A Lei De Moisés

Publicado em: 19/06/2009 |Comentário: 11 | Acessos: 13,773 |

A LEI DE MOISÉS

A Lei de Moisés é mais conhecida por Pentateuco Mosaico, ou Lei de talião “dente por dente, olho por olho”. O Deus de Moisés, bem como de Abraão, Isaac e Jacó ficou na história como Jeová, Iaveh ou Javé, mas na realidade dos fatos foi assim chamado pelo Clã de Abrão como o Deus de Israel. Até nas palavras do Mestre Jesus vocês denotam a dureza deste Deus, que ficou conhecido como o Deus Guerreiro. Na filtração e na assimilação dos fatos as ocorrências inseridas na Lei Judaica ou Velho Testamento comprovam o que estamos reportando.  Os antigos Gregos se inspiraram num provérbio, que ficou conhecido assim: “Três tipos de pessoas pagarão caro, perante o Tribunal do Altíssimo: os que não sabem e não perguntam; os que sabem e não ensinam; e os que ensinam e não praticam”. Achamos o termo grego muito duro e desconfortável para o ser humano atual, visto que toda regra tem exceção. Incluo neste rol os deficientes e os impossibilitados das mais variadas espécies que se encontram sem condições de exercerem este termo, ou este provérbio.

O homem imantado pelo egoísmo, pela ganância, pelo desamor, não poderão exercer tal mister, pois suas consciências vão se encontrar no ócio e adormecidas no coração de um ser hominal imperfeito. Uma pergunta que não quer calar vem sempre a nossa mente quando tocamos em assuntos religiosos. Será que existe pecado? “Alguns estudiosos, e teólogos principalmente, afirmam que o Pecado é inerente ao ser humano. Muito lógica esta afirmação, visto que somente ele neste mundo material é dotado de inteligência, ou será que querem imputar pecados aos animais irracionais? Porém, persistir em determinados pecados é multiplicá-los em gravidade. Para alguns o pecado e o uso da expressão, persistir em ‘determinados pecados’ seria a multiplicação deles. Queremos dar uma conotação de que a verdade vence tudo ou tudo vence, têm as suas exceções, pois a única verdade que vence tudo é a Divina. Gênesis, Êxodos, Levítico, Números e Deuteronômio foram os livros atribuídos a Moisés.

“Pentateuco é mais uma palavra de derivação grega cujo significado é “cinco rolos” ou ‘livros” e são os cincos que compõem a Bíblia judaica. Não sendo um Código Moderno será que seus ensinamentos servem para os dias atuais, visto que o Pentateuco é uma história de Israel que vai desde a criação do mundo até a morte de Moisés. Podemos afirmar que a autoria destes livros pode ser ou não de Moisés, pois ele narra a sua própria morte nos livros. Os livros do Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio, constituem a maioria do Pentateuco. Por esta razão os judeus o chamam “Lei” Ou “Tora”, pois ‘a vontade de Deus’ exprime a exprime. Mas, temos que mostrar que o Pentateuco não é um Código moderno de leis, nem um manual de histórias do povo de Israel. A Lei não é uma simples expressão da vontade de um povo organizado, e sim o fruto da aliança, a expressão da vontade de Deus a respeito do povo que ele elegeu. Lembrem-se de que o povo elegido por Ele foi o de Israel. Teria Moisés recebido estas Leis no Monte Sinai (Êxodos, Levítico e Números de 1 a 10) e nas estepes de Moab (Números 26 a 36 e Deuteronômio). Por isso a autoria do Pentateuco foi atribuída pela tradição judaica a Moisés.

Na própria Bíblia vemos a contradição quando um exame mais crítico mostra que no Pentateuco estão recolhidas tradições narrativas e legislativas que vão desde a época dos patriarcas (século XVIII a.C.,) até o tempo de Esdras (Século V a.C.,). Daí vem uma sigla com as letras J, E, D e P – que são tradições que “surgiram provavelmente” em torno de santuários denominados Javistas, Eloístas, Deuteronistas e Sacerdotal nos séculos X, IX, VII e VI a.C., e depois entraram na redação final do Pentateuco. A fonte Javista se caracteriza pelo nome de Javé e ocupa-se da formação e das origens do mundo, da humanidade e Israel. Além da história dos patriarcas, do êxodo do Egito, da peregrinação pelo deserto e termina com a morte de Moisés. Sua linguagem é concreta, imaginativa e o conceito de Deus é antropomórfico, isto é, Deus é alguém que age como homem, está próximo e convive com o homem (Cf. Gen 2-3).

O Eloísta designa Deus pelo nome de Eloim, reservando o nome Javé só para depois da revelação de Moisés (Ex 3). Fala dos patriarcas, do êxodo do Egito, na peregrinação pelo deserto, da teofania (palavra de derivação grega. theopháneia ou theophanía, relacionadas à manifestação de Deus em algum lugar, acontecimento ou pessoa) do Sinai e termina com a morte de Moisés. Tem gosto pelos sonhos e tendências à moralização. Sua concepção de Deus é mais espiritual, desde a necessidade de as figuras de intermediários, como anjos e profetas, ao falar da comunicação de Deus com o homem. A fonte Deuteronômica se restringe quase unicamente ao Deuteronômio e seu estilo é oratório, caracterizado por fórmulas estereotipadas (Que é sempre o mesmo, que não varia; invariável, fixo, inalterável), como “ouve Israel”, o “Senhor teu Deus” “o país onde corre leite e mel”. Insiste na centralização do culto em Jerusalém, na eleição gratuita de Israel e no amor de Deus. A fonte sacerdotal gosta de genealogias, cronologias, números e sua linguagem são repetitivos e monótonos. Sublinha claramente a transcendência e a soberania divina sobre a criação. Embora esteja presente em todo o Pentateuco, se identifica sobre tudo com o Levítico, onde se expressa de modo especial o seu marcado interesso pelo culto.

A redação final do Pentateuco aconteceu no século (V a.C.,) conservou estilo, o espírito e a teologia (palavra de derivação grega. theología, 'ciência dos deuses'. Corresponde ao estudo das questões referentes ao conhecimento da divindade, de seus atributos e relações com o mundo e com os homens, e à verdade religiosa, bem como do estudo racional dos textos sagrados, dos dogmas e das tradições do cristianismo e o tratado ou compêndio de teologia. O conjunto de conhecimentos relativos à teologia, ou que têm implicações com ela, ministrados em cursos ou nas respectivas faculdades) das tradições. Sem eliminar incongruências, alinhou narrativas duplas (como a criação: Gen 1,1-2,4ª e 2,4b-25) ou tríplices (como o episódio da mulher do patriarca: (Gen 12, 10-20; 20,1-18; 26, 7-11). Outras vezes, porém, o trabalho redacional foi maior, tornando-se difícil distinguir as fontes. O redator final conseguiu dar uma profunda unidade ao Pentateuco, marcadas pelos grandes temas da promessa da eleição, do amor , da fidelidade e da esperança, que ainda em nossas opiniões ainda não foram assimiladas pelo povo de Israel onde a beligerância predomina aliada a dominação e o desamor contra os palestinos.

O Pentateuco de Israel olha para o seu passado e descobre Deus como alguém que o elege e conduz; vive com ele e age em seu favor mesmo quando desobedece. Sente-se assim convidado a imitar a fidelidade ao Deus das promessas a exemplo de Abraão, Isaac e Moisés. Por isso as exigências do culto e da lei devem ser vistas como uma expressão do amor de Israel a Deus, sobre todas as coisas. Queríamos ainda apimentar tais situações colocando as interferências de Esdras e São Jerônimo na compilação da Bíblia. Do desrespeito de Moises com as Tábuas das Leis Divinas, pois decorridos 40 dias e quarenta noites de sua ausência e por estar bastante debilitado, seu próprio irmão deduzira que Moisés teria morrido. Resolveram então fazer uma reverência que não agradou Moisés e o Bezerro de ouro que foi construído e pelo exagero de vinho tomado por seus seguidores, Moisés em estado de raiva, dominado pelo ódio jogou as Tábuas para destruir o bezerro. Faltou com o devido respeito ao seu próprio Deus e depois ainda mandou executar como castigo 3.000 seres humanos que o acompanhavam, desobedecendo mais um mandamento que estava escrito: “Não Matarás” e ele sem dó e piedade dizimou 3.000 seguidores.

Pelo que vimos pelos relatos bíblicos à figura de Jeová não pode ser considerado como Deus Onisciente, Onipotente e Onipresente, pois além de ter sido antropomorfisado (Tendência para atribuir, ou a forma de pensamento que atribui formas ou características humanas a Deus, deuses, ou quaisquer outros entes naturais ou sobrenaturais. Na filosofia a aplicação a algum domínio da realidade (social, biológico, físico, etc.) de linguagem ou de conceitos próprios do homem ou do seu comportamento). Além do mais o Deus de Israel era dominador, não tinha complacência, não admitia derrotas e os derrotados eram punidos com a pena de morte e ainda hoje lá no território de Israel o amor não se instalou. A morte ronda a cidade todas as horas, o dia todo. Jesus embora tenha dito que não mudaria as Leis de Moisés, mudou-as, pois no seu íntimo estava implantado o amor e o perdão.

Pegou os dez mandamentos e reduziu a dois: “Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo”. Jesus chama Deus de meu Pai diferente de seus antecessores e o Deus Pai Todo Poderoso era mais bondoso, carinhoso, contemplativo e se compadecia do sofrimento dos outros. Ele pode tudo, mas pelo livre-arbítrio, a inteligência e mais o instinto deixou que o homem escolhesse sua personalidade e maneira de viver. Ele não interfere na vida dos homens, tanto é que poderia ter evitado o sofrimento e morte de seu filho amado, mas a destinação de Jesus era aquela e o Pai jamais iria derrogar suas próprias leis. Em Matheus 5,17-19; Jesus diz: “não pensem que eu vim para acabar com a Lei de Moisés ou com os ensinamentos dos profetas. Não vim para acabar com eles, mas para dar o seu sentido completo. Eu afirmo a vocês que isto é verdade: enquanto o Céu e a terra durarem, nada será tirado da Lei. – Nem a menor letra, nem qualquer acento. E assim será até os fins de todas as coisas. Portanto, qualquer um que desobedecer ao menor mandamento e ensinar os outros a fazerem o mesmo será considerado o menor no Reino do Céu. Por outro lado, quem obedecer à Lei e ensinar os outros a fazerem o mesmo será considerado grande no Reino do Céu. Pois eu afirmo a vocês que só entrarão no Reino do Céu se forem mais fiéis em fazer a vontade de Deus do que os mestres da Lei e os Fariseus.

Que somos nós para julgarmos estas lindas palavras de Jesus, mas ele mesmo afirmou que todos nós seremos salvos, mas cedo ou mais tarde, pelo arrependimento, pelo perdão. Perdão para Jesus tem muito a ver com as atitudes erradas do homem, pois aqueles que amavam o Mestre não se envergonhavam diante do perdão. Jesus quando perdoava as pessoas que se inseriam no erro sempre tinha uma expressão bem condizente com sua atribuída pelo Pai Maior.  Esta frase de Jesus ficou conhecida para sempre: “Aquele que não tiver pecado que atire a primeira pedra”, referindo-se a multidão que queria linchar uma mulher adúltera.

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI-DA ALOMERCE E DA AOUVIR/CE.

Avaliar artigo
5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 12 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/religiao-artigos/a-lei-de-moises-982484.html

    Palavras-chave do artigo:

    olho por olho dente por dente deus de israel duvidas

    Comentar sobre o artigo

    Rogério de Sousa

    Os Evangelhos afirmam que a encarnação de Jesus Cristo se deu de maneira discreta. Não houve apoteose alguma, senão o aparecimento do anjo Gabriel a Maria, jovem desposada por um pobre carpinteiro, e depois, no dia de seu nascimento, a aparição de anjos a uns poucos pastores em Belém. Não houveram arautos gritando pelas ruas, nem trombetas tocando, nem trovões atroadores. O sol e a lua continuaram em suas órbitas e a terra não modificou sua estrutura geológica.

    Por: Rogério de Sousal Religião & Esoterismo> Evangelhol 30/04/2010 lAcessos: 153 lComentário: 1
    Doutor Fé

    Primeiro ele influência para depois obter o domínio por completo. "O sabotador não consegue matar ninguém com um revólver, mas consegue chegar a esse objetivo usando alguém para apertar o gatilho."

    Por: Doutor Fél Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 22/09/2011 lAcessos: 1,324

    É comum nas casas, nas empresas e escolas encontrarmos uma bíblia aberta no Salmo 91. Às vezes, as páginas estão empoeiradas e amareladas pela ação do tempo. Outros penduram na porta de suas residências quadros que estampam uma cópia deste Salmo. Muitos utilizam o Salmo 91 para rezar. Outros citam trechos do Salmo 91 em suas orações. O Salmo 91 passou a ser utilizado como uma espécie de amuleto. Até as religiões espiritualistas entendem que o Salmo 91 é poderoso e que deve ser utilizado nas hora

    Por: robertorsvl Religião & Esoterismo> Evangelhol 24/02/2011 lAcessos: 495

    A titularização acima epigrafada vem no sentido de dirimir uma dúvida cruel, que até os dias de hoje não conseguiu convencer a todos os seres hominais, no que tange a significação da divindade de que Deus é possuidor. A figura do Pai Todo Poderoso, em sua excelência é entendida erroneamente, quando comparamos as divindades do Antigo e Novo testamento. Muitos exegetas quando se referem à Bíblia, afirmam que o "Livro Sagrado" nunca foi à palavra de Deus. (Grifo Nosso).

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Religião & Esoterismo> Evangelhol 10/04/2012 lAcessos: 84

    Um tema muito polêmico e ainda bastante discutido nos dias de hoje, toma proporções alarmantes, visto que os crimes hediondos levam à sociedade a consternação. A violência seria uma anomalia por parte de alguns integrantes da sociedade em que vivemos? Na realidade todos os dias estamos sujeito a pena de morte, principalmente quando somos vítimas de assaltos. A violência abala os alicerces psicológicos de qualquer ser humano e precisa era estudada com mais carinho pelas autoridades jurídicas

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Religião & Esoterismo> Religiãol 05/09/2011 lAcessos: 73
    Escritorcampos

    Aqui vai uma síntese da cultura organizacional ao estudante, que necessite de descre­ver sobre o assunto tão em voga no momento.

    Por: Escritorcamposl Educação> Ensino Superiorl 05/05/2010 lAcessos: 2,698 lComentário: 1
    Escritorcampos

    Aqui, amigo leitor, você irá encontrar os 15 manda­mentos que o elevarão ao pódio do sucesso, seja curi­oso ao menos, veja de que se trata. "BEST SELLER" (INTERNACIONAL)

    Por: Escritorcamposl Marketing e Publicidade> Marketing Internacionall 04/03/2010 lAcessos: 779
    Escritorcampos

    Jamais perca o norte, Cuidado com a língua, Ela é como uma espada Muito afiada, Que possuí dois corte. Tenha-a afinada, Para bendizer a sorte.

    Por: Escritorcamposl Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 06/05/2010 lAcessos: 542

    A Arte Real utilizada pela Palavra Perdida ou Letra Viva para desvelar Textos Essênios pré-cristãos. A retirada do véu permite uma compreensão que dificilmente poderá ser ignorada mesmo por leigos no campo. A Real compreensão parece ser confirmada no interior de cada ser que esteja aberto a um conhecimento superior.

    Por: Alf Arianl Religião & Esoterismo> Religiãol 28/10/2014

    Os textos citam muitas vezes no singular a palavra hora. Em verdade o que está por detras do véu quando esta palavra é citada? Este artigo nos leva a refletir em possibilidades maiores do que simplesmente a leitura ao pé da letra pode conceder. É possível ir mais além. Podemos entrar na câmara que está além da porta exterior do templo e acertar nosso relógio conforme o marcador exige.

    Por: Alf Arianl Religião & Esoterismo> Religiãol 16/10/2014

    O entendimento que a Letra Viva permite é algo inifável. Não pode ser descrito em palavras, entretanto é preciso aprender a retirar o véu dos textos. É preciso se libertar do culto às fábulas, da adoração às fantasias e sonhos. O artigo, apesar de curto, nos permite reflexão sobre a questão.

    Por: Alf Arianl Religião & Esoterismo> Religiãol 15/10/2014

    O texto convida a uma reflexão livre de influências doutrinárias a respeito do tema. Estudos mais aprofundados sobre os textos conduzirão o pesquisador a entender que sexo é uma condição apenas animal, ou em outras palavras apenas da condição da matéria animal que precisa dela para procriar, o que não acontece no plano divino.

    Por: Alf Arianl Religião & Esoterismo> Religiãol 08/10/2014

    Podemos afirmar que, muitas vezes, a verdade é mais interessante que a ficção. O Ciclo Cósmico pela qual a humanidade vem passando, ou pelo desenvolvimento intelectual do hominal, leva a um interesse maior pela vida do Grande Mestre, ou Grande Redentor, Jesus do que em qualquer outro período desde o início de cristianismo. Nunca na história humana, Cristo foi tão estudado, pesquisado por estudantes de psicologia, misticismo, metafísicas e ocultismo com sentido minucioso e analítico. Nesse estudo

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Religião & Esoterismo> Religiãol 07/10/2014

    Um entendimento sobre características mundanas que determinam a personalidade de um deus Nefando, oposto ao Inefável Numinoso que é impossível de ser caracterizado por mentes ausentes da luz inumana.

    Por: Alf Arianl Religião & Esoterismo> Religiãol 25/09/2014

    Receba conselhos para uma vida de sabedoria e vitória, cresça espiritualmente na presença de Deus e seja uma bençao para muitas pessoas!

    Por: Paulo Cicero Marculinol Religião & Esoterismo> Religiãol 19/09/2014
    radimel alonso favacho

    A observação e prática dos mandamentos bíblicos na torah, mais especificamente os seiscentos e treze dados por Deus a Moisés. Pôr de forma fulgente o entendimento que o contexto deixa, infelizmente, não de forma nítida a todos os leitores, a saber, dos mais simplórios aos mais doutos o que não o próprio Deus, mas Jesus Cristo quis transmitir ao jovem rico, encontrado no evangelho de Mateus 19:16 a 20¹

    Por: radimel alonso favachol Religião & Esoterismo> Religiãol 19/09/2014

    Uma das palavras mais badaladas nesse período eleitoral foi democracia. Passaram um pano na politicagem, esqueceram os desmandos, as falcatruas, o mensalão, o valerioduto, o propinoduto e o petrolão. Acusaram a "Revista Veja" de ter denunciado antecipadamente os escândalos da Petrobras, afirmando os aficionados de Dilma e Lula e sua quadrilha de que a mídia imprensa agiu de má fé

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 27/10/2014

    Numa decisão política, a ética, as boas propostas deveriam ser o ponto alto da democracia, mas nos parece que todos os candidatos a cargos eletivos trocaram a política pela politicagem. A dúvida para alguns é real na hora da votação, mas vá a urna dizer qual o Brasil que você deseja. É bom frisar que os próximos quatro anos dependem do seu e dos nossos votos. É seu, é nosso direito querermos um país melhor mais democrático, onde haja disciplina, hierarquia e amor à pátria.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 23/10/2014

    Assenta tua cabeça no meu ombro, descansa e relembra os momentos felizes que passamos. Esta assertiva faz parte da nossa vida, de nossos sentimentos e do rol de realizações, que planejamos para o futuro. Muitas vezes rememoramos com pensamentos diluidores, com ações um pouco cavilosas, sem descortinar a harmonia do concerto, que traçamos para o teatro da nossa existência. Deter, impedir de avançar nossos momentos de amor, não são medidas contributivas para a felicidade que reina em nossos coraçõ

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Poesial 20/10/2014

    Quando nos referimos à política, devemos fazer um paralelo, uma comparação entre duas palavras, política e politicagem. São sinonímias contraditas e que refletem diferenciais hercúleos, do que seja a verdade em sua plenitude. Sabemos, de antemão, que existe uma variedade enorme de políticas, desde a comercial, passando pela familiar e indo até a política monetária. Política é ciência, é arte, é a ciência dos fenômenos referentes ao Estado (ciência política).

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 15/10/2014

    A política brasileira além de ferver virou um inferno. Um inferno com muitos diabos que não têm medo da cruz. Deus, o nosso Pai morreu e Jesus não estão mais em seus corações. A caridade, a fraternidade e os bons princípios não foram sublimados, e sim exterminados juntamente com a ética. No coração do brasileiro só resta esperança, as forças já estão combalidas, vítimas de uma politicagem escarnecida. O encanto do Brasil antigo evaporou-se diante das aberrações e das corrupções eleitorais.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatural 13/10/2014

    A felicidade imanta o meu ser, entro em êxtase vibracional, no entanto, meu ego se altera para todo mundo ver, o meu corpo se altera meio descomunal. Quando um grande amor amadurece, os tremores constantemente se alternam o corpo não resiste e a rosa não floresce, o íntimo se refina e, os desejos jornadeiam. O imã do amor me aconchega delicioso, o carinho e o afago do meu amor se transformam, a minha amada transborda em carinho astucioso e uma entrega sem pudor nos delicia e ...

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Poesial 08/10/2014

    Podemos afirmar que, muitas vezes, a verdade é mais interessante que a ficção. O Ciclo Cósmico pela qual a humanidade vem passando, ou pelo desenvolvimento intelectual do hominal, leva a um interesse maior pela vida do Grande Mestre, ou Grande Redentor, Jesus do que em qualquer outro período desde o início de cristianismo. Nunca na história humana, Cristo foi tão estudado, pesquisado por estudantes de psicologia, misticismo, metafísicas e ocultismo com sentido minucioso e analítico. Nesse estudo

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Religião & Esoterismo> Religiãol 07/10/2014

    A brisa suave nos acaricia e o sol envolto pelo arco-íris, encanta-nos no pingente solar. Buscamos a todo instante a incessante diretriz, altaneira e rediviva. Somos humanos imperfeitos, mas através do amor e do perdão, procuramos alcançar vencendo todos os obstáculos, entre suores, perfumes, barulho, pedras de tropeços, o que mais almejamos o dom de amar. O amor na feição extrema vive em seu próprio lugar e não encontra problema difícil de suportar.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Poesial 06/10/2014

    Comments on this article

    0
    Leone 10/06/2011
    Interessante isto.
    0
    Antonio Paiva Rodrigues 11/04/2011
    Concordo com você amigo José Luciano. Abraços e obrigado.
    0
    José Luciano 10/04/2011
    Bom assunto! Não obstante a polêmica discussão, entre "os homens", que segue o tema.
    0
    palloma 13/12/2010
    achei legal
    1
    PR NOÉ LACERDA 27/10/2010
    A RESPEITO DO QUE DISSE JESUS, GOSTARIA DE RATIFICAR O QUE JESUS DISSE:Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas; não vim ab-rogar, mas cumprir.

