Receita da babosa para a cura do cancer

25/04/2010 • Por • 3,827 Acessos

Receita da babosa para a cura do cancer

A receita da babosa para o tratamento do cancer,  segundo o Frei Romano Zago.
1 kilo de mel (verdadeiro)
40 a 50 ml de bebida destilada (cachaça de alanbique, uísque ou conhaque)
Folhas da babosa (Enfileirada devem totalizar 1 metro) ( umas 4 folhas)
Como preparar.
Deve-se usar a babosinha, conhecida como babosa de jardim, ela tem 70% de principio ativos, as outras tem apenas 25%. Nome científico da babosinha,  Aloe arborecens.
As folhas devem ser colhidas depois de um periodo de 6 dias sem chuva.
Os princípios ativos estarão mais concentrados.
Colha as folhas pela manhã ou ao anoitecer. (para evitar o contato com a luz solar)
Não lavar, limpar com um paninho seco para tirar o pó.
Passe a faca nas bordas das folhas para tirar os espinhos. (só retirar os espinhos)
Pique os pedacinhos no liquidificador
Acrecente o mel e a dose de conhaque (50 ml corresponde a dose mínima que
se toma nos bares.)
Bata tudo por mais ou menos 1 minuto.
Tudo deve ser feito bém cedo ou ao por do sol. (no escuro)
Guarde a pasta num vidro escuro na geladeira.
No caso de diabéticos ou alérgicos ao mel, substitua por suco de fruta,
legumes ou verdura.
É importante preparar num ambiente sem luz, pois a aloína reage com a luz e perde-se o efeito curativo.
O pé de babosa deve ser adulto com 4 a 5 anos e as folhas devem ser utilizadas assim que forem colhidas.
Posologia
Tomar 2 colheres, 2 vezes ao dia ou
2 colheres, 3 vezes ao dia (Eu diria, siga a dose menor para pessoas de porte menor)

Usa-se a medicação por 10 dias e suspende-se por 10 dias.
Aí retorna-se a medicação por mais 10 dias e novamente suspende-se
a medicação por mais 10 dias. Siga  este processo até obter-se a cura.
Nos primeiros três dias pode ocorrer mal estar, desinteria e vômito.
fezes com forte odor, feridas e urina de cor marrom. É a babosa fazendo uma varredura no organismo e eliminando o que está errado nele.
A irmã Arcângela, de Roma em fase terminal usou este tratamento sem interrupção por 75 dias, correndo o risco do exagero, no entanto foi totalmente curada. A Irmã Helena, carmelita, de Israel, usou esta medicação, e se curou
totalmente. Segundo o relato da revista, um Senhor, desenganado e mandado para morrer em casa no aconchego do lar usou a medicação e se restabeleceu plenamente. Estes relatos são apenas alguns exemplos. Outras babosas usadas para tratamentos de dezenas de enfermidades. Aloe Vera e Aloe Barbadensis. Estas são usadas apenas a parte interna sem a casca.

Fonte: Revista Ervas & Plantas que Curam Páginas 3,4,6
Editora Escala Ltda.

$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

www.gmumario.blogspot.com/ www.lazer.ucoz.es