O VENDEDOR PROATIVO-QUAL O SEU SEGREDO?

Publicado em: 03/06/2010 |Comentário: 0 | Acessos: 429 |

Em meu primeiro artigo "A OPORTUNIDADE BATE EM SUA PORTA", qualifiquei os PROFISSIONAIS DE VENDAS em dois grupos bastante distintos: O dos vendedores chorões e o dos fabricantes de lenços que são PROFISSIONAIS (com letras maiúsculas mesmo). Os representantes do segundo grupo são indivíduos proativos que buscam apresentar soluções alternativas, adotando uma postura consultiva ao invés de uma postura combativa, pois sabem que os clientes compram por motivos que não os seus de vendedor, mas os deles - clientes. Assim procuram conhecer os motivos, os interesses e as possibilidades de seus clientes e estabelecem projeções de realização para as mesmas. Não impõem, sugerem alternativas, antes de venderem o produto, vendem sua imagem que inspira confiabilidade, conduzindo seus clientes ao prazer e à satisfação em adquirir e possuir. Mas devo afirmar que para sair do grupo dos chorões e ingressar no grupo dos bem sucedidos fabricantes de lenços, é preciso refletir, refletir, refletir, refletir e se desconfortar, saindo da mesmice, cá entre nós bastante medíocre.

Lembre-se de que todo e qualquer processo de vendas é um processo de negociação envolvendo maiores ou menores quantias de dinheiro, que nem sempre os CLIENTES possuem na totalidade. Isto então significa que você deve apresentar a ele um compromisso e um comprometimento financeiro mensal, durante certo período. Nestes casos, busque sempre uma situação de certo conforto. Ele quer realizar um sonho. Não transforme este sonho este ideal ou necessidade, em um pesadelo ou um fardo impossível de carregar. Lembre-se em primeiro lugar, de você como cliente e, faça com ele e por ele, exatamente aquilo que gostariam que fizessem por você e com você. Plante sementes de maçã para no futuro comer maçãs e não pepinos.

Conheça mais o seu CLIENTE, procure interpretá-lo, analisando-o mais profundamente, e não assumindo um posicionamento baseado em uma visão inicial a qual nada mais é do que apenas uma visão distorcida, baseada em ACHISMOS (termo utilizado pelos pós-graduados em ACHIOLOGIA-visão absurda de fatos e coisas). Veja-o como meio e não como fim no exercício de suas atividades, pois afinal de contas em algum momento você também é CLIENTE.

Tome uma atitude corajosa. Não fique aí parado feito um dois de paus, pensando e dizendo que falar é fácil e, que fazer é difícil ou impossível. É fácil falar sim, mas fazer o que parece difícil ou até mesmo impossível, é um desafio apreciado apenas pelos empreendedores, pelos vencedores, por aqueles que acreditam que tudo precisa ser mudado, que o ideal não se realiza sem esforço, persistência e algumas correções de rumo. Assim como os fracassos, o sucesso é decorrência daquilo que idealizamos (pensamos) e fazemos. Você pode, você deve, você merece. Mas lembre-se é preciso antes de tudo, força de vontade, seja tenaz. Trabalhe, invista em você, em primeiro lugar, trabalhe em segundo lugar e em terceiro lugar trabalhe. Conheça em detalhes aquilo que vende, conheça profundamente os produtos concorrentes, seus concorrentes e, suas estratégia. Caso você não os conhecer vai entrar no mato com um gatinho e não com um cachorro. Seja elegante, Adote em suas relações uma postura ética, respeitando os valores de seus clientes, os de seus companheiros, os de sua empresa, seja pontual com seus clientes. Seja possuidor de motivação entusiasmo e fé naquilo que faz, naquilo que diz naquilo que vende. Transmita isto aos seus clientes. Passe para o grupo dos que fabricam lenços.

Vendas não é um território para os fracos e para os derrotados, mas sim um território para os fortes dotados do espírito de VENCEDOR.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/vendas-artigos/o-vendedor-proativo-qual-o-seu-segredo-2533446.html

    Palavras-chave do artigo:

    incomode se

    ,

    mude se invista em voce

    Comentar sobre o artigo

    Acompanhando a onda das previsões que sempre aparecem nesta época, vamos olhar para frente e procurar entender o que os próximos anos irão exigir dos profissionais de vendas. Larry Wilson, autor e coautor de livros importantes na área de vendas, menciona que "a revolução dos negócios está varrendo muitas das formas tradicionais de interagir com clientes. Se não abraçarmos o futuro, seremos deixados para trás".

    Por: Flávia Ghiurghil Negócios> Vendasl 13/01/2015
    Portais Imobiliarios

    Durante um período curto da minha vida, atuei como consultor de vendas em uma empresa de telefonia móvel. Minha atividade era visitar as empresas e vender diferentes tipos de planos empresariais. No início, o ânimo era total, porém, com o passar dos dias, percebi que a maioria dos empresários não tinha o menor interesse na minha visita.

    Por: Portais Imobiliariosl Negócios> Vendasl 13/01/2015

    Existe uma grande diferença entre vendedores medianos e vendedores de sucesso, os vendedores de sucesso simplesmente não entram em campo para cumprir tabela mais sim para vencer. A principal dificuldade é sair da zona de conforto e entrar em ação com um objetivo claro para alcançar o sucesso ! "Vencedores não entram em campo para cumprir tabela, vencedores entram em campo para vencer"

    Por: Everton Farial Negócios> Vendasl 10/01/2015

    O artigo dar dicas de como vender o imóvel mais rápido, métodos a serem tomados para conseguir vender.

    Por: villevoxl Negócios> Vendasl 09/01/2015
    Jair Pedro de Bem

    Vários são os fatores para se obter sucesso em nossos projetos, Eu como qualquer outra pessoa tenho meus sonhos, e resolvi agora depois levar muitas lambadas na vida verificar, por que tanta dificuldades, Por que de tantas tentativas sem êxito, então comecei a me inspirar nos caras que são exemplo para nós em suas áreas de atuação e encontrei na história de Bernardinho, o treinador de vôlei várias vezes campeão mundia,l como técnico da seleção , respostas na área de trabalho em equipe.

    Por: Jair Pedro de Beml Negócios> Vendasl 04/01/2015
    Portais Imobiliarios

    No período do ‘boom' imobiliário, o corretor conseguia vender imóveis apenas com um pouco de esforço. A falsa impressão de dinheiro fácil atraiu muitas pessoas para o setor, porém, hoje a realidade é outra. O mercado se estabilizou e só os corretores capacitados conseguem atingir seus objetivos na profissão.

    Por: Portais Imobiliariosl Negócios> Vendasl 02/01/2015
    Portais Imobiliarios

    O ator milionário fez a alegria de alguns corretores pelo mundo, pois chegou a ter 15 imóveis de luxo diferentes apenas para o uso pessoal. Em 2006, comprou uma ilha de 160 metros quadrados nas Bahamas. Também comprou dois castelos medievais; um no Reino Unido e outro na Alemanha. Porém, infelizmente para o artista, suas aventuras no mercado imobiliário corroeram sua fortuna, aparentemente infinita.

    Por: Portais Imobiliariosl Negócios> Vendasl 23/12/2014 lAcessos: 11

    Algumas dúvidas sobre este produto de seguro sucintam vários desentendimentos entre usuário X corretores X seguradoras.

    Por: Eduardol Negócios> Vendasl 17/12/2014 lAcessos: 11
    Orlando Ferreira Ribeiro

    Isso mesmo não se espante por andar na contramão! É ainda fundamental afirmar com certeza que "O que é errado é errado, mesmo que todos estejam fazendo" e, "O que é certo é certo, mesmo que poucos estejam fazendo".Longe de mim a ideia de estabelecer uma revolução mas pre- tendo sim estabelecer uma revisão de conceitos, embora tenha a certeza de que esteja contrariando o senso comum.

    Por: Orlando Ferreira Ribeirol Negócios> Atendimento ao Clientel 13/06/2014 lAcessos: 35
    Orlando Ferreira Ribeiro

    O Cliente abandando é sem sombra de dúvidas um presente dado de "bandeja" para a concorrência. Eles estão em busca de acolhimento, compreensão, respeito, confiança, credibilidade e fidelidade. Abandonado ele é como uma arma carregada e apontada pra você

    Por: Orlando Ferreira Ribeirol Negóciosl 29/08/2010 lAcessos: 74 lComentário: 2
    Orlando Ferreira Ribeiro

    Acredito sinceramente que vivemos hoje em função do nosso passado. Não quero com isso afirmar que, vivemos de saudades daquilo que já passou, mas que se hoje colhemos pepinos é porque no passado plantamos suas sementes.

    Por: Orlando Ferreira Ribeirol Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 15/07/2010 lAcessos: 411
    Orlando Ferreira Ribeiro

    O Papa do marketing moderno Philip Kotler, em seu último livro sob o título MARKETING 3.0, nos alerta que nos momentos atuais, os clientes cada vez mais buscam produtos,serviços e empresas que não apenas vendam mas que satisfaçam suas necessidades mais profundas de idealismo, comunidade e,criatividade.Tal afirmação nos exige mudanças profundas na Meira de gerenciar, aprender, ensinar e atuar no mundo dos negócios.

    Por: Orlando Ferreira Ribeirol Negócios> Vendasl 05/07/2010 lAcessos: 189
    Orlando Ferreira Ribeiro

    Não acho que esta proposta seja simplesmente uma rima ou um trocadilho. Acredito mesmo que seja o termo mais adequado para expressar a grandeza desta profissão que muitos exercem, mas assim não são denomina dos pelas empresas. Vendemos conhecimentos enquanto professores, vendemos idéias enquanto palestrantes vendemos alegria enquanto comediantes e, por aí afora seguimos e seguem vendendo. É claro que uns poucos com êxito enquanto muitos sem êxito algum.

    Por: Orlando Ferreira Ribeirol Negócios> Vendasl 01/07/2010 lAcessos: 98
    Orlando Ferreira Ribeiro

    Confesso que sou ligado na web e constantemente pesquiso diversos blogs e, sites os quais considero idôneos e bastante interessantes para aqueles que buscam efetivamente atualização e, inovação. Dentre os sites que pesquiso sistematicamente,além do artigonal.com, pesquiso o (HSM On-line) onde, tive a oportunidade de ler matéria interessantíssima sob o título : Marketing Qual o DNA da sua marca? Publicada em 18/06/2010. Devemos nos preocupar e muito com nossos D.N.As

    Por: Orlando Ferreira Ribeirol Negócios> Vendasl 25/06/2010 lAcessos: 110
    Orlando Ferreira Ribeiro

    Acho conveniente esclarecer que tenho absoluta certeza de que realmente compram por suas vontades e não pelas nossas. Conhecer tais razões as quais nem sempre tão claras,definidas e seguras para eles clientes, é nossa obrigação. Caso optemos e não dar a isto a devida atenção, estaremos jogando fora magníficas oportunidades de vendas e conseqüentemente, ganharmos dinheiro.

    Por: Orlando Ferreira Ribeirol Negócios> Vendasl 24/06/2010 lAcessos: 199
    Orlando Ferreira Ribeiro

    Pedir desconto é uma prática nacional. Estamos sempre em busca de uma vantagem. Acrdito que na verdade assim o fazemos porque nos falta alguma coisa. Será que se fôssemos tratados de maneira diferente, fariamos questão do desconto? Creio que satisfação não tem preço. Você concorda?

    Por: Orlando Ferreira Ribeirol Negócios> Vendasl 21/06/2010 lAcessos: 198
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast