A Historia da Gastronomia no mundo e no Brasil

Publicado em: 21/08/2010 |Comentário: 2 | Acessos: 10,618 |

A História da Gastronomia.

 

A gastronomia teve seu início na pré-história com o homem primitivo que foi descobrindo que os alimentos poderiam ser modificados, o que primeiramente era consumido cru, depois da descoberta do fogo passou a ser cozido e a partir daí o homem descobriu que poderia modificar o sabor dos alimentos e descobrir que se pode produzir vários tipos de alimentos. A idade antiga foi o período dos grandes povos e dos grandes banquetes, os povos faziam grandes banquetes para comemorações de vitorias em guerras e comemorações da família real, o povo egípcio inventou a padaria artística produzindo pães de diferentes formas. A idade média foi marcada pela força da igreja e a gastronomia seguiu a mesma linha foi baseada em vinhos em pães e também eram baseados na  cozinha romana, os monges simplificaram a preparação dos alimentos e enriqueceram a qualidade dos produtos, o peixe foi um alimento muito valorizado, havia hum abuso muito grande em especiarias, como pimentas, noz moscada, gengibre e outros. A idade moderna foi a época das grandes inovações, foi o período do renascimento e da descoberta de novas sensações e a gastronomia como sempre acompanha a história e também foram descobertos novos gostos, um marco dessa época foi o cozinheiro de reis Taillevent que escreveu o livro mais antigo de cozinha em francês, ele ficou famoso pela importância que deu aos molhos  engrossados com pão e também pelas receitas de sopa, dentre as quais estavam as de cebola e de mostarda, as especiarias eram muito apreciadas pelos europeus, foi aí onde entrou o Brasil que por ser rico em especiarias foi muito explorado, o sorvete foi quem revolucionou a sobremesa da época, em meados do século XVII os franceses descobriram o café e também a descoberta que o peru era muito suculento.A idade contemporânea foi onde a gastrnomia entrou no caminho do aperfeiçoamento nessa época a frança passou por dois períodos distintos um durante Napoleão Bonaparte que detestava o requinte da comida francesa e preferia a comida italiana e o outro período que é o pós Bonaparte onde a França passa por um período chamado de restauração onde volta o requinte da culinária francesa, foi aí onde os menus começaram a invadir os restaurantes da Europa cada vez mais luxuosos  e artísticos com o intuito de informar aos clientes o que havia para comer e beber, nessa época também os chefs de cozinha passaram a trabalhar em restaurantes ou a abrir seus próprios restaurantes pois tinham perdido seus empregos nos palácios da nobreza, já que ela ficou enfraquecida após a revolução, tudo isso, aliado a revolução francesa, fez nascer a cozinha burguesa, que misturava os aromas do campo com a elegância da alta gastronomia, combinou a gastronomia da terra com a gastronomia de laboratório, após a restauração veio uma grande crise na economia francesa que afetou também a gastronomia fazendo com que pequenos cafés e restaurantes fechassem as portas, apesar da crise esse período foi marcado pela atuação de grandes chefs, gourmets, cozinheiros, escritores da mesa um deles foi o Grimod de La Raynière que inventou um tipo de serviço que aqui no Brasil é chamado de serviço à francesa, outra grande celebridade da mesa foi Anthelme Brillat-Savarin um grande filósofo da mesa tendo elaborado normas que o tornaram famoso,a culinária francesa atingiu seu apogeu no final do século XIX com a criação da escola de ensino da cozinha francesa Le Cordon Bleu que é reconhecida em todo o mundo e hoje possui filiais em todo o mundo, a partir daí a cozinha se internacionalizou e passou a ser modificada em cada parte do mundo.

A história da gastronomia no Brasil começa a ser contada a partir do momento em que os portugueses chegam ao país e tem os primeiros contatos com os   índios que tinham sua própria culinária que era totalmente diferente do que os portugueses conheciam, era uma culinária baseada em frutos da terra como o milho, o feijão, a fava , a mandioca, a goiaba e é da mandioca eles retiravam seu principal alimento que era a farinha, há relatos de que a farinha era totalmente indispensável na culinária indígena, o feijão e a fava não eram muito apreciados na alimentação e se consumia muito amendoim, de todas as formas tanto cru, como assado,como cozido, o índio no Brasil de 1500 assim como o homem pré histórico não tinha uma hora exata para comer assim como os europeus, eles preferiam o alimento asado ou tostado muito mais do que cozido, as bebidas indígenas eram sempre aquecidas antes de serem ingeridas. A colonização do Brasil culminou com o nascimento da cozinha brasileira  essa cozinha é resultado da mistura de três povos, os portugueses, os africanos e os indígenas a mistura dessas três culinárias formou a culinária brasileira, a farinha um prato típico indígena foi nacionalizado pelos portugueses, alguns pratos já existentes no Brasil foram incorporados a cultura negra recém chegada no Brasil, por exemplo, o milho foi incluído no culto a oxoci.Após a independência do Brasil de Portugal a cozinha brasileira se afirmou, a cachaça foi uma grande animadora dos encontros anti-portugal, a produção de café ia crescendo cada vez mais, a culinária italiana foi outra que teve muita influencia na culinária brasileira devido a grande entrada de italianos no período do café, a partir daí a culinária brasileira foi de consolidando buscando um detalhe em cada país e se transformou nessa culinária riquíssima de hoje em dia.

A gastronomia na atualidade é de modo geral bem parecida pois, após a globalização todo o mundo tem acesso a tudo q o outro faz e também com o advento das multi nacionais  grandes redes de produtos alimentícios levando o mesmo alimento pra todas as  partes do mundo, já as cozinhas regionais tentam mesmo com a globalização preservar o que lhe é peculiar, pois é isso exatamente isso que os faz diferentes do resto do mundo,cada canto do mundo tem sua cozinha regional com peculiaridades inerentes a elas . No Brasil não é diferente e or ter tamanho continental é um país que possui diversos tipos de culinárias espalhadas pelo país , existem três grandes tendências como já foi dito que são a tendência portuguesa, a tendência indígena e por ultimo a tendência africana, em todo o país se tem características peculiares apenas São Paulo e Rio de Janeiro que por terem  maiores influencias estrangeiras.

O chefe de cozinha é o grande artista do fogão nos dias atuais eles é quem são responsáveis por  produzir as delícias que atraem as pessoas a provar diferentes sabores.

 

 

 

 

 

Bibliografia:

 

SENAC,DN.A historia da gastronomia/ Maria Leonor dev Macedo Soares Leal.Rio de Janeiro: Senac Nacional, 2008.

 

Autor: Hernando Ribeiro

 

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 4 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/turismo-e-viagem-artigos/a-historia-da-gastronomia-no-mundo-e-no-brasil-3098395.html

    Palavras-chave do artigo:

    gastronomia

    ,

    historia

    ,

    brasil

    Comentar sobre o artigo

    Ederson Gimenes

    Com o avanço da tecnologia, as mudanças constantes no ambiente influenciam diretamente na alimentação de todas as pessoas, que vivem em realidades diferenciadas, sofrendo uma pressão em seu organismo que recebe alimentos variados e nem sempre de boa qualidade e em sua grande maioria produtos industrializados, dos quais não se sabe a real procedência. Isso tem causado um aumento significativo de casos de doenças diversas, tendo como causador principal a má alimentação.

    Por: Ederson Gimenesl Culinárial 09/03/2011 lAcessos: 885

    O presente trabalho visa um estudo de caso para levantar a história de um prato típico de Santa Maria/RS , o Galeto na sua fonte de origem, que já atravessou fronteiras e a sua importância gastronômica para a formatação de um produto de turismo cultural.

    Por: Carmen Lorencil Turismo e Viageml 02/06/2009 lAcessos: 6,127

    A vigésima edição do BrooklinFest Straβenfest, que acontece dias 18 e 19 de outubro, no bairro do Brooklin, zona Sul de São Paulo, estará ainda mais recheada de atrações culturais. A festa que se tornou uma das mais importantes da cidade, e já faz parte inclusive do calendário oficial de eventos, além de reproduzir as delícias da gastronomia alemã e também de outros países, sem falar nas comidas típicas da nossa culinária, trará também um festival de cultura nacional e internacional.

    Por: Suggestival Press Releasel 16/10/2014

    No aspecto cultural temos muito que apreender com o povo francês. Numa situação em que não possuem uma palavra apropriada em seu idioma para traduzir uma palavra estrangeira, eles a usam de forma "afrancesada", pronunciando dentro dos padrões fonéticos da língua materna. Uma atitude digna, correta e adequada às pessoas que se orgulham e respeitam suas origens, história e cultura. Outra atitude cidadã dos franceses que me chama atenção é o valor que eles dão aos assuntos relacionados à agric....

    Por: Valdo Françal Turismo e Viageml 20/03/2009 lAcessos: 444

    Aqui temos uma polícia repressora e despreparada, os brasileiros permitiram que a violência policial se institucionalizasse no país, de modo que não sabemos se ter medo da polícia ou dos próprios bandidos. Talvez aqui seja a única nação onde elegemos esportistas, bailarinos, apresentadores de TV, cantores, atores e ate mesmo um palhaço para ocuparem cargos políticos, e não importa se sabem ler e escrever, isso é apenas um detalhe, quem se importa? Afinal, é BRASIL! articulandoo.blogspot.com

    Por: Tiago Guimarãesl Notícias & Sociedade> Polítical 24/07/2014 lAcessos: 24

    Este mês, como definido em Lisboa, onde fica a sede mundial da CPLP, todos os países-membros, incluindo o Brasil, devem promover atividades de valorização à língua e aos costumes...

    Por: CARLOS ROGÉRIO LIMA DA MOTAl Educação> Línguasl 28/05/2012 lAcessos: 45

    Obra reúne depoimentos dos fundadores Reinaldo e Nani Varela, dos principais diretores, chefs e sinhás da rede, além de receitas inspiradas em todas as regiões do País

    Por: Flávia Gaviolil Press Releasel 26/08/2014 lAcessos: 11

    Uma das mais diferentes capitais brasileiras, Porto Alegre também pode ser o seu destino no fim do ano.Passeie de carro pela capital do Rio Grande do Sul e seus 500km² de parques, porto, lagoa e diversões de cidade urbana. No centro da cidade, você encontra a Catedral Metropolitana, que além de ter uma das maiores cúpulas do mundo, tem três painéis na fachada executados na oficina do Vaticano. Banhada pela Baía de Guaíba, Porto Alegre é um dos principais centros culturais e históricos do Brasil.

    Por: Carlos Eduardo Vianna Motal Turismo e Viageml 11/10/2011 lAcessos: 131

    Palestra gratuita com representante do Swiss Education Group (SEG) aborda o mercado e aponta oportunidades. As vagas são limitadas e as inscrições para o evento são feitas diretamente com a CP4 nos telefones (21)2247-9787 e 25134380.

    Por: Ricardo Machado Comunicaçãol Press Releasel 15/03/2012

    Conheça Governador Celso Ramos, um dos locais mais lindos do Brasil! O município de Governador Celso Ramos ocupa bela península com caprichosos recortes que formam abrigadas enseadas paraíso dos navegadores - e dividem a costa em 23 belas praias próprias para mergulho, windsurfe, jet ski e surfe.

    Por: FABIO HUMBERTO RODRIGUESl Turismo e Viageml 06/08/2014 lAcessos: 26

    Único do gênero no mundo, o Museu da Moda, localizado em Canela (RS), conta a evolução da história ao longo de quatro mil anos do vestuário feminino

    Por: Terezinha Tarcitanol Turismo e Viageml 27/06/2014 lAcessos: 22
    voenext

    Um avião monomotor de valor em torno de R$ 200 mil acarretará uma despesa mensal de 2.500 mensais, para custear o aluguel de um hangar e a manutenção a cada 200 horas de voo. O jato, na faixa de valor mais barato representará um custo operacional fixo em torno de 30 mil reais por mês, para cobrir despesas com piloto, gasolina e hangar.

    Por: voenextl Turismo e Viageml 11/04/2014
    raphael de morais dias

    Este trabalho aborda a Festa de São Tiago como possibilidade desencadeadora do Turismo Cultural no distrito de Mazagão Velho – AP. Tem como objetivo estudar a festividade, que acontece anualmente no período de 16 a 28 de julho, analisando-a a partir da perspectiva histórica e cultural da comunidade, aliada ainda, a possível formatação da Festa como produto turístico cultural em nível estadual, nacional e internacional. O primeiro abordando turismo e sua relação com a cultura, o segundo trata da

    Por: raphael de morais diasl Turismo e Viageml 31/03/2014 lAcessos: 18
    Eduardo Madeira

    Nossa meta é conseguir 10 mil DOAÇÕES DE SANGUE até as férias de janeiro, 1000 doações por mês. Com essas doações será possível salvar até 40 mil vidas.

    Por: Eduardo Madeiral Turismo e Viageml 22/03/2014
    Carla

    Urubici fica a 170 km a oeste de Florianópolis e aos pés da Serra Geral. Ainda comporta o Parque Nacional de São Joaquim, uma das regiões mais frias do Brasil. Mas não é só do inverno que vive seu turismo. Em pleno verão há muitas trilhas e cachoeiras para serem visitadas. Basta ter a roupa apropriada, botas e disposição. Nesse artigo você encontrará dicas para 4 dias nessa linda região do sul do país.

    Por: Carlal Turismo e Viageml 18/03/2014 lAcessos: 60
    Karen Loewenthal

    Se existe algo que vai ficar guardado para sempre nas minhas melhores recordações de viagens, é a lembrança das pessoas especiais que fizeram parte da minha estória e que, desde então, também são parte do que sou.

    Por: Karen Loewenthall Turismo e Viageml 29/01/2014 lAcessos: 19
    Roberta Clarissa Leite

    Planejar uma viagem com antecedência pode evitar muitos imprevistos, que tal planejar seu próximo natal em uma bela viagem pelo continente europeu, confira nossas dica e aproveite.

    Por: Roberta Clarissa Leitel Turismo e Viageml 09/01/2014 lAcessos: 29
    Hernando Ribeiro de Carvalho

    O texto mostra de forma simples como se calcular a capacidade de carga turística de um determinado local.

    Por: Hernando Ribeiro de Carvalhol Turismo e Viageml 21/08/2010 lAcessos: 982 lComentário: 1

    Comments on this article

    0
    Mirele Thais 11/07/2011
    oi eu tenho 12 anos, adorei o artigo, me ajudou a perceber que gastronomia e a arte da comida espero que isso me ajude quando for fazer faculdade de gastronomia . vlw e me segue ni twitter @mirele_thais .
    0
    Giselle 07/10/2010
    Amigo,
    Muito interessante seu texto, mas que te fazer uma pequena observação.
    Não sei se vc observou, mas não existe nenhum ponto ou vírgula!!!!
    Para se escrever é necessário.
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast