Os desafios do Pacto de Lausanne para a igreja hoje

Publicado em: 17/06/2011 |Comentário: 2 | Acessos: 1,756 |

RESUMO CRÍTICO - OS DESAFIOS DO PACTO DE LAUSANNE PARA A IGREJA HOJE

Introdução

            No cenário evangélico brasileiro se faz necessário uma releitura de todo conteúdo do Pacto de Lausanne. Suas influências servem de base para despertar na liderança e no povo a genuína natureza e missão da Igreja.

            A consolidação doutrinária estabelecida pelo Pacto, foi de suma importância no meio evangélico ou evangelical, esta consolidação dividiu-se em: o propósito de Deus; a autoridade e o poder da Bíblia; a unicidade e a universalidade de Cristo e o retorno de Cristo.

Desenvolvimento

            Existem no meio evangélico e na humanidade em geral uma dupla crise – crise da relevância e de identidade. Mesmo diante desta crise, busca-se ainda pressupostos cristãos básicos com um maior comprometimento com o propósito de Deus e consequentemente ser servo e testemunha de Deus, dentro de um mundo eivado numa cultura egocêntrica e sem propósito.

            O teor do Pacto, tinha como centro a reafirmação do papel central da Bíblia, tida como a única regra de fé e prática, o conteúdo da Bíblia precisava sair das quatro paredes e alcançar o homem e o mundo como um todo. Todos os artigos que compuseram o Pacto, tinham o objetivo de retomada aos pilares cristãos do passado, mais de forma contextualizada. Assim como os profetas do Antigo Testamento, se defendia que a salvação não era patrimônio da Igreja e que a mesma não poderia ter a salvação como uma norma eclesiástica. O aspecto missionário, foi revisto, tendo como base o estudo da Palavra de Deus, onde deve-se contextualizar a Palavra, sem a perda da sua essência, um evangelismo inovador, mas apontando para o pecado do homem e a justiça de Deus, onde deve-se contextualizar a Palavra, sem a perda da sua essência, um evangelismo inovador, mas apontando o pecado do homem e a justiça de Deus.

            "Precisamos estudar a Bíblia para fazer re-arder em nosso corações e mentes a chama do compromisso com a glória de Deus que reina sobre toda a criação e faz do corpo de Cristo o seu instrumento evangelizador na terra".

             Algo que foi amplamente debatido foi a relação entre a evangelização e o compromisso social. Houve um consenso em que alguns momentos considerado a evangelização e a atividade social mutuamente exclusivas, onde a ação social não era evangelização.

Conclusão

            Existem várias áreas que precisam ser revistas e repensadas, como: evangelismo, missões, ação social, liderança e educação teológica, evidente que todo esforço e empenho, precisa estar revestido do poder e ação do Espírito Santo que é o único capaz de fazer essa obra prosperar e dar os frutos necessários. A utilização da tecnologia da informação como forma de comunicação, troca de informações e aprendizado, tem feito surgir um desafio frente a Igreja no presente século. Devemos entendê-la e utilizá-la, como mais uma ferramenta com propósito evangelístico e missionário, mais nunca de substituição do relacionamento comunitário e do próprio culto.

Enfim, nestes anos a tarefa evangelística precisa ser uma responsabilidade de todas as Igrejas, não podemos nos calar diante da opressão política, da desigualdade social, da pobreza e do conformismo. Temos vislumbrados apáticos o esvaziamento moral e espiritual de nossa sociedade e pouco temos feito. Estamos num tempo em que o Evangelho virou um produto e o mundo o seu consumidor, onde os pregadores são mega-empresários detentores do poder.

Referência Bibliográfica

Artigo: Os Desafios do Pacto de Lausanne para a Igreja Hoje. Autor: Júlio Paulo Tavares Zabatiero.

Wikipédia – A enciclopédia livre - http://pt.wikipedia.org/wiki/Pacto_de_Lausanne.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/religiao-artigos/os-desafios-do-pacto-de-lausanne-para-a-igreja-hoje-4919687.html

    Palavras-chave do artigo:

    pacto de lausanne

    ,

    igreja

    ,

    acao social

    Comentar sobre o artigo

    Jordanio Aguiar

    O presente artigo almeja discutir o caminho do Ensino Religioso na história da educação brasileira, iniciando-se pelo período colonial, imperial, republicano e pelas constituições até a idade contemporânea com a nova LDB 9.475 de 22 de julho de 1997, onde o Ensino Religioso é refletido como sendo uma disciplina curricular de obrigatoriedade das escolas públicas de ensino fundamental, proibidas quaisquer formas de proselitismo, ou seja, o Ensino Religioso deve respeitar a pluralidade cultural .

    Por: Jordanio Aguiarl Religião & Esoterismo> Religiãol 23/02/2015

    O corpo de carne que está com suas partículas conjugadas caminhando do infinitamente pequeno ao infinitamente grande, é igual no rico e no pobre, no preto e no branco, no rei e no súdito.

    Por: ADRASTIA ABNARAl Religião & Esoterismo> Religiãol 23/02/2015
    Magali Rossi

    A temperança, que em latim é temperare = guardar equilíbrio, é uma das 4 virtudes cardinais, caracterizada pelo domínio de si e pela moderação dos desejos. A energia desse arcano é de sutileza, interiorização e em diversos tarôs ela aparece alada...

    Por: Magali Rossil Religião & Esoterismo> Religiãol 22/02/2015

    O ser humano é não é comandado inteiramente por si mesmo. Existe um espírito que nos comanda. Estes espíritos pelo fato de não distinguirem aquilo que nos faz bem ou mal são chamados de loucos. Quem os coloca no lugar é nossa razão, nosso equilíbrio e bom senso. A ausência destes fatores fazem com que o ser humano obedeça a vontade do espírito sem refletir, o que incide constantemente em erros e malefícios.

    Por: Alf Arianl Religião & Esoterismo> Religiãol 13/02/2015

    A forma de atuação do regente da vida humana. Existem dois regentes para nosso existir: O espiritual e o humano ou da vida física. Foi usado o nome Codon para criar uma relação de entendimento sobre aquilo que está escrito no livro de Daniel. Exploramos o entendimento da linguagem oculta através deste artigo.

    Por: Alf Arianl Religião & Esoterismo> Religiãol 05/02/2015

    A Mediunidade é a faculdade que permite o intercâmbio entre o mundo físico e o espiritual. "O dom da mediunidade é tão antigo quanto o mundo. Os profetas eram médiuns [...] Todos os povos tiveram seus médiuns. E as inspirações de Joana D'Arc nada mais eram que a voz dos Espíritos benfeitores que a dirigiam

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Religião & Esoterismo> Religiãol 03/02/2015

    A transmigração não há como ser negada. Voltando em apenas 660 anos em nossa ancestralidade, iremos nos deparar com um número de pais superior a população mundial atual. Este tema exige uma profunda reflexão relacionada a existência das nossas almas.

    Por: Alf Arianl Religião & Esoterismo> Religiãol 31/01/2015

    As almas são produtos de duas classes de espíritos, os celestes ou os terrestres. O termo filho do Homem significa alma produto de um espírito pai. O Homem superior produz luz em forma de sabedoria. O homem inferior produz o mal em suas trevas.

    Por: Alf Arianl Religião & Esoterismo> Religiãol 29/01/2015 lAcessos: 15
    Marcelo dos Santos Rodrigues

    Primeiramente o Pastor é o Diretor Geral da Escola Dominical. Diretor Superintendente da Escola Dominical é um ministério de "tempo semi-integral". O ato de dirigir a Escola Dominical é bastante abrangente. A pessoa escolhida ou nomeada para este fim não pode restringir sua ação a um mero acompanhamento do funcionamento das classes no domingo. Há muito o que fazer! A abertura da Escola Dominical, não é um culto. Os diretores superintendentes da Escola Dominical que não contam com a orientação

    Por: Marcelo dos Santos Rodriguesl Religião & Esoterismo> Evangelhol 27/09/2013 lAcessos: 605
    Marcelo dos Santos Rodrigues

    Infelizmente, temos assistido famílias sendo destruídas pelo poder das drogas. Em algumas localidades pela facilidade de acesso e custo crianças são inseridas no consumo desenfreado, umas dentro de casa pelos pais outras pelo meio onde vivem.

    Por: Marcelo dos Santos Rodriguesl Religião & Esoterismo> Religiãol 12/12/2012 lAcessos: 34
    Marcelo dos Santos Rodrigues

    Em Atos 8, vemos a trajetória de Filipe, que pregava e frutificava a Palavra de Deus em Samaria, multidões ouviam e recebiam a mensagem deste homem.

    Por: Marcelo dos Santos Rodriguesl Religião & Esoterismo> Religiãol 12/12/2012 lAcessos: 15
    Marcelo dos Santos Rodrigues

    Conceitua-se como uma predefinição; determinação formada por Deus de conduzir os justos à vida eterna (Dicionário Etmológico). Escolher (Rm 8.29-30; Ef 1.5;11). Deus, sendo soberano e conhecedor dos fatos de antemão, Ele determinaria ou predestinaria, as coisas que Ele sabe que irão acontecer. A doutrina da predestinação, à semelhança da doutrina da Trindade, está além da nossa compreensão. Está inserida em em todo o Novo Testamento. Nos evangelhos encontramos várias declarações de Jesus onde El

    Por: Marcelo dos Santos Rodriguesl Religião & Esoterismo> Meditaçãol 04/07/2012 lAcessos: 85
    Marcelo dos Santos Rodrigues

    Impossível ler sobre o ministério de Pedro e não ficar pensando como pode um homem que negou a Cristo três vezes, que mesmo apesar de conviver, compartilhar todas as situações, receber todos os ensinos da fonte genuína, viver em comunhão com outros irmãos. Ele nega a Cristo.

    Por: Marcelo dos Santos Rodriguesl Religião & Esoterismo> Meditaçãol 12/11/2011 lAcessos: 132
    Marcelo dos Santos Rodrigues

    A algumas semanas me deparei novamente com um versículo da Bíblia no Evangelho de João e fiquei ruminando este versículo, pois tenho questionado e me questionado sobre a minha situação e a situação da Igreja atualmente.

    Por: Marcelo dos Santos Rodriguesl Religião & Esoterismo> Meditaçãol 12/11/2011 lAcessos: 1,056
    Marcelo dos Santos Rodrigues

    O reino do norte, Israel, havia sido conquistado pelos assírios em 722 a.C., sob a liderança de Sargão II. Um remanescente formado por pobres lavradores, foi por ele ali deixado e, estes lavradores mesclaram-se com povos de outras nações conquistadas pelos assírios, os quais, foram importados para povoarem Samaria.

    Por: Marcelo dos Santos Rodriguesl Religião & Esoterismo> Religiãol 29/07/2011 lAcessos: 274
    Marcelo dos Santos Rodrigues

    O período progressista em Judá tanto quanto em Israel, nos primeiros dias de Isaías, deve-se ao fato da mudança no cenário político internacional nos anos anteriores. Em Israel a pressão Síria minguava-se diante do novo império Assírio. Jeroboão II aproveitou o enfraquecimento do reino sírio recuperando suas fronteiras e expandindo o seu reino conforme a profecia de Jonas (2 Rs 14:25). Nesta época o novo império Assírio enfrentava problemas internos propiciando este período áureo para Israel.

    Por: Marcelo dos Santos Rodriguesl Religião & Esoterismo> Religiãol 29/07/2011 lAcessos: 2,034

    Comments on this article

    0
    luciane 22/07/2011
    Deus pelo seu grande amor para conosco nos deu o domínio sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, e sobre o gado, e sobre toda terra, e sobre todo réptil que se move sobre a terra.(Gn 1:26). Deus não deu ao homem o domínio sobre outro homem. Um verdadeiro líder não domina outro, mas ama.
    2
    joão victor 18/07/2011
    a biblia diz quem esta em cristo e nova criatura, as coisa veilhas se passaram eis que tudo se fez novo ,2co-5v17,que compatilha da sua glória,e esperimenta a renovação do conhecimento e do entendimendo(RM,12,2) e que vive em santidade(EF4,24)A unção de deus tranforma o carater do homen quando ele deixa deus trabalhar no seu carater
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast