O Que É Uma Doença Mental?

Publicado em: 20/01/2009 |Comentário: 21 | Acessos: 74,373 |

Popularmente há uma tendência em se julgar à sanidade da pessoa, de acordo com seu comportamento, de acordo com sua adequação às conveniências sócio-culturais como, por exemplo, a obediência aos familiares, o sucesso no sistema de produção, a postura sexual, etc.

 

Quanto a forma de manifestação

 

Há duas classificações básicas de doenças mentais, que são as neuroses, e as psicoses.

 

A - Neurose é chamada neurose toda a psicopatologia leve, onde a pessoa tem a noção (mesmo que vaga) de seu problema.

 

Ele tem contato com a realidade, porém há manifestações psicossomáticas, que são notadas por este, e que servem de aviso para a pessoa procurar um tratamento psicológico, ou psiquiátrico.

 

É um fator comum a ansiedade exacerbada. Existe inúmeras classificações menores; para citar algumas temos:

1) TOC - Transtorno obsessivo-compulsivo: é a repetição de algum ato diversas vezes ao dia, não controlável e causador de grande ansiedade;

 

2) SÍNDROME DO PÂNICO: causa grande aflição, e medo perante alguma situação.

 

3) FOBIAS:  é o medo a alguma situação. Pode ser medo de ambientes fechados (claustrofobia), medo de água (hidrofobia), medo de pessoas (sociofobia), etc.

 

4) TRANSTORNOS DE ANDIEDADE: o indivíduo têm ataques de ansiedades antes ou depois de realizar algo, ou muitas vezes nem realizá-lo. É comum em pequena escala na maioria das pessoas, porém seu excesso é denominado como patológico.

 

5) DEPRESSÃO: também chamada de DISTIMIA, ou depressão maior. Se caracteriza por intenso retraimento e medo do mundo exterior. Causa baixa auto-estima e pode levar ao suícidio.

 

6) SÍNDROME DE BURNOUT: é a conseqüência de um grande estímulo estressor, como conflitos no trabalho ou família. Causa apagamento e falta de vontade.

 

7) DISTÚRBIO BIPOLAR DE ÂNIMO: O individuo muda de ÂNIMO e volta ao normal e um curto periodo de tempo. É comum em grande escala na maioria das pessoas. Precisa de acompanhamento medico profissional na maioria dos casos.

 

Obs: FREUD citou, em uma de suas obras, que todas as pessoas têm um pouco de neurose em si. É normal no ser humano ser um pouco neurótico, sendo apenas o excesso chamado de patológico.

 

B - PSICOSE: se caracteriza por uma intensa fuga da realidade. É, como a FILOSOFIA e as artes chamam, a loucura, propriamente dita.

 

Pode ser classificada de três formas:

 

  A) pela manifestação,

 

  B) pelo aspecto neurofisiológico,

 

 C) pela intensidade

 

 

 

   

 

  A - Manifestação: se divide em dois tipos principais:

 

a) ESQUIZOFRENIA: tem como aspectos principais a fuga da realidade, as manias de perseguição, as alucinações, entre outros. Têm ainda subdivisões, que são a esquizofrenia paranóide, a esquizofrenia desorganizada(ou hebefrênica), a esquizofrenia simples, a catatonia ou a esquizofrenia indiferenciada;

 

b) TRANSTORNO DE AFETO BIPOLAR: tem por característica picos muito grandes de humor, em pouco espaço de tempo, pro lado da DEPRESSÃO(ou distimia ou disforia), e pro lado da mania (euforia ou eutimia). Por estes dois aspectos também conhecemos este transtorno como psicose maníaco-depressiva. O doente sofre de mudanças de humor constantes, sendo perigoso e gastador em fases maníacas, e retraído, podendo se suícidar, no estado depressivo.

 

Obs: Ambas as psicoses listadas precisam de auxílio medicamentoso, adjunto de auxílio psicoterápico, para diminuir os sintomas e ajustar o comportamento.

 

B - Aspecto neurofisiológico:

 

1) Funcional: age apenas no funcionamento do aparelho psiquico, em suas ligações.

 

2) Orgânica: tem como característica mudanças ocorridas na química do cérebro, ou em mudanças fisiológicas e estruturais.

 

 C - Intensidade:

 

 Como intensidade entendemos a agressividade e impulsividade do doente em:

 

1) Aguda: também chamada de fase de surto; é quando o doente se torna violento, impulsivo e fora da realidade. É necessária observação psiquíatrica constante, pois o doente oferece risco para si, para outros e para o patrimônio.

 

2) Crônica: é a fase de relaxamento do doente, onde ele está fora da realidade, mas não põe em risco os outros e sua vida. Este estágio é permanente, e resulta de algum caso onde não há cura.

 

As Doenças Mentais têm “cura” ou só podemos falar em controle?

 

As Doenças Mentais têm cura tanto quanto as doenças da cardiologia, da endocrinologia, da reumatologia, da neurologia e assim por diante.

 

A medicina tem como primeira obrigação definir se a pessoa que a procura É ou ESTÁ doente.

 

Se estiver doente, a possibilidade de cura definitiva é enormemente maior do que nos casos da pessoa ser doente.

Avaliar artigo
5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 25 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/saude-artigos/o-que-e-uma-doenca-mental-730354.html

    Palavras-chave do artigo:

    doenca mental

    ,

    saude

    Comentar sobre o artigo

    O presente estudo é uma discussão teórica, que tem por objetivo repensar a visão que o próprio paciente, sua família e a sociedade têm em relação ás pessoas que sofrem com a doença mental, procuramos discutir a importância desta socialização para o doente, e a diminuição do preconceito com tais pessoas, pessoas estas que sofrem pela discriminação de não serem normais na visão da sociedade. Suas famílias precisam ser atendidas em suas reais necessidades e a equipe de saúde, tem um papel importante nesta socialização onde precisa estar organizada e preparada para assisti-los na sua própria comunidade.

    Por: Lucianal Psicologia&Auto-Ajudal 02/06/2009 lAcessos: 9,736 lComentário: 1
    suely bischoff machado de oliveira

    A esquizofrenia faz parte da psicopatologia denominada psicose.......Deve ser tratada como uma questão de saúde pública.........

    Por: suely bischoff machado de oliveiral Psicologia&Auto-Ajudal 01/05/2009 lAcessos: 6,782 lComentário: 1

    O Presente artigo tem como objetivo apresentar o tema da loucura sobre um nova ótica,atraves de uma analise teórico prática, para tanto buscaremos abordar essa questão de forma a desnaturalizar esse processo.Para abordar um assunto de tão grande relevância a exemplo, o adoecimento mental, faz-se necessário uma viagem ao passado, para que assim possamos compreender o lócus que a loucura ocupa nos dias atuais, como também olharmos esse processo de adoecimento, presentes nas classes populares.

    Por: gisele oliveira da silval Psicologia&Auto-Ajuda> Redução de Stressl 25/04/2010 lAcessos: 2,460

    O Estigma relacionado com a doença mental provém do medo do desconhecido, dum conjunto de falsas crenças que origina a falta de conhecimento e compreensão. Sabe-se que o estigma traz problemas para quem o vivencia, tais como a exclusão do individuo , nas suas relações sociais, da percepção e da dinâmica familiar. Actualmente, uma das prioridades da Organização Mundial da Saúde é lidar com este estigma, reintegrando todos os utentes com doença mental, na comunidade.

    Por: carinal Saúde e Bem Estarl 24/05/2010 lAcessos: 1,332

    A partir da década de 80, a reforma psiquiátrica, entendida como um movimento social passou a estar articulada a um conjunto de iniciativas interligada nos campos legislativo, jurídico, administrativo, cultural e no saber médico psiquiátrico, que visava transformar a relação entre sociedade e loucura. A desinstitucionalização foi o conceito chave neste processo de modificações estruturais, representando uma crítica teórico-prática, que reorientou instituições, saberes e estratégias.

