Qual O Melhor Sistema Operacional?

08/03/2008 • Por • 21,304 Acessos

Qual o melhor sapato? Qual a melhor roupa? Qual o melhor carro?

A resposta para todas as perguntas, é o que melhor me serve.

De que adianta eu ter aquela sapato de cromo alemão, mas que fico mancando? De que adianta aquele terno Armani, que não posso respirar direito? E aquele carro muito lindo, mas quando eu piso, ele parece que até reduz a velocidade?

Nós, os profissionais da área de Tecnologia da Informação - TI, somos diariamente afogados com informações e novidades. Sempre tem o novo grito da moda, aquela tendência que será o futuro e se ninguém correr para ela vão estar perdidos.

Na área dos OSes (para o Inglês Operating Systems) - Sistemas Operacionais, existe algo próximo a religião, futebol e política, tudo junto. Eu uso o que melhor me servir ou o que melhor servir o meu cliente e pronto, mas tem gente que carrega o estandarte da tecnologia, como se em uma cruzada contra os pagãos.

Linux ou Windows
Deixando de lado os preciosismos de cada um, deixando as supostas falhas de segurança... para mim, ambos servem e servem muito bem.

Para mim e boa parte do mundo, o Windows é um ótimo OS (Operanting System) - Sistema Operacional, simples, fácil de configurar e dar suporte, mas tem gente que acha legal o Linux, porque gostam de ter a sensação de poder, porque podem pegar no core (núcleo) do sistema, mudar scripts, escolher o melhor conjunto de aplicativos de e-mail, web, sql etc.

Para mim, essa de escolher, é o que os americanos chamam de bull shit (besteira), porque em 99% das aplicações, não precisamos de máquina e recursos oferecidos.

Então, escolha o que melhor te servir.

E os outros OSes?
Eu trabalhei com diversos ambientes ao longo da minha vida, foram dos Grande, Médio e pequeno porte. Não faltaram nomes bonitos e siglas. Alguns até hoje não sei para que serve, mas eles estavam lá, onipresentes nas conversas entre os colegas... O VM e o CICS, e blah blah blah, mas o que eu queria saber era de ter logo o meu programa compilado e rodando.

Nos minis, foram o SOD - Sistema Operacional de Disco e outros que nem lembro... mas estava lá o COBOL, o Assembler, o C. Não tinha OS no contexto.

Nos micros, usando o TRS-80, tinha o tal do New DOS, que eu gostava porque ele era rápido, mas a Prológica, tinha preferência por outro, que não lembro o nome, mas as diferenças eram poucas, para meus programas, pois eles rodavam em ambos. Eu usava O ZBasic, Basic, Pascal e Cobol.

Acho que o sistema que menos comentou-se, foi o CP/M, pois, com ele, só vi nego programando e nem estavam ai para que processador, memória ou computador... o programa compilou? Cadê o relatório? Eram essas as conversas, nada de "Cara, você viu a nova versão do CP/M? Caracas é muito legal... nem vejo hora de colocar as mãos".


Eu me sirvo da tecnologia e você?
A tecnologia está para servir o ser humano e não o contrário, muitas vezes, vejo que as pessoas se sentem dominadas pela tecnologia. Sinto que os computadores e outros gadgets tomam conta de suas vidas, que impõem o seu ritmo de atividades e se não fizerem o próximo upgrade (atualização), estarão perdidos.

Eu já fui um cara que colecionava tecnologia. Gostava de possuir, somente pelo prazer de ter e sentir, que eu tinha... mas, com o tempo, aprendi que isso não tinha nada de útil e muito menos economicamente interessante, lembro-me de gastar muita grana para ter os primeiros computadores de uma determinada geração... eu pagava 2 a 3 vezes do que os que esperavam 3 a 6 meses pagavam.

No final de 2003, comprei um notebook Vaio P4 2.8 com 512MB... fiz um upgrade no ano passado para 1GB e HD de 80... e me pergunto, porque deverei troca-lo? Tudo que eu preciso ele me atende. Abro duzentas telas do Windows, deixo a música rolando (sonho antigo) e ainda algumas atividades por de trás também em operação... comprei outro, um Dell Pentium M e o coitado fica parado... porque? Porque eu uso este, o Vaio... me atende... e o outro? Porque eu comprei? Mobilidade... o tempo de uso é muitas vezes superior a este... então, uso ele para visitas e viagens... posso ficar até 8 horas teclando sem problemas, isso tudo com o WiFi ligado.

E o mercado?
A industria, gostaria que você troca-se todos os seus produtos em uso a cada ano, pois isso seria a glória financeira... e talvez, teríamos uma inflação sem precedentes, porque não haveria qualquer possibilidade de atender a demanda.

Pois é... na minha visão, não existe produto ou tecnologia melhor que aquela que te serve bem... pense nisso, quando for pensar em trocar ou querer comprar algum grito do momento.

E os OSes
Para mim os OSes, são tecnologias. Vejo ai o Windows Vista, a nova versão do OS do Mac, nem lembro o nome e até as próximas versões do Linux... foram tantas, que nem lembro, mas nada mudou na minha vida.

E uso o Windows 2003 Server, tenho instalado o SQL Server 2000 e uso o Office 2003, todos registrados e oficiais... acho que já se tem muita coisa nova por ai... mas me pergunto, para que? Pelo menos no meu caso, não vejo o que qualquer uma dessas novas tecnologias poderão me ajudar a melhorar o meu trabalho, até poderá ter algo de melhor, verei depois com mais calma.

Agora, falando sobre os Windows... para mim, sempre os melhores OSes, foram os Servers. Enquanto eu vejo o povo sofrendo com os Win95, 98, Me, XP e outros... eu tenho e uso os Servers, que são meio que Bullet Proof (A Prova de Bala), pois, só reinstalei este, porque deu prego no HD no início do ano, então, somente troquei o antigo e pronto. Neste caso, o que melhor me serve é o Windows 2003 Server.

Perfil do Autor

Ruben Zevallos Jr.

Especialista de projetos para Internet desde 1993, mantém diversos sites e projetos pessoais como o www.direito2.com.br Leia mais http://ruben.zevallos.com.br/