Prece Ou Oração

Publicado em: 20/03/2009 | Acessos: 3,871 |

PRECE OU ORAÇÃO

Nem a paz, nem o fim! A vida, a vida apenas. É tudo que encontrei e é tudo que me espera. Alvitras, asseveras à vontade de colocar seu Espírito em paz com Deus, para que a caridade, a fraternidade, seja somatória de glórias para meu coração sofrido e esperançoso. O coração palpita fazendo circular entre milhares de canais humanos o líquido da vida. O corpo material sem alimentos nutrientes não vigora, o Espírito sem a prece adornada pelo orvalho divino não fortalecerá. A matéria grosseira com a deficiência alimentar entrará em estagnação biológica se nenhuma providência for tomada. E voltará de onde veio do fluido cósmico ou fluido universal, mas o Espírito sendo semimaterial e imortal será levado a outras plagas para encontrar o azimute, que o conduzirá a uma benfazeja reencarnação. Muitas pessoas dão ao prazer uma conotação contraditória, pois o prazer no mundo terreno é a fonte copiosa do sofrimento. O prazer, frequentemente, é produção de angústia e ilusão.


A prece é um ato de adoração. Orar a Deus é pensar nele; é aproximar-se, é pôr-se em comunicação com ele. Estes conceitos aqui enunciados podem propor-nos e alcançarmos as definições por intermédio da própria prece: que é louvar, pedir e agradecer ao Pai Divino. Existem muitas definições para a prece e a importância dela para a alma e para o Espírito. A prece é uma inovação, mediante a qual o ser humano entra, pelo pensamento, em comunicação com o ser a quem se dirige, podendo ter como objetivo um pedido, uma glorificação e um agradecimento. A prece é uma evocação que fatalmente atrai os Espíritos, pois muitos deles querem participar de um ato desta natureza para melhoria espiritual.


Muitas pessoas afirmam: vamos orar, outras dizem: vamos rezar. Será que existe alguma divergência entre as duas ações? A oração é comunhão pelo pensamento com o universo espiritual e divino é o esforço da alma para a Beleza e para a Verdade eternas; é a entrada, por um instrumento, nas esferas da vida real e superior, aquela que não tem termo. Nota-se que a distinção entre uma e a outra é a consistência das palavras, mas tanto uma como a outra auferida de fé tem a mesma finalidade e importância. A oração é o remédio eficaz de nossas moléstias íntimas. A ação da prece se fortalece quando oramos, ou estamos agradecendo a algo, ou pedindo algo, para nós ou para outrem, ou pelos vivos ou pelos mortos. Mas a resposta sempre dependerá de Deus e da sua vontade. Claro pelo merecimento também. Quase todos nós oramos, mas poucos sabem orar. A - Deus não importa necessariamente as frases repetidas que fazemos todos os dias. Isso é hábito, um dever que a gente acaba fazendo quase que mecanicamente, então isso não é correto.


Quando oramos, não devemos se colocar em evidencia, mas sim, orar secretamente. Não é preciso ficar orando, orando. Não é a quantidade de prece ou palavras que fará que sejamos atendidos, mas sim a sinceridade. Antes de a gente orar, é preciso, caso tenhamos algo contra alguém, perdoar porque senão, a prece não será agradável a Deus, se não partir de um coração puro de todos os sentimentos contrários à caridade. Vejam pelo que foi exposto nas entrelinhas como é importante a oração tanto para a alma como para o espírito. Nós diríamos ainda sobre a prece, voltando à doutrina, que ao orarmos e ao pedirmos algo, devemos agir com bom senso. Pergunte-se a si mesmo se o que está pedindo você é merecedor? Se o que você está pedindo, deveria vir para você de graça? A oração não deve ser repetitiva, de preferência que saia da nossa introspecção, do âmago e do coração e de improviso. "A oração é a água da vida; anima a existência e traz às almas boas novas e júbilos. Nós devemos atender a isto o mais que pudermos, e convidar os outros à oração e à súplica... Perguntaste o que deverias fazer, de que maneira orar, a fim de ser informado dos mistérios de Deus. Deves orar com teu coração atraído e teu espírito extasiado pelas boas novas divinas. Assim as portas do reino dos mistérios abrir-se-ão diante de ti, e virás a compreender a realidade de todas as coisas...

"Que é oração, atitude ou palavra? É tanto atitude como palavra; depende do estado da alma. Assemelha-se a uma canção: – ambas – música e palavras, fazem a canção. Algumas vezes é a melodia que nos comove; outras vezes, é a palavra. "A súplica é tão eficaz que nos inspira durante todo o dia com ideais elevados, e tornam serenos e santos nossos corações. "Devemos ser sensitivos à música da prece; o coração deve sentir seu efeito, e não ser como um órgão do qual possam surgir as mais suaves melodias sem que nele mesmo seja produzido à consciência da sensação." Na realidade seja prece ou oração devemos evitar a repetição exagerada e colocar mais amor e fé no coração. Com estas atitudes estaremos fortalecendo a alma e o Espírito. De preferência as duas devem ser feitas em silêncio e com concentração, as rezas em tons de gritarias nada resolvem e as energias benéficas que estão ali no momento podem evaporar-se e ficarmos de mãos no queixo. Jesus disse: "Quando quiserdes orar recolhe-te ao silêncio de teu quarto, mas como Jesus falava através de parábolas este quarto é nosso coração e não a dependência que dormimos. Fé acima de tudo. Pensem Nisso!

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI E DA ALOMERCE

Avaliar artigo
5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 4 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/religiao-artigos/prece-ou-oracao-826582.html

    Palavras-chave do artigo:

    fe esperanca caridade

    Comentar sobre o artigo

    A Fé raciocinada é um fenômeno psicológico e emocional construído a partir do desejo autêntico e perseverante de compreender o que nos cerca; conquista somente possível através da renovação do entendimento e da forma de sentir a vida. Na realidade, no perpassar da vida, será que sabemos realmente o significado da fé. Quando afirmo: eu tenho fé! O que quero realmente repassar? Confiança, esperança, amor, fraternidade, caridade e amor ao próximo. Esses atributos que fortalecem qualquer ser poderão ser qualificações de fé? Quando deixamos de reciclar nosso mundo intimo, é comum, fixarmo-nos em idéias e comportamentos, que criam estilos invariáveis no modo de ser.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 02/07/2008 lAcessos: 374
    Miriam de Sales

    Vem ai um novo Papa,um Papa diferente ,chamado Francisco,como dois outros santos da Igreja,também muito diferentes nos seus propósitos cristãos. Analisando os fatos,creio que poderemos esperar deste Papa Francisco,uma renovação positiva dentro de uma instituição milenar,hoje tão desacreditada.

    Por: Miriam de Salesl Religião & Esoterismo> Meditaçãol 28/03/2013 lAcessos: 27

    Todos PECARAM e destituidos estao de DEUS , todas as pessoas precisam de um SALVADOR PODEROSO para LIBERTA - LAS DO MEDO, INVEJA , AVAREJA , COBICA , ETC.. SO EXISTE NO UNIVERSO UM SALVADOR SEU NOME E JESUS CRISTO ..

    Por: Julio Nerisl Religião & Esoterismo> Evangelhol 06/07/2013 lAcessos: 38
    Welinton dos Santos

    No cotidiano de nossas emoções, na vida agitada das cidades, ou mesmo em nossos lares, o cultivo da fé ainda é um dos desafios da Humanidade.

    Por: Welinton dos Santosl Religião & Esoterismo> Religiãol 14/07/2010 lAcessos: 822

    ESTE LIVRO NARRADO POR UM ESPÍRITO PROTETOR, COMUMENTE CONHECIDO COM "ANJO DA GUARDA". ELE NOS BRINDA COM UM CATIVANTE, ENVOLVENTE E PROFUNDAMENTE EMOCIONANTE, FAZENDO-NOS RACIOCINAR SOBRE MUITOS ASPECTOS E TEMAS DA VIDA E DO OUTRO LADO (ESPIRITUAL). SÃO RELATOS SOBRE A FORÇA DA FÉ, O PODER DA ORAÇÃO, OS CAMINHOS DOLOROSOS DE DOENÇAS CRUÉIS, COMO A AIDS, OS ENGANOS DA EUTANÁSIA, O USO INCORRETO DA MEDIUNIDADE, AS LEIS PERFEITOS DA REENCARNAÇÃO, CORRIGINDO ERROS DO PASSADO...

    Por: FERNANDO MARINS LEMMEl Literatural 11/04/2011 lAcessos: 419
    Francisco Eudes Rocha

    Nos anos anteriores a 1792, pouca atenção se dera à obra das missões estrangeiras. Mas próximo ao final do século dezoito, ocorreu grande mudança. Os homens se tornaram descontentes com o racionalismo e se compenetraram da necessidade da revelação divina e da religião experimental. Desde esse tempo a obra das missões estrangeiras tem atingido crescimento sem precedentes.

    Por: Francisco Eudes Rochal Religião & Esoterismo> Evangelhol 01/09/2012 lAcessos: 77
    MONICA GAZZARRINI

    Somos todos iguais a Jesus, cada um em seus dons recebidos de Deus! Seja um exemplo da prática do Evangelho em todos os lugares onde for.

    Por: MONICA GAZZARRINIl Religião & Esoterismo> Evangelhol 04/12/2011 lAcessos: 60
    JOSÉ VALDIR EMÍLIO

    A ressurreição de Jesus é tida como a verdade central da fé Cristã, sem a fé se torna difícil crer na ressurreição, mas para os cristãos é incontestável que Jesus não tenha ressuscitado dos mortos ao terceiro dia, as Escrituras nos confirmam que Jesus ressuscitou dos mortos.

    Por: JOSÉ VALDIR EMÍLIOl Religião & Esoterismo> Religiãol 29/05/2012 lAcessos: 91
    patricia fraguas

    Colhemos aquilo que plantamos. Você já pensou no que tem plantando na sua vida ultimamente?

    Por: patricia fraguasl Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 21/02/2012 lAcessos: 81

    "Porque haverá então uma tribulação tão grande, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem jamais haverá." Mateus 24:21 "E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem. Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, E não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do homem." (S. Mateus 24, Vers. 37 ao 39)

    Por: EVANGELISTAl Religião & Esoterismo> Evangelhol 25/01/2011 lAcessos: 529
    Jordanio Aguiar

    O presente artigo almeja discutir o caminho do Ensino Religioso na história da educação brasileira, iniciando-se pelo período colonial, imperial, republicano e pelas constituições até a idade contemporânea com a nova LDB 9.475 de 22 de julho de 1997, onde o Ensino Religioso é refletido como sendo uma disciplina curricular de obrigatoriedade das escolas públicas de ensino fundamental, proibidas quaisquer formas de proselitismo, ou seja, o Ensino Religioso deve respeitar a pluralidade cultural .

    Por: Jordanio Aguiarl Religião & Esoterismo> Religiãol 23/02/2015

    O corpo de carne que está com suas partículas conjugadas caminhando do infinitamente pequeno ao infinitamente grande, é igual no rico e no pobre, no preto e no branco, no rei e no súdito.

    Por: ADRASTIA ABNARAl Religião & Esoterismo> Religiãol 23/02/2015
    Magali Rossi

    A temperança, que em latim é temperare = guardar equilíbrio, é uma das 4 virtudes cardinais, caracterizada pelo domínio de si e pela moderação dos desejos. A energia desse arcano é de sutileza, interiorização e em diversos tarôs ela aparece alada...

    Por: Magali Rossil Religião & Esoterismo> Religiãol 22/02/2015

    O ser humano é não é comandado inteiramente por si mesmo. Existe um espírito que nos comanda. Estes espíritos pelo fato de não distinguirem aquilo que nos faz bem ou mal são chamados de loucos. Quem os coloca no lugar é nossa razão, nosso equilíbrio e bom senso. A ausência destes fatores fazem com que o ser humano obedeça a vontade do espírito sem refletir, o que incide constantemente em erros e malefícios.

    Por: Alf Arianl Religião & Esoterismo> Religiãol 13/02/2015

    A forma de atuação do regente da vida humana. Existem dois regentes para nosso existir: O espiritual e o humano ou da vida física. Foi usado o nome Codon para criar uma relação de entendimento sobre aquilo que está escrito no livro de Daniel. Exploramos o entendimento da linguagem oculta através deste artigo.

    Por: Alf Arianl Religião & Esoterismo> Religiãol 05/02/2015

    A Mediunidade é a faculdade que permite o intercâmbio entre o mundo físico e o espiritual. "O dom da mediunidade é tão antigo quanto o mundo. Os profetas eram médiuns [...] Todos os povos tiveram seus médiuns. E as inspirações de Joana D'Arc nada mais eram que a voz dos Espíritos benfeitores que a dirigiam

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Religião & Esoterismo> Religiãol 03/02/2015

    A transmigração não há como ser negada. Voltando em apenas 660 anos em nossa ancestralidade, iremos nos deparar com um número de pais superior a população mundial atual. Este tema exige uma profunda reflexão relacionada a existência das nossas almas.

    Por: Alf Arianl Religião & Esoterismo> Religiãol 31/01/2015

    As almas são produtos de duas classes de espíritos, os celestes ou os terrestres. O termo filho do Homem significa alma produto de um espírito pai. O Homem superior produz luz em forma de sabedoria. O homem inferior produz o mal em suas trevas.

    Por: Alf Arianl Religião & Esoterismo> Religiãol 29/01/2015 lAcessos: 15

    Numa esplendorosa noite de lua cheia, vislumbrei o céu estrelado que nos convidava para uma bela noitada de amor. Olhei para o belo e delicado semblante de meu amor, pisquei os olhos, mas ela sem entender de que se tratava perguntou-me em tom suave, o que eu estaria almejando. Pensei em dizer-lhe que desejaria unir nossos corações naquela noite de luar convidativa para uma sessão de afagos e carinhos.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Poesial 19/02/2015

    Dentre os muitos escândalos surgidos no governo do Partido dos trabalhadores (PT), desde sua inserção na presidência da República, que os escândalos não param, pois assim que se chega ao fim uma investigação, começa outra. Mensalão, Propinoduto, Petrolão, BNDES e vem mais um o Eletrolão. São tantos escândalos que a Polícia Federal não terá condições de averiguar todos, visto que a demora em apontar nomes pode ser considerado o ponto fraco das investigações

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 19/02/2015

    Dizem alguns historiadores que uma grande maioria das festas cristãs tem um cunho pagão. Quem faz as afirmações baseia nas tradições dos povos antigos, pois os rituais eram mágicos religiosos e os religiosos usavam essa artimanha para controlar certos e determinados fatores que poderiam representar reveses em suas vidas. Com o passar do tempo tudo muda, no entanto, os desvios foram se sucedendo e nos dia de hoje esses rituais aparecem muito deturpados, nas mais diversas festividades cristãs.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 17/02/2015

    Segundo o dito popular amor de carnaval desaparece na fumaça. É igual a dor de cabeça, quando tomamos um comprimido, ela normalmente passa. Na vida tudo passa e o tempo se encarrega disso. Ao assistirmos os belos desfiles de carnaval pelo Brasil afora, denotamos que momentos de prazer se misturam a momentos dolorosos. Enquanto nosso País passa por momentos difíceis, o povo se esbalda, enche o papo de cachaça, cerveja e outras bebidas malfazejas.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 17/02/2015

    A palavra cidadania é a qualidade ou estado de cidadão. Já cidadão é o indivíduo no gozo dos direitos civis e políticos de um Estado, ou no desempenho de seus deveres para com este. Habitante de uma cidade, indivíduo, sujeito, homem, mas naturalmente um hominal de conduta ilibada. Cidadão do mundo é o homem que põe os interesses da humanidade acima da pátria; cidadão do Universo.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 14/02/2015

    Meu amigo você continua a não me entender. Você afirma que foram criados todos esses órgãos, mas os mesmos não funcionam. Por que o chefão da quadrilha (O Barba está solto?) não teve coragem de dar um depoimento para amenizar a situação dos seus companheiros de partido. Ficou ausente o tempo todo. O que adianta criar órgãos que os próprios petistas não obedecem? Eu nada tenho contra ou a favor do governo Fernando Henrique.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Crônicasl 10/02/2015

    O poder da palavra está na força do coração. A palavra simboliza a educação, a ética e a sabedoria… O poder da palavra está na vida e na dedicação. A palavra fortalece o poder e a sua força não negaria.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Poesial 08/02/2015

    Na minha vida compartilhei alegrias e tristezas, assim como nos céus brilham as estrelas, umas mais cintilantes, outras menos. Nos jardins brilham as flores e as rosas vertem perfumes, umas mais outras menos, mas são nos menores frascos que encontramos os melhores perfumes. Ouvi alguém afirmar: "No céu escolhi uma estrela de uma bela constelação, no jardim escolhi uma flor, para ser o meu grande amor e embelezar o meu coração".

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Literatura> Poesial 04/02/2015
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast