Na Casa Do Pai Há Muitas Moradas

24/06/2009 • Por • 1,591 Acessos

                        NA CASA DE MEU PAI HÁ MUITAS MORADAS

 

Autor: Antonio Ademir Fernandes

 

Muitos buscam tesouros, dinheiro e se tornam até escravos do dinheiro não dando importância aos tesouros celestiais onde nem a traça nem a ferrugem corroem e onde os ladrões não assaltam nem roubam. Mateus 6:20. Se você procurar a sabedoria como dinheiro e a buscar como tesouro, então você entenderá o temor de Javé e alcançará o conhecimento de Deus. Viver uma vida atribulada sem achar tempo para louvar a Deus é perder a morada que Deus tem a oferecer a todos aqueles que o amam e Jesus falou se nós amarmos a ele e guardarmos a sua palavra o Pai nos amará também e viveremos para ele e faremos morada nele. Há quem não acredita na vida eterna, há quem não acredita na imortalidade da alma, há quem acredita que não há Deus e muito se enganam, pois crer na existência de Deus é a suprema inteligência. Deus enviou o seu filho ao mundo não para julgá-lo, mas para que seja salvo por ele. João 3:14-21. Vale apenas ler o capítulo 14 de João e refletir o amor de Deus para conosco. Veja:

Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim.
 Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar.
 E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.
 Mesmo vós sabeis para onde vou, e conheceis o caminho.
 Disse-lhe Tomé: Senhor, nós não sabemos para onde vais; e como podemos saber o caminho?
 Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.
 Se vós me conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai; e já desde agora o conheceis, e o tendes visto...
 Crede-me que estou no Pai, e o Pai em mim; crede-me, ao menos, por causa das mesmas obras.
 Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai.
 E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.
 Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei.
 Se me amais, guardai os meus mandamentos.
 E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre;
 O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós...

Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele.

Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada.
 Quem não me ama não guarda as minhas palavras; ora, a palavra que ouvistes não é minha, mas do Pai que me enviou.
 Tenho-vos dito isto, estando convosco.
 Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito.
 Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.
 Ouvistes que eu vos disse: Vou, e venho para vós. Se me amásseis, certamente exultaríeis porque eu disse: Vou para o Pai; porque meu Pai é maior do que eu.

 

Ora, a vida eterna é esta: que conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e aquele que tu enviaste, Jesus Cristo. João 17:3.

Perfil do Autor

Antonio Ademir Fernandes