ORIGEM DO ESPIRITISMO

14/02/2008 • Por • 120,887 Acessos

ORIGEM DO ESPIRITISMO
Poucos sabem sobre a origem do espiritismo, pensa a maioria que o espiritismo foi uma invenção de Alan Kardec. Entretanto, Kardec apenas procurou de forma lógica e racional entender eventos tidos como sobrenatural ou sem explicação sensata.
A verdade é que as manifestações dos espíritos ocorrem entre os homens em todos os tempos da história. A própria Bíblia, é um dos maiores repositórios de fatos espíritas que pode ser elucidado e explicado sobre o ponto de vista da ciência espírita.
O Espiritismo é uma ciência que trata da natureza, origem e destino dos espíritos, bem como de suas relações com o mundo corporal.
Na idade média a figura de Joana D'Arc, foi para a fogueira por não querer renegar as vozes espirituais, que a motivaram a libertar a França. Daquele tempo até os tempos atuais as manifestações espirituais ocorrem no seio de qualquer classe ou religião, mas dependendo do local são consideradas, obras do Diabo, da imaginação ou loucura. O Espiritismo, naturalmente, existia antes do famoso Mistério de Hydesville que é, sem dúvida, um acontecimento-marco da evolução das pesquisas psíquicas no mundo. Muitas vezes, apresenta-se combatido e deturpado.
O caso Hydesville resume-se no seguinte: um espírito morto e enterrado
dentro da casa comunica-se através de pancadas, para encontrarem o seu
corpo, sob uma parede e enterra-lo. Essa experiência curiosa despertara um grande interesse nacional e internacional pela comunicação com os espíritos ".
Em 1854 Alan Kardec ouviu pela primeira vez falar nas mesas girantes, após ter o primeiro contato eis aqui a sua opinião "Eu me encontrava, no ciclo de um fato inexplicado, contrário na aparência, as leis da natureza e que minha razão reprimia. Nesse tempo era comum a reunião sem objetivo das manifestações espíritas que chamavam de mesas girantes".
Mas Kardec ao participar das reuniões procurou respostas lógicas e começou a questionar aqueles que se comunicavam e descobriu que estes não passavam de espíritos de pessoas que anteriormente teriam vivido. Segui daí em 18 de Abril de 1957, o primeiro livro da Doutrina Espírita, o Livro dos Espíritos com 1019 perguntas feitas aos espíritos.
Por exemplo, se quiser saber sobre:
O porque da existência? Leia a Q.132; O que é Deus? Q.01

Se o homem pode saber tudo sobre tudo? Q.17, De onde vieram os seres humanos? Q.43 Qual a ocupação dos espíritos?Q.558
Morrer dói?Q.154, Reencarnação existe?Q.166
Onde se instruíram as pessoas superdotadas?Q.361, e por ai segue...
Disto surgiram centenas de ataques e um batalhão de cientistas foi colocado na frente de batalha para provar que o espiritismo não passava de uma simples asneira e que seus seguidores só poderiam ser uma tropilha de ignorantes.
Willian Crookes, sábio inglês e pesquisador de grande acuidade, realizou durante os anos de 1870 a 1873, experiências, que se tornaram clássicas, com a médium extraordinária que foi Florence Cook , esta materializou durante três anos o espírito Katie King.
Frederico Zollner, notável físico alemão, utilizou-se, em 1877, de outro grande médium do passado, Henry Slade e, agindo como verdadeiro homem de ciência, que era, conseguiu extraordinários fenômenos de materialização, de transporte, de levitação e de escrita direta.
Willian Crawford é outro nome da Ciência, professor do Instituto Técnico e da Universidade de Belfast, que a história das pesquisas psíquicas apontará, um dia, como dos seus mais destacados e competentes cultores. A levitação de objetos foi estudada por ele com extremos cuidados.
E outro, outro... Bem, teremos que pular muitos outros nomes, como, Alexandre Aksakof, Myers,Oliver Lodge, Ernesto Bozzano,Willian Barrett.
Crookes, afirma em 1917, "É uma verdade incontestável que uma conexão foi estabelecida entre este mundo e o outro".
O físico inglês Oliver Lodge em 22.11.1916, em um discurso assegura " Mas, a conclusão é que a sobrevivência está cientificamente provada por meio da investigação cientifica."
Talvez o depois de todos estes dados, o leitor pode estar pensando; - Mas, como se tudo isto é verdade porque existe a discussão a respeito da sobrevivência até os dias atuais?
O filósofo José Ingenieros, já revelou o porque da situação atual desta questão em duas frases; "Onde todos andam de rastros, ninguém se atreve andar em pé".

Francisco Amado

http://ensinoespirita.blogspot.com/

Perfil do Autor

Francisco Amado

Francisco AmadoWeb - Writer.(Web Escritor) Administrar e criar o conteúdo de texto, fotos e imagens de um site. Filosófo...