A empilhadeira elétrica como solução logística

04/02/2011 • Por • 4,603 Acessos

Na atualidade, a logística de uma empresa representa uma parte muito expressiva de sua competitividade. Uma indústria ou estabelecimento que possua um sistema de distribuição, transporte e armazenamento eficazes, certamente estará à frente em muitos aspectos. Nesse sentido, uma empilhadeira elétrica poderá trazer diversos benefícios a uma empresa que necessite aperfeiçoar o seu processo de produção e distribuição.

Esse tipo de empilhadeira representa uma grande economia para uma empresa, tanto de tempo como de dinheiro. Além de ser uma máquina compacta, mas com capacidade de elevação de cargas muito pesadas (1,5 toneladas ou mais), essa máquina apresenta outras vantagens. Por ser movida a energia elétrica, essa empilhadeira não causa a emissão de poluentes no ar e também apresenta baixos índices de ruídos.

O seu tamanho compacto é benéfico, principalmente para a maximização do espaço útil para armazenamento dentro de um armazém ou almoxarifado. A empilhadeira elétrica é, em geral, de operação bastante simples, tendo um deslocamento suave. Esse tipo de empilhadeira, porém, é recomendado para locais onde o piso seja regular, visto que possui rodas de pequeno diâmetro.

A empilhadeira elétrica é movida por pesadas baterias, que necessitam ser recarregadas com frequência. Dessa forma, se a empilhadeira necessita ser utilizada por mais de 1 turno, poderá ser necessário comprar baterias sobressalentes. Alguns modelos já acompanham baterias extras, representando, em geral, um maior custo-benefício para o comprador.
Embora possa apresentar um preço inicial maior em relação a empilhadeiras movidas por outros tipos de combustíveis, a eletricidade ainda é o combustível mais barato. Por essa razão, o investimento nesse tipo de empilhadeira certamente significa uma economia considerável para o orçamento de uma empresa.

O operador de empilhadeiras deverá ser um profissional treinado e, o mais importante, autorizado a operar essa máquina. A Norma Regulamentadora 11 (NR 11) dispõe que é responsabilidade da empresa habilitar o funcionário para essa função. Além disso, para poder dirigir a empilhadeira durante o horário de trabalho, o profissional deverá portar um cartão de identificação, contendo o seu nome e fotografia.

A segurança na operação dessa máquina é muito importante. Há muitas regras e princípios a serem observados pelo operador, que deverá estar ciente de todos os riscos que podem ser causados pela má operação da empilhadeira. Um dos aspectos mais importantes é a atenção em relação ao peso suportado. Deve-se observar sempre o equilíbrio entre o peso da carga e o da empilhadeira (contrapeso). É necessário também tomar cuidado para que as cargas sejam sempre transportadas em seus recipientes adequados.

Hoje é possível adquirir os mais diferentes modelos de empilhadeira. Muitas empresas se especializam na produção e venda de empilhadeiras elétricas. Diferentes marcas e modelos apresentarão usos e capacidades específicas. Dessa forma, é necessário definir a sua necessidade antes de procurar o modelo adequado. As empilhadeiras movidas à eletricidade são, sem dúvida, uma ótima opção para quem procura melhorias na logística de sua empresa.