O que você pensa da traição?

03/06/2011 • Por • 354 Acessos

Acredito que uma das coisas mais antigas nos relacionamentos entre as pessoas seja a traição. Mas, nem por isso nos acostumamos a ela. Nem devemos nos acostumar, é claro!

A traição dói, frustra, torna a vida muito pesada.

Superar uma traição nunca é fácil. Mas quem trai também sofre, apesar de muitas vezes acharmos que não.

A verdade é que as pessoas traem nos relacionamentos de casal, nas amizades, nos negócios – colega trai colega, sócio trai sócio, empresa trai cliente, parceiro trai a empresa com quem trabalha, empresa trai o funcionário leal.

Traição faz parte do comportamento humano. É duro admitir, mas é a realidade.

E agora se trai até mesmo pela internet... Ufa!

Você com certeza conhece algum caso de traição!

Tenho conversado muito com meu amigo Roberto Shinyashiki sobre isso e pensamos que talvez possamos fazer algo para ajudar a tornar essas traições mais suportáveis para as pessoas – ou mesmo para evitar que a traição seja tão frequente.

Tarefa difícil! Por isso precisamos da sua ajuda.

Precisamos saber o que você pensa sobre trair, ou ser traído, para podermos avaliar como é possível melhorar essa situação. A sua experiência pode nos ajudar a compreender melhor esse assunto. E quem sabe você tenha também algumas ótimas ideias para nos ajudar a trabalhar esse tema e compartilhar os benefícios com as pessoas.


Depois de uma traição, dá muito trabalho fazer a relação se estabilizar e o mais provável é que ela nunca mais volte a ser como era antes.

É como se o sentimento que temos pelas pessoas fosse um vaso de cristal muito delicado, bonito e raro. Quando ele é quebrado pela traição é difícil consertar.

Queremos escutar o que você tem a dizer sobre isso.

– Você já foi traído? Por quem?

– Como foi a dor que você sentiu ao ser traído?

– O que você fez a esse respeito?

– Quais foram as consequências dessa traição?

– Quais os motivos principais que levam uma pessoa a trair?


O que você pensa de tudo isso? Escreva para mim e diga:
gilberto.cabeggi@editoragente.com.br

Assim teremos mais material para perguntar ao Roberto Shinyashiki e muito mais ideias para passar adiante.


Um abraço e muita Paz!

Gilberto Cabeggi

 

Perfil do Autor

GILBERTO CABEGGI

Gilberto Cabeggi é escritor, com especialização em comportamento humano, e assessor de comunicação escrita. Participa de grupos de estudo voltados para o desenvolvimento da espiritualidade. Durante dez anos atuou como colaborador em revistas brasileiras voltadas para a comunidade brasileira que vive no Japão. Foi editor da Revista Papolegal, publicada também no arquipélago japonês. Saiba mais, ou entre em contato com o autor, visitando o site www.papolegal.net . É autor dos livros "Antes Tarde do Que Nunca" e "Todo dia é Dia de Ser Feliz".