A cirurgia de redução de estômago e a Psicologia

Publicado em: 24/09/2010 |Comentário: 1 | Acessos: 559 |

A obesidade na atualidade já é denominada problema de saúde pública. Grande parte da população mundial apresenta altos índices de sobrepeso, que, em muitos dos casos, comprometem a própria rotina de vida da pessoa. Dificuldades como calçar os sapatos, fazer uma higiene pessoal adequada e executar tarefas aparentemente simples, limitam e constrangem pacientes e familiares. E além dos aspectos "práticos" ainda se somam as várias questões emocionais que perpassam o excesso de peso: auto-estima e auto-imagem são os principais.

Depois de muitas tentativas com dietas variadas, programas de reeducação alimentar, atividades físicas e tratamentos estéticos os pacientes buscam uma opção mais radical: a intervenção cirúrgica! Hoje já existem procedimentos menos invasivos e as técnicas estão cada vez mais avançadas. Mas isso não significa que a cirurgia vai exigir do paciente menos esforço em controlar a alimentação, nem que a mesma aponta diretamente para uma receita de felicidade que anteriormente não existia.

É preciso lembrar que a reeducação alimentar, as atividades físicas o bem estar emocional e os bons hábitos são primordiais para o sucesso da cirurgia e satisfação do paciente. Para isso é necessária uma preparação prévia, que varia em tempo de duração, mas normalmente se caracteriza pelo tempo de 3 a 6 meses. Normalmente, a pergunta é: Para que eu vou a um psicólogo antes de fazer cirurgia de redução de estômago/bariátrica? E aí vem a nova pergunta: O que sua obesidade está tentando sinalizar para você? Precisamos reconhecer que o ato de comer demasiadamente, e às vezes compulsivamente, também é uma forma de comunicação nossa frente ao mundo. Estamos imersos em relações interpessoais, conflitos, emoções. Precisamos organizar tudo isso para viver em harmonia emocional e corporal. Em grande parte das vezes podemos chamar essa obesidade de "válvula de escape". Trocando em miúdos, simbolizamos na alimentação emoções que geralmente estão vinculadas a outros aspectos da vida. Um exemplo comum é: "quando tenho conflitos no trabalho ou na família tenho a tendência a comer doces excessivamente". Eis o ponto chave para a psicologia! Ajudar o paciente a descobrir em si outras formas, mais saudáveis, de resolução e sustentação de seus conflitos para que a alimentação (obrigatoriamente reduzida pela cirurgia) não seja mais foco. Perceber que existem outras formas de expressividade além do prazer buscado na comida. Quando isso não acontece o paciente pode desencadear diversas novas formas de sinalizar suas emoções: a anorexia, a depressão, a síndrome do pânico, etc. Por isso é tão importante um trabalho conjunto dos pacientes, da família, dos médicos, nutricionistas e psicólogos! A "equipe" somos todos nós! Pense nisso...
Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/psicoterapia-artigos/a-cirurgia-de-reducao-de-estomago-e-a-psicologia-3334337.html

    Palavras-chave do artigo:

    cirurgia bariátrica

    ,

    emoções

    ,

    psicologia

    Comentar sobre o artigo

    Este artigo tem como objetivo esclarecer alguns mecanismos no processo da obesidade mórbida. Informar alguns aspectos orgânicos e psicológicos do processo de engordar, bem como, a importância de uma equipe com vários profissionais para o êxito da cirurgia gástrica.

    Por: Gilcenira Atalibal Saúde e Bem Estar> Nutriçãol 02/07/2010 lAcessos: 1,421

    A música como sabemos e já comentamos, é composta por silêncio, letra e melodia, em outras palavras é Real, Simbólico e Imaginário. É nesses três elementos de composição musical a qual quero fazer referencia a topografia dos três registros.

    Por: Samuel Gouveperl Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 24/10/2014
    Bruno Moraes

    A síndrome do pânico, denominada pela psiquiatria como transtorno do pânico, é um tipo de transtorno de ansiedade caracterizado por ataques súbitos de medo e desespero, um mal-estar intenso que alcança sua intensidade máxima em até 10 minutos. A pessoa tem a clara sensação de que vai morrer, ou que um mal súbito irá acontecer com ela. O pensamento de que existe uma doença perigosa acometendo o seu corpo, geralmente percorre a mente de quem passa por essa enfermidade. Sintomas relacionados são...

    Por: Bruno Moraesl Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 23/10/2014

    O estudo da psicomotricidade é de fundamental importância para se averiguar o desenvolvimento das competências e habilidades das crianças. Para efeito de estudo, tem-se por referencial teórico-metodológico as reflexões elaboradas por Henri Wallon, dentre outros teóricos ligados ao assunto em questão, cujos trabalhos utilizamos na elaboração e no desenvolvimento do presente artigo.

    Por: Jeniffer Souzal Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 07/10/2014

    O tema que se apresenta trata da importância da família na recuperação dos adolescentes que integram a Ong Proreavi. Para uma melhor realização do projeto, foram feitas pesquisas bibliográficas e também em campo. Foi escolhida uma instituição que atende adolescentes de diferenças faixas etárias para que pudéssemos entender melhor através da observação qual a importância que a família exerce na recuperação dos mesmos.

    Por: Angélica Aparecida Oliveiral Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 04/10/2014

    O presente artigo visa apresentar os resultados do trabalho desenvolvido no Colégio Educacional de Itaú de Minas que teve como objetivo compreender os aspectos que envolvem e favorecem a inclusão no âmbito escolar e o trabalho com professores e diretores da escola, discutindo e promovendo ações que contribuem para que a prática inclusiva aconteça no cotidiano escolar de uma forma mais abrangente e significativa.

    Por: Neiliane C. de Ol. Nascimentol Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 03/10/2014
    Bruno Moraes

    O TAG é uma das manifestações dos transtornos de ansiedade que atinge uma parcela significativa da população, os critérios para o diagnóstico deve apresentar: Por um período de pelo menos 6 meses, na maioria dos dias, a pessoa apresenta ansiedade e/ou preocupação excessiva na maioria das suas atividades diárias, com prejuízos significativos...

    Por: Bruno Moraesl Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 01/10/2014
    Bruno Moraes

    O amor obsessivo ou patológico se da quando o desequilíbrio interno da pessoa a leva a dependência de seu parceiro. No amor patológico, a pessoa ama loucamente, freneticamente, sem se importar se o objeto de seu amor tem a menor intenção de corresponder esse sentimento...

    Por: Bruno Moraesl Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 01/10/2014 lAcessos: 13
    Bruno Moraes

    Compulsão alimentar é o aumento da ingestão alimentar, é o comer em excesso, mesmo sem apetite, é um desequilíbrio químico que acontece nos mecanismos da fome e saciedade....

    Por: Bruno Moraesl Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 01/10/2014 lAcessos: 11

    Comments on this article

    0
    cristina 11/10/2010
    este artigo ele mim esclareceu muitas coisas sobre o processo cirugico na obesidade morbida.
    como eu estou prestes a realizar a cirugia gostei muito de ler o artigo
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast