Como Ajudar A Uma Pessoa Viciada

Publicado em: 26/10/2008 |Comentário: 53 | Acessos: 288,924 |

            Não é errado amar uma pessoa viciada: errado é permitir que ela continue a viciar-se. Há uma maneira afetuosa par que você ajude a uma pessoa que se encontra dominada por um vício, seja ele qual for.


            Sempre que existe um problema de vício (toxicomania, alcoolismo, etc.) na família, os membros não viciados evitam encará-lo. Independente do caos que isto esteja ocasionando, muitos se recusam a culpar a droga ou dizem simplesmente: “Se houver problema mais sério, eu tomo providência.” Estas pessoas se apegam a uma esperança de que logo o problema vai acabar, ou acham que o vício se acabará sozinho. Nada disso porém vai acontecer. Não com a maioria dos viciados.


            A pessoa viciada não tem forças para enfrentar seu problema sozinha. Necessitará de toda ajuda possível. Sem muita ajuda, com certeza ela fraquejará. Você não precisa esperar que uma pessoa viciada venha suplicar-lhe ajuda. Precisa entender que o viciado, sabe que o é, e de certo modo, procura negar esta verdade, por sentimento de culpa, vergonha ou medo de ver a sua imagem destruída. Muitos insistirão em afirmar que não são dependentes de algum vício. Não espere que um viciado venha até você solicitar algum tipo de ajuda. Você é que tem o dever de ajudá-lo voluntariamente, apoiá-lo e orientá-lo. Para tanto a primeira coisa a ser feita é a INICIATIVA.


             A INICIATIVA, não é confrontação. É uma maneira, cuidadosamente ensaiada, de você dizer exatamente à pessoa que ama, como é que o uso da droga ou vício que tem, a está prejudicando. Mas não diga isto a sós com a pessoa viciada, pois o resultado será desprezível. É importante combinar com amigos, membros da família, pessoas que você sabe serem importantes na vida do viciado, tudo quanto irão dizer-lhe. De nada adianta dizer para uma pessoa viciada: “Se você gosta mesmo de nós, pare de viciar-se.” Tal coisa não dará em nada. Você deixará a pessoa constrangida e o efeito será nulo. Ela poderá ficar ressentida e fugir da companhia de todos, recusando-se a colaborar. A melhor maneira de tomar a INICIATIVA, é preparar um programa de ação. Eis os passos da INICIATIVA:



1° Todas as pessoas reunidas para falar com o viciado, devem saber o máximo sobre a vida dele, sobretudo sobre os danos que o vício está causando à pessoa.


2°. Devem conhecer de um modo satisfatório os efeitos e conseqüências do vício, para transmitirem isto ao viciado.


3°. Devem falar franca e positivamente ao viciado, dizendo-lhe apenas a verdade, sobre as conseqüências morais, mentais, física e sociais que ele pode estar causando ou causará.


4°. Devem ter em mãos um PLANO DE AÇÃO, um PROGRAMA, para que o viciado possa iniciar imediatamente. Os problemas devem ser abordados de modo enfático, e em seguida serem apresentadas soluções viáveis.


5°. Caso o viciado já esteja numa fase crônica, não relutem em encaminhá-lo para uma clínica de recuperação e assumirem todas as responsabilidades. Para tanto, devem buscar antecipadamente todas as informações acerca da clínica, dos médicos, do custo e período de tratamento. Todas as coisas devem ser anunciadas ao viciado, durante a conversa de INICIATIVA.


6°. Se o caso é muito grave, é importante ter um profissional competente para orientar o grupo de INICIATIVA. Um psicólogo, ou psiquiatra, pode dar sugestões importantes.


7°. Não relutem em comunicar à empresa, escola ou qualquer outra instituição freqüentada pelo viciado, que ele precisará de toda ajuda possível, quer recebendo uma licença para tratamento, ou mesmo férias antecipadas. É muito provável que estas instituições já tenham pensado nisto.


8°. Cada um dos participantes da INICIATIVA deve ler ou falar alguma coisa sobre o vício, sendo que tudo deve ser ensaiado e revisado por um especialista.


9°. Mostrar ao viciado como é que ele fica ou se comporta quando está viciado. As conseqüências que ele traz para si e para as demais pessoas.


10°. Caso a pessoa viciada esteja correndo risco de vida por causa do vício, é bom que lhe sejam tirados a carteira de habilitação e o veículo, bem como deve ser advertido que enquanto não se curar, não terá permissão para guiar automóvel. Tal decisão será tomada para proteger a vida da pessoa viciada e dos demais.



A Intervenção



            Depois da INICIATIVA, o segundo passo a ser tomado é a INTERVENÇÃO. O processo pode ser variado e deve seguir sempre a indicação de especialistas, quando o caso for grave. Como saber se o caso de um viciado já é grave? Basta que peçam a opinião de 5 pessoas conhecidas do viciado. Qualquer pessoa de bom senso saberá identificar o grau de desequilíbrio de um viciado. Caso a maioria determine que o grau é máximo, então o viciado deve ser imediatamente encaminhado a uma clínica de tratamento e reabilitação.


            Quando ficar constatado que o vício ainda não atingiu o grau máximo, então pode ser criado um PROGRAMA de reabilitação e encorajamento. O programa deste livro pode servir e ser adaptado para qualquer viciado em grau moderado.


            Para cumprir o programa estabelecido neste livro, é necessário que todos que rodeiam a pessoa viciada lhe dêem auxílio, quer ajudando na organização de tabelas, listas, gravações, quer seja participando de atividade recreativas e dialogando com a pessoa que está se reeducando.


            Você pode criar um grupo de apoio ao viciado, instituindo prêmios, reuniões e outras atividades que ajudem a preencher o espaço vazio causado pelo afastamento do vício. Lembre-se que a terapia mais conhecida é o trabalho. É importante manter a pessoa reeducada em atividade. Se ela ficar num canto, abandonada e marginalizada, é muito provável que volte ao vício como fuga da realidade, principalmente se ele estiver relacionado com drogas de qualquer espécie.


            Ajudar um viciado a reabilitar-se é um tarefa difícil e requer uma grande dose de energia. É necessário desenvolver um verdadeiro sentimento de amor pela pessoa viciada, pois é de amor e carinho que ela mais necessita.


            Uma personalidade frágil é sem dúvida a mais fácil de ser enredada pelo vício. Desde cedo é importante dar à criança carinho, apoio e atenção, do contrário esta poderá ser presa fácil dos traficantes, das más companhias e mesmo dos sentimentos de nulidade, comuns em pessoas rejeitadas e menosprezadas. Num livro como este, que visa apenas estabelecer um programa de conscientização e de auto-ajuda, seria por demais inconveniente falar-se de educação familiar, dos meios de preventivos para evitar a viciação prematura de crianças e adolescentes. Qualquer pessoa que tenha amor aos filhos deverá procurar informações específicas em livros, com especialistas e pessoal ilustradas, para adquirirem um modo mais eficaz de lidar com eles, de modo a evitar que se ciciem. O bom exemplo será sempre a principal regra a ser obedecida.


Avaliar artigo
4
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 42 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/psicoterapia-artigos/como-ajudar-a-uma-pessoa-viciada-617271.html

    Palavras-chave do artigo:

    vicio

    ,

    saude

    ,

    psicologia

    Comentar sobre o artigo

    Mathias Gonzalez

    O princípio dos hábitos – sejam eles bons ou maus – é o prazer. Você só repetirá um determinado ato, se no mínimo ele lhe der algum tipo de prazer, seja de natureza física ou psicológica. Quase sempre o prazer está associado à natureza psicológica do ser humano,assim diremos teoricamente que a repetição de um vício tem como elemento de reforço a satisfação psicológica.

    Por: Mathias Gonzalezl Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 26/10/2008 lAcessos: 8,289 lComentário: 2
    Wagner José Siebra

    Ambos os vícios são prejudiciais a saúde , mas no senso comum todos dizem para a hora que eu quiser não é bem assim.

    Por: Wagner José Siebral Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 20/11/2013 lAcessos: 88
    Eric Ricardo Calhau de castro

    Este trabalho científico tem como proposta e principal output, apontar os benefícios em condicionar os colaboradores de uma determinada empresa, no período em que os mesmos estão em atividade de Ginástica Laboral e que desprende em média quinze minutos, a aceitarem de forma motivadora, incorporadora e construtiva, a ampliação desse período em cinco minutos para que haja orientações e informações sobre os requisitos fundamentais a respeito da Saúde e Segurança do Trabalho e suas consequências, co

    Por: Eric Ricardo Calhau de castrol Tecnologia> Segurançal 01/07/2013 lAcessos: 49
    Mathias Gonzalez

    A coisa mais importante para que tenhamos força para vencer um inimigo, é reconhecer-lhe o poder. As pessoas que desejam sinceramente libertarem-se das garras do vício, devem antes de mais nada, reconhecer que são viciadas e que toda ajuda deve ser usada para auxiliá-las a superar o mal que as destrói. Este teste visa ajudar você a identificar o nível de comprometimento com determinado vício prejudicial.

    Por: Mathias Gonzalezl Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 26/10/2008 lAcessos: 12,920
    ( clarafênix)

    Este artigo destina-se a explanar sobre as crianças que moram nas ruas no município de Conceição do Araguaia enfocando-se um olhar psicológico sobre esta questão e de que maneira a Psicologia pode vim a contribuir para a compreensão deste problema social

    Por: ( clarafênix)l Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 22/08/2011 lAcessos: 129
    Mathias Gonzalez

    O álcool é uma substância de natureza química, que quando ingerida irracionalmente causa graves danos à saúde física e mental do indivíduo. Algumas conseqüências vão desde a perda involuntária do controle na intoxicação aguda e ressaca, até graus diferentes de dependência física e psicológica da substância. Entre os distúrbios físicos, sociais e psicológicos causados pelo alcoolismo temos os crimes violentos e impulsivos, discórdia conjugal e familiar, depressões profundas, etc.

    Por: Mathias Gonzalezl Educação> Ciêncial 26/10/2008 lAcessos: 10,055 lComentário: 1

    O fumo já virou uma epidemia mundial. Por mais que os países criem leis para coibir e tentar erradicar o seu uso, as industrias, a mídia e mesmo o vício trabalham do outro lado, em prol a continuidade de sua utilização. Existe vários tipos de dependência quando se fala do cigarro, tais como: dependência física, social, psicologia

    Por: Edmundo Mendes da Silval Saúde e Bem Estar> Nutriçãol 05/01/2014 lAcessos: 45
    Maris Stella

    Este artigo trata de forma breve sobre a relação indivíduo-internet, seus mecanismos de atuação no ambiente virtual e os fatores subjetivos envolvidos

    Por: Maris Stellal Psicologia&Auto-Ajuda> Redução de Stressl 08/01/2011 lAcessos: 416

    A palavra anorexia origina-se do grego e significa perda de apetite, embora a verdade seja que as pacientes anoréxicas são vorazes. É um transtorno alimentar caracterizado pelo medo extremo de engordar, pela inanição auto-infligida com o propósito de evitar gordura, e amenorréia.

    Por: Julianal Psicologia&Auto-Ajudal 14/09/2011 lAcessos: 266

    Saber como funciona a terapia á distância pode ser uma saída para aquelas pessoas que não tem tempo, mas possuem as mesmas dificuldades em lidar com os desafios do dia a dia que todos nós temos.

    Por: Chirlane Possol Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 20/11/2014
    Bruno Moraes

    A TPM ou síndrome da tensão pré-menstrual (STPM) é um distúrbio neuropsicoendócrino que atinge a mulher na fase reprodutiva gerando alterações físicas, psíquicas e sociais, ocorrendo na segunda metade do ciclo menstrual, e desaparecendo nos primeiros dias após a menstruação. A TPM é responsável pelo comprometimento dos relacionamentos e da produtividade da mulher, afetando o ambiente familiar, social, escolar e profissional...

    Por: Bruno Moraesl Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 29/10/2014 lAcessos: 21

    A música como sabemos e já comentamos, é composta por silêncio, letra e melodia, em outras palavras é Real, Simbólico e Imaginário. É nesses três elementos de composição musical a qual quero fazer referencia a topografia dos três registros.

    Por: Samuel Gouveperl Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 24/10/2014 lAcessos: 13
    Bruno Moraes

    A síndrome do pânico, denominada pela psiquiatria como transtorno do pânico, é um tipo de transtorno de ansiedade caracterizado por ataques súbitos de medo e desespero, um mal-estar intenso que alcança sua intensidade máxima em até 10 minutos. A pessoa tem a clara sensação de que vai morrer, ou que um mal súbito irá acontecer com ela. O pensamento de que existe uma doença perigosa acometendo o seu corpo, geralmente percorre a mente de quem passa por essa enfermidade. Sintomas relacionados são...

    Por: Bruno Moraesl Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 23/10/2014 lAcessos: 23

    O estudo da psicomotricidade é de fundamental importância para se averiguar o desenvolvimento das competências e habilidades das crianças. Para efeito de estudo, tem-se por referencial teórico-metodológico as reflexões elaboradas por Henri Wallon, dentre outros teóricos ligados ao assunto em questão, cujos trabalhos utilizamos na elaboração e no desenvolvimento do presente artigo.

    Por: Jeniffer Souzal Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 07/10/2014 lAcessos: 12

    O tema que se apresenta trata da importância da família na recuperação dos adolescentes que integram a Ong Proreavi. Para uma melhor realização do projeto, foram feitas pesquisas bibliográficas e também em campo. Foi escolhida uma instituição que atende adolescentes de diferenças faixas etárias para que pudéssemos entender melhor através da observação qual a importância que a família exerce na recuperação dos mesmos.

    Por: Angélica Aparecida Oliveiral Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 04/10/2014

    O presente artigo visa apresentar os resultados do trabalho desenvolvido no Colégio Educacional de Itaú de Minas que teve como objetivo compreender os aspectos que envolvem e favorecem a inclusão no âmbito escolar e o trabalho com professores e diretores da escola, discutindo e promovendo ações que contribuem para que a prática inclusiva aconteça no cotidiano escolar de uma forma mais abrangente e significativa.

    Por: Neiliane C. de Ol. Nascimentol Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 03/10/2014
    Bruno Moraes

    O TAG é uma das manifestações dos transtornos de ansiedade que atinge uma parcela significativa da população, os critérios para o diagnóstico deve apresentar: Por um período de pelo menos 6 meses, na maioria dos dias, a pessoa apresenta ansiedade e/ou preocupação excessiva na maioria das suas atividades diárias, com prejuízos significativos...

    Por: Bruno Moraesl Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 01/10/2014 lAcessos: 18
    Mathias Gonzalez

    Há quem acredite que foi que foi o adolescente de 13 anos chamado Marcelo que matou os parentes na noite de domingo, dia 4 de agosto de 2013 ou na madrugada de segunda-feira. Segundo as investigações até o dia de hoje (09/08) o menino teria dopado os familiares, fuzilado todos eles e depois pegado o carro da mãe e dirigido até a escola, passado a madrugada dentro do veículo, frequentado as aulas de manhã e voltado de carona para casa e se após isso, se matado. Simples assim.

    Por: Mathias Gonzalezl Notícias & Sociedade> Cotidianol 09/08/2013 lAcessos: 22
    Mathias Gonzalez

    Todos os dias, assistimos pelo noticiário da TV, gravações de imagens de assassinatos brutais e impiedosos, estupros de menores e outros crimes hediondos. A Constituição Brasileira é a favor da PENA DE MORTE só em casos de guerra declarada ou traição de brasileiro à Pátria. Os marginais já declararam guerra a sociedade, aos pais de família, aos contribuintes, às crianças e aos idosos inocentes. Os criminosos estão traindo diariamente a nossa confiança e se apropriando do nosso patrimônio.

    Por: Mathias Gonzalezl Notícias & Sociedade> Cotidianol 01/07/2013 lAcessos: 70
    Mathias Gonzalez

    Acordei hoje com vontade de fazer perguntas. Depois dessa euforia nacional com a inauguração dos estádios monumentais... Após essas manifestações públicas em todo o país e até no exterior em solidariedade aos protestos contra o aumento das passagens de ônibus, decidi fazer algumas perguntas a mim mesmo e a você.

    Por: Mathias Gonzalezl Notícias & Sociedade> Cotidianol 21/06/2013 lAcessos: 33
    Mathias Gonzalez

    Aproveito a onda de manifestações para ratificar minha solidariedade ao povo brasileiro que está acordando de um grande sono. Estou esperando a data da GRANDE MARCHA SOBRE BRASÍLIA que levará 5 milhões de pessoas para a capital federal (sede das maiores corrupções e falcatruas cometidas nesse país). Nesse dia vestirei minha camisa verde-amarela, levarei minha bandeirinha do Brasil e terei orgulho outra vez de ser brasileiro. Conto com você para ajudar a encher a ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS.

    Por: Mathias Gonzalezl Notícias & Sociedade> Cotidianol 21/06/2013 lAcessos: 30
    Mathias Gonzalez

    Este meu texto é só um desabafo diante de uma indignação. Pessoas de bem, pessoas que buscam a paz e amor, não podem se calar diante de indivíduos sem escrúpulos, como esse tal pastor e deputado In-Feliciano, que se apropria de um microfone dentro de uma igreja cheia de gente ávida por novidade e um milagre, mas que acabam sendo "lavados mentalmente" pela lábia vulgar, pelo engodo da manipulação verbal que o tal indivíduo emprega diante da platéia.

    Por: Mathias Gonzalezl Notícias & Sociedade> Cotidianol 12/04/2013 lAcessos: 31
    Mathias Gonzalez

    Você sentiu uma pontinha de medo e apreensão? Pois se não ficou, deveria. Esta manchete poderá ser estampada nos principais jornais do mundo caso os organizadores dos maiores eventos desportivos do mundo, não fiscalizarem de modo adequado e eficiente as obras onde milhões de pessoas irão assistir os jogos da Copa do Mundo e dos Jogos da XXXI Olimpíada. Conhece a expressão "cantei essa pedra?". Este artigo é só um recado aos governantes.

    Por: Mathias Gonzalezl Notícias & Sociedadel 29/03/2013 lAcessos: 43
    Mathias Gonzalez

    Este domingo, 27 de janeiro de 2013, amanheceu sombrio para centenas de famílias no Rio Grande do Sul. Uma festa de estudantes universitários, que deveria servir para diversão e lazer, foi o tumulo para centenas deles. Uma tragédia anunciada.

    Por: Mathias Gonzalezl Notícias & Sociedade> Cotidianol 28/01/2013 lAcessos: 19
    Mathias Gonzalez

    Meu nome não importa. Estou escrevendo este relato para servir de alerta a todos que vivem neste mundo achando que terão outra chance ou terão outro dia para fazer as coisas certas, para viver o que tanto desejam, para dizer o que tanto gostariam ou mesmo para usufruir da felicidade que tanto almejam.

    Por: Mathias Gonzalezl Relacionamentos> Amizadel 28/01/2013 lAcessos: 98

    Comments on this article

    19
    vera nogueira 03/11/2011
    preciso de ajuda, gostei muito do comentarios mas ja estou num ponto de fraqueza, quero muito ajudar meu filho,por favor, me sinto sozinha,
    8
    carl 29/10/2011
    A esposa é viciada em bingo a 3 anos, tira dinheiro para jogar passo vergonha e eu nao sei o q faço, e ela fica com raiva de mim qdo peço para por causa disso,
    ja ñ aguento mais e tou preste a deixa-la.
    ME AJUDE POR FAVOR
    8
    Ana Maria 21/10/2011
    Tenho um problema semelhante ao da Maria Dirce, que ja te escreveu. Meu filho fica a noite toda no jogo da internet, se afastou dos amigos e fala pouco com a familia, falta as aulas na faculdade,por que dorme de dia.
    Preciso de ajuda para poder ajuda-lo, não sei o que fazer.
    Que caminho seguir ?
    2
    Mathias 08/10/2011
    Prezados Leitores,
    Gostaria de responder individualmente a cada pergunta ou pedido de orientação mas só posso fazer se for enviado email diretamente para mim: mathiasgonzalez2005@yahoo.com.br

    Agradeço
    Mathias Gonzalez
    17
    marta@ 02/10/2011
    meu marido e dependente de cocaina a 1 ano estava limpo e essa semana teve uma recaida fiquei arrasada.....
    15
    Cassia Teles 25/09/2011
    Meu marido estava no caminho do Senhor,mais voltou a beber,e esta desejando outras mulher,ele me pedio p ajuda-lo a sair dessa vida em quanto é tempo. É sinal que ele nao quer essa vida! Como posso ajuda-lo,e que palavra do Senhor eu posso da-lo para ele guardar em seu coraçao? Muito obrigada pela ajuda e o que o nosso Senhor abençoe!
    4
    maria dirce 24/09/2011
    tenho um neto k esta viciado em jogos esta deixando de ter uma vida normal deixando os amigos fala muito pouco com a familia tudo por causa do jogos fica ate altas horas da madrugada queria ajuda -lo não sei o k fazer me ajuda obrig.
    2
    silvana 24/09/2011
    ele diz que não usa mas todo final de semana some e chega bebado demais com a boca seca e faz coisas de alucinações
    1
    sueli 19/09/2011
    oi eu presizo de ajuda para meu marido ele e viciado em alcool ele bebe des 16anos ele ate parou um pouco mais agora ta dimais ele perdeu o controle porfavor me ajude eu naô sei o que fazer ele nâo aseita ir non medico
    8
    ana paula 16/09/2011
    como posso ajudar meu marido deixar o vício das drogas e jogos .Preciso de ajuda por favor . Não sei como lidar com isso.
    7
    ana paula 16/09/2011
    Meu marido saiu de casa , para viver uma outra relação. passou 2 anos , voltou só que agora ele está viciado em jogos e cocaína e eu não estou sabendo lidar com essa cituação
    6
    octavius cesar correa 07/09/2011
    nao sei oque fazer, pois minha esposa esta viciada na cocaina eu ja tentei de um tudu mas tudu oque pareçe e que ela ja se deixou ser dominada pelo viçio ate ir a igreja e levar ela eu ja levei, mas ela mesmo ja relou ao pastor que a droga e mais forte doque ela. prejuijos muitos finançeiros e isso nao e tudu o pior que ela esta gravida eu ja tentei de tudu mas nada adianta hoje eu sei oque e uma familia que tem u querido nessa situaçao
    3
    fernanda 02/09/2011
    por favor me ajudem; preciso de ajuda pois eu sofro muito e faço todos ao meu redor sofrer tambem pois sou cleptomaniaca.
    4
    ANUNCIADA 06/08/2011
    Meu marido está neste momento se drogando.Não sei se o caso dele é internação se for não tem clinica nesta cidade.Usa maconha há 17 anos,td semana ás vezes 03 vezes por semana.
    6
    Inaê 28/07/2011
    Boa noite . Tenho um relacionamento que desde o começo sempre foi voltado de traição, mentiras, e sempre houve a esperança de um renovo .
    Até o momento em que descobrir que ele usava pó. Aconteceu na minha frente quando estavamos indo vê os fogos da virada em copacabana ... fiquei chocada... nada mais naquela noite fazia sentindo .
    Naquele momento achei melhor jogar tudo pra cima .. já que nada ia certo mesmo.. mais meus sentimentos me impediam. Ele sempre alegando que era algo ao qual ele tinha controle. Até o dia em que paramos no hospital, nesse dia achei que ele só sairia dali direto pra um buraco. Mais meu Deus é maior e nós ajudou. Depois disso ele jurou que não chegaria mais perto disso, mais essa promessa foi invalidada... ele voltou e eu já não sei mais o que fazer. Nosso relacionamento é voltado de brigas, palavras de ofensas, desconfianças, e a cada segundo que se passa me sinto mais cansada. Tenho apenas 20 anos, e só estou nesse relacionamento há 9 meses.. numca havia lidado com tal situação, e o pior e que não tenho coragem de contar para a mãe dele e acabo sofrendo sozinha. Pois tenho medo de desesperar toda a familia dele e a minha, e acabo com todo o encargo sozinha. Sei que sou muito fraca espiritualmente... e já não sei mais o que fazer, tento sair desse relacionamento, mais me sinto na responsabilidade de estar ali ajudando-o .
    17
    natali 17/07/2011
    oi,eu não sei que decisão tomar,moro junto com uma pessoa a dois anos,mas só após seis meses descobri que ele era viciado em maconha.já me separei dele algumas vezes por causa do vício,mas ele sempre ia atrás dizendo que tinha mudado mas que precisava de minha ajuda para ir adiante,e por gostar dele acreditava nessa possibilidade.no começo era tudo muito bom,mas depois vinha a recaída.já tentei tirar ele dessa, mas não adianta,ele já experimentou crack,e eu tenho medo dele voltar a usar,nosso casamento anda muito desgastado,vivemos brigando,ele se irrita por qualquer coisa,são raros momentos de alegria,ele até tentou sair dessa, foi para igreja,durante um mês ele estava mudando,mas esse tempo estavamos separados,ficamos um mes separados pois ele queria provar que estava mudando, só que quando voltei,ele teve outra recaída.hoje ele acha que estou aceitando essa situação mais não é fácil para mim,não temos filhos, e eu penso em fazer minha faculdade,as vezes acho melhor me separar e parar de sofrer,mas outras vezes penso em insistir na esperança, por favor,me ajude não sei o que pensar ou agir.
    4
    joel rodrigues da silva 26/06/2011
    como ter amor por uma pessoa que bebe e te provoca e te acusa o tempo todo.
    o meu nome e joel na minha familia me chamam de jó mais eu sei jó so exitiu um ta na bliblia.
    2
    leo 16/06/2011
    estou em uma fase de recoperaçao, o que devo fazer continuar camunhando no caminho certo.
    3
    leo 16/06/2011
    quero ser uma pessoa totalmente livre, por favor alquem me ajude.
    5
    J**** 15/06/2011
    Bom Dia,
    A alguns meses atrás descubri que um amigo que eu amo muiito estava usando maconha e o pior é que agora ele começou a usar uma droga mais pesada, cocaína e isso me deixou tão arrazada :(
    Gostaria de saber como eu posso ajudar-lo, tenho medo que aconteça algo de ruim a ele. Desde já agradeço as Respostas.
    10
    laninha 11/05/2011
    Boa Tarde, tenho um namorado que tem problemas relacionados a cocaina.
    Há sete anos que ele vem lutando contra isso... porém, ele acha que não é viciado, pq não usa todos os dias. O máximo que ele já conseguiu parar fora por 7 meses, quando se converteu a igreja evangélica.
    Desde então ele sempre para d eusar por 3 ou 4 meses e tem uma recaida, só que as recaídas ele é de usar até passar mal, chegar até mesmo a ir para o hospital de dores no coração. Depois vem a depressão e ele sempre diz que vai parar e depois de um tempo ele volta! Só não volta quando está indo a igreja constantemente.
    Para mim uma pessoa que está a sete anos passando por isso deve procurar um especialista e não usar Deus como apoio. Claro que devemos buscar ajuda de Deus, mais não se apoiar numa igreja p se libertar do vicio.
    Acho que uma pessoa realmentre curada, não viciado, pode estar frente a frente com a droga e não vai sentir vontade de usar, pois saberá o mal que vai causar a si mesmo.
    Quero muito ajudá-lo, estou disposta a fazer o que for preciso pois sei que ele tem um desejo imenso de nunca mais voltar a fazer isso.
    Poderiam me ajudar? O que devo fazer?
    Gostaria de leva-lo a um especialista.
    Obrifgado pela atenção.
    16
    rose 26/04/2011
    minha mae esta cada vez mas viciada pelo alcool nao sabemos o que fazer ?
    9
    Tânia 25/04/2011
    Preciso da ajuda de vocês, meu irmão tem 33 anos e usa drogas desde os 15 anos, ontem expulsei ele de casa, agora não sei por onde anda, devo pedir para voltar?
    POR FAVOR ME AJUDEM.
    11
    VALDIRENE 31/03/2011
    meu marido esta viciado em saites de pornografia ja tentei ajuda-lo mas não tive susseso ele se irrita todas as vezes que tento falar com ele.que devo fazer?
    9
    Beeh 25/03/2011
    meu marido é viciado em drogas des os 15 anos de idade, não estou aguentando mais ele nessa vidah precizo de ajuda enquanto ele ainda é jovem ele tem apenas 19 anos agora me ajudem por favor me mande email com clinicas aqui da baixada santista eu sou de cubatao .

    obrigada..
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast