Passo a Passo para o Financiamento Imobiliário

Publicado em: 03/01/2011 |Comentário: 0 | Acessos: 5,502 |

É erro bastante comum entre as pessoas que querem comprar um imóvel deixar para providenciar a documentação necessária para a última hora. É verdade que você já tem conta no banco há mais de dez anos, que já falou com o seu gerente, que obviamente lhe garantiu que tudo vai ser resolvido de forma rápida e eficiente, mas mesmo assim cabe a você se certificar de que todos os documentos necessários estão em ordem e para isso é imprescindível a ajuda de um profissional na área que tenha conhecimento desse processo que não é tão simples como alguns pensam.

Contratar os serviços de um Corretor de Imóveis credenciado ao CRECI e com experiência em financiamento habitacional para montar e acompanhar seu processo da simulação de crédito até a entrega de chaves em suas mãos é a melhor forma de comprar o seu imóvel. Já pensou a frustração de encontrar o imóvel dos seus sonhos e perdê-lo porque o seu financiamento não saiu em tempo hábil?

Lembre-se que o seu gerente pode ter garantido que o financiamento sairia, mas não é ele quem dará a decisão final e você pode acabar tendo seu financiamento negado, ou apenas parte do valor que precisava liberado. Somente após ter tido o seu crédito aprovado é que terá certeza absoluta de quanto poderá gastar com o imóvel. Ter crédito aprovado não significa levantar o financiamento e começar a pagar as parcelas, mas apenas ter a certeza de que terá o dinheiro quando precisar, desde que, é claro sua busca pelo imóvel não demore demais e as condições de mercado não mudem significativamente.

Então vamos aos:

Dez passos para o Financiamento Imobiliário

O processo de se levantar um financiamento imobiliário não é rápido, simplesmente porque envolve pessoas e burocracias. Apesar dos processos em cada um dos bancos não ser exatamente igual, pode-se dizer que de maneira geral eles incluem os seguintes passos:

 

1° Passo - Simulação

Com alguns dados pessoais básicos como data de nascimento, renda familiar, valor de FGTS, consegue-se levantar a capacidade financeira para comprar um imóvel e saber o valor de entrada, parcelas, taxa de juros, subsídio que será liberado entre outras informações.

 

2° Passo - Análise de crédito

Sabendo de sua capacidade de crédito, o próximo passo é preencher os formulários do banco, preparando assim toda a documentação para que no momento em que você achar o imóvel esteja tudo pronto para dar entrada, adiantando assim o processo e evitando perder o imóvel no qual teve interesse. 

A documentação básica a ser providenciada neste momento é comprovante de renda, certidão de estado civil, comprovante de endereço e documentações pessoais dos interessados.

Nos financiamentos é possível incluir a renda do cônjuge, do noivo ou dos companheiros em união estável que poderão compor suas rendas no pedido de financiamento. A soma das rendas obtidas será usada para calcular o percentual de comprometimento de renda. Vale lembrar que os bancos permitem a soma das rendas, mas em geral exigem um mínimo individual.

 

3° Passo – Encontrar o Imóvel

Agora é o momento de procurar o imóvel, a procura antes dos passos acima pode trazer desgastes e dissabores pelo fato de você ainda não saber o limite do valor do imóvel que pode comprar. Tendo feito a simulação e delimitado seu crédito agora fica mais fácil direcionar seus esforços na procura do imóvel compatível com suas capacidades.

 

4° Passo – Proposta de Compra

Tendo encontrado o imóvel adequado não perca tempo, faça uma proposta de compra por escrito e exija a aceitação desta proposta assinada pelo proprietário ou responsável pelo imóvel.

 

5° Passo - Documentação do Imóvel e dos Vendedores

Agora é o momento de seu Corretor levantar a documentação do imóvel, matricula atualizada, espelho de IPTU etc., e os documentos proprietários, pois esses documentos serão usados pelo seu banco para análise jurídica e viabilização da negociação.

 

6° Passo - Avaliação

Neste momento o seu banco deve enviar um especialista para vistoriar e elaborar um relatório de avaliação do imóvel no qual você está interessado. O valor estimado na avaliação vai servir de parâmetro para determinar o valor do seu financiamento, além de determinar se o imóvel preenche os requisitos do financiamento, como não exceder o valor limite de financiamento, etc. O corretor é muito importante neste momento pois é ele quem deve acompanhar o especialista na visita do imóvel e dar os parâmetros corretos, como valor mercadológico de imóveis adjacentes.

6° Passo - Análise jurídica

Com toda documentação em mãos e avaliação do especialista (normalmente um engenheiro), começa o que chamamos de análise jurídica do financiamento, pois não basta você ter condições financeiras de comprar o imóvel e este estar em linha com as especificações do financiamento. É preciso analisar se a documentação do imóvel e do vendedor estão corretas. Somente através da análise jurídica que o banco confirma que não há riscos na compra do imóvel. Isso tudo é visando uma compra limpa e segura para o cliente.

 

7° Passo - Assinatura e Registro do Contrato

Não havendo restrições jurídicas na análise dos documentos e na avaliação do imóvel, o seu banco aprovará a transação e emitirá um contrato particular de compra e venda com financiamento, que tem força de escritura pública. Depois que você e o vendedor assinarem o contrato, você terá de tomar as seguintes providências imediatamente (ponha seu corretor para trabalhar):

  • Pagar o Imposto de Transmissão de Bens e Imóveis (ITBI).
  • Levar o contrato para o Cartório de Registro de Imóveis para registro.

 

8° Passo - Liberação de recursos (Ufa...)

Concluídas as etapas anteriores você deverá enviar uma via do contrato registrado para que o seu banco libere o recurso ao vendedor. Em geral, isso é feito através de depósito em conta corrente, ordem de pagamento ou DOC, em até três dias úteis após o recebimento do contrato registrado.

 

9° Passo - Pegar as Chaves do Imóvel

Liberado o valor na conta do vendedor do imóvel é só pegar as chaves reunir a família e preparar a mudança.

10° Passo - Comemorar!!!

É hora de fazer aquele tradicional churrasco, chamar a família e se porventura o seu corretor tiver feito um bom trabalho poderá ser convidado para comer uma carninha ok rs.

 -----------------------------------------

Agora que você já tem uma noção mais clara das etapas e processos envolvidos na hora de levantar um financiamento imobiliário.

Aqui no Blog na parte superior a esquerda há links para que você possa fazer uma simulação de crédito para compra de sua casa própria e caso queira maiores esclarecimentos me coloco a disposição.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/vendas-artigos/passo-a-passo-para-o-financiamento-imobiliario-3962334.html

    Palavras-chave do artigo:

    passo a passo

    ,

    financiamento

    ,

    bancario

    Comentar sobre o artigo

    huntersimoveis

    O sonho da casa própria está cada vez mais fácil de ser realizado pelos brasileiros. Atualmente existem diversas formas de financiamento imobiliário, com a possibilidade de escolher a modalidade certa para você em bancos diferentes e com prestações adequadas a praticamente todos os níveis de renda. Para orientar quem está pensando em adquirir um imóvel, listei abaixo as seguintes respostas às dúvidas mais comuns na hora de fazer a compra.

    Por: huntersimoveisl Finançasl 02/08/2012 lAcessos: 593

    Está planejando comprar um imóvel e realizar o sonho da casa própria? Confira aqui um guia passo a passo de como comprar uma casa, apartamento ou mesmo imóvel comercial.

    Por: anneliviasimoesl Negócios> Vendasl 05/01/2012 lAcessos: 152

    O FLUXO DE CAIXA COMO FERRAMENTA DE GESTÃO FINANCEIRA NA ARMARINHOS FIGUEIRA. Valdiney Luiz Lins Escopo Elaborado Pelo Professor João S. De Moura Júnior

    Por: Valdiney Luiz Linsl Finançasl 28/10/2009 lAcessos: 18,368
    Cleiton Oliveira

    Muitos dos superendividados acreditam que possuem somente uma escolha: pagar uma conta em detrimento de outra, e passam meses com o orçamento fora do eixo, tentando somente sobreviver a mais um mês. A principal causa desse superendividamento é gastar mais do que ganha. Com isso, as dívidas vão se acumulando e se torna insustentável principalmente por contas das altas taxas de juros cobrados pelas instituições financeiras.

    Por: Cleiton Oliveiral Finanças> Finanças Pessoaisl 08/10/2014
    Dr Jeferson - Advogado

    Advogados – "Direito Imobiliário" – Dicas na Compra e venda de imóveis na planta, usados, documentação, vistoria, locação, etc. São Paulo, SP, Maio, 31, 2010 (www.advbr.com.br) – Este artigo trata sobre as principais dúvidas na compra de imóveis na planta, imóveis novos prontos e usados, bem como dá dicas sobre cuidados com a documentação e vistoria. Leia mais em www.advbr.com.br

    Por: Dr Jeferson - Advogadol Direito> Legislaçãol 31/05/2010 lAcessos: 10,919

    O orçamento mapeia as fontes de investimentos, receita e despesa necessários para serem implementadas as estratégias definidas no “plano de negócios”. Portanto, os objetivos, estratégias e táticas devem estar sincronizados com o planejamento financeiro, formando juntos um “plano de negócios” crível e que tenha o apoio de todos os níveis da empresa.

    Por: Nori Lucio Jrl Marketing e Publicidadel 14/04/2008 lAcessos: 1,479 lComentário: 2

    A compra de imobiliário para investimento, mais do que uma etapa do negócio, é aonde se assegura a viabilidade e o sucesso do negócio. Para quem pretende ter exito no mercado imobiliário, a arte de comprar é fundamental, pois assegura margem, preço competitivo na hora de vender e flexibilidade para negociação de preço na hora do fecho do negócio de venda.

    Por: Obrakasal Finanças> Investimentosl 15/06/2010 lAcessos: 104
    ANTONIO GILSON DE OLIVEIRA

    REDUÇÃO DOS IMPOSTOS, DOS JUROS, FAVORECIMENTO DO CRÉDITO AO MICRO EMPRESÁRIO, CANCELAMENTO DO FUNDO SOBERANO, INCENTIVO AO MICRO EMPREGO, SALARIO E RENDA

    Por: ANTONIO GILSON DE OLIVEIRAl Finançasl 29/12/2009 lAcessos: 509 lComentário: 1

    O artigo de Guilherme Araújo revela que o uso de mobile commerce, ou m-commerce, vem aumentando a passos largos. Enquanto alguns ainda discutem se a tecnologia é sucessora legítima do e-commerce ou se ambos se complementam, mais e mais pessoas vêm experimentando as facilidades de incluir os aparelhos celulares em suas transações comerciais e criando novas oportunidades de negócios.

    Por: Vítor Margatol Tecnologia> Tecnologiasl 13/07/2010 lAcessos: 162

    Algumas dúvidas sobre este produto de seguro sucintam vários desentendimentos entre usuário X corretores X seguradoras.

    Por: Eduardol Negócios> Vendasl 17/12/2014

    Estamos nos aproximando do início de 2015 e, em muitas empresas, do começo do novo ano fiscal. Neste momento, as equipes de vendas, ao mesmo tempo em que trabalham no fechamento dos números do ano que se encerra, começam a trabalhar nos objetivos de receita para o próximo ano.

    Por: Flávia Ghiurghil Negócios> Vendasl 16/12/2014
    Portais Imobiliarios

    O comprador entra em contato com o corretor de imóveis, o profissional faz o contato com o proprietário, consegue descontos e, mesmo assim, o cliente fecha o negócio diretamente com o dono do imóvel. O que fazer em uma situação embaraçosa assim? Quais os direitos do corretor de imóveis nesse caso?

    Por: Portais Imobiliariosl Negócios> Vendasl 15/12/2014

    O artigo relata sobre o mercado imobiliário, dicas de possíveis tendências que irão surgir no ano de 2015

    Por: villevoxl Negócios> Vendasl 11/12/2014
    Vinicius Souza

    Quer saber o que fazer para importar roupas de marca com qualidade e com baixos preços e totalmente originais de fábrica sem precisar perder tempo e dinheiro?

    Por: Vinicius Souzal Negócios> Vendasl 11/12/2014

    Se você pretende ser um bom corretor de imóveis na cidade de Campinas, vou dar algumas dicas importantes para quem está começando.

    Por: valverdeimovell Negócios> Vendasl 10/12/2014

    Durante anos, gerentes de venda têm usado a analogia do funil para descrever o fluxo dos prospectos, desde a sua identificação até o fechamento dos negócios. Sempre foi um uso conveniente, uma vez que representa uma entrada larga onde entra um número grande de candidatos a comprador, porém, lá no final, poucos saem

    Por: Flávia Ghiurghil Negócios> Vendasl 09/12/2014
    Portais Imobiliarios

    Uma barra de chocolate causou a demissão de um corretor de imóveis no Reino Unido.

    Por: Portais Imobiliariosl Negócios> Vendasl 08/12/2014
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast