais, e uma incapacidade de se sentir bem nas atividades normalmente prazerosas. As causas são as mais diversas e podem estar relacionado

    Por: Marcelo Rigottil Saúde e Bem Estar> Medicina Alternatival 02/08/2011 lAcessos: 357

    O derrame como é mais conhecido pode deixar sequelas irreversíveis, é uma das principais causas de mortes em todo o mundo. O AVC é caracterizado por um coágulo que se aloja em uma artéria do cérebro, cortando o suprimento de oxigênio para parte desse órgão essencial. Sempre que ocorre o coágulo sanguíneo, a área em torno dele morre ou torna-se danificada, e as funções do corpo controladas por essa área tornam-se prejudicadas. Quando a acidente vascular cerebral não provoca a morte, pode deixar u

    Por: Marcelo Rigottil Saúde e Bem Estar> Medicina Alternatival 02/08/2011 lAcessos: 1,451
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast