Amai-Vos E Instruí-Vos

Publicado em: 17/02/2010 |Comentário: 1 | Acessos: 717 |

Dia destes, um companheiro de Doutrina disse-me que faria uma palestra acerca do “Amai-vos e instruí-vos” e que carecia de material para organizá-la.

Nisso, veio-me o desejo de passar a escrever sobre diversos temas, talvez fragmentos de nosso dia-a-dia. Decidi aproveitar-me do tema por ele citado, para iniciar meus escritos. Obrigada irmãozinho em Cristo, pela sugestão que fizestes brotar em mim.

E em lendo uma página ofertada por Emmanuel, pareceu-me que o tema começou a tomar corpo. Emmanuel fala a respeito da questão 114 do Livro dos Espíritos, a qual reproduzo:

114. Os Espíritos são bons ou maus por natureza, ou são eles mesmos que procuram melhorar-se?
Resp.: Os Espíritos mesmos se melhoram; melhorando-se, passam de uma ordem inferior para uma superior.

A passagem que li de Emmanuel propriamente dita, haverei de trazer abaixo. Mas, ao ler esta questão de O Livro dos Espíritos, percebi que aqui poderia ser encontrada uma das portas que nos levam ao amai-vos e instruí-vos.

Nossos maiores mandamentos são o de ‘Amar a Deus sobre todas as coisas’ e ‘ao próximo como a ti mesmo’. No entanto, nas lidas do mundo, muito perdemos deste referencial precioso, sintetizado pelo Mestre Jesus. Perdemos-nos nos cipoais da inveja, do egoísmo, da ignorância. Vamos alimentando sentimentos devastadores, afastando de nós a caridade e tantas outras virtudes que precisam de nosso cultivo diário.

Envolvidos pelas nossas fraquezas emocionais, pelas nossas necessidades de sobrevivência, confundimos as situações e relegamos o Pai aos momentos em que nos damos conta de que precisamos de algo e não temos a quem recorrer; nessa hora procuramos o Chefão. Nossa impotência nos humilha e transferimos a Ele a resolução da situação. Ou a responsabilidade pelo total fracasso daquilo que não alcançamos.

No entanto, claro se mostra através desta questão de O Livro dos Espíritos, que os Espíritos, ou seja nós mesmos também, são fruto da dedicação que cada um exerce sobre si mesmo; isso os torna melhores e aptos a evoluir na escala em que se encontram.

E como será essa dedicação? Calcada em que estará?

Eis que podemos somar ao legado do Mestre Jesus (amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo) o alerta trazido pela Codificação Espírita: “Espíritas, amai-vos e instruí-vos”. Estes dois legados ou ensinamentos, poderão ser nossa mola propulsora ante nosso propósito de melhoria e de crescimento.

Através destas duas situações, praticadas e levadas ao extremo, não restará pedra-sobre-pedra envolvendo nossa inferioridade, abrangendo nossas mazelas ou nossas imperfeições.

Haveremos de buscar a prática e a compreensão do que seria amar a Deus. Desejaremos compreender como poderemos nos amar, para amar ao próximo. Teremos então, sem perceber, começado a praticar o amor ao próximo. E, para praticá-lo, eis que tivemos a necessidade de nos instruir. Um círculo vicioso se forma, pois se nos instruímos para amar a Deus, ao próximo e a nós mesmos, eis que também haveremos de querer ensinar isso ao nosso próximo, pois faz parte da Lei de Amor e Caridade.

Os mais apegados às letras e às objeções haverão de me refutar: amor não se aprende ou não vem pelo aprendizado. Como não? A partir do momento que passamos a aprender algo, apreender em sua máxima, eis que haveremos de reunir esforços para que este aprendizado não seja vão.

Não nos foi dito para apenas ‘aprendermos’ que devemos amar o Pai. Foi ensinado sim, que devemos amá-lo! E se não sabemos amá-lo porque não o conhecemos ou não o compreendemos, teremos de passar a conhecê-lo melhor para que a compreensão não seja apenas um mar de repetições como a tabuada que decoramos.

Temos de sentir esse aprendizado e, para tanto, vamos aprender a como amar, a como respeitar, a quem amar, a o que amar, como tão bem definiu Kardec na primeira questão de O Livro dos Espíritos. Não amar a alguém, mas amar a Algo; Algo que nos criou, assim como a tudo que nos rodeia. Algo que não é quem, mas sim uma Força Superior a tudo o que podemos definir ou delimitar; Algo que além de haver criado a tudo e a todos, ainda nos proporcionou Leis sábias e justas. Ainda nos proporcionou inúmeros exemplos ‘vivos’ de como exercê-las; ainda nos proporcionou meios de compreendermos a vastidão da vida infinita.

E nos mostrou que, embora cada um deva evoluir por si próprio (ninguém faz aquilo que nos cabe), deixou-nos claro que seria através do amarmos e instruirmos uns aos outros que alcançaríamos esta culminância.

Emmanuel nos mostra como isso é possível, através da compreensão desta sua passagem:

A lei protege.
O lar acolhe.
A família une.
O tempo concede.
O ensejo faculta.
A ação cria.
O mestre orienta.
O livro instrui.
O trabalho habilita.
A luta desbasta.
A prova define.
O hábito mecaniza.
A experiência prepara.
O título endossa.
A dor avisa.
A doença depura.
A tentação experimenta.
O obstáculo desafia.
O amigo ampara.
O adversário incentiva.
O afeto nutre.
O auxílio encoraja.
A bondade abençoa.
A fé sustenta.
A oração fortalece.
A morte examina.
O mérito, no entanto, a fim de que recolhas novo alento e passagem para planos superiores, é problema contigo. E, em toda circunstância, depende da melhora que fizeres, buscando educar a ti mesmo, aprendendo e servindo, amando e perdoando, para a glória da vida, ante a glória de Deus.
(De "Religião dos Espíritos", de Francisco Cândido Xavier, pelo Espírito Emmanuel)

Façamos a vontade do Pai, sempre. Vontade de amor e caridade.

Fiorella Romana 15-09-2008

 

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/religiao-artigos/amai-vos-e-instrui-vos-1871120.html

    Palavras-chave do artigo:

    doutrina

    ,

    espirita

    ,

    evangelho

    Comentar sobre o artigo

    Em todos os recantos, observamos criaturas queixosas e insatisfeitas. Quase todas pedem socorro. Raras amam o esforço que lhes foi conferido A maioria revolta-se contra o gênero de seu trabalho. Entre saber e fazer existe singular diferença. Que todos sabem, poucos fazem. Raras criaturas penetram valorosamente a vereda, muita vez em silêncio, abandonadas e incompreendidas. É o esforço supremo dos que fazem. Na apreciação dos companheiros de luta, que nos integram o quadro de trabalho diário, é útil não hajas choques, quando, inesperadamente, surgirem falhas e fraqueza. Antes da emissão de qualquer juízo, é conveniente conhecer o quilate dos valores espirituais em exame. Jamais prescindamos da compreensão entre os que se desviam do caminho reto.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Religião & Esoterismo> Religiãol 11/09/2008 lAcessos: 2,060
    Fiorella Romana

    (...) Primeiramente, não sou uma pessoa profundamente envolvida com o Movimento Espírita, ou seja, não sei as novidades, os congressos, as reuniões imprescindíveis e nem as psicografias importantíssimas. (...)

    Por: Fiorella Romanal Religião & Esoterismo> Religiãol 17/02/2010 lAcessos: 151
    Marcos Paterra

    A porta de entrada do Espiritismo no Brasil foi através da Bahia por Luiz Olímpio Teles de Menezes Em 17/09/1865 - Salvador, Bahia é instalado o "Grupo Familiar do Espiritismo", o primeiro Centro Espírita do Brasil e, às 20h30min, Luiz Olímpio Teles de Menezes preside a uma sessão mediúnica, onde se recebe a primeira página psicografada e assinada por “Anjo Brasil”

    Por: Marcos Paterral Religião & Esoterismo> Religiãol 20/07/2009 lAcessos: 1,031

    O Portal do Centro Espírita Ismael de Iporá/GO está no ar. Lá poderão ser encontradas notícias do Centro Espírita Ismael, do Movimento Espírita e outros materiais destinados à divulgação da Doutrina Espírita. Visite-nos.

    Por: demilsonl Religião & Esoterismo> Religiãol 30/06/2011 lAcessos: 87
    Francisco Amado

    Os que vivem gritando, de Bíblia em punho, que o Espiritismo é condenado pela Bíblia, não conhecem uma coisa nem outra. Ignoram o que seja a Bíblia e não têm a mais leve noção de Espiritismo.

    Por: Francisco Amadol Religião & Esoterismo> Evangelhol 19/09/2011 lAcessos: 106 lComentário: 1
    Francisco Amado

    "Não é possível convencer um crente de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar." [Carl Sagan]

    Por: Francisco Amadol Literatura> Crônicasl 16/05/2010 lAcessos: 414

    Noções de ética e moral à luz do Espiritismo É comum nestes dias por que passamos, estarmos vivendo uma situação de ampla tranqüilidade, e uma notícia ou fato narrado por um noticiário nos deixar plenamente aborrecido ou até mesmo desequilibrado. Às vezes é um crime hediondo que nos deixa perplexo; outras vezes um ato de corrupção por parte de autoridades que deveriam ter por princípio a manutenção da ordem e dos bons costumes; ou até mesmo um acidente de grandes proporções envolvendo número enorme de pessoas.

    Por: Cláudio Fajardol Religião & Esoterismo> Religiãol 01/05/2009 lAcessos: 863
    Francisco Amado

    ESPIRITISMO COMO TEM QUE SER. Meu pai dizia que, de fato, para se saber o nosso idioma, era preciso conhecer latim e grego o que justificaria plenamente a obrigatoriedade de se ter estas duas cadeiras num curso superior da língua portuguesa. Não se tratava, portanto, de uma exigência da Igreja para que o latim fosse estudado no ginásio, mas a tradição escolar da nossa formação lingüística.

    Por: Francisco Amadol Religião & Esoterismo> Evangelhol 02/01/2009 lAcessos: 241

    O acervo da Literatura Espírita é um imenso patrimônio e através dela podemos encontrar respostas para todos os nossos questionamentos.

    Por: Angela Paterra.l Religião & Esoterismo> Religiãol 06/08/2009 lAcessos: 902 lComentário: 2

    O Espírita verdadeiro precisa ter uma conduta adequada e fazer uma reforma íntima smpre, pois só assim o ser humano se melhorará. Regrinhas que todos, mesmo não sendo espíritas, precisam cumprir todos os dias.

    Por: Henrique Pompilio de Araújol Religião & Esoterismo> Religiãol 04/12/2009 lAcessos: 645

    Os bons atos determinam a liberdade espiritual e material da criatura. É na vivência diária que ela constrói o seu céu ou o seu inferno por intermédio do uso do livre arbítrio.

    Por: ADRASTIA ABNARAl Religião & Esoterismo> Religiãol 22/07/2014
    Instituto Teológico Gamaliel

    Por que será que muitas pessoas que entram e sentam em um banco de uma Igreja, não são mais tocadas e nem deixam Deus falar com elas? Quem sabe: elas estão com o coração fechados e ouvidos tapados, ao ponto, de sentirem ...

    Por: Instituto Teológico Gamaliell Religião & Esoterismo> Religiãol 21/07/2014 lAcessos: 11
    Werkson Azeredo

    RESUMO Na visão Paulina o nascimento de Cristo ocorreu em momento oportuno "Plenitude dos tempos" que viria a favorecer a propagação da Fé cristã, porém Jesus foi uma figura controversa em seu contexto amado pelas massas, mas em constante conflito com os líderes Judaicos o que culminará na sua crucificação e morte de Jesus, evento relatado nos quatro evangelhos (Mt. 27.45-56; Mc. 15.33-41; Jo 19.28-30), contudo Jesus Ressuscita provando ser o messias, ressuscitando vencera a morte, sendo agora c

    Por: Werkson Azeredol Religião & Esoterismo> Religiãol 20/07/2014 lAcessos: 18

    Na vida de Jesus existem muitas coisas que jamais saberemos por falta de provas significativas e uma delas é sobre a paternidade de Jesus. Será que Maria teria casado depois da morte de José? O novo enterro de Jesus em uma tumba, assuntos em que o encontro entre a fé e a história se dá de maneira tensa. Jesus tinha um pai e uma mãe humanos. É provável, segundo estudiosos que Maria, sua mãe, depois que sua família já a prometera em casamento a um homem mais velho, José, tenha ficado grávida de ..

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Religião & Esoterismo> Religiãol 16/07/2014
    Prof. JV de Miranda Leão Neto

    Ao dizer que "temos a mente de Cristo", Paulo sentenciou que nenhum pensador não cristão pode produzir qualquer raciocínio que invalide ou suplante a hegemonia da teologia cristã.

    Por: Prof. JV de Miranda Leão Netol Religião & Esoterismo> Religiãol 02/07/2014 lAcessos: 17

    Muito se fala sobre a vida de Jesus (o Cristo), o único Espírito Puro a pisar no Orbe terrestre. Não se sabe ao certo o dia, mês e ano em que ele nasceu, no entanto, devemos frisar que existem 80.000 livros que falam sobre a vida de Jesus e 1.000 cursos sobre religião e ciência no mundo. Veja a importância que Jesus tem para a humanidade. A definição de humano tem como base os adjetivos: bondoso, humanitário, humildade. Conhecido taxonomicamente como Homo sapiens do latim "homem sábio",

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Religião & Esoterismo> Religiãol 02/07/2014
    Johnny Bernardo

    Como resultado de uma rodada de entrevistas com alunos de três escolas do ABCD paulista, realizada entre os meses de outubro de 2013 e abril de 2014, reproduzimos parte de uma realidade nacional – de polarização religiosa entre católicos e evangélicos e do crescente número de pessoas que afirmam "não possuir qualquer religião". Ao mesmo tempo, comprovamos a informação de que a prática religiosa seguida de uma base familiar sólida são fatores que influenciam no desempenho escolar...

    Por: Johnny Bernardol Religião & Esoterismo> Religiãol 26/06/2014
    Johnny Bernardo

    Acompanhamos com apreensão o desenrolar do sequestro de mais de 270 meninas de Chibok, no norte da Nigéria. Reivindicado pelo grupo islâmico Boko Haram, o sequestro comove pelo o fato de que a justificativa usada pelo movimento traz à tona questões humanitárias, dos direitos humanos, pois, ao ser contra a presença de mulheres em escolas – e o termo Boko Haram significa "a educação ocidental é um pecado....

    Por: Johnny Bernardol Religião & Esoterismo> Religiãol 26/06/2014
    Fiorella Romana

    Acreditamos confusamente que existe o certo e o errado, o bom ouo ruim. ambos interagem e podem prevalecer desde que assim optemos. Refletir e ser refratário, eis a questão.

    Por: Fiorella Romanal Religião & Esoterismo> Meditaçãol 02/08/2011 lAcessos: 94
    Fiorella Romana

    Que fazemos quando o mal se posta diante de nós? Como reagimos diante daquilo que se nos assemelha como uma investida das sombras? Onde buscamos refúgio e proteção? Aprendemos a dar a outra face? Queremos justiça a qualquer preço? Em que mundo vivemos: o mais espiritualizado onde temos preceitos e condutas fraternas ou o mais animalizado onde que seja o olho-por-olho e o dente-por-dente? Eis um convite a refletirmos sobre a passagem do Evangelho onde Jesus nos convocou a não resistir ao mal...

    Por: Fiorella Romanal Religião & Esoterismo> Evangelhol 01/05/2010 lAcessos: 215
    Fiorella Romana

    Por que tamanho desencontro entre querer e receber? Onde está a falta de compreensão por parte de Deus que não enxerga as nossas necessidades e as nossas dores? Por que Deus se omite diante de nossas lágrimas e de nosso pedir desesperado? Por que Deus nos dá dor e sofrimento, quando só desejávamos coisas simples? Será Deus o perverso e enganado nessa história? Estaria Ele castigando-nos em prol de sua alegria mesquinha? Teria Deus duas faces e com uma nos ilude prometendo-nos através de

    Por: Fiorella Romanal Religião & Esoterismol 21/03/2010 lAcessos: 78
    Fiorella Romana

    (...) O amor é algo que transcende e permanece, estejamos ou não ligados à pessoa amada de maneira física. Quando no plano terreno, temos a atração sexual, a chamada 'química', o prazer ao toque, o prazer em sentir o cheiro e inúmeras outras vibrações que ocorrem e nos sensibilizam por conta do envolvimento que sentimos ou possuímos. Existem os sentimentos e também existe o compartilhar de corpos. (...)

    Por: Fiorella Romanal Religião & Esoterismo> Religiãol 17/02/2010 lAcessos: 62
    Fiorella Romana

    (...) Primeiramente, não sou uma pessoa profundamente envolvida com o Movimento Espírita, ou seja, não sei as novidades, os congressos, as reuniões imprescindíveis e nem as psicografias importantíssimas. (...)

    Por: Fiorella Romanal Religião & Esoterismo> Religiãol 17/02/2010 lAcessos: 151
    Fiorella Romana

    (...) O Mestre disse-nos que o Reino dos Céus a eles pertenceria. Será que somente pertence a eles quando são ainda imaturos, inocentes e irresponsáveis por seus atos? Ou será que os pequeninos, mais do que nós, possuem a chave para esta porta que intentamos abrir? Também já não fomos pequeninos? (...)

    Por: Fiorella Romanal Religião & Esoterismo> Evangelhol 17/02/2010 lAcessos: 849
    Fiorella Romana

    (...)Até quando, nós adultos faremos igual? Até quando deixaremos de pagar nossas contas pois as vendas não foram boas neste mês (e no mês que foi boa? Que fizestes com a 'sobra'?); até quando diremos que somos músicos frustrados pois não seguimos a carreira em detrimento da família (será que lá no teu íntimo você se sentia seguro a ponto de abandonar o convencional e mostrar a todos que teu talento era genuíno e que sustentaria a família?); até quando vamos continuar usando roupas largas (...)

    Por: Fiorella Romanal Religião & Esoterismo> Meditaçãol 17/02/2010 lAcessos: 64

    Comments on this article

    0
    Paulo Luiz Mendonça. 10/03/2011
    Amar a Deus sobre todas as coisas

    Amar a Deus sobre todas as coisas e o seu semelhante como a ti mesmo. Esta frase é muito interessante, todos aprovam, batem palmas, acham á maravilhosa. Tudo parece muito fácil, mas não é. Amar a Deus não há nenhuma dificuldade, porque Deus é um ente imaginário e subjetivo, portanto não tendo presença física, não se pode vê-lo, nem tocá-lo, nem se pode invejá-lo e nem há possibilidade de disputar nada com seu poder. Mas quando se trata de amar o nosso semelhante ai a coisas pega, fica difícil, para não dizer impossível. Alguém já parou para pensar nesta frase e seus efeitos negativos, porque negativos, porque está claro o que é destacado nisso é nossa hipocrisia. Se perguntarmos a todos os seres humanos principalmente os religiosos se eles amam a Deus a Resposta será bem clara, amamos de todo coração, se perguntarmos aos mesmos indivíduos vocês amam seus semelhantes como a ti mesmo, se for uma resposta sincera, a mesma será, depende de qual semelhante. A frase em foco é muito interessante, mas se tratando de seres humanos ela jamais será aplicada ao pé da letra, salvo as pouquíssimas e honrosas exceções.
    A hipocrisia assola por todo planeta terra, principalmente os que se dizem cristãos, os quais se mostram tão felizes de seguir a cristo, mas não seguir seus ensinamentos ao pé da letra, porque isso fica difícil para não dizer impossível.
    Podemos ser religiosos. Mas sem muita euforia, devemos ter um pouco mais de humildade, um pouco mais de amor ao próximo e, sobretudo saber que ninguém será salvo só porque segue uma religião. Só serão salvos aqueles que levarem uma vida digna, honesta, sobretudo ter pureza de coração, deixando de lado o orgulho, a ganância e a hipocrisia. Paulo Luiz Mendonça.
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast