Progressão continuada: analfabeto diplomado!

24/10/2010 • Por • 261 Acessos

Resumo

                                                          Este artigo opinativo tem o objetivo de entender como funciona a progressão continuada em toda rede pública de ensino imposta pelo governo do estado de São Paulo desde 1997 pelo então governador Mario Covas do PSDB. Como se trata de um artigo opinativo a ideia é debater e entender sobre o assunto. O autor defende o fim da progressão continuada para o bem estar do estado de São Paulo e do Brasil.  

Palavras-chave:  Progressão continuada, rede publica de ensino paulista,  educação, ensino fundamental e médio, analfabetismo, evasão escolar.  

 

INTRODUÇÃO:

                                                 Caros leitores a tempos queria escrever sobre o tema, mas esperei o resultado eleitoral para governo do estado de São Paulo. O candidato da situação tinha na sua proposta a continuação da progressão, enquanto o candidato da oposição manifestava a mudança. Sem tomar partido de candidato A ou B mas para a infelicidade da cultura o candidato da situação foi eleito ainda em primeiro turno para governo do estado de São Paulo. Qual é o interesse real por de traz desta lei. Primeiro vamos entender o que é e como funciona.

                                               A progressão continuada, sistema de não repetência dos alunos do curso fundamental (1ª a 8ª série) das escolas da rede estadual do Estado de São Paulo, em vigor há mais de uma década, está sendo apontado como alternativa de ensino também para a rede municipal, incluindo-se nos projetos de governo de candidatos à prefeitura paulistana. Criado em julho de 1997, ainda no governo Mário Covas, o sistema tinha como objetivo acabar com a evasão escolar, causada pela obrigatoriedade do aluno cursar, novamente, todas as matérias da série anterior por não ter obtido o êxito necessário para ser aprovado em apenas uma. O aluno, então, se desmotivava  e deixava a escola. A progressão continuada, no entanto, gera muitas discussões, já que os alunos passam para a série seguinte carregando sérias deficiências, dispersando-se e, consequentemente, atrapalhando o aprendizado dos demais.

                                               Está lei veio para não termos crianças fora da escola diminuindo assim a evasão escolar. Muito que bem! A ideia até seria de grande valia! Mas infelizmente o ensino público é de baixa qualidade a remuneração dos professores beira o absurdo da incompetência do estado, os salários são de dar vergonha e de não encorajar ninguém ao desafio! A soma de professores mal remunerados, péssima infra-estrutura, a lei da infância e juventude que só beneficia adolescente de péssima conduta, a má vontade dos alunos apoiados pela lei da progressão a soma destes fatores levaram o ensino público do estado de São Paulo a falência total!! E o que de fato está por de traz da lei? É bem simples de explicar, o que de fato interessa ao governador é que os alunos tenham um diploma não importando para isto aprender ou não! O plano é ter o menor índice possível de analfabetos e de evasão escolar.

 CONCLUSÃO:

                                                  Sem muito esforço o PSDB consegue atingir seu objetivo e assim o que era ruim se tornou pior tal qual a lei de Murphy, "Nada é tão ruim que não possa piorar"    Tenho certeza que você que me lê prefere que seu filho esteja na escola e conclua os seus estudos e obtenha seu diploma! Não seria melhor se o seu filho além de estar na escola e ter um diploma aprenda? O estado está se eximindo da sua obrigação de dar ensino de qualidade a troca de ter índices baixos de analfabetos e de evasão escolar!  

                                                  Fico triste com está situação o Brasil tem tudo para ser a maior potência do globo terrestre e está caminhando para isto. Veja na esfera da graduação, num passado não tão distante alunos com graduação não chegavam a 4% da população Brasileira, hoje este numero passa de 20%  dados aos incentivos de bolsa e de cursos com mensalidades mas acessíveis. Entendam a diferença, não estou falando de passar ninguém sem o mínimo de conhecimento e sim dar apoio para que todos possam sim ter um diploma de nível superior! 

                                                  Infelizmente o PSDB continua no poder do estado de São Paulo e teremos mais quatro anos de analfabetos diplomados!

 

Obrigado e até o próximo artigo!

Cláudio Donato

Graduado em Gestão de Negócios e Pós-Graduado em MBA de Marketing e Gestão de vendas. Presidente Prudente- Sp

E-mail claudio.donato@hotmail.com

 


 Bibliografia

http://www.cartacapital.com.br/sociedade/progressao-continuada-alastra-analfabetismo-funcional-em-sp-afirmam-professores 

http://www.redebrasilatual.com.br/temas/educacao/progressao-continuada-alastra-analfabetismo-funcional-em-sp-afirmam-professores 

http://educacadoresemluta.blogspot.com/2010/08/progressao-continuada-alastra.html

Perfil do Autor

Claudio Donato

Cláudio Donato Graduado em Gestão de Negócios e Pós-Graduado em MBA de Marketing e Gestão de vendas. Presidente Prudente- Sp E-mail claudio.donato@hotmail.com