Deus Escreve Certo Por Linhas Tortas

Publicado em: 12/09/2009 |Comentário: 1 | Acessos: 4,531 |

DEUS ESCREVE CERTO POR LINHAS TORTAS

 

            Deus escreve certo por linhas tortas. Este é um ditado certo, mas pouca gente entendeu ainda. Vejamos um exemplo.

            Havia um moço que não trabalhava de maneira alguma. Vivia fazendo planos e assaltando as residências, pessoas incautas, o que ele achava pela frente. Tornou-se um especialista nesta arte.

            Certa vez ele passeando folgadamente pela cidade, viu uma casa enorme, bonita, bem planejada. Era belíssima e parecia um palácio. Martim Gouveia, este era o nome do rapaz ficou excitadíssimo. Se o que esta casa tem por fora é valioso, imagine só o que tem lá dentro. Ficou vários dias observando a casa, olhando de um lado, de outro, enamorando a casa. Estranho, e a casa, apesar de bem cuidada, está sempre deserta, não vejo ninguém aqui. Será esta mesma, e será esta noite. Já tinha decidido.

            Naquela noite ele pulou o muro com muita facilidade.

-          As coisas estão mais fáceis do que eu esperava. E os cachorros. Que bom, não tem nenhum cachorro.

Pé por pé ele se adentrou pela cozinha. Ninguém. Tudo calmo. Tudo tranqüilo. Foi se adentrando a sala. Tudo escuro. Ele não poderia acender luz ali, estragaria seu enorme tesouro. Procurou pelo quarto. É lá que as pessoas guardam seus tesouros.  Ele ouve a respiração ofegante de alguém. Parou, ouviu bem, tinha uma pessoa ou mais de uma ali. Estavam dormindo. Estava escuro e um pouco longe. Ele não poderia ver nada.

            De repente uma voz fala:

            - Entre, meu filho.

            - Meu filho? Alguém ali é muito esperto. Não tem medo dele. Talvez já soubesse que ele viria lhe roubar naquela noite.

            Fica mais quieto ainda.

            A voz torna a falar:

            - Entre, meu filho. Vem pro papai. O papai já o estava esperando.

            - Esperando? Então o safado sabia de tudo. Coitado naquele escuro todo, ele seria um alvo muito fácil. Melhor se prevenir logo. Retira o revólver da cintura, devagar e sem barulho empunha-o e mira pro lugar que veio a voz.

            - Eu não queria matar ninguém, nunca matei ninguém, mas ladrão que se preza de repente precisa usar destes argumentos.

            - Vem, meu filho. Foram os espíritos que mandaram você pra mim. Vamos começar logo. Não agüento mais

-          Não agüenta mais? Mas então ele estava sendo o alvo mesmo. O cara já sabia mesmo que ele viria ali.

            - Vem, meu filho. Não tenha medo. Foram os espíritos que me enviaram você. Vem logo cuidar do papai. Você é um enviado de Deus, um mensageiro divino.

            A voz estava fraca. Talvez não fosse o que ele estivesse pensando.Viu em meio uma escuridão uma tomada, foi lá e acendeu-a com o revólver em punho. Era um velhinho que estava deitado na cama.

            Imediatamente ele guarda o revólver antes que o velho desconfie de alguma coisa. Não sabe como, mas corre para o velho.

            - Oh, graças a Deus, meu filho. Eu o estava esperando há tempo. Por que demorou? Sou um paralítico e não tenho ninguém por mim. Estou sem forças para me levantar daqui. Há muito que não recebo visitas. Estou com muita fome e tenho que tomar os meus remédios. Foi por isto que fiquei de cama. Não agüento nem me levantar para pegar os remédios. Pegue os meus remédios naquela mesinha, meu filho. Traga para mim com um copo de água.

            Mais que depressa ele foi lá, pegou a água e trouxe com os remédios. O velhinho tomou o remédio com a água.

            - Faz tempo que já estou aqui, filho. Não tenho mais nenhum parente comigo. Todos já se foram. Fiquei sozinho esperando o meu dia de ir também, mas ainda tenho um sopro de vida. Estava morrendo aqui sozinho, mas agora estou bem. Você é o filho que eu pedi a Deus. É um mensageiro divino que veio cuidar de mim.

            - Essa agora. Cuidar de um velho, a profissão dele era outra e bem diferente.

            - Agora leia para mim, filho. Pegue aquele livro ali na mesa e leia, leia bastante para mim.

            - Pronto, mais essa. Ele que fugiu da escola para ter a profissão de ladrão. Agora ler para um velho.

            Pegou o livro e levou um choque. Estava escrito: “Evangelho segundo o Espiritismo”. E agora como é que ele se portaria? Tinha verdadeiro pavor de Espiritismo, diziam que era coisa do mal.

            O velho insistia, insistia. E então ele teve que ler. Leu até altas horas da madrugada. O velho dormiu. Ele aproveitou e foi à cozinha e se fartou. Depois foi dormir também. Ali a casa não oferecia perigo algum. Dormiu que só um anjo. No outro dia acordou cedo. O velho já estava acordado. Foi à cozinha fez um café e trouxe para o velho. O homem não conversava muito. Estava muito doente. Num dado momento o velho pediu de novo: Leia mais um pouco filho, mais um pouco para mim. Com pouca vontade ele pegou o livro e continuou lendo. Em 10 dias ele leu todo o Evangelho. Graças a Deus. Agora não vou ler mais nada. Será?

            - Embaixo dessa mesinha tem outros livros meu filho. Pegue o segundo livro e leia mais.

 Era “O livro dos Espíritos.” E ele leu, leu e dentro de uma semana tinha lido todo o Livro.  As coisas não pararam ali. Terminado de ler aquele ele pediu que lesse “O livro dos médiuns”. E assim sucessivamente ele leu todas as obras de Kardec. O homem se reconfortou. Melhorou um pouco. Faleceu feliz da vida. Ele fez o enterro do bom velhinho. Ele herdou tudo o que o velho tinha. Hoje quem passa por ali vê uma faixa bem grande: “Centro Espírita Nova Luz”. A vida dele mudou-se completamente.

Obs: Baseado na obra “Ideal Espírita” de Francisco Cândido Xavier

 

 

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/religiao-artigos/deus-escreve-certo-por-linhas-tortas-1222811.html

    Palavras-chave do artigo:

    religiao

    ,

    conto

    Comentar sobre o artigo

    GUTEMBERG MARTINS DE SALES

    O artigo analisa documentos que abordam o tema literatura infantil. Os autores consultados se complementam através de suas teorias sobre a visão da criança no mundo da literatura infantil com enfoque nos contos de fadas, foi realizada a análise de contos de fadas de escritores que retomam os contos "Os sapatos vermelhos" de Andersen e "Cinderela" dos escritores e irmãos Grimm. Desta maneira, pode-se afirmar que o mito, a fantasia, o inusitado fazem parte da formação da pessoa humana.

    Por: GUTEMBERG MARTINS DE SALESl Educação> Educação Infantill 26/05/2011 lAcessos: 5,443
    Miriam de Sales

    Contos de encantamento:contos de fadas,estórias da carochinha,contos mágicos,sobrenaturais etc...

    Por: Miriam de Salesl Literatura> Crônicasl 16/08/2010 lAcessos: 865 lComentário: 1
    Patrícia Barreto de Souza

    O presente artigo propõe-se a tentativa de compreender o embate Religioso/Científico representado em Quills. A película pode ser compreendida como materialização de duas configurações discursivas diferentes, que coloca constantemente em interlocução os sujeitos em conflito, construídos pelos discursos da Religião e da Ciência, ambos disciplinadores do desejo da Escrita de Sade.

    Por: Patrícia Barreto de Souzal Literatural 05/02/2011 lAcessos: 423 lComentário: 1
    Luiz Otavio D. Pinheiro

    Cultura geral abordando o que em geral não é divulgado. Salvador, cidade alta, cidade baixa, Ouro Preto são algumas das localidades citadas. D. Pedro I também é alvo de registro e o epsódio conhecido como "Dia do Fico"

    Por: Luiz Otavio D. Pinheirol Notícias & Sociedade> Cotidianol 07/12/2009 lAcessos: 1,801
    Gustavo Rocha

    Um conto zen budista como primeiro, comentários na cor azul em segundo, conclusão em terceiro... Primeiro Um conto Zen Budista Há uma história indiana de um homem que era ateu e agnóstico, um raríssimo tipo de postura na Índia. Ele era uma pessoa que desejava livrar-se de todas as formas de ritos religiosos, deixando apenas a essência da direta experiência da Verdade. Ele atraiu discípulos que costumavam se reunir ao seu redor toda semana, quando ele falava a todos sobre seus princípios. Ap

    Por: Gustavo Rochal Negóciosl 17/06/2013 lAcessos: 21
    Gustavo Rocha

    Para iniciar bem o dia, um conto de Oscar Wilde e uma reflexão. Um conto Influenciar uma pessoa é dar-lhe a nossa própria alma. O indivíduo deixa de pensar com os seus próprios pensamentos ou de arder com as suas próprias paixões. As suas virtudes não lhe são naturais. Os seus pecados, se é que existe tal coisa, são tomados de empréstimo. Torna-se o eco de uma música alheia, o ator de um papel que não foi escrito para ele. O objectivo da vida é o desenvolvimento próprio, a total percepção da p

    Por: Gustavo Rochal Negóciosl 12/02/2014 lAcessos: 25

    KimeraKast é um blog sobre contos modernos antigos e medievais, se liga aí no nosso link: http://www.kimerakast.com.br Segue um conto! O Mito da Origem do Sistema Zalbath Livre do Espaço, Tempo e da Lógica existia apenas uma garota chamada Besk, uma pequena viajante de longos cabelos dourados, cruzando o Infinitum em sua bolha translúcida com algumas poucas provisões em uma pequena sacola cheia de aparatos científicos e mágicos.

    Por: Karferl Arte& Entretenimento> Artel 15/11/2010 lAcessos: 59
    Prof. Hermes Edgar Machado Jr.

    O mundo tem demonstrado, através dos tempos, uma necessidade de criação de mitos relacionados a temas religiosos, dentre outros. A sociedade, praticamente sem se interrogar e questionar sobre a significação dos seus mitos, absorve signos, símbolos e estereótipos durante toda a vida.

    Por: Prof. Hermes Edgar Machado Jr.l Religião & Esoterismol 28/09/2010 lAcessos: 288
    Leandro

    Um casamento. Uma garota e eu.O que você faria no meu lugar?Sentimento é como uma semente, deixe crescer que ele cresce e dá frutos.

    Por: Leandrol Religião & Esoterismo> Meditaçãol 05/12/2013 lAcessos: 35

    O fantástico de Jorge Luis Borges é especialíssimo: em seus contos encontramos um tipo de fantástico leve e, ao mesmo tempo, enriquecido pela erudição do autor. Os contos O Jardim de Caminhos Que se Bifurcam e Tlon, Uqbar, Orbis Tertius são utilizados para ilustrar essa possibilidade.

    Por: Dácio Geraldo Cabeçal Literatura> Ficçãol 24/01/2009 lAcessos: 604

    Os textos citam muitas vezes no singular a palavra hora. Em verdade o que está por detras do véu quando esta palavra é citada? Este artigo nos leva a refletir em possibilidades maiores do que simplesmente a leitura ao pé da letra pode conceder. É possível ir mais além. Podemos entrar na câmara que está além da porta exterior do templo e acertar nosso relógio conforme o marcador exige.

    Por: Alf Arianl Religião & Esoterismo> Religiãol 16/10/2014

    O entendimento que a Letra Viva permite é algo inifável. Não pode ser descrito em palavras, entretanto é preciso aprender a retirar o véu dos textos. É preciso se libertar do culto às fábulas, da adoração às fantasias e sonhos. O artigo, apesar de curto, nos permite reflexão sobre a questão.

    Por: Alf Arianl Religião & Esoterismo> Religiãol 15/10/2014

    O texto convida a uma reflexão livre de influências doutrinárias a respeito do tema. Estudos mais aprofundados sobre os textos conduzirão o pesquisador a entender que sexo é uma condição apenas animal, ou em outras palavras apenas da condição da matéria animal que precisa dela para procriar, o que não acontece no plano divino.

    Por: Alf Arianl Religião & Esoterismo> Religiãol 08/10/2014

    Podemos afirmar que, muitas vezes, a verdade é mais interessante que a ficção. O Ciclo Cósmico pela qual a humanidade vem passando, ou pelo desenvolvimento intelectual do hominal, leva a um interesse maior pela vida do Grande Mestre, ou Grande Redentor, Jesus do que em qualquer outro período desde o início de cristianismo. Nunca na história humana, Cristo foi tão estudado, pesquisado por estudantes de psicologia, misticismo, metafísicas e ocultismo com sentido minucioso e analítico. Nesse estudo

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Religião & Esoterismo> Religiãol 07/10/2014

    Um entendimento sobre características mundanas que determinam a personalidade de um deus Nefando, oposto ao Inefável Numinoso que é impossível de ser caracterizado por mentes ausentes da luz inumana.

    Por: Alf Arianl Religião & Esoterismo> Religiãol 25/09/2014

    Receba conselhos para uma vida de sabedoria e vitória, cresça espiritualmente na presença de Deus e seja uma bençao para muitas pessoas!

    Por: Paulo Cicero Marculinol Religião & Esoterismo> Religiãol 19/09/2014
    radimel alonso favacho

    A observação e prática dos mandamentos bíblicos na torah, mais especificamente os seiscentos e treze dados por Deus a Moisés. Pôr de forma fulgente o entendimento que o contexto deixa, infelizmente, não de forma nítida a todos os leitores, a saber, dos mais simplórios aos mais doutos o que não o próprio Deus, mas Jesus Cristo quis transmitir ao jovem rico, encontrado no evangelho de Mateus 19:16 a 20¹

    Por: radimel alonso favachol Religião & Esoterismo> Religiãol 19/09/2014

    A vontade é algo que antecipa os pensamentos humanos. A vontade se origina na alma que é a mente externa e superior. Esta vontade superior nos textos, designada também como a vontade de deus, comprovam esta proposição.

    Por: Alf Arianl Religião & Esoterismo> Religiãol 16/09/2014 lAcessos: 17

    O que é que os espíritos abnegados fazem no mundo espiritual? Quais são os tipos de trabalhos realizados em cima de cada centro? Aqui temos uma pequena noção do que os espíritos fazem.

    Por: Henrique Pompilio de Araújol Religião & Esoterismo> Religiãol 27/04/2014 lAcessos: 26

    As causas principais para as mortes prematuras dos bebês. Aqui temos algumas informações importantes e as causas principais.

    Por: Henrique Pompilio de Araújol Religião & Esoterismol 21/04/2014 lAcessos: 29

    Falta de estudos, falta de informações, analfabetismo, falta de força de vontade, a procura de um salvador da pátria faz com que a ingenuidade do povo brasileiro se torna alarmante a ponto de qualquer um tepeá-lo levando-o a sérios problemas.

    Por: Henrique Pompilio de Araújol Religião & Esoterismol 21/04/2014 lAcessos: 25

    Fé e crença não é a mesma coisa. Existem algumas diferenças. Elas estão interligadas e uma está em relação a outra. Veremos a diferença entre os dois conceitos.

    Por: Henrique Pompilio de Araújol Religião & Esoterismol 20/04/2014

    Ele foi dar queixa à delegacia, mas os policiais não entenderam o que ele queria dizer, mas levaram uma ambulância para o socorro. Chegando lá a surpresa foi enorme.

    Por: Henrique Pompilio de Araújol Literatura> Ficçãol 18/04/2014 lAcessos: 21

    Quem era a mulher adúltera da Bíblia? O que realmente ela fez? Existia um culpado para que ela vives assim?

    Por: Henrique Pompilio de Araújol Religião & Esoterismol 16/04/2014

    O nosso pobre Chico fez uma programação espiritual, mas aqui chegando fez tudo errado. O que vai acontecer com ele agora?

    Por: Henrique Pompilio de Araújol Religião & Esoterismo> Religiãol 09/04/2014 lAcessos: 14

    No começo a obsessão pode ter cura, mas se deixar muito tempo pode se tornar uma subjugação e a situação pode ficar muito mais difícil.

    Por: Henrique Pompilio de Araújol Religião & Esoterismo> Religiãol 09/04/2014 lAcessos: 20

    Comments on this article

    1
    benito 15/11/2011
    DEUS e muito boa de mais para mim
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast