Resenha do Livro Olga

12/01/2011 • Por • 1,895 Acessos

Olga

Na Resenha de Livro de hoje, o livro Olga que conta a história de uma judia alemã de classe média era muito jovem fascinado pelos fogos de artifício da experiência soviética. Aos quinze anos ingressou na Juventude Comunista.

Aos vinte anos, estreladando e dirigidindo um assalto com uma arma mortal em 1928, o que faz as manchetes e sobe para o estrelato revolucionária. Junto com seus pares, irrompe com uma arma na prisão de Moabit, um bairro central de Berlim, e resgate da "justiça burguesa" para seu namorado e companheiro, o líder comunista Otto Braun.

Todos os resíduos de um destemor que foi coroado pela fuga espetacular, tanto da União Soviética. Suas fotos foram distribuídos por toda a Alemanha, ofereceram recompensas por pistas de seu paradeiro, eles perseguido como Bonny & Clyde, mas os dois podem ficar juntos e felizes para a terra prometida.

A dupla de Olga e Otto, entretanto, não era muito harmonioso. Que durou um merengue Moscou. Ela era uma mulher de ação e muito rapidamente se cansou do escritor circunspecto. Olga estava à procura de emoções fortes, e com sua história de assaltante imprudente, não encontrou nenhuma dificuldade em chegar a um oficial do Exército Vermelho e líder apparatchik da Internacional Comunista, conhecida pela sigla pasteurizado Comintern.

Olga  se torna então uma militante revolucionária, decidida a dedicar sua vida à luta por uma sociedade mais justa,era um modelo para os comunistas da época.

Onze anos depois, Olga conhece o líder revolucionário Luiz Carlos Prestes.

No Brasil, grávida, Olga é entregue aos nazistas pelo governo brasileiro (Getúlio Vargas).

Teve a filha Anita num campo de concentração e o bebê acabou com a avó paterna a fim de ser criada no Brasil. Aos 33 anos, acabou confinada em um campo de concentração e assassinada numa câmara de gás.

Para aqueles que gostam de uma boa leitura e saber um pouco mais sobre a sociedade brasileira o livro "Olga" é uma boa pedida.

Perfil do Autor

Carlos Eduardo de Araujo

Escritor