Promessa não é divida !

17/06/2012 • Por • 4,603 Acessos

PROMESSA NÃO É DIVIDA

Frequentemente ouço dizer se DEUS prometeu ele vai cumprir,será que promessa é divida .Ele é obrigado a dar ou cumprir algo que disse que faria.

A promessa sempre será cumprida ,mas as coisas de DEUS respeitam princípios espirituais e quando eles não são respeitados não são observados a promessa de bênção se tornam em cumprimento de maldição.

Primeiramente DEUS não deve nada para ninguém,algumas pessoas tem confundido graça que é aquilo que é dado sem o merecimento,que é de graça é um ato do infinito amor de DEUS pelo homem,é um presente onde DEUS não busca atributos ou obras para justificar a graça alcançada.

Desta forma a graça prevalece sobre as obras não farei nada, não praticarei obras com o fim de alcançar merecimento ou justiça através das obras.Porque a graça sempre prevalece.

As vezes a força humana alcança a vitória sobre certas debilidades, vícios, falar palavrões, roubar,adulterar.Todavia a força humana é limitada e em muitos casos a pessoa retorna a praticar o mal novamente.
É pesado demais ,isso é a obra da carne humana aliada a um esforço tremendo em busca de agradar a DEUS.

Devemos agradar a DEUS , e isso é certo todavia qual é a maneira certa .

É comum ouvir dizer ,tem uma coisa que eu posso fazer sozinho e devo fazê-la,pois DEUS não fará por mim,Não existe nada que possamos fazer sós,DEUS afirma sem mim nada podes fazer JOÃO 15:5 enquanto estiver escrito a palavra nada no evangelho de João,quer dizer nada , nenhuma coisa .tudo que você fizer foi feito com o auxilio de DEUS.

Uma pessoa que tem dificuldades para conhecer e entender a DIVINDADE diz: Eu faço o possível e deixo o impossível para DEUS fazer, na verdade nem o possível podemos fazer sem que DEUS nos ajude.A palavra declara nada podeis fazer sem mim .

Tudo que fazemos ou melhor,oque DEUS permite que façamos é o agir da sua graça,que abençoa e da a condição necessária para continuar caminhando em fé.

Existe um pensamento que é nascido na rebeldia ,natural do ser humano .Onde se imagina que é possível dar um passo se quer sem que SENHOR permita.

A falsa doutrina do merecimento eu fiz muito e receberei muito em troca, não fiz nada então nada receberei.

DEUS deixa de ser o centro e eu passo a ser o mais importante DEUS se torna o meio para alcançar algo neste mundo ,fazer as coisas sem pensar em retorno para não se frustrar quanto ao tempo e hora de receber a bênção.Fazer por amor a o PAI CELESTIAL e não por que quero isso ou aquilo ,este comportamento ofende a DEUS o transforma em um prestador de serviços.

Talvez isso nasceu quando alguns pregadores começaram a comparar DEUS PAI com o pai terreno natural.não há o que comparar, Não obstante que o pai natural não deve e não da nada aos filhos sem que mereçam e que o PAI JEOVÁ da mesma forma faria o mesmo.Dando bases naturais para o agir de DEUS .

Muitos sem discernimento saem da graça e trabalham e se enfadam chegam ao limite de suas forças para alcançar merecimento .Quando DEUS diz descanse em minha graça.

Não digo que não pratico as obras e sei quanto são importantes espiritualmente, todavia as obras são fruto da graça sobre minha vida.

No tempo da lei 2 Reis 2:20 O rei Ezequias acometido de uma doença mortal e avisado pelo profeta Isaías que não seria curado pelo contrario a morte era uma certeza,Ezequias se volta para DEUS e o lembra de seu caminhar reto diante dele no passado ,caminho aponta para as obras que Ezequias havia realizado que as tinha feito com um coração voltado para o SENHOR.

De uma certa forma os argumentos usados por Ezequias alcançam o coração de DEUS e ele é curado.

No tempo da graça vemos PAULO passando por dificuldades semelhantes que o rei Ezequias ,mas com um final bem diferente.PAULO e o espinho na carne,2 coríntios 12:7-9 Paulo sofre de um mal que lhe causava muita dor o humilhava, ora por três vezes e DEUS não o cura .Imagine qual o teor das orações de PAULO por três vezes buscou resposta para aquele mal que o afligia e causava dor ,ele não deve ter usado os mesmos argumentos por três vezes consecutivamente ,comparamos as duas histórias de EZEQUIAS e de PAULO ,Ezequias ora uma única vez ,seu argumento suas obras , DEUS responde eo cura no mesmo dia Paulo ora uma , duas, três vezes esgota seus argumentos talvez tenha também como EZEQUIAS colocado suas obras diante de DEUS,e temos que concordar Paulo tinha obras maiores e mais importantes que Ezequias.

DEUS naquela oportunidade não olha para as obras e não o cura,apesar de insistir por três vezes a resposta que Paulo recebe é a minha graça te basta ! aleluia.

Tomando estas histórias como base ,posso afirmar que o merecimento por obras se existiu ficou no passado,vive na lei  quem vive com este pensamento ,vive na lei e ofende a DEUS e se rebela contra JESUS e não recebe os benefícios de sua vitória na cruz.

Você pode dizer eu tenho que me esforçar e lutar contra o pecado ser forte resistir ,é verdade em partes.

Se a resistência a luta e a força forem exercidas fora da graça ,com uma visão deturpada de propósito fora do amor de DEUS e em busca de recompensa com cobrança de algo que DEUS prometeu
Certamente a resposta será um alto sonoro não,2 coríntios 12;7-9 a lição que Paulo nos ensina é não sou capaz, nada posso fazer ,sou fraco diante de todas as circunstancias até naquelas que parecia eu ser forte a graça de DEUS se manifestou e me levou a vitória,porque quando sou fraco então sou forte no SENHOR.querem manter a salvação pela força e pelas obras,salvação por graça mediante fé e arrependimento genuino ,Efésio 2:8-9,salvação mantida enquanto estivermos sobre a graça e vivendo em fé,dai alguns manipularão a palavra e dirão que a fé sem obras é morta , todavia a palavra de DEUS atesta que tudo é nos dado de graça e pela graça de DEUS se existe obra também é pela graça.

O nosso merecimento era morte , e não por merecimento fomos resgatados dela.a graça de DEUS manifestada em JESUS nos alcançou em amor.As pessoas hoje se referem a promessa em tom de divida, se DEUS prometeu ele cumprira.vejamos uma promessa relatada pela bíblia,DEUS liberta o povo do Egipto usando a vida de MOISÈS e ARÃO promete a eles Canaã terra prometida ,a promessa era para MOISÉS,ARÃO e para o povo hebreu,nem Moisés e Araão e a geração que blasfemou contra DEUS na ocasião em que foram espiar a terra Canaã tiveram a promessa cumprida de entrar em Canaã,porque pecaram e não foram aprovados blasfemaram ofenderam a DEUS. E por quarenta anos vagaram no deserto até que toda aquela geração perecesse.

Promessa não é divida se fosse todos desfrutariam das bênçãos de Canaã,princípios espirituais devem ser respeitados para receber a promessa ,nunca confundir nem aceitar comparações heréticas de DEUS com o homem,viver em baixo da graça sempre , as obras de nada servem se não são frutos da graça de nosso senhor JESUS CRISTO,naquele dia tentarão usar as obras que um dia praticam,para se livrar da condenação , senhor eu cuidei da igreja ,eu expulsei demónios em seu nome,eu também curei,visitei os doentes e preguei a palavra,cantava no coral, era um pastor na sua igreja .E ele vos responderá: Digo-vos que não sei de onde vós sois; apartai-vos de mim, vós todos os que praticais a iniquidade.

Lucas 13:27. Quando buscam merecimento, ou se julgam merecedores por mais obras que pratiquem ,se a graça de CRISTO eo AMOR a DEUS não forem o combustível que nos impulsiona não passa de iniquidade é reprovado e ofensivo.a SANTIDADE DE DEUS .

Dentro da igreja existe a doutrina Arminiana introduzida por JACOBUS ARMINIUS.

Tal doutrina coloca a força humana como sendo capaz de interferir nos planos de DEUS ,coloca o homem sendo responsável pela sua salvação ou não ,os arminianos acreditam que o homem é responsavel por sua salvação e ele pode ou não manter se salvo,que DEUS se submete ao homem agindo somente onde ele permita onde ele aceite.,negando assim a soberania de DEUS.declaram que salvação é para todos e que todos que quiserem podem ser salvos.e o homem pode garantir sua salvação exercendo sua vontade de permanecer salvo.

Esta doutrina elimina a graça e o chamado celestial, limita DEUS em sua soberamia e onipotência.quer dizer mesmo que DEUS queira me abençoar não poderá fazer nada se eu não quiser.a vontade humana assentada no trono e DEUS se submetendo a ela.mesmo que eu esteja perturbado a ponto de não saber decidir o correto e o melhor ,se eu não quiser DEUS não fará nada.

Quando vivo em baixo destes conceitos de obras para merecimento , e me aparto da graça é iniquidade e também de certa forma arminianismo, quando confio na carne para fazer a obra que só a graça pode fazer estou praticando arminianismo.Citei Arminius porque ensinam em muitos lugares que a salvação depende do homem aceitar e não o ESPIRITO SANTO o convencer,que depende do homem no que diz respeito a algo que se tem de fazer para permanecer-se salvo ( OBRAS) .quem garante a salvação é aquele que te salvou JESUS CRISTO crendo que ele tem poder para conduzi-lo a CANAÃ CELESTIAL e que é tudo por ele através de sua graça agindo conduzindo-nos por caminhos de vitória de baixo da sua graça e não por merecimento.Quero finalizar citando novamente o texto que deu a introdução a este artigo. Romanos 11:6 Mas se é por graça, já não é pelas obras; de outra maneira, a graça já não é graça. Se, porém, é pelas obras, já não é mais graça;

VIVA NA GRAÇA DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO ,PELA GRAÇA SE ALCANÇA A PROMESSA.

 UM ABRAÇO DE SEU IRMÃO EM CRISTO PASTOR CLAUDIO CARDOZO/ADIEES.PRCLAUDIO@HOTMAIL.COM

Perfil do Autor

Pr. Claudio Cardozo

Natural de São Paulo 44 anos casado,formado em teologia,Palestrante nas areas de casais,financeira,drogas,profundo conhecedor da visão...