Sexualidade e Tabu Na Terceira Idade

Publicado em: 26/11/2008 |Comentário: 1 | Acessos: 1,910 |

Sexualidade e Tabu na terceira idade
 
A sexualidade humana sempre tem sido e sempre será um vasto campo de possibilidades, dentro dele podemos definir a satisfação sexual entre três  aspectos: o biológico  o psicológico e o social, que se unem e se nutrem, em uma incansável busca de sensações, percepções, desejos, atos, idealizações, formalizações e controles. Em seu conjunto, o comportamento sexual  é uma das expressões mais variadas e complexas do ser humano.

O desejo como parte intrínseca do homem como gênero humano, não explicita suas motivações, nem filosofa sobre a configuração e eleição do seu objeto de prazer, é atemporal, vincula-se entre o passado e o futuro, se atualiza no presente, como motor  e aditivo dos mecanismos da busca da satisfação.

Nascemos como sujeitos sexuados e desfrutamos do sexo/sexualidade de maneira diferente de acordo com a etapa de nossa vida, mas infelizmente a sociedade como um todo, e as pessoas de modo individual, tendem a pensar que o sexo/sexualidade pertencem ao mundo dos jovens, relegando os indivíduos da terceira idade ao amor platônico ou a abstinência sexual. Este tipo de preconceito cumpre a função de freio à sexualidade, estabelece um tabu e ignora o fato de que podemos ser sexualmente ativos, dando e recebendo prazer durante toda nossa vida, de maneira diferenciada sim, mas não menos prazerosa. É fato que a maioria das pessoas apresenta uma diminuição das atividades sexuais, o que não significa um decaimento da capacidade de amar, de ter,  dar e receber prazer.


Os atuais avanços da medicina, da qualidade e longevidade de vida, assim como a convicção acertada de que a sexualidade não esta  vinculada  ao número de primaveras vividas, coloca hoje os cidadãos da terceira idade (ou da melhor idade), na situação de sujeitos que desejam, que se permitem desejar e que são desejados. Pesquisas atuais indicam que  qualquer indivíduo saudável pode ser sexualmente ativo independente da idade,  e que a atividade sexual faz bem a saúde tanto física como mental, além de ter um  impacto positivo na qualidade de vida.

Paulo Bonança C.R.P 05-30190
Psicólogo e Sexólogo
Diplomado em Sexualidade Humana pela Universidade Diego Portales- Chile-
Autor da Tese “A AIDS entre os homossexuais; A confissão da soropositividade ao interior da família”.

Membro da SBRASH (Sociedade Brasileira de Estudos da Sexualidade Humana)
Rio de Janeiro, Copacabana Telefone: (21)  2236-3899,  9783-9766
www.paulobonanca.com  
paulopsi2000@yahoo.com.br

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/psicoterapia-artigos/sexualidade-e-tabu-na-terceira-idade-660143.html

    Palavras-chave do artigo:

    sexo

    ,

    sexualidade

    ,

    terceira idade

    Comentar sobre o artigo

    Ivan Dionizio: Sociologo.

    Ministério da Previdência e Assistência Social, ao Ministério do Trabalho e Emprego e à Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República, recebi apoio traduzido na inserção de manifestações oficiais dos titulares das respectivas pastas: Ou seja, os Ministros. Então optei por dividir a difícil tarefa de decidir por uma ou por outra com os nossos autores, na esperança de chegar a um consenso ou, no mínimo, a uma maioria. E ficamos surpresos com um resultado que dividiu em três.

    Por: Ivan Dionizio: Sociologo.l Educação> Ensino Superiorl 28/02/2014

    No rol, nas participações dos grandes filósofos da Grécia antiga, muitas nuanças importantes eram discutidas e que hoje tem a sua importância fundamental, e os estudos são fortalecidos por decisões dessas decisões. Hoje, todos eles são muitos estudados quando o assunto é filosofia e sociologia. "Diz Aristófanes, no Banquete, de Platão, que outrora a espécie humana diferia de forma plausível do que na realidade é hoje em dia". Segundo esses grandes filósofos uma raça de hominais .....

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Saúde> Medicinal 27/03/2012 lAcessos: 117

    As limitações corporais e a consciência da temporalidade passam a ser problemáticas fundamentais no processo do envelhecimento humano, e aparecem de forma reiterada no discurso dos idosos, mas afinal como teoriazar acerca de um conceito tênue como este?

    Por: Thiago de Almeidal Psicologia&Auto-Ajudal 22/05/2008 lAcessos: 186,145 lComentário: 2

    A filosofia se coloca, na atualidade a reflexão de vários temas aos quais podemos chamar de questões abertas. Questões essas que vem recebendo a atenção de várias áreas do conhecimento. Uma dessas questões é a família. Dentro do tema Família, podem ser contemplados mais alguns temas que são de interesse da juventude em geral: namoro e noivado; além, é claro, da possibilidade de se comentar a infância, adolescência e juventude e a sexualidade.

    Por: NERI P. CARNEIROl Educação> Ciêncial 10/06/2008 lAcessos: 62,803 lComentário: 2

    Desde a fase primordial da criação do orbe terrestre, que um Ser Supremo, esteve planejando como seria a psicosfera do planeta, que ora habitamos. Afirmam os livros sagrados que Deus levou sete dias para a execução dessa obra. Criou o homem a sua imagem e semelhança, e ao notar a solidão da sua criação, resolveu então criar um ser do sexo oposto, para ser sua companheira. Durante um sono profundo retirou-lhe uma de suas costelas e criou a mulher.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Ciências> Biologial 21/03/2012 lAcessos: 51
    Fernando João de Jesus Santana

    RESUMO Este trabalho foi realizado através da pesquisa de campo, aplicando 30 questionários, que tratará da temática qualidade de vida como fatores sócio ambiental, o qual esta relacionada às questões ambientais, sociais, política, econômicas e culturais que interferem na vida de crianças da Escola Municipal Manoel de Paula Menezes Lima localizada na cidade de Lagarto/se, onde estas crianças e jovens possui uma vulnerabilidade social em linha geral, estas também possui suas condições não razoáve

    Por: Fernando João de Jesus Santanal Educação> Ciêncial 24/07/2011 lAcessos: 476
    Regiane Guimarães Silva

    Cosiderações a cerca de um projeto de orientação Sexual realizado em uma escola, seus objetivos, metodologia e resultados obtidos. Além de breves contextualizações sobre a Sexualidade Humana.

    Por: Regiane Guimarães Silval Psicologia&Auto-Ajudal 26/04/2009 lAcessos: 10,552 lComentário: 10

    o estudo verificou como se dá o apoio do profissional de Psicologia na instituição pública a ser analisada. Como objetivo de destacar como o processo de envelhecimento é visto pela sociedade; buscando também investigar se o idoso é excluído ou não da sociedade; analisando a atuação do psicólogo na inserção do idoso na sociedade; investigando o que leva os idosos a procurarem as instituições de serviço ao idoso; e conhecendo os serviços oferecidos em tais instituições.

    Por: Albertol Psicologia&Auto-Ajudal 30/11/2012 lAcessos: 34

    O presente trabalho teve como objetivo analisar a natureza educativa do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) do município de Massapê no tocante as suas contribuições para o acesso à cidadania de seus participantes. O percurso metodológico deste trabalho utilizou a abordagem qualitativa do tipo estudo de caso. Os resultados obtidos apontaram a existência de proposta educativa planejada e executada de forma bem diversificada.

    Por: Carlos Justinol Educação> Ensino Superiorl 02/05/2011 lAcessos: 4,815 lComentário: 2
    Jonathas Rafael dos Santos

    Sabe-se que apreender acerca das Parafilias é uma tarefa árdua, porque o campo de estudo é demasiado multíplice. Portanto, este artigo tem como enfoque parafrasear – mesmo que a título introdutório – a respeito do tema, abordando as Parafilias mais sabidas pelo social como, por exemplo, o Fetichismo, o Footerismo, a Hipersexualidade, o Masoquismo, a Pedofilia, o Sadismo, o Sadomasoquismo, o Voyeurismo e a Zoofilia.

    Por: Jonathas Rafael dos Santosl Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 05/02/2014
    Rita Guimarães

    Nesse artigo, conto um pouco sobre as fobias e como desenvolvi a minha fobia de sangue. É importante saber que fobias são doenças de ansiedade que podem ser facilmente tratadas com a ajuda da psicologia (particularmente a psicologia de abordagem cognitivo-comportamental), permitindo que a pessoa siga sua vida sem medos desnecessários.

    Por: Rita Guimarãesl Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 26/01/2014 lAcessos: 30

    A fobia social é um problema grave que pode afetar diversas áreas da vida de uma pessoa

    Por: Bruno Souzal Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 29/11/2013 lAcessos: 14

    Artigo que detalha o que é a esquizofrenia, com os sintomas característicos.

    Por: Bruno Souzal Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 29/11/2013 lAcessos: 13

    Tripofobia é o medo ou aversão a pequenos orifícios próximos uns aos outros, por mais trivial que isso possa parecer é a causa de sofrimento de milhares depessoas. Entenda mais sobre esse problema e o que fazer para se livrar desse problema

    Por: Cesar A. S. Borellal Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 22/11/2013 lAcessos: 105
    Wagner José Siebra

    Ambos os vícios são prejudiciais a saúde , mas no senso comum todos dizem para a hora que eu quiser não é bem assim.

    Por: Wagner José Siebral Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 20/11/2013 lAcessos: 49

    A adolescência é um período tanto de oportunidades como de riscos, mais do que as outras etapas da vida, estão vulneráveis tanto ao crescimento quanto a destruição. Se os fundamentos tiverem sido bem assentados, a maioria das pessoas em desenvolvimento estará adequadamente preparada para a vida adulta. Os adolescentes assumem um comportamento onde estreitam suas opções e limitam suas possibilidades.

    Por: Natane Paula Rodrigues Faval Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 11/11/2013 lAcessos: 33

    Este artigo apresenta resultados da pesquisa sobre a Importância do Brincar para crianças de 05 a 10 anos que moram no Orfanato Lar Pedacinho do Céu. A brincadeira contribui para o processo de socialização das crianças, oferecendo-lhes oportunidades de realizar atividades coletivas livremente, além de ter efeitos positivos e estimular o desenvolvimento de habilidades básicas e aquisição de novos conhecimentos. A metodologia utilizada foi a observação e aplicação de questionários nas crianças.

    Por: Sâmelal Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 03/11/2013 lAcessos: 23

    A luta dos movimentos que reivindicam a visibilidade da mulher de orientação sexual homolésbica enfrenta hoje uma dupla batalha: uma frente à sociedade patriarcal, determinista, estruturalista, centrada na figura da dona de casa submissa ao esposo, mãe dedicada , despojada de autonomia econômica e liderança social

    Por: Paulo Bonancal Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 26/11/2008 lAcessos: 342

    Nossa primeira referencia biológica vinculada ao sexo que pertencemos vem do ter ou não ter pênis, daí talvez venha o medo de se vincular o pênis pequeno ao feminino, ao clitóris, à vagina

    Por: Paulo Bonancal Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 26/11/2008 lAcessos: 2,898 lComentário: 1

    Indicações para a busca de um psicoterapeuta sintonizado com a causa GLS

    Por: Paulo Bonancal Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 25/11/2008 lAcessos: 307

    Aportes de Kinsey e Foucault Este artigo, é uma homenagem a dois grandes guerreiros modernos, que a seu tempo e de seu modo contribuíram para a visão que temos hoje, sobre a sexualidade humana e a seus atuais seguidores.

    Por: Paulo Bonancal Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 25/11/2008 lAcessos: 959 lComentário: 1

    discriminacao, informacao. A Aids, “Síndrome de Imunodeficiência Adquirida” do inglês Acquired Immuno Deficiency Syndrome, e considerada pela Organização Mundial da Saúde uma enfermidade de caráter epidêmico

    Por: Paulo Bonancal Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 25/11/2008 lAcessos: 1,252

    familia, discriminacao, hiv-aids, Síndrome de Imunodeficiência Adquirida. A aceitação do sujeito e a troca de informações dentro da família geram um apoio emocional

    Por: Paulo Bonancal Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 24/11/2008 lAcessos: 2,160 lComentário: 1

    Uma visao atualizada sobre 3 processos importantes iniciados nos anos 80

    Por: Paulo Bonancal Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 24/11/2008 lAcessos: 809

    ....Quarto escuro, corpos desnudos ou quase, sussurros, mãos, pernas, bocas, pênis, sujeitos incógnitos, braços e abraços, beijos, sexo oral, anal, grupal. A situação privilegia o tato, a visão é descartada, vale o prazer sem limite, um , dois, três, quatro.... enfim, viemos para isto e não para outra coisa, façamos sem barreiras, limitações, juízos de valor ou repressões, afinal é imaginar que somos atores/personagens do teatro do desejo, encenando a peça: “nos domínios do baú do porão”....

    Por: Paulo Bonancal Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 24/11/2008 lAcessos: 562 lComentário: 1

    Comments on this article

    0
    Rosana 03/05/2009
    Adorei o tema sobre sexualidade e tabu na 3ª idade.
    Estou fazendo meu tcc sobre sexualidade e qualidade de vida na terceira idade, gostaria de receber e-mails com dados novos.
    Agradeço
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast