Como montar uma Pizzaria - Passo a Passo

Publicado em: 04/02/2011 |Comentário: 0 | Acessos: 16,963 |

Costumo sempre citar, que para montar qualquer negócio você deve ter afinidade com ele, gostar do que está fazendo e não começar um novo empreendimento somente porque ouviu alguém dizer que "dá dinheiro". Neste pequeno tutorial cito informações básicas mas necessárias para você que quer montar sua própria pizzaria.

Não basta, no entanto, acreditar que só a pizza é suficiente para garantir o sucesso de seu negócio. É preciso planejar, porque o investimento é alto. Afinal, são muitas máquinas, equipamentos e capital de giro. E o retorno não vem antes de um ano. Por ser um prato apreciado em todas as classes sociais, as oportunidades de negócios surgem em todos os bairros. Mas, cuidado: não dá certo montar uma casa de luxo em bairro pobre, nem o contrário. É preciso saber o que deseja o seu cliente e procurar atendê-lo de todas as formas, montando rodízios, fazendo entregas em domicílio, etc..

Prepara caderno e caneta e vamos às lições...

Tipos de Pizzaria

1) Forneira: estas têm como característica principal oferecer produtos diferenciados, visando atender, geralmente, a uma clientela selecionada e de maior poder aquisitivo. Elas contam com instalações requintadas onde o bom gosto pelos produtos está sempre associado ao charme e glamour do local.

2) Pizzaria a la carte: estas são as mais comuns de serem encontradas e geralmente possuem instalações mais simples que visam atender a todas as classes  sociais e, para isso, possuem um cardápio variado.

3) Pizzaria a rodízio: estas pizzarias têm o como característica servir aos clientes pedaços de pizzas de sabores variados, diretamente no prato do cliente, quantas vezes quiser, sem haver variação no preço a ser pago. A estrutura interna é bastante parecida com a de uma pizzaria convencional.

4) Pizzaria delivery: as pizzarias delivery são aquelas que oferecem aos clientes a possibilidade de receber o produto pronto em seus domicílios. Neste caso, o pedido deverá ser feito pelo telefone, ou online, devendo o cliente conhecer o cardápio da pizzaria.

5) Pizzarias aos pedaços, ou fast food: nestas pizzarias o cliente escolhe a pizza de sua preferência em um balcão de vidro e pede um ou mais pedaços. Este é então finalizado no forno, colocado em um prato e servido ao cliente.

Agora que você já conhece deve escolher que tipo de pizza irá trabalhar esse passo é muito importante para que você saiba como e quanto deverá investir.

Definição do Público

Saia pelo bairro onde deseja montar sua pizzaria, pergunte as pessoas onde elas compram suas pizzas, se gostam do atendimento, do gosto e do preço, verifique bem se ao você montar a sua própria pizzaria ela será bem aceita.

É importante você saber que, quanto mais informações você obtiver, referente: à população que você pretende ver frequentando sua pizzaria; ao mercado que você está prestes a entrar; aos seus futuros fornecedores; a aos seus concorrentes, maior serão as chances de o seu negócio dar certo.

Verificada todas as informações necessárias e isso não deve ter pressa por mais ansioso que esteja para ver as portas abertas e clientes freqüentando, mas lembre-se se fizer um mal planejamento irá desembolsar mais do que deve e talvez acabará se decepcionando como local e o tipo de público que irá atender.

Após a pesquisa prévia e decisão tomada, se coloque no lugar de um cliente novo, cheio de esperanças e expectativas em conhecer a nova pizzaria do bairro, sim amigo, não é só você que está ansioso todos em volta de seu novo empreendimento também estão, assim pense nas cores das paredes, mesas, cadeiras, balcão, decoração e uniformes de seus funcionários.

Você deverá agora aprender (se caso já não conhecer) a produção de uma boa pizza, vou lhe contar uma experiência própria, já freqüentei dezenas de pizzarias, das mais simples a mais sofisticadas e muitas vezes estando num shopping "chique" eu deixo de comer na pizzaria dentro do shopping para chegar perto de minha casa e pedir na pizzaria que eu conheço, e não apenas porque está próximo de casa mas sim  porque o tratamento dos funcionários e os cuidados na produção e porque não falar no amor que aplicam na produção da pizza e a deixa com um gosto todo especial superando de longe as mais caras pizzarias que já freqüentei.

Técnicas de Produção

Os principais ingredientes utilizados na elaboração das massas básicas de pizza e de outros produtos da pizzaria são os seguintes: farinha de trigo, semolina, fermento, água, sal, vinagre e ingredientes para o molho e recheio.

Pizza de Mussarela

Ingredientes:

  • 80 g de tomate;
  • 400 g de mussarela ralada grossa (lavrada);
  • Oregáno a gosto;
  • Azeitona verde a gosto.

Modo de preparo :

  1. Prepare a massa;
  2. Coloque a pá de madeira sobre a mesa
  3. Coloque a massa sobre a pá
  4. Limpe o excesso de farinha de trigo utilizada na abertura da massa com uma escova de nylon;
  5. Espalhe molho de tomate sobre a massa o que poderá ser feito com uma colher;
  6. Coloque a mussarela ralada, espalhando bem uniforme sobre a massa, mas tendo-se cuidado de manter uma borda da massa, de aproximadamente dois centímetros, para a mussarela não cair, uma vez que estamos utilizando uma massa sem borda;
  7. Leve a pizza ao forno para assar, por aproximadamente dois minutos;

Durante esse tempo, procure fornear bem, para que o assamento seja uniforme. Lembre-se de utilizar a pá metálica de cabo longo;

Depois, retire a pizza do forno e coloque a mesma sobre uma pedra ou em uma assadeira;

Leve para a mesa;

  • Corte a pizza em oito pedaços, com uma espátula;
  • Espalhe orégano por cima; e
  • Decore com as azeitonas.

Serviço

Quanto à forma de serviço, ela pode ser em mesas, no balcão ou entrega domiciliar. Ou ainda em pedaços, pizzas inteiras ou pelo sistema de rodízio de sabores.

Tudo isso, e muito mais, vai depender do seu consumidor. Do que mais lhe agrada, do seu nível de sofisticação e do quanto ele pode pagar. Para descobrir isso, a fórmula mais eficiente é realizar uma pesquisa de mercado.

Fornecedores para pizzarias

Já a escolha dos fornecedores exige uma pesquisa mais profunda e cuidadosa. Numa primeira etapa, você deve pesquisar os fornecedores das máquinas e equipamentos que vai adquirir. Você pode encontrar a relação de fabricantes ou representantes em listas telefônicas, anuários estatísticos ou catálogos especializados.

Da mesma forma, faça um levantamento dos fornecedores dos ingredientes que você vai necessitar para produzir suas pizzas. Os ingredientes de maior consumo - como farinha de trigo, queijo e bebidas - devem, de preferência, ser comprados diretamente dos fabricantes. O restante dos produtos não perecíveis e os que podem ser armazenados por um prazo mais longo - como milho verde, champignons, presunto, calabresa, azeitonas, queijo catupiry e parmesão, etc. - podem ser comprados em atacadistas; os perecíveis - como tomate, pimentão e frutas para sucos - devem ser adquiridos diariamente, em feiras ou centros de distribuição de hortifrutigranjeiros.

Investimento

Do investimento inicial, de 40% a 70% será disponibilizado para o investimento fixo que será composto de: balcão frigorífico, chopeira, máquina registradora, mesas de madeira com 4 cadeiras, forno de pizza, preparador de alimentos, liquidificador, extrator de sucos, geladeira comercial, freezer vertical, balança mecânica, cilindro elétrico industrial, fogão industrial, exaustores, fôrmas de alumínio para pizzas de diversos tamanhos, estantes, cortador de frios, pizzaiolla com 4 cubas 1/2 padrão e 8 cubas padrão, tulipas para chope, copos de vidro para água, colheres para mesa, facas para mesa, porta-guardanapos, bandejas grandes de alumínio, espátulas, toalhas para mesa, uniformes para funcionários, pratos para mesa, baldes para lixo, etc. 35% do investimento inicial, vai ser reservado para o capital de giro, para a compra das mercadorias, dos materiais diretos, do pagamento da mão-de-obra direta e dos custos fixos; 10% para reserva técnica e 5% para diversos como registro da empresa, divulgação/marketing e outros custos. O número de empregados previsto é de 10 funcionários, a lucratividade de 10% e a taxa de retorno 1,3 ano.

Divulgação e Marketing

De nada adianta tanto investimento se ninguém souber que você montou uma nova pizzaria no bairro, nesses casos você deverá saber como dividir os recursos de propagandas. Você não terá a necessidade de pagar propagandas caras do jornal do seu estado, deve investir apenas no bairro e no máximo na cidade que montou sua pizzaria, afinal ninguém irá vir de cidades distantes apenas para conhecer sua pizzaria nova sem uma recomendação anterior. Por isso invista em carros de som que circula pelos bairros e panfletos de pizzarias.

Panfletos para Pizzarias

Procure empresas especializadas neste tipo de negócio, existem hoje algumas gráficas que trabalham apenas para pizzarias, assim todo o material acaba saindo bem mais barato para o dono da pizzaria que já gastou muito para chegar até essa etapa. A Gráfica 4i muito conhecida na região sudeste do Brasil é especializada em pizzarias, fazendo panfletos para pizzarias até 50% mais barato que seus concorrente com entrega em todo o Brasil e para ela vai nossa recomendação de hoje para o nosso futuro empreendedor de sucesso.

Site: http://www.grafica4i.com.br

Avaliar artigo
4
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 7 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/pequenas-empresas-artigos/como-montar-uma-pizzaria-passo-a-passo-4169465.html

    Palavras-chave do artigo:

    como montar uma pizzaria

    ,

    como montar meu proprio negocio

    ,

    panfletos para pizzarias

    Comentar sobre o artigo

    Muitas pessoas que tenham o interesse em realizar a preparação de alimentos de uma forma comercial, podem acabar por ter interesse em utilizar uma cozinha industrial, no entanto, claro, para que isto aconteça, é necessário que se realize a preparação do ambiente, para que assim a cozinha possa acontecer de forma adequada, e claro, para que a preparação dos alimentos possa ser feita de uma forma considerada como profissional.

    Por: anamarial Negócios> Pequenas Empresasl 28/10/2014
    michelly bonifacio

    Uma pesquisa recente da GI Insights descobriu que quase 100% dos consumidores inscrevem-se em pelo menos um programa de fidelização e metade destes não participam de nenhum dos programas em que está inscrito. Saiba porque, então, pesquisa aponta que este é o momento para fazer balanço de como aplicar um programa de fidelidade e definir metas para engajar clientes.

    Por: michelly bonifaciol Negócios> Pequenas Empresasl 13/10/2014

    Apesar de não ser tão conhecido, o protetor de corda é um dos equipamentos opcionais mais úteis quando se trata de segurança do trabalho. Pelo menos para aumentar a vida útil da corda e diminuir o custo na substituição da mesma.

    Por: Thiago Castriottol Negócios> Pequenas Empresasl 08/10/2014

    Muitas empresas procuram por fabricantes de capachos personalizados para desenvolver um tapete com seu logo ou determinada mensagem que será assimilada por seus consumidores. É muito comum ver estabelecimentos com seus capachos posicionados em frente à entrada.

    Por: Thiago Castriottol Negócios> Pequenas Empresasl 07/10/2014

    Sistemas modulares MB é a solução para todos os trabalhos de construção em engenharia e engenharia mecânica. Suas aplicações vão desde uma simples moldura para a linha de produção totalmente automatizada.

    Por: podestavalerial Negócios> Pequenas Empresasl 07/10/2014

    Algumas pessoas podem acabar por acreditar que uma cozinha acabaria por ser considerado como algo ideal apenas para restaurantes, no entanto claro que não é bem assim que funciona.

    Por: anamarial Negócios> Pequenas Empresasl 30/09/2014
    Marcos Eleveen

    Entenda o que são transformadores e, como eles tem influência no processo de transformação de energia

    Por: Marcos Eleveenl Negócios> Pequenas Empresasl 25/09/2014
    Elisângela da Silva Pereira

    Em um cenário de economia estagnada, em que o grau de endividamento nos últimos meses vem só aumentando, fatores que podem afetar o desenvolvimento das microempresas, pois influenciam negativamente no volume das vendas e consequentemente diminui a rentabilidade e lucratividade dos negócios. Fazer sua empresa crescer em meio a todo este cenário é um desafio muito grande.

    Por: Elisângela da Silva Pereiral Negócios> Pequenas Empresasl 22/09/2014

    Antes comentavam. Quem não está na internet não existe. Hoje comentam. Quem não está nas Redes Sociais não existem.

    Por: Marco Robersanl Marketing e Publicidade> Marketing Pessoall 15/02/2011 lAcessos: 636

    Montar um Negócio Online, trabalhar na Internet horas e horas e ver resultado financeiro pequeno as vezes desanima, mas descubra o que você pode estar fazendo de errado, mude e veja os novos resultados.

    Por: Marco Robersanl Negócios> Negócios Onlinel 08/06/2010 lAcessos: 1,513 lComentário: 5

    Recarregar cartucho alem de ajudar a natureza ajuda seu bolso

    Por: Marco Robersanl Tecnologia> Hardwarel 03/03/2010 lAcessos: 577

    Vamos ensinar como fazer um delicioso panetone caseiro para seu natal.

    Por: Marco Robersanl Culinária> Receitasl 14/09/2009 lAcessos: 7,773

    Mais importante que um bom planejamento do seu negócio, é estar bem atualizado, saber o que seus concorrentes estão fazendo e que o seu público está desejando de seu produto. Uma boa oportunidade para isso é a participação de feiras de negócios.

    Por: Marco Robersanl Negócios> Vendasl 12/07/2009 lAcessos: 1,219

    Colocar o seu produto na internet é uma ótima maneira de alcançar clientes fora de sua cidade, estado ou até mesmo país. “Para o microempresário, a grande vantagem de se ter um site é a divulgação 24 horas por dia”, declarou Marcio Chleba, diretor do iG Shopping.

    Por: Marco Robersanl Internet> Marketing na Internetl 04/05/2009 lAcessos: 350 lComentário: 1
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast