Projeto: Respeito. Passe Adiante!

Publicado em: 28/03/2012 |Comentário: 0 | Acessos: 2,777 |

PROJETO: RESPEITO. PASSE ADIANTE!

Adilson Motta & Beatriz Silva

A escola exerce a função de educar e "lapidar" cada aluno, preparando-os para o convívio social. "Educar é ser um artesão da personalidade, um poeta da inteligência...".

Preocupada em preparar não apenas, bons alunos críticos capazes de fazerem uso de todo conhecimento cientifico, e sim verdadeiros cidadãos ativos a serem agentes transformadores de modo a tornar a sociedade mais humanizada. Assim a escola  "Benedicto Monteiro" cumpre seu papel social e adota em seu currículo escolar o "ensino de valores" pautado na ética e executado por meio de atividades diversificadas, conforme os PCNs.

 A inserção do projeto "Respeito Passe adiante" surge como proposta pedagógica com intuito de direcionar os trabalhos dos professores do 3º e 4º ciclos para assim resgatar a auto-estima dos alunos bem como ajudá-los em suas relações interpessoais, criando desta forma, um clima de respeito e harmonia no espaço escolar.

 O respeito é um conceito relativo que, na maioria das pessoas está diretamente relacionado aos valores pessoais de cada um. Tais valores são aprendidos na família, na sociedade e na escola. O respeito é uma virtude que está atrelada ao comportamento e a atitude; o aluno precisa antes de tudo respeitar-se para assim respeitar o colega e a todos que estão a sua volta.

O  1º ano do 3º ciclo, dentro do Projeto RESPEITO vai abordar: Bullying – com exposição e apresentação feitas pelos alunos. Exposição de painéis sobre a temática respeito versus desrespeito.

0 2º ano do 3º ciclo vai trabalhar a abordagem: Preservação ao Patrimônio Público – Com apresentação de vídeo e exposições feita pelos alunos (através de murais).

O 1º ano do 4º ciclo vai desenvolver a temática:  Discriminação Social – Com exposição desenvolvidas pelos alunos e reportagens da região sobre a problemática.

Já o 2º ano do 4º ciclo vai abordar a temática: GLBT (Homofobia é crime) e Homossexualidade – com apresentação e exposição em socialização para os demais alunos num intercâmbio cultural, onde todos aprenderão com os demais, a medida da apresentação socializadas dos trabalhos.

JUSTIFICATIVA

Após algumas observações nós os professores do 3º e 4º ciclo, detectamos que muitos  alunos estão se distanciando de alguns valores, os quais são fundamentais para uma convivência harmoniosa no âmbito escolar.

Baseado nesta afirmativa a escola "Benedicto Monteiro", irá desenvolver o projeto "Respeito Passe adiante". Este projeto será desenvolvido durante o ano de 2012 pelos alunos e professores do 3º e 4º ciclo.

COMPETÊNCIA:

  • Mostrar para toda a comunidade escolar o RESPEITO como virtude capaz de transformar atitudes e comportamentos.

HABILIDADES

  • Entender que o respeito deve ser cultivado em todas as nossas ações;
  • Perceber que somos diferentes, mas que independente de qual quer coisa precisamos ser respeitados;
  • Compreender que às vezes precisamos mudar de comportamento para cultivar um bom relacionamento com os colegas;
  • Ser capaz de mudar de atitudes para melhorar o relacionamento com os colegas.
  • Aprender a respeitar as diferenças sociais, ética, religiosas e físicas como contribuição a um mundo mais harmonioso.

Culminância do Projeto

Apresentação expostas no auditório da escola  -  onde os trabalhos serão apresentados  de modo mútuo e socializado, envolvendo todas as turmas  da escola – que assistirão vídeos e as atividades expostas pelos alunos das diversas turmas.

Execução:  Cada turma ficou encarregada de desenvolver  temáticas afins relacionadas com o tema gerador:  RESPEITO: Passe adiante!  

1º ano do 3º ciclo:  O Projeto Central é:  "Bullying", no entanto  três eixos serão perpassados no projeto de cada turma. 

I- Ilustrar mural/painel com gravuras, recortes de jornais, revistas: Imagens condizentes com a temática  RESPEITO – relacionadas com suas inerentes abordagens: Amor, Amizade, Carinho, Cooperação, Responsabilidade, Bondade, Honestidade, Justiça (Que fundamentam o verdadeiro respeito entre as pessoas).

II-  Debate em sala: Instigar a reflexão sobre o que é respeito? E desrespeito? E, encarregar um segundo grupo com a responsabilidade de montar um painel que represente o que pode estar relacionado com o desrespeito: Reportagens (jornais ou revistas) de Parauapebas e região sobre os diversos fatos de manchetes relacionadas:  crimes, desgradação, etc...

III- O terceiro grupo vai ficar encarregado de abordar o tema central: BULLYING:  Além de apresentarem (construirão painel para exposição do trabalho).

  • O QUE É Bullying?
  • Reportagens com casos relacionados;
  • Bullying na escola.

IV- O quarto grupo ficará encarregado de montar um painel de frases importantes sobre RESPEITO – objeto do tema  geral.

2º ano do 3º ciclo:  Preservação ao Patrimônio Público.  Com as mesmas abordagens  do item I e II  do anterior.

  • O que é preservação ao Patrimônio Público?
  • A importância da Preservação ao Patrimônio Público;
  • Leis que amparam e punem o vandalismo;
  • Setor de Patrimônio Público de Parauapebas: Como funciona? (Possível articulação de alguém do setor para palestra).
  • (Reportagens sobre vandalismo ao patrimônio público);  ou desrespeito ao patrimônio público.

1º ano do 4º ciclo:  Discriminação Social. 

  • O que é Descriminação Social?
  • Quais os tipos de discriminação?
  • Leis que a definem como crime.
  • Reportagens relacionadas à discriminação social (Para ilustrar painel)
  • Espaço aberto (Para vídeos, peça teatral, etc).

2º ano do 4º ciclo:  GLBT (Homofobia é crime); Homossexualidade;

  • O que é GLBT?
  • Leis que amparam;
  • Indicadores sociais;
  • Reportagens (regional, estadual e internacional) sobre o assunto.
  • Respeito às diferenças sociais.

(Exposição de painel, vídeos, etc.).

Recursos

Cartolinas, papel 40 quilos, pincel, fita adesiva, tesouras, lápis de cor, vídeos, data show, TV, apostilhas e pesquisas.

METODOLOGIAS

  • As temáticas a serem trabalhadas apresentam afinidades, o que garante um processo contínuo de seu desenvolvimento e deverão atravessar as diferentes áreas de conhecimento.
  • O professor deve estar atento aos melhores momento para tratar deste assunto. Tal como ocasiões imprevistas – como uma briga no recreio, que mobilizem os alunos – ou ocasiões criadas pela sensibilidade do professor.
  • Todos os docentes deverão pesquisar e ler  as abordagens do projeto de sala que está sendo desenvolvido.
  • Deve-se cobrar anotações acerca de outros trabalhos apresentados como forma de garantir atenção, empenho e aprendizagem dos mesmos para que não fique dispenso e de valor apenas interno para os alunos da sala do referido projeto.
  • Selecionar canções e vídeos coerentes com as temáticas em voga.
  • Organizar murais sobre os valores a serem abordados em cada mês.
  • Incentivar e proporcionar a leitura e a produção de textos com o valor em questão.
  • Realizar dinâmica de grupos que favoreçam essas reflexões (sugestões).
  • Visita do pessoal do setor de patrimônio público para abordagem do processo PATRIMONIAL em Parauapebas e suas leis  que garantem.

CRONOGRAMA

CRONOGRAMA

Abril: Apresentação do Projeto

Maio: Delegar funções aos alunos – pesquisar sobre os temas (Conceito de Respeito; Bullying;

Preservação ao Patrimônio Público; Discriminação Social e Homossexualidade.

APRESENTAÇÃO DAS PESQUISAS: 21 a 25

Junho: Palestras (Apresentação ao Respeito/Bullying.

Agosto: Palestras (Apresentação ao Patrimônio Público)

Setembro: Palestra Discriminação Social.

Outubro: Palestras (Homossexualidade.

Avaliação

Como a abordagem está relacionada a valores no tema central RESPEITO, o modelo de avaliação deste trabalho vai além das habilidades técnicas de sua apresentação refletidas nas ações dos educandos, mas considera também disciplina, coerência, respeito, solidariedade durante o momento de sua elaboração, confecção e apresentação pelos alunos. Para garantir o envolvimento de todos os alunos, será cobrado um relatório de todos os tra

Considerações Finais

A escola não é apenas o espaço de formar habilidades para a vida e o mercado, pois a vida social requer bem além dessas dimensões – é também o espaço onde se forma valores para uma existência ou vida social mais equilibrada, onde a harmonia e a paz só se tornam possíveis com a paz, o amor e a justiça, que fundamentam o RESPEITO na existência de uma vida em comum. Só desta forma, a educação atingirá seu cerne, como diz um pensador: "O coração da educação é a educação do coração".  Eis a razão do trabalho do projeto RESPEITO, pois  as abordagens aqui desenvolvidas estão estreitamente relacionadas com o tema gerador RESPEITO, que gera consciência, moldam atitudes e sana um velho e grande problema hoje vivenciado nas escolas do país, INDISCIPLINA E VIOLÊNCIA.

Avaliação

Como a abordagem está relacionada a valores no tema central RESPEITO, o modelo de avaliação deste trabalho vai além das habilidades técnicas de sua apresentação refletidas nas ações dos educandos, mas considera também disciplina, coerência, respeito, solidariedade durante o momento de sua elaboração, confecção e apresentação pelos alunos.

Reflexão sobre bullying e outras dimensões a fim

A prática do BULLYING gera discriminação e atrito – e gerando atrito fere princípios, que gera a violência. (Adilson Motta) Segundo FILHO (28/09/2011),  a violência é um mal que permeia todo o tecido da sociedade, envolvendo e comprometendo as relações entre as pessoas e tornando cada vez mais tensas as condições de sociabilização. O fato é que a presença da violência tem se tornado um fenômeno onipresente na sociedade, chegando também num ambiente definidor e formador de cidadão: a escola. No ambiente escolar, a violência interfere por meio de várias formas e intensidades, tendo causado estragos que interferem na formação dos jovens, provocando temor nos integrantes das comunidades escolares e até chegando a se manifestar através de graves e irreversíveis atentados contra a integridade e a vida de pessoas.

Diante desta constatação, cabe oferecer aos educandos a oportunidade de refletir sobre este problema e propor ações que busquem minimizar ou extinguir seus efeitos por meio da conscientização possibilitada por debates, estudos dirigidos e produção de materiais que contribuam na multiplicação e irradiação da consciência sobre os perigos da violência escolar.

Este problema não pode deixar de figurar como aspecto presente no trabalho didático, experimentado nas aulas e explorado como conteúdo vivo, marcante e significativo para a formação dos educandos.

Não é tão simples viver a vida. Às vezes, ela contém capítulos imprevisíveis e inevitáveis. Mas é possível encontrar força interior nos momentos mais difíceis de nossa existência. No dia em que cada ser humano conseguir buscar Deus dentro de si mesmo, a soberba dará lugar à simplicidade, o julgamento dará lugar ao respeito, a discriminação dará lugar à solidariedade, e a insensatez dará lugar à sabedoria. É preciso buscar o auto-conhecimento para colocar em prática a empatia, pois na grande maioria das vezes as pessoas pensam de formas diferentes. As pessoas buscam felicidades diferenciadas. Cientistas tentam entender a felicidade através da lógica, magnatas tentam comprá-la, intelectuais a buscam em livros de filosofia... Enfim todo ser humano sonha, das mais variadas formas, viver dias felizes, mas esquecem de conquistar a felicidade. Como já dizia Paulo Coelho, A felicidade às vezes é uma benção - mas geralmente é uma conquista. Acredito realmente nisso! Acredito mais... Que para conquistarmos nossa felicidade diariamente, precisamos treinar nossas emoções, educando-as para superar as perdas e frustrações. Precisamos aprender a dar a outra face quando levarmos um tapa, como Cristo. Sei que é conflitantemente difícil, mas a sensação que se tem depois de não revidar é incrível. É uma sensação de superação, de força interior após a fragilidade... De que se pode respeitar outrem sem desrespeitar os seus próprios princípios. Uma sensação de paz interior... Temos de aprender a respeitar mais a individualidade do próximo e nos colocar no lugar daquele que caminha ao nosso lado. Seja nas relações pessoais ou profissionais. Por mais que não entendamos certas atitudes, procuremos aceitá-las e extrair delas o que há de bom, mesmo nas situações mais delicadas. Sei que é tudo muito confuso pra quem lê, mas é o que sinto neste momento: uma grande necessidade de RESPEITO. Por isso, deixo aqui uma mensagem de Martin Luther King Jr, que tem muito a nos ensinar:

"Aprendemos a voar como pássaros, nadar como peixes, mas não aprendemos a nos respeitar como irmãos."

kkkk

Sabedoria consiste em equilíbrio pessoal, em inteligência de nossas posturas e expressividades. Queremos preparar os nossos filhos para a vida. Para tanto, perguntamos: "Bastaria o conteúdo formal da escola?" "Resolveria para a transformação da sociedade, em que almejamos um mundo cada vez melhor, indivíduos que possuíssem muito conhecimento, mas não soubessem expressá-los?" "O que o mercado de trabalho exige hoje?" Exige iniciativa, argumentação, ética, divisão com o outro...SIM, É PRECISO IR ALÉM! Nossos alunos estarão atuando profissionalmente num amanhã muito breve. Ser um profissional, qualquer um pode ser, porém, tornar-se um grande profissional e uma grande pessoa é o desafio!

Todo ser humano tem suas crenças e, com base nelas, seus pensamentos, sentimentos e atitudes. Se refletirmos o comportamento dos adolescentes, por exemplo, veremos que muitas de suas preocupações pautam-se no como o grupo vai perceber ou receber essa ou aquela determinada atitude. Se o fato do adolescente vestir uma blusa na cor verde limão implicar em não aprovação do grupo, ele não a vestirá. Para que esse adolescente possa ter autonomia, ou seja, discernir o certo do errado, o que vai "pesar" serão os valores que ele construiu até então.

Desde a Educação Infantil, os verdadeiros valores precisam ser abordados. Não no sentido da imposição, mas no da construção! É do zero aos sete anos que a personalidade das pessoas se estrutura. Nessa fase, a criança recebe toda uma bagagem e depois ela já começa a interiorizar o que quer ou não quer para si. O que o ser humano recebe de significativo nessa faixa etária ele levará para a vida toda! Toda pessoa está em processo de constante aprendizagem, porém, ela será um ser privilegiado e mais seguro se a bagagem de conhecimento for de soma, ano a ano, em sua existência.

Nesse sentido, uma vez que a escola existe para e pelo ALUNO, o diálogo constante com a família é fundamental. A melhor herança que um pai pode deixar para o filho é o "ser" não o "ter". Basta observarmos a realidade atual: quantas empresas famosas, de alto porte, deixam de existir após a morte do proprietário. Os filhos desentendem-se por não terem aprendido a administrar o negócio e nem tão pouco a lidar com o outro. Todos precisamos de amor . O sentimento é algo pessoal, interno; ninguém consegue nos dizer: "Goste dele(a)!", porém, temos que respeitar todas as pessoas. Temos que nos transportar ao lugar do outro para entendê-lo e compreendê-lo melhor. Quando estamos abertos para receber o outro, a vida é uma novidade vibrante! Nunca podemos ter tanto orgulho de nossa força ao ponto de pensarmos não precisar daquele que está ao nosso lado.

A escola se tornaria vazia e ineficiente se se omitisse de resgatar certos valores "adormecidos" na consciência humana. Mais ineficiente seria se não partilhasse com a família dessa reflexão, e o momento da apresentação desses trabalhos é o momento da partilha.

Acreditamos numa sociedade mais humana e justa, sem preconceitos, na qual os cidadãos atuem compromissados com o bem-estar de todos. Assim, inserimos o trabalho de valores no "Programa Vida" , programa esse, que é cuidadosamente planejado com atividades de palestras e encontros para oportunizar, além do que é trabalhado e abordado no dia-a-dia, o alcance de nossos objetivos no aspecto formativo. Alguns dos temas do "Programa Vida" deste ano letivo são: Orientação Sexual, Dependência Química, Limites, Valores. No que se refere aos "valores", o educador, entendendo que o agente principal da escola é o aluno, deverá:

REFERÊNCIA

FILHO, Paulo Alexandre da Silva. Sociologia – "Reflexão sobre bullying" na escola (Relatório), 28/09/2011.

Enciclopédia Britânica do Brasil. Coleção Valores para a Vida.

 

Link do site para acesso aos livros de Adilson Motta:

http://educacaoecidadania.sitepx.com/

Avaliar artigo
5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 4 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/relacionamentos-artigos/projeto-respeito-passe-adiante-5781551.html

    Palavras-chave do artigo:

    educacao

    ,

    respeito

    ,

    valores

    Comentar sobre o artigo

    Regina Drumond

    Em tempos de profundas mudanças sociais e ambientais, desenvolver e cuidar da educação de valores universais que influenciam a nossa vida e a sustentabilidade é prioridade, e, pela importância em construir e aplicar esses conceitos surge uma cultura organizacional que se baseia na ética da cooperação com o objetivo de servir a si, ao outro e ao planeta em busca da sustentabilidade sócio econômica, ambiental, política, cultural, espiritual, ética.

    Por: Regina Drumondl Negócios> Administraçãol 17/05/2011 lAcessos: 676
    Francisca Samara Teixeira

    Este trabalho tem por objetivo apresentar a relação da literatura infantil, que vai além do exercício da leitura e da escrita, na constituição da personalidade[1) e na construção de valores. Para tanto elaboramos um projeto de contação de histórias[2] e aplicamos em uma turma de 35 crianças do 4º ano, do ensino fundamental I, de uma escola da rede municipal de fortaleza. Através deste projeto trabalhamos os valores humanos da amizade, do respeito destes valores.

    Por: Francisca Samara Teixeiral Educação> Educação Infantill 27/01/2011 lAcessos: 2,107
    shirleidy de sousa freire

    Elencam-se questões referentes a uma temática bastante polêmica no mundo de hoje. Refere-se à inclusão de alunos com necessidades especiais que estão inclusos no ensino regular. Enfocaram-se algumas infoemações referentes ao histórico da educação especial no contexto brasileitro.

    Por: shirleidy de sousa freirel Educação> Educação Onlinel 25/06/2011 lAcessos: 3,091
    Alana Sardinha Freitas

    O artigo relata experiências vivenciadas numa escola de Educação Infantil na cidade de Itapetinga, Ba, durante a aplicação de um Projeto de Leitura"Histórias Infantis no Contexto da Pré-escola: Janelas Abertas Para Novos Leitores",com objetivo de despertar nas crianças hábitos de leitura e um olhar crítico sobre o mundo. Contribuindo para o desenvolvimento da autonomia, da criatividade, das múltiplas habilidades, o uso das potencialidades na realização das atividades propostas. Apresenta ainda o

    Por: Alana Sardinha Freitasl Educação> Educação Infantill 31/10/2011 lAcessos: 1,964
    Simone Liberato Martins

    As normas e condutas no trânsito devem ser compreendidas e assimiladas por todos. E a escola pode contribuir nesse processo.

    Por: Simone Liberato Martinsl Educação> Ensino Superiorl 07/11/2010 lAcessos: 3,039
    MARCOS ANTONIO DOS SANTOS LIMA

    O presente artigo tem como objetivo evidenciar a aproximação da Ética na Educação, bem como o grande valor e o efeito da aplicabilidade desse tema na educação. Sendo que ética é algo que se constrói, educa, pratica, conquista pela ação conjunta do individuo por meio de princípios universais, que regem as relações das pessoas.

    Por: MARCOS ANTONIO DOS SANTOS LIMAl Educação> Ensino Superiorl 12/12/2011 lAcessos: 949

    Este Artigo surgiu da necessidade de conhecer como a ética e a cidadania influencia a escola a resgatar valores digno, uma educação que traz bem estar, satisfação, produtividade, prazer, criatividade, saúde mental e corporal. Neste trabalho tentei fazer um pequeno resgate bibliográfico sobre o tema mencionado a fim de chegar ao nosso objetivo final, foram utilizados livros revistas cientificas, para tal processo, conseguindo reunir um número de informações relevantes ao tema. Chegando a conclusã

    Por: FRANCISCO GOMES DE ALMEIDAl Educação> Educação Onlinel 09/03/2010 lAcessos: 7,106 lComentário: 1
    Regina Drumond

    Fala da importância da educação visando a sustentabilidade econômica, ambiental e social, mostrando que a ética e o cuidado devem estar em primeiro lugar.

    Por: Regina Drumondl Negócios> Administraçãol 17/05/2011 lAcessos: 277

    O presente artigo tem por finalidade analisar a importância da educação ambiental para a introdução de um modelo de desenvolvimento susteável.

    Por: Júlio César Dias do Nascimentol Educação> Ciêncial 15/07/2011 lAcessos: 405

    Para que haja um processo inclusivo significativo na Educação Infantil é necessário que se pense um trabalho que envolva esta prática.

    Por: Angela Adriana de Almeida Limal Educação> Educação Infantill 07/10/2009 lAcessos: 2,502 lComentário: 1
    Bruno Moraes

    As dissoluções de uniões conjugais aumentaram cerca de 20% nos últimos dez anos no País, o Censo de 2010 divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) demonstra que de 2000 até 2010, o número de pessoas envolvidas em algum tipo de separação passou de 11,9% para 14,6%.

    Por: Bruno Moraesl Relacionamentosl 06/10/2014 lAcessos: 11

    Aprender a desenvolver e manter relações humanas de qualidade superior pode fazer mais por sua vida profissional e pessoal do que, provavelmente, qualquer outro fator em sua vida.

    Por: Ernesto Bergl Relacionamentosl 30/09/2014
    Tiago

    Sorrir um ato leve instantâneo carregado de positividade, transmutador do coração, a grande alegria da vida

    Por: Tiagol Relacionamentosl 16/09/2014
    Tiago

    O poder das palavras inseridas nos meios sociais: culturais,educacionais,filosóficos,religiosos,artístico,etc.

    Por: Tiagol Relacionamentosl 08/09/2014 lAcessos: 12
    Darci Kops

    A hospitalidade como um paradigma capaz de marcar presença em todos os espaços sociais e espaços culturais. A hospitalidade qualifica a relação humana e a convivência social. O exercício e a prática da hospitalidade é desafiador. O test drive, como ferramenta, auxilia na análise, na avaliação a respeito da condução do processo da hospitalidade em espaços plurais.

    Por: Darci Kopsl Relacionamentosl 20/07/2014 lAcessos: 30

    O poder do sorriso na conquista O sorriso encanta e é o ponto de partida para quem quer elevar sua auto-estima. O sorriso atrai milhões de outros sorrisos, porque quando alguém sorri para outra pessoa, transmite a ideia de aceitação, simpatia. O sorriso gera sorrisos porque você atrai o que você transmite. É a lei natural!

    Por: conselheiroamorosol Relacionamentosl 06/06/2014 lAcessos: 17
    solange galeano

    A sociedade contemporânea de consumo e as relações humanas da pós modernidade.

    Por: solange galeanol Relacionamentosl 04/06/2014 lAcessos: 29

    Manter um espaço de trabalho, como um escritório limpo e arrumado é fundamental para passar a imagem de organização profissional.

    Por: Victor Forcinitol Relacionamentosl 27/01/2014 lAcessos: 49
    ADILSON MOTTA

    Alguma coisa mudará em sua vida após a leitura deste texto. Vale a pena lè-lo. Dedico-o aos amantes da leitura, aos professores e aos que não gostam desse hábito que liberta das algemas da ignorância.

    Por: ADILSON MOTTAl Educaçãol 03/05/2014 lAcessos: 29
    ADILSON MOTTA

    É um filme muito rico, recomendado para professores e alunos. Nele, a revolução e luta por um mundo melhor começa na sala de aula, na prática pedagógica, onde valores, ideais, filosofia e ideologia se mesclamna finalidade da auto descoberta e deixa antever a educação como instrumento de Inclusão Social. Neste, o coração da educação é a educação do coração - e cada sujeito aprendiz é um potencial escritor das páginas da memória de um mundo da própria existência.

    Por: ADILSON MOTTAl Literatural 18/01/2014 lAcessos: 40
    ADILSON MOTTA

    O filme V de Vingança é um thriller de 2005, dirigido por James McTeigue e produzido por Joel Silver e pelos irmãos Wachowski, que também escreveram o roteiro, cujo lançamento foi em 23 de fevereiro de 2006 (Finlândia). Em uma leitura explícita, V de Vitória retrata uma Inglaterra do futuro, onde está em vigor um regime totalitário. O objetivo deste artigo é fazer uma leitura comparativa com a realidade brasileira.

    Por: ADILSON MOTTAl Literatura> Ficçãol 23/12/2013 lAcessos: 219
    ADILSON MOTTA

    O poder ideológico se baseia na influência que as ideias da pessoa investida de autoridade exerce sobre a conduta dos demais. Já o poder econômico - É o que se vale da posse de certos bens, necessários ou considerados como tais, numa situação de necessidade para controlar aqueles que não os possuem. Ambos tem sua influência sobre as pessoas, a sociedade e especialmente no âmbito da política, conforme seja a atitude social do indivíduo frente aos valores da sociedade da qual faz parte.

    Por: ADILSON MOTTAl Educaçãol 08/12/2013 lAcessos: 23
    ADILSON MOTTA

    Os contos a seguir fazem parte da literatura local, onde algumas são relatos de moradores da cidade de Bom Jardim - Maranhão. Os contos são: A alma penada, A mão flutuante, Visão Infernal e Anjinho pagão.

    Por: ADILSON MOTTAl Literatura> Ficçãol 21/11/2013 lAcessos: 22
    ADILSON MOTTA

    Num certo lugarejo morava um senhor, cuja profissão era agricultor,e vivia numa casa que ele construíra à margem de uma estrada vicinal que ali passava. O quintal de sua casa era o começo de uma grande roça que se estendia na imensidão do terreno adentro.

    Por: ADILSON MOTTAl Literatura> Ficçãol 21/11/2013 lAcessos: 16
    ADILSON MOTTA

    Muitas pessoas, ao longo da história de Bom Jardim percebendo tragédias nas vidas de muitos prefeitos que morreram assassinados, e o atraso pelo qual o município passou e ainda passa, chegam a especular que tudo isso seja resultado de uma maldição que o padre cordeiro jogou sobre a cidade em 1964.

    Por: ADILSON MOTTAl Literatura> Crônicasl 21/11/2013 lAcessos: 22
    ADILSON MOTTA

    A pretensão maior deste artigo é mostrar que as denúncias sociais expressas na obra de José Lins do Rego persistem em pleno século XXI, moldadas em outras formas ou facetas de existência. Apesar do autor José Lins do Rego em sua obra "Menino de Engenho" retratar um certo regionalismo, fazendo uma autobiografia do seu tempo de infância e de seu avô, o coronel José Paulino, transparece em sua obra todo um contexto social que envolve a vida de cada indivíduo, a cultura e a história de um povo.

    Por: ADILSON MOTTAl Literatura> Ficçãol 29/08/2013 lAcessos: 78
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast