Uso de Jogos para estimular a memória

09/08/2012 • Por • 502 Acessos

Com o envelhecimento é comum os prejuízos cognitivos, ou seja, a memória começa a falhar, a atenção, a capacidade de resolução de problemas já não são mais os mesmos.    

Algumas patologias comuns no envelhecimento como a Doença de Alzheimer e a Doença de Parkinson atacam importantes funções desempenhadas pelo nosso cérebro.  

A falha nas funções cognitivas prejudica de forma significativa a vida do idoso, pois ele já não pode mais sair de casa sozinho pelo risco de se perder. E tarefas antes simples, como tomar um medicamento e fazer compras, já não podem ser realizadas, retirando do idoso a sua independência.

Uma  intervenção importante com estes idosos, é a reabilitação cognitiva, que pode ser realizada por um terapeuta ocupacional. Este profissional dispõe de algumas estratégias que visam estimular a memória, atenção, percepção e capacidade de resolução de problemas. Um recurso utilizado são os jogos, cada jogo estimula funções específicas.  

Exemplos:      

JOGO DA MEMÓRIA    

Atenção, uso da linguagem oral simples, noção espacial e habilidade para resolução de problemas.        

QUEBRA CABEÇA  

Exploração espacial, capacidade de resolução de problemas, memória e atenção.  

FREECELL  

Organização e pensamento lógico    

DAMAS   Noção de relação espacial, atenção e memória.   CAMPO MINADO   Orientação espacial, memória, habilidade organizacional, e atenção visuo-espacial   vila-laura-020.jpg           
     É muito importante que o idoso estimule continuamente o seu cérebro e os jogos são recursos de baixo custo e que pode ser realizado com toda a família, favorecendo a socialização.     Estas são apenas algumas sugestões, é importante que o idoso pratique jogos que façam parte de seu histórico ocupacional, ou seja, o jogo deve ter um significado para aquela pessoa.  

VEja mais  em:

http://viverterapiaocupacional.blogspot.com.br/2012/08/uso-de-jogos-para-estimular-o-cerebro.html