    Por: Dr. Enfº Flávio Dias Santosl Saúde e Bem Estar> Medicinal 19/12/2008 lAcessos: 7,230 lComentário: 7

    Homossexualidade é a qualidade de homossexual; homossexualismo. O homossexualismo é a prática de atos sexuais. A homossexualidade, também chamada hoje de transexualidade, em alguns círculos de Ciência, define-se, no conjunto de suas características, por tendência da criatura para a comunhão afetiva com outra criatura do mesmo sexo, não encontra explicação fundamental nos estudos psicológicos que tratam de assunto em bases materialistas, mas é perfeitamente compreensível, à luz da reencarnação.

    Por: Antonio Paiva Rodriguesl Notícias & Sociedade> Cotidianol 31/01/2014 lAcessos: 30
    Betinha Cordeiro Fernandes (Elizabeth)

    O artigo discorre sobre as políticas públicas do Programa Saúde do Adolescente, já estendidas aos jovens (até 24 anos), como preconiza a perspectiva da integralidade, intersetorialidade e multiprofissinalidade do SUS e PSF.

    Por: Betinha Cordeiro Fernandes (Elizabeth)l Educação> Ensino Superiorl 21/07/2009 lAcessos: 14,653 lComentário: 6
    Felipe José de Jesus

    Levar uma vida cotidiana regrada por elementos comuns como trabalho, lazer, estudos, rodas de papo com amigos e outros exercícios que todas as pessoas realizam durante os dias e finais de semana. Estas são algumas atividades que geralmente milhares de brasileiros entre jovens e idosos acarretam em sua rotina, mas o que parece um ato simples, nem sempre é tão comum para todos, principalmente pelas pessoas que sofrem por uma das enfermidades que preocupam especialistas, a Síndrome do Pânico.

    Por: Felipe José de Jesusl Saúde e Bem Estar> Medicinal 13/12/2010 lAcessos: 640
    Carla Raquel Salazar

    A Depressão uma doença assassina que mata silenciosamente se não for tratada com seu devido grau de seriedade.

    Por: Carla Raquel Salazarl Saúde e Bem Estarl 01/06/2011 lAcessos: 813 lComentário: 1

    Um problema que atinge ou irá atingir 65% dos homens e 40% das mulheres. Para os homens é uma assunto incomodo mas sociavelmente aceite. Para as mulheres é um problema duro de lidar. Existem muitas mais mulheres no mundo que sofrem de calvície que possa imaginar. Não é só um problema de homens. Mas existe uma solução, e não uma solução temporária, mas uma solução definitiva e natural, o transplante capilar pelo método FUE.

    Por: Maria Mirandal Saúde e Bem Estarl 27/10/2014

    Sem dúvidas a obesidade tem sido um fator preocupante na saúde da população moderna. Nos últimos anos observamos um aumento significativo no índice de pessoas acima do peso ou mesmo obesas, tanto nos países desenvolvidos, como nos países em desenvolvimento. Além dos problemas para saúde o excesso de peso acarreta efeitos socioeconômicos substanciais.

    Por: josi feitosal Saúde e Bem Estarl 25/10/2014

    O objetivo da fisioterapia na saúde da mulher é atender a mulher em sua integridade, em todas as fases da sua vida, respeitando as necessidades e características individuais. Atua em vários aspectos da função e do movimento humano, que sofrem mudanças e alterações durante suas fases de vida, desde a adolescência até a fase adulta, passando pela fase reprodutiva, período gestacional, climatério, menopausa e terceira idade.

    Por: josi feitosal Saúde e Bem Estarl 25/10/2014

    Este artigo demonstra como um cuidador ou quem convive com uma pessoa que tem Alzheimer deve se comportar, mostra o que deve e o que não deve fazer para manter uma boa convivência e boa qualidade de vida.

    Por: josi feitosal Saúde e Bem Estarl 25/10/2014

    Cada vez mais nos deparamos com a situação de não encontrar ninguém nos lares durante o dia todo. Trabalho, curso, escola, faculdade, entre outras coisas, compõem uma grade maluca que tem hora certa para começar, mas sem previsão para terminar. E em meio a essa loucura, fica difícil seguir os horários comuns de alimentação em que estamos acostumados. Dependendo da rotina, fica até difícil de separar um tempo do seu dia para fazer isso.

    Por: 3xcelerl Saúde e Bem Estarl 24/10/2014

    É muito bom poder sentar para almoçar e encontrar um pedaço de bife acompanhado de algumas batatas fritas, prontos para serem devorados. Mas muita gente não tem ideia de todo o processo que a carne passa até chegar a sua casa. Pensando até pelo lado higiênico, chega até ser um pouco perigoso o consumo de alguns alimentos, não somente carnívoros, sem que estejam devidamente saudáveis e conservados para seu consumo.

    Por: 3xcelerl Saúde e Bem Estarl 24/10/2014

    A loucura do dia a dia traz muito estresse e os efeitos são claramente percebíveis com o decorrer do tempo. Cada vez mais, nos acostumamos em realizar inúmeras atividades simultaneamente, e a verdade é que fica quase impossível de realizá-las todas corretamente. Algumas funções realmente podem ser evitadas, mas por grande maioria, podemos enxergar obrigações rotineiras que necessitam uma atenção, dificultando que haja a devida concentração para cada uma.

    Por: 3xcelerl Saúde e Bem Estarl 22/10/2014

    Relato de experiência na escola municipal de Itajaí sobre o Programa Saúde na Escola (PSE) e o recente lançamento da Caderneta do Adolescente.

    Por: Danieli Fabrícia Pereiral Saúde e Bem Estarl 21/10/2014

    É um grupo de sintomas incapacitantes permanentes, resultantes de danos as áreas do cérebro responsáveis pelo controle motor. Não progressiva que pode ter origem antes, durante ou logo após o nascimento e se manifesta na perda ou no comprometimento do controle sobre a musculatura voluntária. Caracteriza por um distúrbio de movimento ou postura dependendo do local e magnitude do dano os sintomas podem variar.

    Por: Alexandre Vieiral Saúde e Bem Estarl 20/01/2009 lAcessos: 8,775 lComentário: 11

    O TCE é uma agressão ao cérebro, não de natureza degenerativa ou congênita, mas causada por uma força física externa, que pode produzir um estado diminuído ou alterado de consciência, que resulta em comprometimento das habilidades cognitivas ou do funcionamento físico.

    Por: Alexandre Vieiral Saúde e Bem Estarl 20/01/2009 lAcessos: 22,705 lComentário: 11

    O AVE, ou Acidente Vascular Encefálico é a terceira maior causa de morte no mundo desenvolvido, atrás apenas das doenças coronárias e de todos os tipos de câncer.

    Por: Alexandre Vieiral Saúde e Bem Estarl 20/01/2009 lAcessos: 11,412

    Falar sobre os direitos de um deficiente não é coisa fácil! Neste artigo, relataremos situações sociais e profissionais sobre os direitos dos deficientes.

    Por: Alexandre Vieiral Direito> Legislaçãol 20/01/2009 lAcessos: 7,425 lComentário: 3

    Relatar sobre apnéia e ronco, para alguns pode parecer uma brincadeira, assim como gozações do cotidiano, porém para as quem possui, é de grande frustração social e também familiar.

    Por: Alexandre Vieiral Saúde e Bem Estarl 20/01/2009 lAcessos: 722

    Embora tenha sido reconhecida primeira vez em 1981 a imunodeficiência adquirida (AIDS) se tornou um importante problema de saúde pública dessa geração. Nas várias semanas ou meses após a infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV), muitos indivíduos desenvolvem uma doença semelhante à mononucleose com duração de uma a duas semanas.

    Por: Alexandre Vieiral Saúde e Bem Estarl 20/01/2009 lAcessos: 2,382 lComentário: 1

    Podemos definir a cardiopatia como qualquer doença que atinja o coração. Mas como detectar uma doença no Coração?

    Por: Alexandre Vieiral Saúde e Bem Estarl 20/01/2009 lAcessos: 137,060 lComentário: 20

    Infelizmente, a agressividade é sempre um tema da atualidade, especialmente a agressividade juvenil, na qual está relacionada aos roubos, furtos, assaltos, seqüestros, gangues, atiradores de escolas, dos queimadores de mendigos, dos homicidas ou pelo simples fato da agressão familiar, o que não é tão difícil hoje em dia.

    Por: Alexandre Vieiral Lar e Família> Adolescentesl 20/01/2009 lAcessos: 30,251 lComentário: 23

    Comments on this article

    0
    elen 28/09/2011
    primeiramente obrigada pelo espaço,e agradecer pelo artigo bem simples de definir pois estou no 5ºsemestre de enfermagem ,estou fazendo uma pesquisa sobre esse tema gostei muito ,estou satisfeita em entender um pouco melhor sobre esse caso,parabéns continue passando boas informações para publico.
    2
    ana 14/06/2011
    ssou dependente de remedios controlados mas levo uma vida normal iclusive trabalho com carteira assinada a sete anos e alguns meses gostaria muito de saber mais sobre meu problema e saber se algum dia eu encontraria a cura definitiva para meu problema
    1
    sonia 26/03/2011
    pago o inss como otonimo,tenho problema mantal.recebei o auxilio de doença 1 ano.comtinuo indo ao psiquiatra e tomo remedios , fez outra percia medica e nao aceito meu pedino de aucilio de doença . o que eu devo fazer
    0
    juliana 14/11/2010
    minha mãe tem 56 anos e ha muitos anos ela sofre de problemas mentais, as vezes a gente fala alguma coisa com ela e ela começa a gritar no meio da rua ou dentro de casa em qualquer lugar, ela nao faz nada dentro de casa não liga pra limpeza, se a gente nao ficar em cima dela nem banho ela toma, ela fala coisa com coisa e vive repitindo tudo que fala, fica vagando pelas ruas sem fazer nada. Uma vez ela foi ao medico e o dotor passou um remedio pra ela so que ela se regeitou a tomaro remedio e jogou tudo fora ela se regeita a ir ao medico. por favor nos da umas dicas do que ela tem e como podemos trata-la, porque ate hoje ninguem sabe o que realmente ela tem, nos nao sabemos mais o que fazer. nos ajude, desde ja agradeço.
    4
    karol 21/10/2010
    genial esse artigo!
    mim ajudou muito.
    4
    vanessa correa 22/06/2010
    Tenho uma amiga de infancia, que teve uma infãncia um pouco conturbada por causa da vida infiel que seu pai oferecia á sua mãe. foi uma adolescente de poucas amizades, bastante fechada,mas estudou, fez faculdade e é concursada. Só que teve um ou dois namorados rápidos e é até hoje virgem. de alguns meses pra cá, acredita que a família está formando um complô contra ela juntamente com o pesoal do trabalho e também com as pessoas da igreja,acha que estão todos contra ela! o que pode estar acontecendo e será que tem cura ?
    5
    adriana calheiar rodrgeuis 24/05/2010
    bom eu quero saber si esa doemsa pode ter em pessoas que tem 10 ou 11 anos
    1
    José Roberto 14/05/2010
    . . . confesso que sou portador de neuroses. Já estive com depressão, não foi fácil sair desta. Requer conhecimento dos nossos valores !
    3
    Eliane Guimaraes 22/03/2010
    Antigamente os doentes mentais eram uma ameaça á sociedade, mas hoje em dia eles são incluidos à sociedade. Como forma de terapia ocupacional, entidades desenvolvem atividades interessantes com essas pessoas que o ajudam muito no seu desempenho mental e inclusão com mais eficiencia à sociedade. ELES SAO PESSOAS COMUNS COMO OUTRA QUALQUER.
    6
    Carliane santiago 14/03/2010
    tenho um filho que ao nascer teve anoxia cerebral, e eu não sei o significado deste quadro. Então quero saber o que significa e qual será as sequelas que terá o meu filho.......
    6
    gleiciany 15/01/2010
    OLA BOA TARDE! GOSTARIA QUE VCS ME AJUDAÇE. POIS MEU NAMORADO E UM RAPAZ NOVO E ESTA COM 3 ANOS QUE ELE VEM LUTANDO COM SINDROME DO PANICO,DEPRESÃO E AGORA RECENTE ELE FEZ UNS EXAMES E O MEDICO FALOU QUE DEU COMEÇO DE DESTURBIO MENTAL. GOSTARIA DE SABER COMO EU POSSO AJUDA-LO. POIS EU NAO SEI O QUE FAZER.OBRIGADA ESPERO RESPOSTA O MAIS RAPIDO PSSIVEL.
    5
    Olga 26/12/2009
    Meu genro gosta de comprar e nao gosta de pagar contas.Quer ser o centro das atençoes .Adora aparecer e mente muito.Depois de separado da minha filha arrumou um emprego pelas 1ª vez em 2 anos..Ele foi trabalhar com computadores numa gd empresa mas ja descobriram que a intençao dele era tirar as peças dos computadores d vendê-las assim como fez com meus computadores.Diz p minha filha que a ama e que jamais mentira p ela mas sabemos que ele n faz tratamento psicologico e esta desempregado. Ele nem imagina que sabemos que ele mente cada vez mais.Tambem quando morava conosco nao se dava com ninguem e nao gostava de ninguem. Ah!ele ama brincar e brigar até com crianças, joguinhos de computador.Come na mesa do computador p nao perder os jogos.Que tipo de doença é essa? que ele precisa fazer? e perigoso? tem cura? ele e perigoso ?pode matar alguem?.Queria saber como agir pois os pais dele tiveram aki e ele soube mentir tao bem que enganou a todos.Obrigada.Ele entende mto de computadores.
    9
    Carla de Castro Grutt 08/12/2009
    Olá, minha mãe tem 64 anos, ela tem parkinson e está fazendo o tratamento para ele já há 3 anos. Só que nos ultimos tempos, ela tem falado que existe umas pessoas que ficam no muro da nossa casa para filmar tudo o que acontece lá dentro. Ela sempre me diz onde ele está, como está vestido... porém um nuca vi. Disse recentemente que ele (o homem desconhecido) filma o quarto dela, depois projeta o fime dentro do quarto dela propria para ela ver o filme. (Como se tivesse ameaçando ela com o filme do seu proprio quarto... dizendo estive na sua casa!). Quando vai tomar banho, quer fechar qualquer e todas as frechas da janela, dizendo que estão filmando pelos buracos...
    Estou ficando muito preocupada, pois eu não vejo nada disso. O que será que minha mãe tem? Qual médico deveria levá-la? Seria um Pisiquiatra? Eu fico com receio de querer levá-la ao médico e ela se ofender por eu estar chamando ela de doida!
    Me ajude por favor! Me indique um caminho!!!
    Eu moro em Natal/RN
    9
    júnior lemos 28/11/2009
    Minha mãe desque eu me ento com gente apresenta diferença de personalidade: tem epoca que ela se isola e quase não fala com nínquem, mal responde o que a gente pergunta e não consegue fazer nada em sua casa a não ser ficar assistindo. Tem época que ela conversa demais ao ponto de seguir uma pessoa que vai á visita só para aquela pessoa ficar ouvido sua estória. Já há período que ela quase não conversa só fazendo as coisas de casa sem parar. Nesse estágio ela fica uma pilha de nervo e chama muitos palavrões. Qual será o problema dela?
    1
    ELENICE 23/11/2009
    OLA GOSTARIA DE SABER SE SURTO DEIXA A PESSOA MUITO DEBOCHADA ,TENHO UMA IRMÃ QUE ESTAVA INDO NA IGREJA E DISSE QUE O PASTOR FALOU PARA ELA QUE ESTAVA COM CANCER DAI PRA CA MINHA IRMÃ MUDO DE ATITUDE FOI EMBORA DE CASA FICOU DORMINDO NA RUA SENDO QUE ELA TEM A CASA DELA. E AGORA O QUE FAÇO ELA Ñ QUE IR AO UM MEDICO DIZ QUE Ñ ESTA DOENTE E RASGOU TODOS OS DOCUMENTOS QUE ELA TINHA CPF RG TUDO ELA ESTA COM SE Ñ FOSSE NINGUEM ME DE UMA ORIENTAÇÃO POR FAVOR ,ELA SO 43 ANOS
    2
    lia mara garvia da silva 07/11/2009
    tentei ajudar um rapaz de 37 anos,que se criou praticamente dentro de nossa casa,antes de me casar ,depois continuou sempre perto de nos trabalhando com meu marido na oficina mecanica,ficamos com pena por ver que ele não tinha atenção do pai e trocemos para nossa casa,só que ele tem mania de pegar roupas intimas de muler,e de achar que é o dono da casa acha que tenho que fazer só o que ele quer,não aguentando mais isto mandamos ele devolta para a casa do pai dele,que não gostou nem um pouco e meu marido proibiu ele de entrar na oficina,mas ele ta sempre na porta da oficina ameaçando meu marido chamando ele para briga ,não sei mais o que fazer tenho medo que ele faça alguma coisa com meu marido,pois ele é muito traçoeiro e o pai dele não quer nem saber ele tando na rua não encomodando é o que conta os outros que se ferem
    3
    Alessandra 09/10/2009
    Olá!

    Existe algum hospital ou clínica que preste atendimento gratuito para esses casos?
    8
    tatiane 03/10/2009
    Adorei sua explicação e gostaria de saber quais as doenças mentais onde o doente podera a agredir violentamente e até matar alguem mesmo que essa pessoa seja proxima a ele?
    7
    eliane 30/09/2009
    ,inha mae tem 65 anos e a quase 10 ela vem tendo crises as vezes fica dias falando repetidamente a mesma coisa e sempre é por causa de traumas q teve no passado com meu pai quando ele a trai e etc... levamos ao medico e ele diosse q ela ñ é louca q nós é q somos por pensar assim mas o q fazer se a cada ano ela piora ela agora nos ataca jogando praga a mim e minha irmã e meu pai sofremos muito mas ñ sabemos o fazer pos ela ñ quer proucurar um medico como agir nessa situaçaõ nos ajude por favor
    7
    Gabriela de Oliveira Sousa 24/09/2009
    Tenho 18 anos e sofro de doença mental, o que torna esta doença pior dp que qualquer outra é o fato de nunca sabermos se estamos curados e o mais difícil encarar o preconceito das pessoas, não precisamos ser trataados melhor do que ninguém apenas igual, e sem esquecer que muitas vezes estamos lúcidos, talvez até mais tempo que loucos, por isto acho importante matérias como esta onde as pessoas possam ter conhecimento do que é um disturbio mental, ninguém pede para nascer assim mais já que nascemos temos os mesmos direitos de lutar por uma vida digna com qualquer cidadão.
    6
    Maria José Esmeraldo Rolim 06/05/2009
    Você é genial com resumos e definições....parabéns
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast