Relações Descartáveis

Publicado em: 18/02/2009 |Comentário: 1 | Acessos: 5,081 |

Vivemos em um mundo descartável. A sociedade de consumo da qual fazemos parte tem realizado importantes mudanças no nosso comportamento. A correria do dia a dia, a pressa e a falta de tempo exige das pessoas, cada vez mais, a praticidade, que com o barateamento e desenvolvimento de novos materiais fazem dos bens descartáveis um símbolo de modernidade.

 

Fora o problema ambiental, descartar objetos e embalagens não é de um todo ruim, o problema surge quando começamos a descartar as pessoas.

 

Viver em sociedade nos obriga a experimentar o convívio com outros indivíduos, sejam familiares, amigos, colegas de trabalho. Em qualquer tipo de círculo que vivamos estamos sempre cercados de pessoas com as quais mantemos relações durante toda a nossa vida. Mas nem sempre podemos estar perto das pessoas com as quais mantemos relações e nesse momento o uso da tecnologia se torna uma ferramenta importante para a aproximação mútua seja por telefone, comunicadores instantâneos, redes de relacionamento entre outros. Porém um fenômeno interessante se observa: toda essa oferta de meios de comunicação criou um modo de estabelecer relações de alguma maneira descartável. Parece que cada vez mais tratamos pessoas como produtos. Enquanto atendem as nossas expectativas e necessidades, as mantemos ao alcance da vista, ou do “mouse”, quando não, as descartamos. Qualquer usuário de internet conhece maneiras de bloquear a pessoa quando não quer ser incomodado. É como se fosse uma adaptação moderna do fechar a porta de antigamente.

 

Com o advento da internet e da telefonia móvel ficou muito mais fácil conhecer pessoas, conversar, mesmo que distantes uma das outras pois as distâncias são encurtadas com o uso da tecnologia. Atualmente qualquer um que disponha de um computador ligado à internet pode conhecer outros indivíduos a qualquer momento. Agora o que se observa é que com a mesma facilidade que temos de nos aproximar, conversar, criar vínculos há também uma facilidade para que esses relacionamentos acabem. É como se a cultura do descartável tivesse atingido as relações pessoais. Um dia temos uma lista de amigos no outro os bloqueamos, deletamos, enfim.

 

É óbvio que com o progresso da sociedade aliado aos novos usos das também novas tecnologia, haja uma mudança de valores das pessoas que tendem a se adaptar ao novos tempos, mas o fato é que estamos entrando num momento de frágeis ligações afetivas o que tem proporcionado a nossa geração vivenciar o rompimento dos valores desde sempre enaltecidos fazendo assim a cultura do descartável atingir os duráveis valores sociais a que tanto valorizamos.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/relacoes-amorosas-artigos/relacoes-descartaveis-778737.html

    Palavras-chave do artigo:

    relaciomento

    ,

    amizade

    ,

    modernidade

    Comentar sobre o artigo

    Ella

    Quem nunca ouviu ou nunca disse uma frase clichê na vida? Parei para pensar nelas e se realmente fazem sentido, e por que dizemos se nem acreditamos nelas por completo?

    Por: Ellal Relacionamentos> Relações Amorosasl 15/12/2014
    Ella

    Nunca assista filmes, aqueles do tipo super dramáticos, com reviravoltas surpreendentes, amores impossíveis e grandes superações, quando você estiver com o coração partido, questões inacabadas ou problemas para se arriscar. Claro que é importante sempre resolver as questões inacabadas, levar o tempo que for e fazer o necessário para juntar os pedaços de um coração partido e fazer a escolha certa, mas é preciso ter consciência, sobriedade e enxergar a realidade antes de qualquer ação.

    Por: Ellal Relacionamentos> Relações Amorosasl 13/12/2014
    Ella

    Por que as histórias sempre começam assim, o antes não conta, a vida só começa a partir do era uma vez? Pode ser o desejo de mudança, uma cidade, um coração partido ou um novo desafio, mas sempre que buscamos mudar o rumo ou esperar que algo grandioso aconteça começamos com era uma vez? E o que houve antes, nossa bagagem, nossos erros, frustrações, o que quebrou o nosso coração não conta?

    Por: Ellal Relacionamentos> Relações Amorosasl 13/12/2014

    Você sabe diferenciar o amor da paixão? Pois saiba que, apesar das semelhanças, os sinais de que alguém está apaixonado são bem diferentes de quem está amando. O amor, normalmente, está relacionado a um sentimento bonito, estável e sereno, enquanto a paixão é tida como arrebatadora, turbulenta e, muitas vezes, sofrida.

    Por: Flávia Ghiurghil Relacionamentos> Relações Amorosasl 19/11/2014

    Minha Historia de amor que deu em Decepcção, observe até que ponto um amor chega até chegar na Decepcão

    Por: Matheus Oliveiral Relacionamentos> Relações Amorosasl 22/10/2014 lAcessos: 11
    Divórcio Aqui

    Para solteiros divorciados, voltar a relacionar-se nem sempre é a tarefa mais simples. Porém, a maneira com a qual homens e mulheres têm se comportado em relação a um novo casamento após o divórcio vem mudando rapidamente. Aqui vão 10 fatos sobre novos relacionamentos para que os solteiros divorciados possam ter uma segunda chance e seus novos relacionamentos durem mais – e também, algumas dicas para que os casais que ainda estão juntos, possam fortalecer a relação

    Por: Divórcio Aquil Relacionamentos> Relações Amorosasl 22/10/2014 lAcessos: 19
    Edison Candido Gonçalves

    A autoconfiança é o segredo para conquistar lindas mulheres. Se você é tímido e este defeito tem atrapalhado sua vida saiba aqui como se livrar desse mal e se transformar num homem mais seguro e confiante com as mulheres. Você mais que ninguém sabe que as mulheres admiram e gostam de ficar junto de homens confiantes e com atitude por isso, não perca mais tempo.

    Por: Edison Candido Gonçalvesl Relacionamentos> Relações Amorosasl 29/09/2014 lAcessos: 31
    Edison Candido Gonçalves

    Ama melhor quem ama a si mesmo e se respeita. As mulheres merecem serem amadas verdadeiramente. Serem reconhecidas com seres sensíveis e não, simples objetos. Ame para ser amado. Respeite para ser respeitado. Simples assim.

    Por: Edison Candido Gonçalvesl Relacionamentos> Relações Amorosasl 06/09/2014 lAcessos: 27

    Neste artigo é feita uma reflexão acerca da religião cristã e o Deus por ela pregado. Uma análise crítica das incoerências apresentadas ao leitor bíblico mais atento e desprovido de ideologias conservadoras. Mas acima de tudo a opinião pessoal do autor acerca do Deus cristão e seus métodos.

    Por: Marcos Antonio Medeiros de Oliveiral Religião & Esoterismo> Religiãol 22/02/2009 lAcessos: 642 lComentário: 9

    Comments on this article

    0
    Andrews Koboldt 11/03/2009
    Concordo plenamente com sua proposição, Marcos.
    Realmente hoje em dia muita coisa começa muito rápido e acaba também na mesma velocidade.
    Houve uma grande mudança de valores, perceptível em milhares de pessoas.

    Um forte abraço.

    AK.
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast