O que significa namorar?

04/03/2011 • Por • 4,198 Acessos

              Andei tentando compreender o significado da palavra 'namorar'. Começei analisando-a como um verbo. Todo verbo realiza uma ação. Que ação seria essa então? Mas aí eu caí em outros verbos, e eu não quero entender um verbo com outro(s). Mudei de tática. Analisei como sendo um sentimento. Nenhum sentimento é independente.

             É comum dizerem: "namorar é muito mais do que paixão", mas o que é paixão? "É muito mais que afeição". "É muito mais que carinho". Faz um pouco de sentido sim. Afinal, você pode estar apaixonado por alguém e não o namorar. A paixão pode ser a um. Você pode sentir afeto sozinha. O afeto pode ser a um. É possível que você dê e não receba carinho em troca. O carinho também pode ser sozinho. Namorar, seria realizar uma troca? Namorar é a dois.

             "Antes só do que mal acompanhado(a)? Existe quem namore sozinho? Por mais que tentem eu nunca presenciei alguém dizer que namora consigo mesmo e que é mais feliz dessa maneira.

              Namorar é desejar o outro e também ser desejado. Mas não é só isso, pois se fosse se chamaria consolo.

              É ser respeitado  e também respeitar. Mas não é só isso, pois se fosse se chamaria obrigação.

               É usar, abusar, ser abusado e usado. Ser abusado e usado como objeto vivo de felicidade do próximo. Ser muitas vezes mais que um objeto ao ponto de se tornar um objetivo.

                Namorar é mais que dividir. Já parou pra pensar que no fim de cada divisão tem um pouco de individualismo?

               Dividir não é compartilhar. Compartilhar não é dividir. Quem namora entende.

               Quem namora compreendre. Quem namora não compreende. Quem namora exagera. Tem medo e ansiedade esperando a resposta do próximo.

               O enamorado não quer ver a companheira nos melhores momentos. O enamorado quer viver com a companheira os melhores momentos.

               O enamorado quer chamar a companheira de companheira. E mais de que companheira: de amiga. E mais do que de amiga: de cúmplice.

              O enamorado verdadeiro cria fantasias, sonhos. Imagina a felicidade e acima de tudo o amor. Mas o que é o amor, ou o amar? Um sentimento? Um verbo? Uma mistura? Um enamorado saberia responder?