Saiba Mais Sobre O T.C.E.: Traumatismo Crânio Encefálico. Conheça Aqui

20/01/2009 • Por • 23,064 Acessos

O TCE é uma agressão ao cérebro, não de natureza degenerativa ou congênita, mas causada por uma força física externa, que pode produzir um estado diminuído ou alterado de consciência, que resulta em comprometimento das habilidades cognitivas ou do funcionamento físico.


O TCE pode ser provocado por acidente de trânsito (60 a 70%), quedas (20%) e outras causas mais raras como agressões e projétil de arma de fogo.



O TCE pode produzir ou não déficit neurológicos.


à        falta de coordenação


à        dificuldade para planejar e estabelecer a seqüência de movimentos


à        espasticidade muscular


à        dores de cabeça


à        distúrbios da fala


à        paralisia e crises convulsivas


à        muitos comprometimentos sensoriais (visão e audição)



Todos esses comprometimentos podem variar bastante dependendo da extensão e local do dano cerebral, além do êxito do processo de reabilitação (podendo ser classificado de leve a severo).


Classificação: aberta ou fechada


Sintomas: amnésia retrógrada, confusão mental, distúrbios visuais, instabilidade postural, vômitos cefaléia, sono.


Contusão cerebral: amolecimentos cerebrais ou hemorragias capilares (lado acometido ou contra-lateral). Impacto do tecido nervoso contra a parede óssea.


Seqüelas – hemiplegia, monoplegia, distúrbios psíquicos, memória.


Dilaceração cerebral – perda da continuidade do tecido cerebral.


Sintomas – perda da consciência, amnésia, confusão mental, instabilidade postural duradora.


Seqüelas – hemiplegia , disfunções mentais.


Atividades: força, flexibilidade, resistência cardiovascular, AVD’S, ADM, atividades funcionais e recreativas.


Objetivo do programa de Educação Física: incentivar o desenvolvimento seqüencial das habilidades e padrões motores fundamentais essenciais para participação em jogos, esportes e atividades de lazer. Objetivo da equipe multidisciplinar é superar o máximo as funções perdidas e treinar o aluno/paciente nas áreas deficientes e nas AVD´S.

Perfil do Autor

Alexandre Vieira

Professor Especialista pela UNIFESP - Escola Paulista de Medicina em Bases Metodológicas e Fisiológicas do Treinamento Desportivo....