    18 Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei sem que tudo seja cumprido.
    VEJA QUE JESUS DISSE QUE VEIO CUMPRIR, PORQUE ANTES QUE PASSASSE O CÉU E A TERRA TUDO TERIA QUE SER CUMPRIDO E O HOMEM NÃO CONSEGUIU CUMPRI-LOS.
    ELE CUMPRIU TOS OS 613 MANDAMENTOS DO TORAH,OU SEJA TODOS OS MANDAMENTOS OU TODA LEI, SABE COMO? AMANDO. QUEM AMA CUMPRI A LEI
    ESTE É O MANDAMENTO DA GRAÇA: AMORRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR
    IMTERPRETE DIREITO E ASSIM ENSINEM.
    ÓSCULO SANTO E ABRAÇO.
    NOÉ LACERDA VITORIA DA CONQUISTA BAHIA COMUNIDADE FONTE DE BETESDA VEJA NOSSO BLOG NO GOOGLE.
    0
    ANTONIO PAIVA RODRIGUES 16/10/2010
    CARO IRMÃO LUCIANO OS DEZ MANDAMENTOS FORAM DESTRUÍDOS POR MOISÉS NUM MOMENTO DE IRA. PARA QUE JESUS IRIA GUARDAR OS DEZ MANDAMENTOS SE ELE OS TRANSFORMOU EM DOIS."AMAR A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS" E "AO PRÓXIMO COMO A TI MESMO". A BÍBLIA NÃO FALA SOBRE MÉDIUNS PORQUE NÃO EXISTIA ESSA NOMENCLATURA, POIS SURGIU NA FRANÇA EM 1857, MAS QUANDO SE FALAVA EM PROFETIZAÇÃO A SINONÍMIA ERA A MESMA. NINGUÉM INTERPRETA A BÍBLIA A SUA VONTADE. COMO VOCÊ A INTERPRETA? SE QUISERES SABER OS SENÕES DA BÍBLIA ESTUDA ESDRAS E SÃO JERÔNIMO. O PASTOR JOÃO FERREIRA DE ALMEIDA QUANDO TENTOU TRADUZI-LA PARA O PORTUGUÊS COMETEU 2.000 ERROS. É RÉU CONFESSO. A PRIMEIRA BÍBLIA TRADUZIDA PARA O PORTUGUÊS SÓ APORTOU NO BRASIL NO ANO DE 1920. o QUE FEZ JESUS NO MONTE TABOR NA COMPANHIA DE PEDRO, JOÃO E TIAHIAGO QUANDO CONVERSOU COM OS ESPÍRITOS MATERIALIZADOS DE ELIAS E MOISÉS? AMIGO DEUS NÃO DESCEU DE LUGAR ALGUM PARA ESCREVER E MESMO JESUS NADA DEIXOU ESCRITO. E JEOVÁ NUNCA FOI DEUS. QUEM NOMINOU DE DEUS FOI O CLÃ DE ABRAÃO. ESTUDE MAIS MEU AMIGA PARA NÃO DIZER BOBAGENS. JESUS TE AMA.
    0
    cleide lis 18/09/2010
    resposta á manassés:
    "não iria cobrar a quem não pode dar?"como assim ?
    O mundo de hj não quer se comprometer com as coisas de Deus, sabem q é difícil a luta contra o pecado e acham-se fracas. Acontece, que não se submetem á autoridade de jesus cristo e não confiam no seu poder de tranformação. O ser humano é fraco como a bíblia diz e isso é inquestionável, mas são fortes em Jesus e Dele vêm a sua força. Isto deve ser um mistério para alguns. O que nos falta é decisão. sim decisão, sair de cima do muro! achar-se de Deus e continuar ás práticas desagradáveis do Senhor é besteira. O "achismo" o"pensamento que tenho da vida e de tudo"não muda a realidade. O céu é realidade, o inferno tbm... a vida eterna é real, o morrer sem ter confessado jesus como senhor e salvador te levará a morte eterna tbm. Muitos decretam em seu subconsciente uma vida de 120 anos...muitos adiam a volta de Jesus...quem sabe da sua vinda? a bíblia relata que ninguém sabe quando os céus se abrirão...ninguém de fato estará esperando. pq é dito que virá como um ladrão da noite...porém, precisamos estar preparados, tanto para a sua vinda quanto para a nossa morte que pode ser daqui a pouco ou até mesmo com no máximo 120 anos de idade. Ele, o Senhor, é quem mantém as pessoas com vida e tem o tempo para tudo. Ele não tarda a sua vinda, ainda q alguns a têm por tardia...ele não quer q as pessoas se percam, mas q todos venhama se arrepender...isto está em 1 pedro3...dê um olhadinha por lá e seja abençoado em nome de Jesus.
    ps: quanto a "obrigação dos cristão", te digo que é um tremendo PRAZER q se tem em se submeter á vontade do Senhor. além de nos proteger do inimigo das nossas almas, ele ainda nos abençoa e nos dá a salvação.
    saudações...e obrigada pela recomendação sobre o curso teológico, Deus já vem colocado no meu coração a um tempo.
    0
    José Paulo Pedro de lima 17/08/2010
    DEBAIXO DA LEI
    Que vem a ser estar debaixo da lei? É estar debaixo da autoridade da lei de Jeová. É cumprir os dez mandamentos, isto é, é ser fariseu (Fp. 3:5); é estar debaixo dos preceitos da lei, isto é, de centenas de ordenanças comportamentais; é estar debaixo da escravidão da lei, pois o apóstolo Paulo diz: “Dizei-me, os que quereis estar debaixo da lei, não ouvis vós a lei? Porque está escrito que Abraão teve dois filhos, um da escrava, e outro da livre. Todavia o que era da escrava nasceu segundo a carne, mas, o que era da livre, por promessa. O que se entende por alegoria; porque estes são os dois concertos; um, do monte Sinai, gerando filhos para a servidão, que é Agar. Ora esta Agar é Sinai, um monte da Arábia, que corresponde à Jerusalém que agora existe, pois é escrava com seus filhos” (Gl. 4:21-25); estar debaixo da lei é estar debaixo da justiça da lei. Sobre a justiça da lei, Paulo escreveu: “Que diremos pois? Que os gentios, que não buscavam a justiça, alcançaram a justiça? Sim, mas a justiça que é pela fé. Mas Israel, que buscava a lei da justiça, não chegou à lei da justiça. Por que? Porque não foi pela fé, mas como pelas obras da lei” (Rm. 9:30-32). Antes, Paulo disse: “Ora, nós sabemos que tudo o que a lei diz, aos que estão debaixo da lei o diz, para que toda a boca esteja fechada e todo o mundo seja condenável diante de Deus. Por isso nenhuma carne será justificada diante dele pelas obras da lei, porque pela lei vem o conhecimento do pecado” (Rm. 3:19-20). Que coisa terrível! A justiça da lei não justifica ninguém, e se não justifica é porque não aperfeiçoa, por isso, na carta aos Hebreus está escrito: “Porque o precedente mandamento é abrogado por causa da sua fraqueza e inutilidade (Pois a lei nenhuma coisa aperfeiçoou)” (Hb. 7:18-19). É difícil entender, ou crer, que Deus tenha dado uma lei fraca, inútil, e que nada aperfeiçoa. Mas graças a Deus Pai, que enviou seu filho unigênito para cumprir a lei, e nos resgatar das maldições da lei (Gl. 3:13).
    Há, debaixo da lei, mais coisas que precisamos saber:
    1- Os que estão debaixo da lei estão sem Jesus Cristo, portanto, apesar de conhecer a Cristo, estão perdidos. Paulo disse: “Fiz-me como judeu para os judeus, para ganhar os judeus; para os que estão debaixo da lei, como se estivera debaixo da lei, para ganhar os que estão debaixo da lei”
    (I Co. 9:20).
    2- Que é graça? É benevolência; favor; mercê; perdão. Paulo declarou: “Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens” (Tt. 2:11). Isto quer dizer que Deus, por amar os homens, em Cristo os perdoa (I Jo. 2:12). E em Cristo faz dos homens seus herdeiros: “O Espírito Santo testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus e coherdeiros de Cristo: se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados” (Rm. 8:16-17). Pois saibam que todos que, quem se coloca debaixo da lei, perde tudo. Mais uma vez é Paulo quem falou pelo Espírito Santo dizendo: “Estai firmes na liberdade com que Cristo nos libertou, e não tornei a meter-vos debaixo do jugo da servidão. Eis que eu, Paulo, vos digo que, se vos deixardes circuncidar, Cristo de nada vos aproveitará. E de novo protesto a todo o homem, que se deixa circuncidar, que está obrigado a guardar toda a lei. Separados estais de Cristo, vós que vos justificais pela lei; da graça tendes caído. Porque nós pelo espírito da fé aguardamos a esperança da justiça. Porque em Cristo Jesus nem a circuncisão nem a incircuncisão tem virtude alguma, mas sim a fé que opera por caridade” (Gl. 5:1-6). Se colocando-se debaixo da lei perde a graça e perde a Jesus Cristo, a graça não é de Jeová, pois este continua condenando. E mais: Se os que se colocam debaixo da lei perdem a graça, os que já nasceram debaixo da lei nasceram predestinados à desgraça.

    3- Todos os que são das obras da lei estão debaixo de maldição; porque escrito está: “Maldito todo aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las” (Gl. 3:10). Se a força do pecado é a lei (I Co. 15:56), e se as paixões dos pecados são provocadas pela lei (Rm. 7:5), é impossível que o homem não peque, e assim fica debaixo das maldições da lei, que se acham em Dt. 28:15-68. A única tábua de salvação é sair de debaixo da lei pela graça que há em Cristo.

    4- Quem está debaixo da lei não é justificado diante de Deus (Rm. 3:20). E por quê? Porque a justificação só é possível em Cristo: “O qual por nosso pecados foi entregue, e ressuscitou para nossa justificação” (Rm. 4:25). A justificação não vem pela morte na cruz, mas na ressurreição. A lei só condena, nunca justifica ninguém, por isso Moisés disse: “Tomai este livro da lei, e ponde ao lado da arca do concerto de Jeová vosso deus, para que ali esteja por testemunha contra vós” (Dt. 31:26).

    5 - “Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus mandou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei. Para remir os que estavam debaixo da lei, afim de recebermos a adoção de filhos” (Gl. 4:4-5). No Velho Testamento todos estavam debaixo da lei, e não eram filhos de Deus, pois para serem filhos de Deus teriam de ser remidos pelo sangue de Cristo, para depois serem adotados como filhos. O que funde a cabeça dos cristãos é que ao ler o Velho Testamento, encontram lá os filhos de Jeová (Gn. 6:2; Dt. 14:1, 32:19-20; Is. 1:2, 30:9, 63:8; etc.). Eram todos filhos de Jeová sem nascerem de novo (Jo. 3:3-6). Eram filhos de Jeová sem serem justificados por Cristo e pela ressurreição. Eram filhos de Jeová, mas como os verdadeiros filhos recebem a adoção através de Cristo, aqueles não eram legítimos filhos de Deus Pai (Gl. 4:4-5).

    Paulo proferiu uma grande verdade: “Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça” (Rm. 6:14).
    0
    José Paulo Pedro de lima 17/08/2010
    •I TIMÓTEO (cap. 3)•
    8 Da mesma forma os diáconos sejam sérios, não de língua dobre, não dados a muito vinho, não cobiçosos de torpe ganância,
    •TITO (cap. 1)•
    7 Pois é necessário que o bispo seja irrepreensível, como despenseiro de Deus, não soberbo, nem irascível, nem dado ao vinho, nem espancador, nem cobiçoso de torpe ganância;
    •TITO (cap. 1)•
    11 aos quais é preciso tapar a boca; porque transtornam casas inteiras ensinando o que não convém, por torpe ganância.
    •HEBREUS (cap. 13)•
    5 Seja a vossa vida isenta de ganância, contentando-vos com o que tendes; porque ele mesmo disse: Não te deixarei, nem te desampararei.
    •I PEDRO (cap. 5)•
    2 Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, não por força, mas espontaneamente segundo a vontade de Deus; nem por torpe ganância, mas de boa vontade;
    •II PEDRO (cap. 2)•
    3 também, movidos pela ganância, e com palavras fingidas, eles farão de vós negócio; a condenação dos quais já de largo tempo não tarda e a sua destruição não dormita.
    •II PEDRO (cap. 2)•
    14 tendo os olhos cheios de adultério e insaciáveis no pecar; engodando as almas inconstantes, tendo um coração exercitado na ganância, filhos de maldição;
    Texto pesquisado: lobos
    Critério: Coincidir Maiúsc/Minusc: Não. Palavra inteira: SIM.
    Pesquisa feita em: Novo Testamento Versão revisada da tradução de João Ferreira de Almeida
    4 versículos selecionados. ()
    •MATEUS (cap. 7)•
    15 Guardai-vos dos falsos profetas, que vêm a vós disfarçados em ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores.
    •MATEUS (cap. 10)•
    16 Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e simples como as pombas.
    •LUCAS (cap. 10)•
    3 Ide; eis que vos envio como cordeiros ao meio de lobos.
    •ATOS (cap. 20)•
    29 Eu sei que depois da minha partida entrarão no meio de vós lobos cruéis que não pouparão rebanho,
    •MATEUS (cap. 7)•
    15 Guardai-vos dos falsos profetas, que vêm a vós disfarçados em ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores.
    •MATEUS (cap. 24)•
    11 Igualmente hão de surgir muitos falsos profetas, e enganarão a muitos;
    •MATEUS (cap. 24)•
    24 porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos.
    •MARCOS (cap. 13)•
    22 Porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão sinais e prodígios para enganar, se possível, até os escolhidos.
    •LUCAS (cap. 6)•
    26 Ai de vós, quando todos os homens vos louvarem! porque assim faziam os seus pais aos falsos profetas.
    •II PEDRO (cap. 2)•
    1 Mas houve também entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá falsos mestres, os quais introduzirão encobertamente heresias destruidoras, negando até o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição.
    •I JOÃO (cap. 4)•
    1 Amados, não creiais a todo espírito, mas provai se os espíritos vêm de Deus; porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo.
    1º Timóte
    3 Se alguém ensina alguma doutrina diversa, e não se conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade,
    4 é soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, injúrias, suspeitas maliciosas,
    5 disputas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade é fonte de lucro;
    6 e, de fato, é grande fonte de lucro a piedade com o contentamento.
    7 Porque nada trouxe para este mundo, e nada podemos daqui levar;
    8 tendo, porém, alimento e vestuário, estaremos com isso contentes.
    9 Mas os que querem tornar-se ricos caem em tentação e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, as quais submergem os homens na ruína e na perdição.
    10 Porque o amor ao dinheiro é raiz de todos os males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.
    11 Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas, e segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a constância, a mansidão.
    12 Peleja a boa peleja da fé, apodera-te da vida eterna, para a qual foste chamado, tendo já feito boa confissão diante de muitas testemunhas.


    •MATEUS (cap. 7)•
    15 Guardai-vos dos falsos profetas, que vêm a vós disfarçados em ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores.

    •MATEUS (cap. 24)•
    11 Igualmente hão de surgir muitos falsos profetas, e enganarão a muitos;

    •MATEUS (cap. 24)•
    24 porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos.

    •MARCOS (cap. 13)•
    22 Porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão sinais e prodígios para enganar, se possível, até os escolhidos.

    •LUCAS (cap. 6)•
    26 Ai de vós, quando todos os homens vos louvarem! porque assim faziam os seus pais aos falsos profetas.

    •II PEDRO (cap. 2)•
    1 Mas houve também entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá falsos mestres, os quais introduzirão encobertamente heresias destruidoras, negando até o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição.

    •I JOÃO (cap. 4)•
    1 Amados, não creiais a todo espírito, mas provai se os espíritos vêm de Deus; porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo.
    0
    Manasses 23/06/2010
    Muito boa a postagem , menos sobre as leis de Moisés, ísso de que Deus é duro para com seus "filhos" , não intendi essa parte , como assim ?

    primeiro que esse antigo provérbio , só se aplicam aos cristãos que: uma vez comprometidos com o evangélho ,tem como "obrigação" se diferenciar do restante das pessoas não crisntãs e que não praticam religião nenhuma, ou seja vivem na ilusão.
    Esse provérbio não se aplica a toda e qualquér pessoa , ate pq Deus sendo Deus ele conhece todas as nossas limitações e não iria cobrar de quem não pode dar, se aplicam aquela passagem : Ide pelo mundo a pregai o evangélho a todas as nações,começando pela nossa, e não de uma forma generalizada, ja que o evangelismo em outros países só existe através de missões.

    E com relação as leis de Moisés , élas só se aplicavam naquela época , do antigo testamento, não que a lei tenha mudado depois da escrita do novo , mais sim como Deus trataria com quem as transgredissem, as leis são as mesmas , sem as quais não sendo praticadas pelos seguidores cristãos, seria impossível a salvação

    Obs: acho que você deveria entrar em um curso teológico, recomendo IBADEP, você iria ganhar várias apostilas, sendo uma delas com uma espécie de ensinamento de como praticar a Hermenêutica e a Homilética , como interpretar e aplicar seus "conhecimentos" das escrituras , mais tirando ísso , é uma ótima postagem
    1
    cleide lis 24/04/2010
    nunca vi um texto q fala de Deus, mas sem Ele!!!!!!!!!!!!Que Ele tenha misericórdia na vida do antônio...que teus olhos sejam abertos e vc conquiste o dicernimento de espirito quando lê as escrituras sagradas de Deus, dado por ele, para sua glória. Ele interfere na vida dos homens sim! porém, não faz as escolhas por vc!!!! somente com a morte de JESUS podemos ver q foi por AMOR a todos nós, seres humanos, que assim foi feito, destituídos estávamos de Deus, o pecado nos afastava Dele. Então, pudemos conhecer oq é amar alguém, ao ponto de dar sua própria vida...assim foi feito pq nós seres humanos vemos o sentimento que nos é dado por fatos, pq assim deus projetou em nossa mente, pq ele nos fez, como ele quis. vc não fez a vc mesmo! quem entende "do vaso é o oleiro" e não o próprio vaso...ENTREGUE-SE DE TODO CORAÇÃO AO DEUS DO IMPOSSÍVEL, QUE ATÉ HJ PODE MOVER CÉUS E TERRA POR VC! ELE TE AMA! E TEM PLANOS CHEIOS DE ESPERANÇA NA SUA VIDA, É ELE QUEM TE MANTÉM COM VIDA!!!
    1
    luciano 06/03/2010
    Jesus guardou os dez mandamentos? O que ele fazia no sábado? o que a bíblia diz sobre a vida após a morte? o que Deus diz sobre os médiums e pessoas que consultam os mortos? por que as pessoas tentam interpretar a bíblia segundo as suas necessidades? Devemos pedir ajuda ao Espírito de Deus para correta leitura e interpretação de Sua palavra.
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast