Política Pão E Circo

17/11/2009 • Por • 4,603 Acessos

Na época da escravidão da zona rural, na Roma Antiga, houve grande migração dos camponeses para zona urbana, desencadeando assim, grande número de desemprego e problemas sociais. Diante dessa situação, o Imperador temendo que houvesse revolta do povo, a fim de exigirem melhores condições de vida, criou a Política Pão e Circo (Parem et Circenses) que tinha como estratégia, lutas todos os dias, de gladiadores nos estádios, e durante a batalha eram distribuídos alimentos como pão e trigo. Dessa forma a população se distraía e nem se lembravam dos problemas. Assim, o Imperador mantinha a população apaziguada.

Nos dias de hoje, a mesma situação ocorre no Brasil, já que hoje em dia os chamados "Programas Sociais" que têm como finalidade "dar" uma pequena quantia de dinheiro à população financeiramente desfavorecida. Muitas delas, residentes em favelas.

A chamada, Bolsa família, que em 2009 ganhou reajuste, chegando a R$182,00, considerado o maior programa Social da história brasileira, é idêntica a politicagem da época da Roma Antiga. Já que dividindo o valor da "bolsa" mensal por 30 dias (mês comercial), chega-se ao valor de R$6,06, aproximadamente, por dia, que dá para comprar 10 pãezinhos franceses e 1 litro de leite.

Hoje em dia não existem mais as batalhas gladiadoras, porém os campeonatos de futebol distraem a população com o mesmo objetivo das antigas batalhas, só que ao invès de gladiadores, times, e no lugar das batalhas, jogos, campeonatos.

Tanto é estratégia política que o governo intervém no resultado dos times renomados, a fim de manter a paz e a ordem, dentro e fora de campo, Um claro exemplo disso é que quando há jogo de dois times considerados clássicos, o resultado na maioria das vezes dá-se empatado.

Já para as mulheres, foram inventadas as novelas, que distraem a população feminina. Já que no passado, quando ainda não havia novelas, os movimentos feministas lutavam por direitos igualitários, como o direito ao voto, outras leis que favorecessem as mulheres, e pela emancipação feminina.

Havendo esse tipo de distração obtido com a política pão e circo, os governantes ficam livres para fazerem o que bem entenderem com o dinheiro público, sem se preocuparem com a insatisfação do povo, pois os homens estarão OCUPADOS assistindo aos Jogos de Futebol, e as mulheres, assistindo novelas.

Perfil do Autor

Priscila Aparecida

Uma pessoa interativa.