Representante comercial - vale a pena ser um?

Publicado em: 11/03/2010 |Comentário: 4 | Acessos: 9,333 |

representante-comercial-ph.jpg Tenho recebido emails de pessoas que me perguntam sobre ser representante comercial. Uns me perguntam se vale apena trocar um registro em carteira, por uma tentativa de aumentar seus ganhos atuando como representante comercial.

O que posso dizer para essas pessoas que procuram ter maiores rendimentos é que, antes de qualquer atitude precisa-se ter em mente o seguinte: Todas as despesas e encargos sociais e fiscais passam a ser de responsabilidade do representante, a empresa representada no caso só arca com 1,5% de IRRF, caso essa alíquota ainda não tenha sido alterada.

Analisem o seguinte, se a proposta para ser representante comercial é da própria empresa onde hoje você é empregado, e se é para atuação na mesma área que você atua hoje em dia, talvez valha a pena.

Pense que hoje, se você não é representante comercial e sim apenas um funcionário, logo de inicio para essa nova etapa terá que analisar o seguinte:

- Terá que ter um bom veículo – Lembre-se que a empresa não vai lhe custear, isso também depende da empresa e o que ela tem em mente, a manutenção de seu veiculo.

- Analise também, o que muita gente acaba esquecendo, o tempo de locomoção entre os seus clientes, não se esqueça que hoje temos um fator muito importante, Trânsito, que quase inviabiliza a quantidade de visitas que possam ser efetuadas no dia a dia, isso influência no faturamento.

Hoje em dia, quando você não fica parado nos congestionamentos da cidade, estou falando do município de SÃO PAULO, acaba perdendo muito tempo na locomoção de um cliente ao outro. Isso faz o faturamento cair, logo a comissão também cai.

- Se for para atuar na área de vendas, avalie o quanto você tem de remuneração hoje, salário, comissões, despesas, 13, férias, FGTS, plano de saúde e demais benefícios que integram seu salário. A partir do momento que aceitar ser representante, terá apenas comissões sobre o que você vende.

- Lembre-se também, que para ter uma melhoria de sua remuneração, deverá abrir uma empresa de prestação de serviços, Representações comerciais, ai entra outro custo mensal que é a mensalidade do contador, ISS do município, IR e demais encargos, registro no CORCESP (core).

Para valer a pena, você tem que ter por parte da empresa exclusividade em uma região especifica, preferencialmente próximo do seu domicilio, e atendendo os clientes que já compõe sua carteira de clientes.

Depois de tudo muito bem calculado e avaliado, valerá a pena se, com seus clientes atuais, você conseguir um rendimento mais alto do que tem hoje. Um exemplo mais ou menos aproximado é o seguinte; se você hoje tem uma remuneração de R$ 1500,00 mês, valerá apena mudar para o sistema de representante comercial se, e apenas se, seu rendimento calculado em cima do valor atual, com a comissão proposta pela empresa, proporcionar um rendimento superior a R$ 3000,00 mês.

Lembre-se também que entre encargos que você assumirá, a variação total chega dependendo da situação a 27% do valor bruto faturado; essa alíquota é mensal. Outra despesa que terá obrigatoriamente que calcular é a mensalidade de seu contador.  Essa mensalidade, dependendo do contador que você contratar pode chegar a um salário mínimo por mês. Mas a alguns que cobram de mensalidade ½ salário.

Faça o seguinte calculo para ter uma folga:

Valor Bruto Mensal de comissões Projetadas -            R$ 3.000,00

Dedução de Encargos na base de 23% -                       R$ 690,00

Mensalidade de contador ½ salário -                             R$ 255,00

Você obterá um valor liquido aproximado de R$ 2.055,00.

Esse valor é o que teoricamente lhe sobraria, digo teoricamente por que as despesas de locomoção, almoço e manutenção de veiculo, quanto mais rodamos, mais desgastamos o veiculo, e o tempo parado no transito eleva o consumo de combustível, sairá do bolso do representante.

Não se esqueça também que as empresas querem e cobram, sigilosamente para que não se estabeleça vinculo empregatício, resultados. Caso seu desempenho não esteja sendo satisfatório, acabará sendo substituído por outro.

Ainda na etapa da análise, se for para iniciar um novo trabalho para uma nova empresa como representante comercial, lembre-se que apesar da sua carteira de clientes, poderá levar mais de 3 meses para obter um resultado satisfatório, também nessa etapa entra a empresa, produto, condições.

Uma das grandes vantagens em ser representante comercial, é que você poderá agregar novos produtos e empresas para representar. Particularmente acredito que, quanto mais empresas e produtos um representante possuir, menos tempo terá para efetuar um bom trabalho para as representadas, a menos que você possa montar um escritório de Representações, com uma boa equipe de vendas. Isso também elevará seus custos.

Outra vantagem para o representante comercial é que não haverá subordinação. Desse modo as empresas representadas não poderão exigir do representante o cumprimento de metas de vendas, itinerário de visitas, relatórios, agendamento de visitas, horário de trabalho e etc.

O representante sempre vai ter em mente o seguinte:

-Qual empresa ou produto lhe dará maior retorno?

-Qual vai cobrir seus custos e proporcionar-lhe um ganho significativo?

-Qual empresa ou produto tem mais apelo mercadológico?

-Qual empresa esta lhe dando maior respaldo?

-Você acredita no produto ou empresa que representa?

Analisem até onde vale à pena.

Pensem nisso!!

nbsousa_2005@hotmail.com

nbs.administracao@gmail.com

http://twitter.com/nbdesousa

Avaliar artigo
5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 23 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/vendas-artigos/representante-comercial-vale-a-pena-ser-um-1973221.html

    Palavras-chave do artigo:

    administracao

    ,

    comercial

    ,

    recursos humanos

    Comentar sobre o artigo

    Cesar Roberto Silva

    Recursos Humanos e Tecnologia da Informação, duas áreas tão distintas e no cenário atual do mundo corporativo, tão próximas. E tal proximidade não se deu por acaso. Com a velocidade do desenvolvimento das redes de comunicação corporativas, internet e intranets, o conhecimento finalmente encontra caminhos ideais para sua disseminação através de procedimentos, políticas e sistemas de informação implantados pela área de TI e, do autodesenvolvimento e desenvolvimento das pessoas geridas pela área de

    Por: Cesar Roberto Silval Tecnologia> TIl 19/12/2011 lAcessos: 1,433

    Este artigo pretende demonstrar como os Recursos Humanos podem ser fonte de lucratividade para as empresas, com ênfase no varejo de pequeno porte. Apresenta-se uma exposição sobre a importância do Endomarketing no mundo corporativo. O Endomarketing visa à valorização do colaborador, através do entendimento do novo consumidor e de estratégias de diferenciação e inovação diante da concorrência. Além disso, o Endomarketing abre portas para a inserção do marketing nas empresas de pequeno porte em pr

    Por: JUCILENE CRISTINE DE OLIVEIRAl Marketing e Publicidade> Marketing Pessoall 28/10/2008 lAcessos: 8,847
    Nelson B. Sousa

    Sobre Recursos Humanos. Definição do Termo e do Departamento de RH de algumas empresas. As Funções não são só de R&S e Treinamento.

    Por: Nelson B. Sousal Negócios> Gestãol 12/08/2008 lAcessos: 73,501

    A gestão de pessoas vem evoluindo ao longo do tempo, fazendo com que novas práticas de gestão de recursos humanos fossem adotadas pelas organizações onde o desempenho e o potencial de uma pessoa estão ligados aos conhecimentos, habilidades e atitudes que a mesma possui, os quais contribuem para a geração de valor para a organização, fazendo com que o desempenho individual, reflita no desempenho da organização como um todo.

    Por: Pedro D`arc Rocha dos Santosl Carreira> Recursos Humanosl 24/07/2009 lAcessos: 5,237 lComentário: 2
    Nelson B. Sousa

    Você que se dispôs a ler estas idéias, empresários, funcionários, administradores, gerentes, professores ou simplesmente pessoas que gostam de ler e analisar outras opiniões e idéias, durante o decorrer de sua leitura encontrará algumas perguntas.

    Por: Nelson B. Sousal Negócios> Gestãol 02/12/2008 lAcessos: 4,518 lComentário: 1
    Nelson B. Sousa

    Devido aos emails que tenho recebido de leitores questionando-me sobre a diferença entre Gerente de Vendas e Gerente Comercial, vou procurar descrever de maneira simples e objetiva as atribuições do cargo Gerente Comercial. Mas antes temos que esclarecer que o Departamento Comercial de uma empresa não está somente ligado a área de vendas.

    Por: Nelson B. Sousal Negócios> Gestãol 06/05/2011 lAcessos: 2,738

    Será que o negócio que você está planejando é viável? O que os bancos irão exigir para financiar aquela máquina que você precisa para aumentar a produção? Como você pode avaliar sua empresa em relação à concorrência? Questões do gênero, provavelmente, passam pela sua cabeça todos os dias. O problema é que a busca pela solução pode levar dias ou até meses, conforme a habilidade do gestor para lidar com questões administrativas, de Marketing ou ligadas a estratégia de seu negócio. Uma alternativa interessante para a resolução dos problemas pode ser a contratação das chamadas empresas juniores.

    Por: Esag Jr.l Negócios> Gestãol 14/08/2008 lAcessos: 862
    Nelson B. Sousa

    O que mais tenho visto, lido e analisado são empresas a procura de Representantes, Empresas de Representação, vendedores autônomos com Carteira de Clientes e outras Representadas, na expectativa de que com isso consigam colocar seus produtos no mercado ou aumentar as vendas desses.

    Por: Nelson B. Sousal Negócios> Gerêncial 10/11/2008 lAcessos: 1,370
    Sérgio Henrique Pereira

    Este trabalho é um manifesto quanto à essência dos Direitos Humanos para se entender a Constituição Federal de 1988. O assunto é abordado sem a pretensão de esgotá-lo, mas resumir, de forma que a leitura possa ser atrativa a todos e, desta maneira, alcançar o entendimento ao que seja os Direitos Humanos e as garantias fundamentais da pessoa humana num Estado Democrático de Direito.

    Por: Sérgio Henrique Pereiral Direito> Legislaçãol 23/01/2014 lAcessos: 33

    Estamos nos aproximando do início de 2015 e, em muitas empresas, do começo do novo ano fiscal. Neste momento, as equipes de vendas, ao mesmo tempo em que trabalham no fechamento dos números do ano que se encerra, começam a trabalhar nos objetivos de receita para o próximo ano.

    Por: Flávia Ghiurghil Negócios> Vendasl 16/12/2014
    Portais Imobiliarios

    O comprador entra em contato com o corretor de imóveis, o profissional faz o contato com o proprietário, consegue descontos e, mesmo assim, o cliente fecha o negócio diretamente com o dono do imóvel. O que fazer em uma situação embaraçosa assim? Quais os direitos do corretor de imóveis nesse caso?

    Por: Portais Imobiliariosl Negócios> Vendasl 15/12/2014

    O artigo relata sobre o mercado imobiliário, dicas de possíveis tendências que irão surgir no ano de 2015

    Por: villevoxl Negócios> Vendasl 11/12/2014
    Vinicius Souza

    Quer saber o que fazer para importar roupas de marca com qualidade e com baixos preços e totalmente originais de fábrica sem precisar perder tempo e dinheiro?

    Por: Vinicius Souzal Negócios> Vendasl 11/12/2014

    Se você pretende ser um bom corretor de imóveis na cidade de Campinas, vou dar algumas dicas importantes para quem está começando.

    Por: valverdeimovell Negócios> Vendasl 10/12/2014

    Durante anos, gerentes de venda têm usado a analogia do funil para descrever o fluxo dos prospectos, desde a sua identificação até o fechamento dos negócios. Sempre foi um uso conveniente, uma vez que representa uma entrada larga onde entra um número grande de candidatos a comprador, porém, lá no final, poucos saem

    Por: Flávia Ghiurghil Negócios> Vendasl 09/12/2014
    Portais Imobiliarios

    Uma barra de chocolate causou a demissão de um corretor de imóveis no Reino Unido.

    Por: Portais Imobiliariosl Negócios> Vendasl 08/12/2014

    Imagine uma situação de venda em que você, que estava muito bem posicionado no início do processo, começa a sentir que alguma coisa não esta andando bem. Você não ouve falar do prospecto há alguns dias e de uma hora para outra aparece um requerimento novo que, para piorar, você não tem como atender. Além disso, você descobre haver novas pessoas no comitê de avaliação, sendo que uma delas está ajudando o concorrente e a outra não tem influência na companhia.

    Por: Flávia Ghiurghil Negócios> Vendasl 02/12/2014 lAcessos: 11
    Nelson B. Sousa

    Muitas empresas ao longo do tempo adotam algumas estratégias para tentar melhorar seu desempenho. Todos, uma vez na vida, já ouviram este termo: "a empresa esta passando por uma reestruturação". No mundo globalizado como estamos vivenciando não poderia ser diferente.

    Por: Nelson B. Sousal Negócios> Gestãol 21/03/2013 lAcessos: 33
    Nelson B. Sousa

    Não é desconhecido de ninguém que as empresas de posse de todas as informações dos candidatos às vagas abertas, estão efetuando consultas ao SPC-SERASA para saber a situação financeira em que se encontram, se estão com restrições e negativados. Também não é desconhecido que mesmo os funcionários estão sendo monitorados pelas suas empresas através desse sistema.

    Por: Nelson B. Sousal Negócios> Gestãol 23/04/2012 lAcessos: 116
    Nelson B. Sousa

    Devido aos emails que tenho recebido de leitores questionando-me sobre a diferença entre Gerente de Vendas e Gerente Comercial, vou procurar descrever de maneira simples e objetiva as atribuições do cargo Gerente Comercial. Mas antes temos que esclarecer que o Departamento Comercial de uma empresa não está somente ligado a área de vendas.

    Por: Nelson B. Sousal Negócios> Gestãol 06/05/2011 lAcessos: 2,738
    Nelson B. Sousa

    Caros amigos e leitores, tenho recebido vários emails de profissionais que estão me consultando sobre propostas de trabalho como Pessoa Jurídica; o chamado "PJ" e CLT-FLEX.

    Por: Nelson B. Sousal Negócios> Gestãol 08/04/2011 lAcessos: 864
    Nelson B. Sousa

    Caros amigos: Estava lendo uma matéria publicada na Folha de SP do dia 03.04.2011, onde o tema da matéria é o seguinte: EMPRESAS SE DESPEDEM DA GERAÇÃO "BABY BOOMER". Primeiro vamos definir e elucidar o que significa o termo "baby boomer"

    Por: Nelson B. Sousal Negócios> Gestãol 08/04/2011 lAcessos: 618
    Nelson B. Sousa

    Há poucos anos, possuir um diploma de curso superior era um diferencial competitivo quer tornava o candidato muito atraente e disputado pelos contratantes. Uma época em que apenas alguns tinham acesso a uma educação de nível superior e poucos ainda à uma Pós Graduação ou MBA.

    Por: Nelson B. Sousal Negócios> Gestãol 21/10/2010 lAcessos: 1,473
    Nelson B. Sousa

    Tenho recebido várias consultas de empresas, há maioria pequena e média, que se encontram com dificuldades em aumentar seu faturamento, ou seja, aumentar suas vendas, contratar representantes e não sabem o que, nem como elaborar um plano de ação para que esse problema seja corrigido.

    Por: Nelson B. Sousal Negócios> Gestãol 08/10/2010 lAcessos: 703
    Nelson B. Sousa

    Tenho ouvido, lido e visto, acredito que vcs também, comentários de empresários que dizem que não encontram profissionais qualificados e acabam contratando profissionais de fora para trabalhar no Brasil. Será que não encontram ou não querem pagar o que estes profissionais realmente valem?

    Por: Nelson B. Sousal Negócios> Gestãol 05/10/2010 lAcessos: 383

    Comments on this article

    0
    Salm 08/11/2011
    Ser representante é ser dono do próprio negócio.
    Se quiser ganhar mais, tem que trabalhar mais, e melhor que os concorrentes.
    Se vc tem disposição pro trabalho, e a empresa representada é competitiva no mercado, e te dá uma área com possibilidades de vender oque vc precisa(isso é importante, senão vc está numa ótima empresa, e só as "sobras" ficaram pra vc)pra fazer seu salário, vá a luta que é muito bom.
    0
    ricardo 21/08/2011
    muito bom, realmente é isso ai que esta descrito. Sem contar que para ter um ganho satisfatorio e cobrir as despesas tem que rodar muito e muito e tranalhar mais que oito horas dia.
    1
    JUNIOR 23/02/2011
    Caramba...mas o autor deu 90% de motivos para o futuro empreendedor desanimar....tudo bem tem as dIficuldades encargos etc...mas podia pelo menos resaltar um pouco mais os aspectos positivos...salvo essa observação, realmente o texto é bem esclarecedor....obrigado!
    1
    Poliane 08/01/2011
    nossa achei o texto mais interessante ate agora
    parabéns....
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast