Liderança Jovem - Desafios E Perspectivas

Publicado em: 30/08/2009 |Comentário: 0 | Acessos: 948 |

LIDERANÇA JOVEM – Desafios e Perspectivas

A Juventude tanto quanto a maturidade não podem ser vistas de maneira extrema como virtudes ou defeitos utilizadas de forma extremada como critério, inclusive de liderança. Ser jovem ou maduro, de certa forma, não qualifica ou desqualifica alguém para uma determinada função, salvo se as habilidades e competências necessárias forem radicalmente caracterizadas numa ou noutra condição.

A Liderança é uma dessas posições que, em tese, inclina-se muito mais a maturidade do que a juventude dada a sua natureza diretiva, organizacional, relacional. Não se pode negar que o tempo vivido nos coloca muito mais vezes diante dos dilemas e que se espera muito mais conhecimento e experiência daqueles que estiveram a bordo em muitas turbulências.

A QUESTÃO EXPERIENCIA

Lembro-me de uma de minhas primeiras viagens de avião, eu era um adolescente, fui à Porto Alegre visitar um amigo, estava em companhia de meu irmão Augusto César (Analista de sistemas, um dos responsáveis por grandes inovações tecnológicas nos serviços públicos em Minas Gerais), mais velho e experimentado nas aventuras aéreas. Durante o vôo uma turbulência daquelas, comecei a ficar tenso e preocupado, olhei ao lado e vi o Augusto simplesmente lendo um livro e cantarolando como se estivesse no quintal de casa, ele percebeu minha ansiedade e com olhar sereno e uma risada reconfortante me disse, nada como uma balançada! E continuou sua leitura. Tranqüilizei-me completamente vendo o seu comportamento. Afinal de contas, se ele que era um "expert" em viagens aéreas não estava preocupado, porque eu ficaria?

SUPERAR A FALTA DE EXPERIÊNCIA

A liderança jovem tem que encarar logo de primeira esse desafio. Passar serenidade e confiança nos momentos de crise. É ai que vem duas competências importantes para o jovem líder, humildade e gestão de competências, Sim, pois se alguém precisa orientar ações e comportamentos em situações ainda não auto-vivenciadas, precisa encontrar no grupo (ou fora dele) aqueles que já passaram por situações pares e delas obter a experiência e (*)competência, tornando (**)hábil para realizar ações de forma conjunta e democrática, é aí que o jovem líder se destaca.

POSIÇÃO X FUNÇÃO

Vaidade. Sentimento comum no ser humano, mas um verdadeiro veneno na liderança. O Olhar deslumbrado para o status faz com que muitos jovens busquem posições de liderança simplesmente pela posição, pelo poder, pelo destaque. Qual de nós, simples mortais, não gosta de ser visto, admirado e desejado? Mas certamente a liderança não é o lugar mais apropriado para isso. Ser líder é uma conquista, uma construção. Estar líder é uma situação, uma condição, uma oportunidade para construir. Definir que se está para se tornar é uma postura monstruosamente importante e definitiva.

VAIDADE, STATUS

A Vaidade mostra alguém focado em si mesmo, preocupado com sua imagem pessoal, transmitindo aos outros uma idéia, com o objetivo de ser admirado e aceito, mostrando com extravagância seus pontos positivos e escondendo seus pontos negativos. É por isso que o líder vaidoso não se desenvolve e não conquista o respeito da equipe, porque em geral, a partir do momento em que as pessoas percebam a vaidade, o efeito é exatamente o contrário, ou seja, rejeição. Liderança, antes de tudo e em especial para a juventude, deve ser entendida como FUNÇÃO e não como POSIÇÃO.

O ANTÍDOTO

Certamente as empresas e organizações precisam ser muito criteriosas na formação de lideranças, valorizar demasiadamente as habilidades em detrimento das competências ou vice versa pode ser um problemão. É preciso perceber os valores que norteiam a vida dos candidatos. Seu envolvimento com as pessoas, a qualidade de suas relações interpessoais, seus objetivos de vida, sua ética. Muito mais que observar, é preciso formar, desenvolver programas vivenciais que alcancem além das rotinas e atinjam a educação para a vida.

A QUESTÃO MATURIDADE

Maturidade não é definida pela passagem por eventos tradicionais, tais como formar-se, casar-se, ter filhos, adquirir imóvel, empreender etc. Mas pela mudança na personalidade e no comportamento. Maturidade não está na área das exatas, nem sempre 2+2=4 funciona. Mas quero deixar um caminho regular para se identificar o processo de crescimento de uma pessoa:

Inicialmente os nossos processos de vida são imprevisíveis e sem controle, dado a falta de experiência, a emotividade fora do equilíbrio e a dificuldade de lidar com o fator ansiedade X tempo.

Em um segundo momento, diante das necessidades, começamos a repetir ações, colocar disciplina e nossos processos começam a ganhar padrão. Aí passamos a ter processos mais consistentes e padronizados em áreas como relacionamentos interpessoais, projetos educacionais e profissionais, projetos de independência pessoal e econômica e outros.

Nesse ponto nossos processos se tornam, não necessariamente na sua totalidade, mais previsíveis e controlados, seguindo um esquema de vida determinado com poucas variantes. Daí entra o processo de desenvolvimento humano, propriamente dito, onde as experiências se voltam para o aperfeiçoado continuo, a busca pela felicidade, os riscos calculados, as cisões, as novas perspectivas e por ai vai.

A QUESTÃO:                                                                                                                        EM QUE PONTO ALGUEM ESTÁ EM CONDIÇÕES IDEAIS PARA A LIDERANÇA?

Certamente que, sem maiores análises, alguém estando um passo a frente pode liderar o outro que vem um passo atrás. Para equipes que apresentem homogeneidade maior na questão maturidade, fica mais fácil perceber o perfil de liderança mais adequado, mas quando acontece o contrário, uma mistura de perfis, estágios de vida e até mesmo competências e habilidades, é certo que a liderança deve, preferencialmente, estar não somente a alguns passos a frente, como também ser um hábil gestor de relacionamentos e competências.

ONDE O JOVEM LÍDER ENTRA AI?

Como mencionei acima, havendo um programa que acompanhe e sugira a troca de experiências entre mestres e discípulos, pode-se fazer a compensação das questões relacionadas a maturidade e aproveitar toda energia e habilidade da jovem liderança  na condução de projetos de sucesso. Sugiro nesse contexto que se dê ênfase ao processo de treinamento de Gestão de Competências e Relacionamento Interpessoal, criando um processo de maturação mais acelerada no jovem líder. Lembre-se que maturidade é um processo com etapas variáveis de um indivíduo para outro.

O MITO DA PERFEIÇÃO

Os conceitos de competitividade e eficiência presentes na atual geração chegaram para melhorar todos os processos presentes nas atividades humanas. As relações do homem com o contexto produtivo passou exigir que os indivíduos descubram-se, cresçam, mudem. Enfim, creio que o desenvolvimento individual nunca esteve tão em voga.

ADMINISTRANDO O CONCEITO

O Conceito eficiência não pode ser confundido com PERFEIÇÃO, esta não existe. Um dos desafios que percebo entre os jovens é o de administrar adequadamente os limites individuais e coletivos nos processos produtivos. Existe uma tendência de extrapolar e perder a sensibilidade exigindo, cobrando e punindo. Percebe-se também um processo de padronização de competências, tornando todo  mundo igual. O estilo perfeccionista de liderar imprime um ritmo descompassado porque vive de pequenas e inadequadas avaliações seguidas de redirecionamentos tipo "apaga incêndios". Também se utiliza do fator "culpa" como agente de pressão, o que obviamente produz uma queda na auto-estima e na capacidade de solucionar conflitos.

MAS E A COMPETITIVIDADE?

O cuidado para que o espírito de competição não caracterize as relações no grupo é a primeira providência a ser tomada. Isso ainda deve ser transferido para outras instâncias, tais como a família, amigos, clientes e fornecedores. Viver em estado de competição é um verdadeiro stress. Deve-se exaltar as habilidades individuais, mas sem perder de vista o coletivo. É importante que as pessoas compreendam o valor das realizações (pessoais e coletivas) e que não estamos no grupo apenas para dar ou receber, mas para cooperar e ser parte de um projeto comum e maior. Dentro desse ambiente pode-se desenvolver o processo competitivo de forma equilibrada e eficaz, chamando os indivíduos à disciplina, superação e sucesso.

AVALIANDO O DESEMPENHO

Nessa perspectiva, outro fator importante que necessita atenção é a Avaliação, outro desafio para as lideranças jovens, em especial na dificuldade de se perceber etapas de evolução individuais/coletivas e transformar informações em feedbacks para planejamento de novas estratégias. A concepção deve ser construída de modo a caracterizar:

  • Observância às competências / habilidades exigidas / Resultados
  • Predomínio dos aspectos qualitativos sobre os quantitativos, de acordo com a fase de cada um e inclusão da reorientação de processo;
  • Acompanhamento;
  • Feedback.

LIDER CONSULTOR

Um conceito cada vez mais integrado com as necessidades das empresas é o de líder-consultor, aquele que planeja, orienta e coordena as ações. Uma figura que transmite segurança por sua presença e capacidade buscar soluções, estejam estas onde estiverem. Mais ou menos no estilo gente como a gente, um humano, susceptível a todas as nossas dificuldades, mas com o diferencial de ter foco em soluções, não em problemas. Este papel pode ser desempenhado tranquilamente por jovens ou não jovens, é questão de postura, de percepção e de coragem para se expor no caminho da conquista. Você está pronto?

 

  • (*) Competências se constituem num conjunto de conhecimentos, atitudes, capacidades e aptidões que habilitam alguém para vários desempenhos da vida, as competências pressupõem operações mentais, capacidades para usar as habilidades, emprego de atitudes, adequadas à realização de tarefas e conhecimentos;                                                                                     (**) Habilidades se ligam a atributos relacionados não apenas ao saber-conhecer, mas ao saber-fazer, saber-conviver e ao saber-ser; As competências/habilidades são inseparáveis da ação, mas exigem domínio de conhecimentos.


Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/recursos-humanos-artigos/lideranca-jovem-desafios-e-perspectivas-1177657.html

    Palavras-chave do artigo:

    lideranca

    ,

    juventude

    ,

    jovem

    Comentar sobre o artigo

    SERGIO FRANCISCO FURQUIM

    Você jovem é a alavanca necessária para dar o inicio, uma revolução administrativa, onde a participação do cidadão é fundamental para, com a transparência necessária de todos os atos administrativos, mostrar que apesar da carência de recursos, pode muito bem, propiciar a todos os segmentos da sociedade uma perspectiva de vida superior a que ofereceram, se é que ofereceram alguma coisa.

    Por: SERGIO FRANCISCO FURQUIMl Educaçãol 29/04/2008 lAcessos: 34,147 lComentário: 8
    RICARDO ARAUJO

    Na sociologia se diz que "O homem é produto do meio em que vive". Ou seja, se ele vive em ambiente de prostituição, ele será prostituto. Se vive em um ambiente de mentira, será mentiroso (filho de peixe, peixinho é).

    Por: RICARDO ARAUJOl Religião & Esoterismo> Evangelhol 20/06/2011 lAcessos: 344
    Parafraseando

    São Joaquim da Barra sediará o 8º encontro do Fórum Paulista de Juventude

    Por: Parafraseandol Notícias & Sociedade> Cotidianol 19/03/2013 lAcessos: 37
    frei fernancio

    Uma história não contada por órgãos oficiais, mas está sendo pesquisada e dita por nós militantes, e uma época feita e lutas e vitórias e um tempo que se foi, mas hoje nos convia a resgatar e novo. Somos capazes de fazer uma nova forma de dizer o que sentimos e passamos nestes vários anos, determinante para nossa geração, onde teve ações e reflexões em prol de uma igualdade racial e consciência da negritude, seja na pastoral ou movimento negro específico. Afentes e Pastoral Negros, a organização

    Por: frei fernanciol Arte& Entretenimentol 03/02/2011 lAcessos: 535
    marcos paulo almeida morais

    CONQUISTAS ATÉ O MOMENTO DO MOVIMENTO DE PROTESTOS NO BRASIL 21/06/2013 Diante de todos estes acontecimentos de protestos e manifestações, quais foram as conquistas até agora conseguida pelo movimento iniciado com os jovens brasileiros conscientizados e cansados do descaso e exploração do poder público juntamente com a iniciativa privada. É preciso fazer uma análise atual deste movimento, o qual é um fenômeno social que deixou a classe média reacionária/tradicional assustada.

    Por: marcos paulo almeida moraisl Notícias & Sociedade> Polítical 25/06/2013 lAcessos: 44

    Não é novidade que a presença dos jovens nas igrejas têm crescido surpreendentemente no mundo atual. Uma pesquisa inédita do instituto Bertelsmann Stifung revela que 95% dos jovens brasileiros se dizem religiosos e buscam novas formas de expressar sua fé.

    Por: Robson Stigarl Religião & Esoterismo> Religiãol 22/03/2010 lAcessos: 817
    marlucia pontes gomes de jesus

    O artigo faz uma retrospectiva do analfabetismo no Brasil desde o Império até os dias atuais.

    Por: marlucia pontes gomes de jesusl Educaçãol 17/04/2011 lAcessos: 4,396
    Escritorcampos

    Se você achar que este livro relata fatos chulos, ou atroz do cotidiano, então vá ao livro santo, a Bíblia, e leia sobre as atrocidades relatadas em qualquer tempo, sobre o povo de Deus e suas façanhas e, verá que nada mudou até à nossa atualidade, ape­nas au­mentou a população.

    Por: Escritorcamposl Literatura> Crônicasl 06/05/2010 lAcessos: 274
    Patricia Gomes

    O estudo aborda a gestão de pessoas como instrumento de diferencial competitivo para as organizações.

    Por: Patricia Gomesl Negócios> Gestãol 10/04/2011 lAcessos: 5,102

    O presente artigo tem como objetivo mostrar o que é a QVT (Qualidade de Vida no Trabalho), e qual o seu papel dentro das organizações. A QVT engloba muitos aspectos na organização, fazendo com que seja um elemento impulsionador que traz bastante motivação e satisfação no ambiente de trabalho aliado à saúde e o bem-estar do trabalhador. Dentre os temas abordados estão; enfoque biopsicossocial, os componentes da QVT, contribuições das ciências, as causas do estresse no ambient

    Por: Angélica Cristina da Costal Carreira> Recursos Humanosl 15/10/2014 lAcessos: 17

    Porque os ricos ficam mais ricos e os pobres ficam mais pobres? Não é só de dinheiro que estou falando, é de felicidade, de ética, de valores, de atitudes,... Este livro traz informações de como ter uma cultura empreendedora para utilizar na vida pessoal, profissional, familiar e espiritual e então poder prosperar com suas ações.

    Por: Zailtonl Carreira> Recursos Humanosl 09/09/2014 lAcessos: 30

    Para que a criatividade flua livremente e novas ideias apareçam, é preciso eliminar velhos conceitos e outros sedimentos pessoais. Muitos desses conceitos estão enraizados dentro de nós, e insistem em lá permanecer. Veja os oito principais bloqueadores da criatividade.

    Por: Ernesto Bergl Carreira> Recursos Humanosl 25/08/2014 lAcessos: 14
    Fred Filho

    A história da descoberta do fenômeno do assédio moral no trabalho. Conheça como o caso de vinte e uma enfermeiras suecas que se suicidaram, ou que tentaram cometer suicídio, ajudou no estudo do assédio moral.

    Por: Fred Filhol Carreira> Recursos Humanosl 18/08/2014 lAcessos: 11

    Qual momento é mais indicado para o profissional procurar uma nova colocação? É incorreto fazer contatos e enviar currículos já estando empregado?

    Por: ADCom Comunicaçãol Carreira> Recursos Humanosl 18/08/2014 lAcessos: 15
    Robinson Vander de Carvalho

    : Este estudo sobre comunicação interna para a gestão de produção cuidou de esclarecer pontos fundamentais nos sucessos e fracassos da transferência de informações. Os canais utilizados podem ser eficientes dependendo do público a ser atingido e da intenção da organização e cultura existente. Mas o que fica claro é que os meios de comunicação interna devem ser bem planejados e constantemente aplicados, para se estabelecer a prática da formalidade, dando segurança e criando confiança entre as par

    Por: Robinson Vander de Carvalhol Carreira> Recursos Humanosl 06/08/2014 lAcessos: 36

    As oportunidades de trabalho no distrito federal só crescem depois da Copa do Mundo.

    Por: Marcelol Carreira> Recursos Humanosl 30/07/2014
    Daniele Augusto C. de Souza

    RESUMO: Com o surgimento da sociedade do conhecimento e da informação surgiram diversos desafios enfrentados pela Gestão de Pessoas. Pensar no capital humano como sendo algo de suma importância e que agrega valores à organização, tornou-se um diferencial competitivo. O presente estudo visa investigar a importância das empresas em implantar um RH estratégico e instigar o leitor a fim de que obtenha conhecimento e desejo de aprender sobre o assunto pesquisado.

    Por: Daniele Augusto C. de Souzal Carreira> Recursos Humanosl 05/07/2014 lAcessos: 49
    Múcio Morais

    Certa vez um filósofo amigo nosso disse: "Na verdade, o ponto central da busca humana se resume à velha questão arquetípica - da busca do herói por sua princesa e vice-versa". A teoria parece simplista e possui dificuldade de ser sustentada ante aos desencontros da vida que acabam forjando um certo ceticismo acerca da afirmativa...

    Por: Múcio Moraisl Relacionamentos> Relações Amorosasl 03/11/2011 lAcessos: 263
    Múcio Morais

    Manter o sentido daquilo que se faz para atingir objetivos exige determinação, disciplina e ritmo, cada vez que cedemos ao desânimo ou simplesmente paramos para pensar, perdemos nossa energia para as próximas ações. Quanta gente vive do quase, da alegria desavisada da bola na trave, sem conhecer a esfuziante explosão do gol.

    Por: Múcio Moraisl Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 25/05/2011 lAcessos: 269
    Múcio Morais

    O Recomeço é uma realidade cada vez mais presente na vida das pessoas em nosso tempo, a fragilidade das relações aliada a falta de percepção e cuidados adequados levam muitos ao rompimento, sem me ater às motivações, quero expôr algumas questões para ajudar aqueles que querem sinceramente um recomeço, uma nova oportunidade para ser feliz a dois!

    Por: Múcio Moraisl Relacionamentos> Relações Amorosasl 23/05/2011 lAcessos: 421
    Múcio Morais

    EXIGIR QUALIDADE TODOS OS DIAS é o papel fundamental da liderança nas empresas, a qualidade deve estar presente em todos os processos, parece-me que a liderança empresarial anda meio perdida em meio às rotinas administrativas e evidentemente se esquecendo de seu papel fundamental na direção do barco, isso acaba por trazer insegurança às equipes e ainda promove a inconstância comportamental.

    Por: Múcio Moraisl Negócios> Administraçãol 26/04/2010 lAcessos: 392
    Múcio Morais

    Nenhum tópico é mais próximo da essência da psicologia do que a APRENDIZAGEM, uma mudança relativamente permanente no comportamento de um organismo em decorrência de experiência. A experiência é a chave para a aprendizagem.

    Por: Múcio Moraisl Educação> Ensino Superiorl 26/04/2010 lAcessos: 519
    Múcio Morais

    Incrível ver como a humanidade é rica em diversidade, mas ao mesmo tempo perceber como alguns dogmas coletivos aprisionam a mente das pessoas, gerações inteiras são influenciadas por crenças disseminadas e consagradas pelo uso, dentre várias crenças comuns, uma em especial me chamou a atenção: A crença do "Salário fixo".

    Por: Múcio Moraisl Carreira> Recursos Humanosl 15/02/2010 lAcessos: 657
    Múcio Morais

    O desafio de parecer melhor do que realmente se é, acaba tornando-se um terror na vida de muitas pessoas, seja na fase inicial da carreira, na busca de ascensão profissional ou mesmo para aqueles que estão se recolocando no mercado, creio que para esses o desafio é ainda maior em razão da sensação de ter que começar de novo, de mudar, de encarar o desconhecido, sair da zona de conforto.

    Por: Múcio Moraisl Carreira> Recursos Humanosl 15/02/2010 lAcessos: 783
    Múcio Morais

    Motivar muitas vezes significa ajudar as pessoas a mudar seu estilo de vida, sua maneira de ver e pensar, e, em especial, uma espécie de desalienação dos modelos sociais e culturais utilizados para manipular e oprimir emocionalmente as pessoas. Mas devemos considerar que o trabalho motivacional, seja ele em formato de um programa de coach ou palestra motivacional é uma força externa dirigida ao indivíduo, esta força deve exercer exclusivamente um impulso para que o indivíduo se localize.

    Por: Múcio Moraisl Negócios> Gestãol 17/01/2010 lAcessos: 367
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast