A Importância da Teologia Para os Cristãos

07/01/2011 • Por • 1,125 Acessos

Algo preocupante é o fato de poucos cristãos se interessarem por estudar Teologia. Para muitos, inclusive até alguns pastores e líderes, estudar Teologia não passa de um capricho, uma vaidade ou um ato desnecessário. No entanto, uma vez que todos de alguma forma fazem Teologia, torna-se questionável a maneira como ela tem sido feita; se informal: ‘De Boato', ‘Popular' ou ‘Leiga', as duas primeiras de forma imperceptível; ou formal: ‘Ministerial', ‘Profissional' ou ‘Acadêmica'. Consequentemente, se ela é feita de forma correta ou não.

O que dizer também da crise de Doutrina na Igreja? Sua relação com o desinteresse pelo estudo da Teologia, conforme abordado no parágrafo anterior; deve-se ao fato de que ambas, Teologia e Doutrina, não podem ser separadas, pois uma resulta da outra.

Enquanto que Doutrina, conforme Wayne Grudem , "é o que a Bíblia como um todo ensina hoje acerca de algum tópico específico", Teologia é a ciência dedicada ao "estudo de Deus e suas relações com as coisas feitas por Ele" (Tom Wells). Outros teólogos como Millard Erickson, Agostinho, A. H. Strong e Charles Ryrie, a conceitua um pouco diferente, mas o que na essência tem o mesmo sentido. Doutrina é o resultado do processo teológico, ou seja, do "fazer teologia"; logo uma Teologia ruim só pode resultar em crise de Doutrina.

Tendo visto que há uma relação entre Teologia e Doutrina, qual seria a relevância de ambas para o cristão? Na orientação do apóstolo João todo cristão deve perseverar na doutrina de Cristo, ex: "Todo aquele que prevarica, e não persevera na doutrina de Cristo, não tem a Deus. Quem persevera na doutrina de Cristo, esse tem tanto ao Pai como ao Filho" (2 João 1:9). O apóstolo Paulo escrevendo a Tito exorta-o a falar o que era conveniente à sã doutrina (Tito 2:1). Em Apocalipse 2:14 e 15 vemos a repreensão a igreja de Pérgamo por ter seguido doutrinas diferentes da sã doutrina do Senhor Jesus, exemplos: a doutrina de Balaão e a doutrina dos nicolaítas. Igrejas que em detrimento das verdades fundamentais da Palavra de Deus, optam por tradições e doutrinas humanas, acabam deixando de ser igrejas neotestamentárias.

Quanto à relevância da Teologia para o cristão temos como principal a necessidade do mesmo em saber em QUEM ele crê, O QUE ele crê e PORQUE ele crê; questões que só podem ser respondidas através de um cuidadoso estudo das Escrituras aliado ao processo teológico. Quando esses ensinamentos são, pelo cristão recebidos, cridos, obedecidos e praticados diariamente, sua vida nas mais importantes áreas é abençoada, como por exemplo o seu caráter, o seu comportamento e o seu destino. O seu caráter e o seu comportamento, antes não determinados por Deus, passam a ter a positiva influência da Palavra de Deus. Já o seu destino, antes comprometido pelo pecado, passa a ter de Deus a direção fornecida pela Sua Palavra. Desta forma o grande e crucial dilema do ser humano: ‘QUEM ELE É', ‘O QUE ELE FAZ' e ‘PARA ONDE ELE VAI', torna-se revelado pela Palavra de Deus, que além de ser a fonte da verdade teológica, é Lâmpada e Luz para nossas vidas (Salmo 119:105). Vale ressaltar que esse estudo da Palavra de Deus, que constitui apenas parte do processo teológico, é eficaz justamente quando auxiliado pela Teologia.

Num mundo cada vez mais infectado por seitas, filosofias e heresias, mais do que nunca se torna necessário ao cristão uma forte e saudável Teologia. Se no passado o Cristianismo sobreviveu aos inúmeros ataques graças à firmeza teológica de vários fiéis servos de Deus, hoje compete a cada cristão a garantia do futuro do Cristianismo através do firme compromisso com Deus e com Seus ensinos. Sendo Deus por tanto, o mais interessado no futuro da Igreja, pode-se ter certeza de que Ele irá capacitar cada servo Seu como guardião da Sã Doutrina (Tito 1:9) para assim cumprir a Sua vontade.

http://www.teologia.zkb.com.br

Perfil do Autor

CadastrandoWeb Internet

Divulgar Site Internet http://www.cadastrandoweb.com